A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. Sérgio Lenz – fone (47) 9932-6230 ou 9221-4433 BLOG:http://cristianismoequilibrado.blogspot.com MSN:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. Sérgio Lenz – fone (47) 9932-6230 ou 9221-4433 BLOG:http://cristianismoequilibrado.blogspot.com MSN:"— Transcrição da apresentação:

1 Prof. Sérgio Lenz – fone (47) ou BLOG:http://cristianismoequilibrado.blogspot.com MSN: Igreja Evangélica Assembléia de Deus Penha - SC

2

3 Esboço da Lição: CONCLUSÃO 2 – O EVANGELHO É PROCLAMADO NA CAPITAL DO IMPÉIRO 1 – A VIAGEM DE PAULO A ROMA

4 Nem de César, nem de Roma; mas, Paulo, o preso de Jesus Cristo. Não foi um trágico acidente. Deus estava guiando Paulo até Roma. O mensageiro estava preso, mas a Palavra da Cruz estava livre na capital do império para dar seus frutos ao seu tempo…

5 QUARTA VIAGEM MISSIONÁRIA OU VIAGEM DE PRISÃO : 1.1) PONTO DE PARTIDA: Jerusalém. 1.2) COMPONENTES: Lucas e Aristarco. 1.3) ANO PROVÁVEL: 61 d.C. 1.4) TEXTO BÍBLICO: At.21 a ) ÁREA ATINGIDA: Capital do Império Romano. Quando Paulo estava em Cesaréia, sua viagem de prisão havia sido predita pelo profeta Ágabo (At ). Itinerário

6

7 Itinerário da Prisão de Paulo: 1. Prisioneiro em Jerusalém e testemunho ali (22, , 22) 1.1 Paulo levado aos quartéis romanos; o cidadão romano (22, 22-29) 1.2 Paulo levado ante o sinédrio de Jerusalém (22, , 11) 1.3 Conspiração do povo de Jerusalém para matar a Paulo (23, 12-22)

8 Itinerário da Prisão de Paulo: 2. Prisioneiro em Cesaréia e testemunho ali (23, ,32) 2.1 Traslado a Cesaréia (23, 23-35) 2.2 Processo ante o governador Félix (24, 1-21) 2.3 Prisão de Paulo em Cesaréia (24, 22-27) 2.4 Ante o governador Festo, Paulo apela a César (25, 1-12) 2.5 Festo convida a Agripa a escutar a Paulo (25, 13-27) 2.6 Discurso de Paulo ante Agripa e Festo (26, 1-23) 2.7 Reações ao discurso de Paulo (26, 24-32)

9 Itinerário da Prisão de Paulo: 3. Prisioneiro em Roma, testemunho e ministério ali (27, 1 -28, 31) 3.1 Partida para Roma (27, 1-8) 3.2 Tormenta no mar e naufrágio (27, 9-44) 3.3 Paulo passa o inverno em Malta (28, 1-10) 3.4 Chegada de Paulo a Roma e prisão domiciliar (28, 11-16) 3.5 Testemunho de Paulo aos judeus principais de Roma (28, 17-31)

10 Consideremos: 1.Só Paulo sabia dos planos divinos. 2.Ser amigo é andar com sem pedir nada em troca. 3.Mesmo diante da tempestade não se pode recuar. 4.A tempestade não foi tragédia, senão oportunidade para Paulo provar seu caráter de homem de Deus. 1.1 – De Cesareia a Roma (27:1-44):

11 Resumindo: 1.Problemas são oportunidades para aprender coisas novas (e o SENHOR é cheio de novidades). 2.As vezes é preciso viver o que se prega…(pegarão em serpentes…). 3.Mesmo em meio as provações não podemos cessar de fazer o bem ao próximo. 4.O que se planta – se colhe! 1.2 – Paulo na Ilha de Malta (28:1-10):

12 1.3 – Paulo chega a Roma (Mt 28:11-15): "Se você não quer ser esquecido quando morrer, escreva coisas que vale a pena ler ou faça coisas que vale a pena escrever." (Benjamin Franklin)

13 Era o tipo de prisão que Paulo necessitava: Podia ler e escrever. Evangelizava (inclusive os guardas). Recebia visitas dos irmãos. A palavra não está presa 2.1 – Prisão domiciliar (28:16):

14 2.2 – Apologia entre os judeus (28:17-22):

15 De Roma para o mundo! 2.3 – Progresso do evangelho em Roma (28:23-31): TERRA DA ADORAÇÃO AO IMPERADOR ROMANO TERRA DA ADORAÇÃO A ZEUS

16 16 Se Lucas deixa em aberto os Atos dos Apóstolos, por que iríamos nós fechar as portas que o Espírito Santo nos abre todos os dias? Sim, as portas à evangelização nacional e portas às missões culturais. Aproveitemos o Centenário das ADs no Brasil para dar continuidade à evangelização dos povos!


Carregar ppt "Prof. Sérgio Lenz – fone (47) 9932-6230 ou 9221-4433 BLOG:http://cristianismoequilibrado.blogspot.com MSN:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google