A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Família Real no Brasil O processo de Independência.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Família Real no Brasil O processo de Independência."— Transcrição da apresentação:

1 Família Real no Brasil O processo de Independência

2 Fim do século XVIII: D. João como príncipe regente; 1807: Napoleão invade Portugal - fuga da família real para o Brasil - ajuda inglesa

3

4 Viagem tumultuada Janeiro de 1808: chegada em Salvador

5 Abertura dos portos às nações amigas. - Portugal: 16% - outras nações: 24% Rompimento do Pacto Colonial Colônia muito diferente em comparação ao início da exploração.

6 Março de 1808 Chegada ao Rio de Janeiro

7

8 Implantação da máquina administrativa; Revogação do Alvará de 1785: permissão para implantação de manufaturas revisão do acordo comercial com Inglaterra: - Inglaterra: 15% - Portugal: 16% - Outras nações: 24%

9 Outras medidas Banco do Brasil, Imprensa Régia, Jardim Botânico, escolas de Medicina na Bahia e no Rio de Janeiro, Biblioteca Real...

10 Transformações no Rio de Janeiro Modernização; Desocupação e re-ocupação das melhores residências;

11

12 Invasão a Guiana Francesa em retaliação a Napoleão; Invasão da Cisplatina; Fim do período Napoleônico e Congresso de Viena: - Brasil elevado a condição de Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves.

13 Um rei para Portugal D. João VI e Carlota Joaquina Coroado rei de Portugal após morte de sua mãe

14 Insurreição Pernambucana 1817 Recessão no Nordeste; Concorrência com Antilhas; Centralização política e esquecimento; Pobreza; Falta de alimentos; Alta nos preços; Ideais liberais;

15 Revolução Liberal do Porto 1820 Exigência do retorno da Corte; Brasil voltar a condição de colônia D. João VI retorna e deixa seu filho, Pedro, como príncipe regente.

16 Grupos políticos no período joanino Partido Brasileiro: - elite latifundiária; - alguns liberais; Partido Português: - comerciantes; - membros do exército português

17 D. João VI exige retorno de Pedro a Portugal; Elite brasileira pressiona em direção ao rompimento; Dia do Fico: 09/01/1822

18

19 Maio de 1822: Lei do Cumpra-se; 07/09/1822: independência

20 Dezembro de 1822 Coroação de Pedro como Imperador do Brasil.

21

22 Primeiro Reinado Independência sem participação popular; Ordem política mantêm-se praticamente inalterada; EUA são a primeira nação a reconhecer independência; Portugal em 1825, após pagamento de indenização.

23 Maio/1823: Assembleia Constituinte Dominada por elite latifundiária; Tentativa de implementar monarquia constitucional; Antiabsolutista, anticolonialista e xenofobista;

24 Censitária; Sentinela da Liberdade: contra portugueses no exército; José Bonifácio: liberal moderado.

25 Noite da Agonia Fechamento da Assembleia por D. Pedro I

26 Constituição de 1824 Outorgada; Liberdade de culto (catolicismo oficial); Igualdade jurídica por renda; Manutenção da escravidão; Voto censitário; 4 poderes: Executivo, Legislativo, Judiciário e MODERADOR.

27

28 Confederação do Equador: 1824 Insatisfação com a Constituição; Ideais liberais; Nomeação de um fiel a D. Pedro como governador; Adesão do CE, PB e RN; Ideal de uma república independente.

29 Fuzilamento do Frei Caneca

30 Guerra da Cisplatina Disputa pela região do atual Uruguai; Impopular; Onerosa; Aumenta insatisfação com governo.

31 1826: morte de D. João VI; D. Pedro tem o direito a assumir; 1830: movimentos liberais eclodem no continente europeu; Assassinato do jornalista Líbero Badaró;

32 Noite das Garrafadas D. Pedro e aliados são recebidos com alegria.

33 Março de 1831: - Ministério dos Brasileiros * Abril de 1831: - abdicação do trono; - seu filho Pedro de Alcântara, de apenas 5 anos de idade, permanece no país como príncipe regente.

34 Obrigado pela atenção! Prof. César


Carregar ppt "Família Real no Brasil O processo de Independência."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google