A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES – MT DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES –DNIT SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES – MT DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES –DNIT SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL."— Transcrição da apresentação:

1 REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES – MT DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES –DNIT SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES – MT DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES –DNIT SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

2 EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE ELABORAÇÃO DE PROJETO BÁSICO E EXECUTIVO DE ENGENHARIA PARA AS OBRAS DE RESTAURAÇÃO DAS RODOVIAS: BR-226/RN E BR-417/RN CREMA 2ª ETAPA – LOTE 3

3 LOCALIZAÇÃO FEDERATIVA

4 SITUAÇÃO DOS TRECHOS CAMPO GRANDE CURRAIS NOVOS SEGMENTO 3.2 KM 218,8 AO 290,2 SEGMENTO 3.2 KM 218,8 AO 290,2 DIVISA RN / PB DIVISA RN / PB FLORÂNIA TANGARÁ SEGMENTO 3.1 KM 83,5 AO 178,0 SEGMENTO 3.1 KM 83,5 AO 178,0 SEGMENTO 3.3 KM 2,8 AO 160,4 SEGMENTO 3.3 KM 2,8 AO 160,4

5 ÁREA DE INTERVENÇÃO BR-226 / RN Sub-trecho: Entr. RN-093(Tangará), Entr. BR-427(B) Segmento: km 84,1 – km 179,6 (TANGARÁ – CURRAIS NOVOS) Extensão: 95,5 km Sub-trecho: Entr. RN-087(Florânia) – Entr.BR-110(A)/RN-233(B) (Campo Grande) Segmento: km 220,04 – km 293,2 (FLORÂNIA – CAMPO GRANDE) Extensão: 72,8 km BR-427/RN Sub-trecho: Entr. BR-226(B) – Div. RN/PB Segmento: km 1,4 – km 159,3 (CURRAIS NOVOS – DIVISA RN/PB) Extensão: 157,9 km Sub-trecho: Entr. BR-226(B) – DIV. RN/PB Segmento: km 0,0 – km 1,2 (ACARÍ) Extensão: 1,2 km Extensão Total do Lote 03 – 327,4 km

6 MELHORAMENTOS DE PAVIMENTO Todo estudo e projeto que melhore as condições de segurança e durabilidade da rodovia, e que não esteja relacionados aos reparos do pavimento, tais como: Melhoria dos pontos perigosos da rodovia (curvas perigosas etc), inclusive a implantação de faixa adicional (3ª faixa), somente em pontos absolutamente necessários, Construção e/ou adequação dos acessos (interseções) às cidades, Melhorias da drenagem para escoamento das águas, Reforço e/ou alargamento de pontes / viadutos (OAE) cujas obras são consideradas urgentes, Melhorias da sinalização horizontal (pinturas no chão) e vertical (placas instaladas ao longo da rodovia)

7 REABILITAÇÃO DE PAVIMENTO Todo estudo e projeto desenvolvido com o objetivo de reforçar a pavimentação existente da rodovia, para que possa suportar a maior quantidades de vezes, os pesos dos veículos em suas e idas e vindas em condições de segurança e conforto para o usuário, durante o novo período estabelecido pelo projeto.

8 MANUTENÇÃO E CONSERVAÇÃO Estudos que oriente o Contrato do CREMA 2ª Etapa quanto aos serviços de Manutenção da Restauração dos pavimentos e acostamentos, bem como Conservação das faixas laterais de terreno da rodovia (faixa de domínio) que são de responsabilidade do DNIT, que se farão necessários no decorrer do período contratual de 5 anos.

9 PROJETO DE RESTAURAÇÃO E MANUTENÇÃO DE RODOVIAS CREMA 2ª ETAPA

10 PRINCIPAIS INTERVENÇÕES Implantação de 3ª Faixa BR – 226 ( Serra do Doutor); Implantação DE 3ª Faixa BR – 427 (Serra de Acarí); Adequação do Acesso à Campo Redondo; Implantação e Pavimentação de Limpa Rodas; Obras de Restauração da Pista Atual e Acostamentos; Melhorias e Readequação na Sinalização Vertical e Horizontal visando Solução de Pontos Críticos; Recuperação, Implantação e Melhorias no Sistema de Drenagem; Avaliação e Solução de Problemas Ambientais; Recomposição de Meio Fio, Barreira New Jercey, Guarda Corpo, Defensas Metálicas e Sarjeta; Alargamento de Bueiros para Implantação de Acostamentos – BR – 427; Manutenção e Conservação; Recuperação de OAE. Essas intervenções constituem medidas que aumentarão a segurança de operação do trânsito e reduzirão o número e a severidade dos acidentes

11 ESTUDO DE TRÁFEGO – PONTOS DE CONTAGEM TRECHO: TANGARÁ – CURRAIS NOVOS Santa Cruz Km 11 Currais Novos Km 170 Serra de Campo Redondo (Serra do Doutor) Km 130 Acesso Campo Redondo Km 135 TRECHO: FLORÂNIA – CAMPO GRANDE Jucurutú Km 240 Triunfo Potiguar Km 276 TRECHO: CURRAIS NOVOS – DIVISA PARAÍBA Serra de Acarí Km 21 Acarí Km 27 Jardim do Seridó Km 55 Caicó Km 106,5

12 ESTUDO DE TRÁFEGO – NÚMERO N

13

14 BR 226/RN Acesso a Campo Redondo (Situação Atual)

15 BR 226/RN – Acesso a Campo Redondo (Situação Proposta)

16 BR 226 – PROJETO DE SINALIZAÇÃO (Tangará/Currais Novos)

17 BR 226 – PROJETO SINALIZAÇÃO ( Florânia / Campo Grande)

18 BR 226 – PROJETO DE SINALIZAÇÃO (Florânia/Campo Grande)

19 RODOVIA: BR-226/RN TRECHO: TANGARÁ – CURRAIS NOVOS TRECHO: FLORÂNIA – CAMPO GRANDE SINALIZAÇÃO - QUANTIDADES

20 BR 427 – PROJETO DE SINALIZAÇÃO (Currais Novos / Divisa Paraíba)

21 BR 427 – PROJETO DE SINALIZAÇÃO (Currais Novos / Divisa Paraíba)

22 RODOVIA: BR-427/RN TRECHO: TANGARÁ – CURRAIS NOVOS SINALIZAÇÃO - QUANTIDADES

23 IMPLANTAÇÃO DE 3ª FAIXA

24 BR 427 – IMPLANTAÇÃO DE 2,4 KM DE 3ªFAIXA (Serra de Acarí – Situação Atual)

25 BR 226 – IMPLANTAÇÃO DE 3,11 KM DE 3ª FAIXA Serra do Doutor (situação atual)

26 IMPLANTAÇÃO DE 3ª FAIXA – ESQUEMÁTICO

27 LIMPA RODAS (ESQUEMÁTICO)

28 PASSIVOS AMBIENTAIS BR 226 TRECHO : TANGARÁ – CURRAIS NOVOS KMS 108,7 / 109,7 / 146,8 / 166,0 / 174,1

29 PASSIVOS AMBIENTAIS BR 226 TRECHO : FLORÂNIA – CAMPO GRANDE KMS 233,3 / 233,6 / 234,8 / 235,1 / 235,3 / 237,3 / 238,0 / 253,9 / 254,4 / 265,2 / 266,6 / 274,8 / 279,3 / 279,8 / 288,0 / 289,7

30 PASSIVOS AMBIENTAIS BR 427 TRECHO : CURRAIS NOVOS – DIVISA RN / PB KMS 25,2 / 33,5 / 40,6 / 49,3 / 72,0 / 85,4 / 114,0 / 119,0

31 DETALHE GENÉRICO DA RECUPERAÇÃO DAS ÁREAS DEGRADADAS PELA EXECUÇÃO DAS OBRAS

32

33 BR 427 – MELHORIA E IMPLANTAÇÃO DE ACOSTAMENTO PONTILHÃO KM 69,5

34 BR 427 – MELHORIA E IMPLANTAÇÃO DE ACOSTAMENTO PONTILHÃO KM 69,65

35 BR 427 – MELHORIA E IMPLANTAÇÃO DE ACOSTAMENTO NO PONTILHÃO KM 67,9

36 RECUPERAÇÃO E MELHORIA DO SISTEMA DE DRENAGEM

37 RECUPERAÇÃO E MELHORIA DOS SISTEMA DE DRENAGEM

38 RECUPERAÇÃO E MELHORIA DO SISTEMA DE DRENAGEM

39 RECUPERAÇÃO DE O.A.E (Cadastro)

40

41 QUADRO DE QUANTIDADES

42 ORÇAMENTO

43


Carregar ppt "REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES – MT DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES –DNIT SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google