A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Elaboração de projeto básico e executivo de engenharia de restauração de rodovia, tipo C.R.E.M.A – 2º etapa. Rodovia: BR-364/RO Trecho: Entr. BR-174 (A)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Elaboração de projeto básico e executivo de engenharia de restauração de rodovia, tipo C.R.E.M.A – 2º etapa. Rodovia: BR-364/RO Trecho: Entr. BR-174 (A)"— Transcrição da apresentação:

1 Elaboração de projeto básico e executivo de engenharia de restauração de rodovia, tipo C.R.E.M.A – 2º etapa. Rodovia: BR-364/RO Trecho: Entr. BR-174 (A) (Div. MT/RO) – Div. RO/AC Sub-Trecho: Entr. BR-174 (A) (Div. MT/RO) – Entr. RO- 010/387 (A) (Pimenta Bueno) e Vilhena – Aeroporto (Acesso) Segmento: km 0,00 – km 196,60 Extensão: 196,60 km Código do PNV: 364BRO1030 a 364BRO1110 Lote: 01 / RO.

2 Elaboração de projeto básico e executivo de engenharia de restauração de rodovia, tipo C.R.E.M.A – 2º etapa, compreendendo: OBJETIVO: REABILITAÇÃO Restauração do pavimento existente (pista e acostamentos). MELHORAMENTOS Projetos de correção do traçado horizontal de Curvas; Implantação de Terceiras Faixas; Limpa Rodas; Melhorias de Interseções; e Posto de Pesagem.

3 LOCALIZAÇÃO

4 Km 0,00 Divisa com Mato Grosso Km 196,60 Pimenta Bueno

5 FASES DE PROJETO DESENVOLVIDAS Projeto Final de Engenharia Projeto Preliminar ou Funcional Projeto Básico ou Ante-Projeto Projeto Executivo Fases ou etapas de Projeto

6 ESTUDOS E PROJETOS DESENVOLVIDOS Projeto Executivo Estudos - Topográfico; - Tráfego; - Geológico e Geotécnico; - Pavimento; - Hidrológico; - OAE; e - Componente Ambiental;e - Cadastros. Projetos - Geométrico - Terraplenagem - Drenagem e OAC - Pavimentação - Sinalização e Segurança - Obras Complementares - Ambiental - Plano de Execução de Obras - Orçamento

7 PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS E OPERACIONAIS Extensão: 196,60 km Classe da Rodovia: I-B Velocidade de Diretriz: 80 km/h Relevo: Ondulado Pista de Rolamento: 7,00 m Acostamento: Largura Variável (de 1,00 m a 2,50 m) Declividade Transversal em Tangente: 3%

8 ESTUDOS DE TRÁFEGO

9

10

11 PROJETOS DE MELHORIAS PROPOSTAS: ACESSO AO AEROPORTO DE VILHENA; IMPLANTAÇÃO DE 14 FAIXAS ADICIONAIS; CORREÇÃO DA CURVA DO KM 100; CORREÇÃO DA CURVA DO KM 158; ACESSOS TIPOS – LIMPA RODAS; PROJETO DE DUAS INTERSEÇÕES; E IMPLANTAÇÃO DE POSTO DE PESAGEM.

12 PROJETOS DE MELHORIAS PROPOSTAS ACESSO AO AEROPORTO DE VILHENA EXTENSÃO: 4,84 km NÃO HOUVE ALTERAÇÃO DA GEOMETRIA EXISTENTE; RESTAURAÇÃO DO PAVIMENTO EXISTENTE; SINALIZAÇÃO HORIZONTAL E VERTICAL.

13 PROJETOS DE MELHORIAS PROPOSTAS IMPLANTAÇÃO DE FAIXAS ADICIONAIS Trecho com rampas acima de 6%. Redução de velocidade para veículos pesados.

14 PROJETOS DE MELHORIAS PROPOSTAS IMPLANTAÇÃO DE FAIXAS ADICIONAIS

15 PROJETOS DE MELHORIAS PROPOSTAS IMPLANTAÇÃO DE FAIXAS ADICIONAIS 6.600,00 metros de faixas adicionais existentes ,50 metros de faixas adicionais projetadas. TOTAL ,5 metros de faixas adicionais.

16 PROJETOS DE MELHORIAS PROPOSTAS CORREÇÃO DA CURVA DO KM 100 A geometria da curva não está adequada para a velocidade da rodovia, em função de deformações transversais associadas a falta de superelevação. Para a correção da curva foi calculada a superelevação adequada e igual a 4,38%. O serviço de correção da superelevação será realizado através de aplicação de Concreto Betuminoso Usinado a Quente – CBUQ.

17 PROJETOS DE MELHORIAS PROPOSTAS CORREÇÃO DA GEOMETRIA DA CURVA DO KM 158 Ponto crítico, com grande números de acidentes. Curva simples com raio inadequado (R= 161,30 metros), compatível com a velocidade de 60 km/h. O projeto corrigiu o raio da curva para 400 metros com espirais de transição de 100 metros, adequado para velocidade de 80 km/h.

18 CORREÇÃO DA CURVA DO KM 158

19 PROJETOS DE MELHORIAS PROPOSTAS ACESSOS TIPOS – LIMPA RODAS Km 132,00 – Lado Direito – Entroncamento com RO-482 Km 169,00 – Lado Esquerdo – Entroncamento com RO-493

20 INDICATIVO DE MELHORIAS PROJETO DE INTERSEÇÕES Locais com demanda significativa de tráfego. As interseções possuem a seguinte localização: Km 28 – com a rodovia estadual RO-399, acesso para Colorado do Oeste, pavimentada do lado esquerdo; Km 106 – com a rodovia estadual RO-391, acesso para Chupinguaia (Guaporé), pavimentado do lado esquerdo.

21 INTERSEÇÃO COM A RO-399 (Colorado) VILHENA PIMETA BUENO COLORADO DO OESTE

22 INTERSEÇÃO COM A RO-391(Chupinguaia) VILHENA PIMETA BUENO CHUPINGUAIA

23 POSTO DE PESAGEM Localização no início do trecho entre as estacas 21 e 45, em frente ao Posto da Polícia Rodoviária Federal. Projeto tipo do DNIT.

24 Projeto deTerraplenagem - ATERROS

25 Projeto de Terraplenagem - CORTES

26

27 PROJETO DE PAVIMENTAÇÃO Extensão: 196,60 km Pista Simples Extensão de Pista Restaurada: 391,832 km de faixa Restauração com reforço com uma camada betuminosa = 283,001 km de faixa (69,21%) Restauração com reforço com duas camadas betuminosa = 108,831 km de faixa (26,62%) Extensão de Pista Implantada (3ª faixas e interseções): 17,064 km (4,17%)

28 PROJETO DE PAVIMENTAÇÃO SEÇÃO DE RESTAURAÇÃO COM REFORÇO COM UMA CAMADA BETUMINOSA

29 PROJETO DE PAVIMENTAÇÃO SEÇÃO DE RESTAURAÇÃO COM REFORÇO COM DUAS CAMADAS BETUMINOSAS

30 PROJETO DE PAVIMENTAÇÃO

31 PROJETO DE DRENAGEM RESTAURAÇÃO DE DISPOSITIVOS EXISTENTES

32 PROJETO DE DRENAGEM IMPLANTAÇÃO DE DESCIDAS DÁGUA – DEVIDO AS GRANDES EXTENSÕES DE MEIO FIO

33 PROJETO DE SINALIZAÇÃO IMPLANTAÇÃO E ADEQUAÇÃO DA SINALIZAÇÃO VERTICAL (DO TOTAL DE 912 PLACAS, 680 ESTAVAM EM ESTADO BOM NÃO HAVENDO NECESSIDADE DE SUBSTITUIR, 164 PARA SUBSTITUIR E 68 PLACAS PARA IMPLANTAR). IMPLANTAÇÃO DE SINALIZAÇÃO HORIZONTAL (PINTURA DE FAIXAS) APÓS AS IMPLATAÇÕES DAS MELHORIAS E OBRAS DE RESTAURAÇÃO DO PAVIMENTO.

34 OBRAS COMPLEMENTARES IMPLANTAÇÃO DE CERCAS DE ARAME FARPADO NOS LIMITES DA FAIXA DE DOMÍNIO DA RODOVIA; PROTEÇÃO DO CORPO ESTRADAL – PROTEÇÃO VEGETAL DE TALUDES; DEFENSAS METÁLICAS: A SITUAÇÃO DIAGNOSTICADA DAS CONDIÇÕES ATUAIS DAS DEFENSAS CADASTRADAS, EM UM TOTAL DE APROXIMADAMENTE 1.477m DE EXTENSÃO, DESTE TOTAL, APROXIMADAMENTE 1.274m SERÃO SUBSTITUÍDOS E O RESTANTE 203m ESTÃO EM BOAS CONDIÇÕES DE CONSERVAÇÃO.

35 MEIO AMBIENTE OBJETIVO: identificar os locais de ocorrência dos passivos ambientais e propor soluções ambientais para recomposição das áreas impactadas. PASSIVOS IDENTIFICADOS No total foram verificados ao longo do trecho 81 locais a serem recuperados, sendo a gravidade classificada conforme gráfico ao lado:

36 MEIO AMBIENTE

37

38

39 PRINCIPAIS TIPOS DE SOLUÇÃO APRESENTADAS NO PROJETO AMBIENTAL: -Reconformação do terreno e aplicação de hidrossemeadura; -Implantação de drenagem superficial; -Eventual obturação de canais erosivos com rip-rap de solo vegetativo; -Execução de encaminhamento das águas superficiais com barragens; -Recuperação de valetas e descidas dágua; -Execução de poços de queda com bacia de amortecimento; -Implantação de sarjetas; -Reforço do terreno quando necessário.

40 VALOR ORÇADO DO PROJETO


Carregar ppt "Elaboração de projeto básico e executivo de engenharia de restauração de rodovia, tipo C.R.E.M.A – 2º etapa. Rodovia: BR-364/RO Trecho: Entr. BR-174 (A)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google