A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE AUDIÊNCIA PÚBLICA Natal / RN 08 de Novembro de 2011 1 Projeto Executivo de Engenharia para Restauração.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE AUDIÊNCIA PÚBLICA Natal / RN 08 de Novembro de 2011 1 Projeto Executivo de Engenharia para Restauração."— Transcrição da apresentação:

1 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE AUDIÊNCIA PÚBLICA Natal / RN 08 de Novembro de Projeto Executivo de Engenharia para Restauração de Rodovia - CREMA 2ª Etapa BR-101/BR-406

2 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR Dados do Trecho; Dados do Trecho; Mapa de Localização; Mapa de Localização; Estudos de Tráfego; Estudos de Tráfego; Soluções de Restauração do Pavimento; Soluções de Restauração do Pavimento; Melhoramentos Melhoramentos Projeto de Drenagem; Projeto de Drenagem; Projeto de Sinalização; Projeto de Sinalização; Projeto Ambiental; Projeto Ambiental; Resumo do Orçamento. Resumo do Orçamento. ESTRUTURA DA APRESENTAÇÃO

3 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR BR-101

4 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR Subtrecho: Touros (Farol do Calcanhar) Subtrecho: Touros (Farol do Calcanhar) Entr. BR-226 (Viaduto da Urbana) Entr. BR-226 (Viaduto da Urbana) Segmento: km 0,0 ao km 86,2 Segmento: km 0,0 ao km 86,2 Extensão: 86,2 km Extensão: 86,2 km Subtrecho: Entr. BR-304(A)(Complexo Viário 4º Centenário/Natal) Div.RN/PB Subtrecho: Entr. BR-304(A)(Complexo Viário 4º Centenário/Natal) Div.RN/PB Segmento: km 93,7 ao km 176,4 Segmento: km 93,7 ao km 176,4 Extensão: 82,7 km Extensão: 82,7 km BR-101/RN: DADOS DO TRECHO

5 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR BR-101/RN: MAPA DE LOCALIZAÇÃO

6 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR Objetivos: Definição dos Volumes Médios Diários do tráfego, composições por tipo de veículo, projeções para o período de vida útil do projeto e parâmetros necessários ao dimensionamento do pavimento. Definição dos Volumes Médios Diários do tráfego, composições por tipo de veículo, projeções para o período de vida útil do projeto e parâmetros necessários ao dimensionamento do pavimento. Metodologia: Contagem volumétrica e classificatória de veículos; Coleta dos dados históricos dos levantamentos de tráfego; Coleta dos dados históricos dos levantamentos de tráfego; Determinação do volume médio diário de tráfego; Determinação do volume médio diário de tráfego; Projeção do tráfego; Projeção do tráfego; Consideração da sazonalidade; Consideração da sazonalidade; Pesquisa de ocupação de veículos de carga Pesquisa de ocupação de veículos de carga Cálculo do Número N. Cálculo do Número N. ESTUDOS DE TRÁFEGO

7 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR BR-101/RN: VOL. DE TRÁFEGO E NÚMERO N

8 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR BR-101/RN (Norte): Soluções de Restauração

9 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR BR-101/RN (Norte): Soluções de Restauração

10 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR O trecho Sul, entre Natal e a divisa com a Paraíba, encontra-se em obras de duplicação e restauração e, portanto, não teve soluções de restauração dos pavimentos projetadas, sendo indicadas atividades de manutenção para este segmento. A manutenção e conserva neste trecho inclui reparos localizados, reparos profundos, selagem de juntas de concreto, manutenção de placas de sinalização, defensas metálicas e guarda corpo. BR-101/RN (Sul): Soluções de Restauração

11 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR Situação Atual: Trata-se de um acesso bastante precário e potencialmente perigoso principalmente na época de temporada, quando o tráfego de turistas se intensifica. Atualmente este acesso apresenta-se com dois canteiros estreitos e alongados na rodovia BR-101, sem canalizações, com giros confusos e ilhas nos acessos aceitáveis. Este entroncamento constitui local de risco de acidentes. Solução proposta: A solução adotada contemplou no fechamento do tráfego na rodovia principal, implantando uma interseção alongada com canteiros afilados tendo na suas extremidades maiores dimensões para que possam receber os raios de giros dentro das normas estabelecidas pelo Órgão (DNIT). BR-101/RN - MELHORAMENTO: ENTRONCAMENTO RN-160 (ACESSO PARA MURIÚ E MAXARANGUAPE)

12 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR BR-101/RN - ENTRONCAMENTO RN-160 (ACESSO PARA MURIÚ E MAXARANGUAPE)

13 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR Situação Atual: a interseção existente é do tipo rotatória vazada, com razoáveis condições geométricas e está localizada em ponto onde a visibilidade é prejudicada para quem se desloca de Touros a Natal, uma vez que esta obra está posicionada logo após uma parábola vertical com pouca ou nenhuma visibilidade. Devido a este fato, é possível observar um elevado índice de acidentes neste entroncamento. Solução proposta: a solução adotada será a de se fechar a rótula e ainda alongá-la no sentido da cidade de Touros além da parábola vertical, possibilitando melhores condições de visibilidade, fazendo com que os usuários tomam suas decisões de acesso para Pitangui com segurança. BR-101/RN - MELHORAMENTO: ENTRONCAMENTO 305 (ACESSO PARA PITANGUI)

14 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR BR-101/RN - ENTRONCAMENTO 305 (ACESSO PARA PITANGUI)

15 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR Situação Atual: trata-se de um acesso semelhante ao de acesso a Muriú e Maxaranguape. As condições geométricas apresenta os mesmos problemas observados nos trevos citados, portanto potencialmente perigoso, principalmente na época de temporada quando o tráfego de turistas se intensifica, haja vista que a presente interseção apresenta um elevado índice de acidentes. Solução proposta: a solução adotada contemplou no fechamento e alongamento da rótula na rodovia principal, de forma que os usuários executem os movimentos de giros para as localidades de Genipabú e Extremoz (acesso secundário), tomando decisões com segurança. BR-101/RN - MELHORAMENTO: ACESSO PARA GENIPABU E EXTREMOZ

16 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR BR-101/RN - ACESSO PARA GENIPABU E EXTREMOZ

17 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR Situação Atual: interseção implantada em rótula não vazada apresentando grande movimentação de veículos vindos das rodovias BR-476, BR-101 e ainda da parte urbana do local. Esta interseção está limitada às edificações, posto de gasolina, comércio etc, o que impossibilita grandes intervenções na geometria existente. Observa-se que este entroncamento é um local de alto índice de acidentes. Solução Proposta: a solução proposta foi de alongar mais esta rótula para que os veículos tenham mais espaço para poderem executar os giros necessários e permitir melhores condições de segurança. BR-101/RN - MELHORAMENTO: ENTRONCAMENTO BR-406

18 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR BR-101/RN - ENTRONCAMENTO BR-406

19 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR Situação Atual: Cruzamento de ruas em perímetro urbano, sem concepção geométrica definida, causando problemas sérios de cruzamentos de veículos com a rodovia. O retorno urbano constitui um local com alto índice de acidentes. Solução Proposta: A solução adotada foi de giros pelas ruas laterais e ainda implantar uma sinalização clara e objetiva com semáforos direcionando o tráfego para quem vai precisar de retorno ou até mesmo tomar a via principal. BR-101/RN - MELHORAMENTO: RETORNO URBANO

20 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR BR-101/RN - RETORNO URBANO

21 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR Situação Atual: Esta obra é do tipo Rótula um pouco acanhada, no mesmo plano da rodovia tronco, com canalizações confusas e semáforos, constituindo-se um local com um elevado índice de acidentes. Solução Proposta: Para manter os movimentos atuais a nova concepção não poderia se diferenciar muito da que já existe, portanto, optou-se apenas para que a rótula central fosse mais alongada permitindo um desenvolvimento mais seguro, bem como a implantação de um faixa adicional para a acomodação dos veículos que estão girando em torno da interseção. BR-101/RN - MELHORAMENTO: ENTRONCAMENTO RN-160 (ACESSO PARA SÃO GONÇALO DO AMARANTE)

22 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR BR-101/RN - MELHORAMENTO: ENTRONCAMENTO RN-160 (ACESSO PARA SÃO GONÇALO DO AMARANTE)

23 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR Drenagem Superficial Os dispositivos de drenagem superficiais existentes encontram-se, em sua grande maioria, em boas condições do ponto de vista estrutural e hidráulico, necessitando de reparos ou reconstrução em alguns trechos em mau estado de conservação. Os dispositivos de drenagem superficiais existentes encontram-se, em sua grande maioria, em boas condições do ponto de vista estrutural e hidráulico, necessitando de reparos ou reconstrução em alguns trechos em mau estado de conservação. Deverão ser executadas limpezas nas sarjetas, valetas, meios-fios e descidas dágua nos segmentos onde se fizerem necessários. Deverão ser executadas limpezas nas sarjetas, valetas, meios-fios e descidas dágua nos segmentos onde se fizerem necessários. Obras-de-Arte Correntes Os bueiros que não atendem à vazão de projeto deverão ter sua seção de drenagem aumentada. Para tanto, será prevista a substituição dos bueiros existentes por novos dispositivos que atendam à vazão de projeto ou a adição de novos bueiros, resultando em uma capacidade adicional à existente. Os bueiros que não atendem à vazão de projeto deverão ter sua seção de drenagem aumentada. Para tanto, será prevista a substituição dos bueiros existentes por novos dispositivos que atendam à vazão de projeto ou a adição de novos bueiros, resultando em uma capacidade adicional à existente. PROJETO DE DRENAGEM

24 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR Sinalização Horizontal Serviços Propostos: Execução da sinalização de zebrados, bordo, e de faixa na extensão total do trecho; Serviços Propostos: Execução da sinalização de zebrados, bordo, e de faixa na extensão total do trecho; Material utilizado: Tinta acrílica; Material utilizado: Tinta acrílica; Cadência da Pintura de Faixa: 1:3 (segmento pintado de 4 metros para o interrompido de 12 metros). Cadência da Pintura de Faixa: 1:3 (segmento pintado de 4 metros para o interrompido de 12 metros). Sinalização Vertical Serviços Propostos: Implantação, substituição e remoção de placas; Serviços Propostos: Implantação, substituição e remoção de placas; Material utilizado: Placas retrorrefletivas; Material utilizado: Placas retrorrefletivas; Placas de Regulamentação, Advertência e Indicativas. Placas de Regulamentação, Advertência e Indicativas. PROJETO DE SINALIZAÇÃO

25 25 PROJETO AMBIENTAL O Projeto Ambiental, em síntese, consiste na apresentação de soluções para evitar ou minimizar os impactos detectados nos levantamentos ambientais e aqueles que resultarão da execução das obras, objetivando garantir a execução dos projetos dentro dos preceitos ambientais e normas do DNIT (IS-246 ). Neste sentido, o projeto ambiental tem como objetivo o gerenciamento de sistemas, práticas e métodos, assim como o monitoramento de todas as atividades desenvolvidas durante as obras para a adequação das ações aos princípios de sustentabilidade ambiental, prevenindo e mitigando impactos negativos ao meio ambiente. SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR-101

26 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovias BR-101/RN e BR406/RN Audiência Pública Rodovias BR-101/RN e BR406/RN 26 O projeto prevê a recuperação das seguintes áreas utilizadas: 1.Recuperação das jazidas; 2.Recuperação dos Areais; 3.Recuperação dos bota-foras; 4.Recuperação dos Canteiros de Obras; 5.Recuperação das Matas Ciliares; PROJETO AMBIENTAL

27 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovias BR-101/RN e BR406/RN Audiência Pública Rodovias BR-101/RN e BR406/RN 27 Exemplo: Solução Tipo para Matas Ciliares

28 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR BR-101/RN: RESUMO DO ORÇAMENTO Custo Total = R$ ,82 Custo Total = R$ ,82 Custo/km de Pista = ,33 Custo/km de Pista = ,33

29 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR BR-406

30 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR406 Audiência Pública Rodovia BR Rodovia BR-406/RN Rodovia BR-406/RN Subtrecho: Entr. BR-104(A)/RN-118(A)/221(A)(Macau) Subtrecho: Entr. BR-104(A)/RN-118(A)/221(A)(Macau) Entr.BR-101(A)/RN-160(A) (p/ Extremoz) Entr.BR-101(A)/RN-160(A) (p/ Extremoz) Segmento: km 0,0 ao km 171,2 Segmento: km 0,0 ao km 171,2 Extensão: 171,2 km Extensão: 171,2 km BR-406/RN: DADOS DO TRECHO

31 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR406 Audiência Pública Rodovia BR BR-406/RN: MAPA DE SITUAÇÃO

32 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR406 Audiência Pública Rodovia BR Objetivos: Definição dos Volumes Médios Diários do tráfego, composições por tipo de veículo, projeções para o período de vida útil do projeto e parâmetros necessários ao dimensionamento do pavimento. Definição dos Volumes Médios Diários do tráfego, composições por tipo de veículo, projeções para o período de vida útil do projeto e parâmetros necessários ao dimensionamento do pavimento. Metodologia: Contagem volumétrica e classificatória de veículos; Coleta dos dados históricos dos levantamentos de tráfego; Coleta dos dados históricos dos levantamentos de tráfego; Determinação do volume médio diário de tráfego; Determinação do volume médio diário de tráfego; Projeção do tráfego; Projeção do tráfego; Consideração da sazonalidade; Consideração da sazonalidade; Pesquisa de ocupação de veículos de carga Pesquisa de ocupação de veículos de carga Cálculo do Número N. Cálculo do Número N. ESTUDOS DE TRÁFEGO

33 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR406 Audiência Pública Rodovia BR BR-406/RN: VOL. TRÁFEGO E NÚMERO N

34 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR406 Audiência Pública Rodovia BR BR-406/RN : Soluções de Restauração

35 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR406 Audiência Pública Rodovia BR BR-406/RN : Soluções de Restauração

36 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR406 Audiência Pública Rodovia BR BR-406/RN : Soluções de Restauração

37 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR406 Audiência Pública Rodovia BR BR-406/RN : Soluções de Restauração

38 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR406 Audiência Pública Rodovia BR Situação Atual: Os problemas importantes deste sub-trecho decorrem das ocupações das margens da rodovia, característicos de uma passagem urbana que contribui para o entrave do fluxo de tráfego, uma vez que qualquer solução adotada deverá manter as condições de acesso aos serviços encontrados pela população atualmente. Solução Proposta: A melhoria proposta é a de considerar as condições de tráfego para movimentos atualmente inexistentes ou precários, especialmente aqueles de entrada e saída que atendem aos bairros lindeiros e centro da cidade. Assim com uma nova sinalização procurará minimizar as ocorrências de acidentes e ofertar o máximo de segurança para o usuário. BR-406/RN - MELHORAMENTO: PERÍMETRO URBANO DE JOÃO CÂMARA

39 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR406 Audiência Pública Rodovia BR Situação Atual: Trata-se de interseção em Gota com ilhas canalizadoras e ramos para dar acesso e saída da cidade de Itaipu. Esta obra está localizada em curva longa, mas com visibilidade aceitável, exceto na saída da obra para a cidade de João Câmara onde a via perde totalmente esta condição. Neste local está implantado um ponto de ônibus que serve à população para seu deslocamento para outras cidades em linhas intermunicipais regulares. Solução Proposta: A nova concepção adotada substitui a geometria atualmente em Gota Simples para uma geometria do tipo rotatória alongada, permitindo giros seguros e proporcionando à população que utiliza este ponto, maior segurança no seu deslocamento. BR-406/RN - MELHORAMENTO: ACESSO A TAIPU

40 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR406 Audiência Pública Rodovia BR BR-406/RN - MELHORAMENTO: ACESSO A TAIPU

41 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR406 Audiência Pública Rodovia BR Situação Atual: Esta interseção apresenta atualmente canalizações confusas e perigosas, recebendo diariamente um grande fluxo de veículos. As condições de giros e da movimentação dos veículos são precárias, haja vista as limitações impostas pela geometria existente. Devido a este fato, é possível observar um alto índice de acidentes nesta interseção. Solução Proposta: em função do grande espaço existente, foi adotada a medida de implantação de uma nova geometria com rótula alongada, de forma a permitir melhores condições de visibilidade de acomodações dos veículos que irão tomar sentido de Ceará Mirim. BR-406/RN - MELHORAMENTO: ACESSO A CEARÁ-MIRIM nº1

42 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR406 Audiência Pública Rodovia BR BR-406/RN - MELHORAMENTO: ACESSO A CEARÁ-MIRIM nº1

43 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR406 Audiência Pública Rodovia BR Situação Atual: além da inadequada interseção de acesso para Ceará Mirim, que apresenta perigosas opções de giros no entroncamento, há um posto de serviço e de grandes movimentações de veículos e pessoas. Este acesso exigiu correção de maior vulto em planta para que se pudessem oferecer melhores condições para o deslocamento com segurança, haja vista que a presente interseção apresenta um elevado índice de acidentes. Solução Proposta: a solução adotada foi de se canalizar o tráfego em canteiro alongado e estreito, em grande parte encaixando dentro do espaço permitido e nas suas extremidades oferecer boas condições de giros e retornos. Procurou-se manter em boa parte as características do local evitando ao máximo as desapropriações e corte de árvores centenárias lindeiras a este segmento. BR-406/RN - MELHORAMENTO: ACESSO A CEARÁ-MIRIM nº2

44 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR406 Audiência Pública Rodovia BR BR-406/RN - MELHORAMENTO: ACESSO A CEARÁ-MIRIM nº2

45 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR406 Audiência Pública Rodovia BR Situação Atual: Os problemas importantes deste subtrecho decorrem das ocupações das margens da rodovia, característicos de uma passagem urbana que contribui para o entrave do fluxo de tráfego, uma vez que qualquer solução adotada deverá manter as condições de acesso aos serviços encontrados pela população atualmente. Solução Proposta: A melhoria proposta é a de considerar as condições de tráfego para movimentos atualmente inexistentes ou precários, especialmente aqueles de entrada e saída que atendem aos bairros lindeiros e ao centro da cidade. Assim com uma nova sinalização procurará minimizar as ocorrências de acidentes e ofertar o máximo de segurança para o usuário. BR-406/RN - MELHORAMENTO: PERÍMETRO URBANO DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE

46 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR406 Audiência Pública Rodovia BR Drenagem Superficial Os dispositivos de drenagem superficiais existentes encontram-se, em sua grande maioria, em boas condições do ponto de vista estrutural e hidráulico, necessitando de reparos ou reconstrução em alguns trechos em mau estado de conservação. Os dispositivos de drenagem superficiais existentes encontram-se, em sua grande maioria, em boas condições do ponto de vista estrutural e hidráulico, necessitando de reparos ou reconstrução em alguns trechos em mau estado de conservação. Deverão ser executadas limpezas nas sarjetas, valetas, meios-fios e descidas dágua nos segmentos onde se fizerem necessários. Deverão ser executadas limpezas nas sarjetas, valetas, meios-fios e descidas dágua nos segmentos onde se fizerem necessários. Obras-de-Arte Correntes Os bueiros que não atendem à vazão de projeto deverão ter sua seção de drenagem aumentada. Para tanto, será prevista a substituição dos bueiros existentes por novos dispositivos que atendam à vazão de projeto ou a adição de novos bueiros, resultando em uma capacidade adicional à existente. Os bueiros que não atendem à vazão de projeto deverão ter sua seção de drenagem aumentada. Para tanto, será prevista a substituição dos bueiros existentes por novos dispositivos que atendam à vazão de projeto ou a adição de novos bueiros, resultando em uma capacidade adicional à existente. PROJETO DE DRENAGEM

47 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR406 Audiência Pública Rodovia BR Sinalização Horizontal Serviços Propostos: Execução da sinalização de zebrados, bordo, e de faixa na extensão total do trecho; Serviços Propostos: Execução da sinalização de zebrados, bordo, e de faixa na extensão total do trecho; Material utilizado: Tinta acrílica; Material utilizado: Tinta acrílica; Cadência da Pintura de Faixa: 1:3 (segmento pintado de 4 metros para o interrompido de 12 metros). Cadência da Pintura de Faixa: 1:3 (segmento pintado de 4 metros para o interrompido de 12 metros). Sinalização Vertical Serviços Propostos: Implantação, substituição e remoção de placas; Serviços Propostos: Implantação, substituição e remoção de placas; Material utilizado: Placas retrorrefletivas; Material utilizado: Placas retrorrefletivas; Placas de Regulamentação, Advertência e Indicativas. Placas de Regulamentação, Advertência e Indicativas. PROJETO DE SINALIZAÇÃO

48 48 PROJETO AMBIENTAL O Projeto Ambiental, em síntese, consiste na apresentação de soluções para evitar ou minimizar os impactos detectados nos levantamentos ambientais e aqueles que resultarão da execução das obras, objetivando garantir a execução dos projetos dentro dos preceitos ambientais e normas do DNIT (IS-246 ). Neste sentido, o projeto ambiental tem como objetivo o gerenciamento de sistemas, práticas e métodos, assim como o monitoramento de todas as atividades desenvolvidas durante as obras para a adequação das ações aos princípios de sustentabilidade ambiental, prevenindo e mitigando impactos negativos ao meio ambiente. SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR-101

49 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovias BR-101/RN e BR406/RN Audiência Pública Rodovias BR-101/RN e BR406/RN 49 O projeto prevê a recuperação das seguintes áreas utilizadas: 1.Recuperação das jazidas; 2.Recuperação dos Areais; 3.Recuperação dos bota-foras; 4.Recuperação dos Canteiros de Obras; 5.Recuperação das Matas Ciliares; PROJETO AMBIENTAL

50 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovias BR-101/RN e BR406/RN Audiência Pública Rodovias BR-101/RN e BR406/RN 50 Exemplo: Solução Tipo para Pedreira

51 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Audiência Pública Rodovia BR406 Audiência Pública Rodovia BR BR-406/RN: RESUMO DO ORÇAMENTO Custo Total = R$ ,15 Custo Total = R$ ,15 Custo/km de Pista = ,87 Custo/km de Pista = ,87

52 FIM SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE 52 Audiência Pública Rodovia BR-101 Audiência Pública Rodovia BR-101


Carregar ppt "SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE AUDIÊNCIA PÚBLICA Natal / RN 08 de Novembro de 2011 1 Projeto Executivo de Engenharia para Restauração."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google