A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. Jeferson C. de Souza. RDH 2010 / substitui o IPH aponta privações em educação, saúde e padrão de vida dez indicadores: nutrição e mortalidade infantil.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. Jeferson C. de Souza. RDH 2010 / substitui o IPH aponta privações em educação, saúde e padrão de vida dez indicadores: nutrição e mortalidade infantil."— Transcrição da apresentação:

1 Prof. Jeferson C. de Souza

2 RDH 2010 / substitui o IPH aponta privações em educação, saúde e padrão de vida dez indicadores: nutrição e mortalidade infantil (saúde); anos de escolaridade e crianças matriculadas (educação); gás de cozinha, sanitários, água, eletricidade, pavimento e bens domésticos (padrões de vida).

3 No Brasil Ascenção da classe média = acessos aos bens de consumo duráveis; Falta acesso à rede de coleta e de tratamento de esgoto.

4 O PIB da China é o 2° maior do mundo. Isto é garantia de desenvolvimento, ou não? Por quê? O Catar possui o maior PIB/per-capita do mundo 179,000 (US$). Isto o torna um país desenvolvido, ou não? Por quê?Catar

5 noticias/2013/03/14/desigualdade-mundial- diminui-mas-157-bilhao-ainda-vivem-na- pobreza.htm#fotoNav=1

6 0 a 1 (quanto mais próximo de 1, melhor); avalia três dimensões fundamentais : conhecimento (mensurado por indicadores de educação), saúde (medida pela longevidade) e padrão de vida digno (medido pela renda). Mudanças em relação ao livro!!! p. 84

7 Expectativa de vida ao nascer.

8 Não é a taxa de alfabetização!!! média de anos de estudo da população adulta (25 anos ou mais); anos de estudos ( tempo que ficará matriculada)

9 PIB per capita foi substituído; Renda Nacional Bruta (RNB) per capita, abrange o PIB, + recursos enviados ou recebidos do exterior (US$); dólar corrigido pela paridade do poder de compra (PPC), variação do custo de vida.

10 Lista em quatro grupos / partes semelhantes. 25% com maior IDH / muito elevado, 25% alto desenvolvimento, 25% com médio IDH, 25% piores, os de baixo IDH.

11

12 G1.com.br

13 QUEM ESTÁ PRÓXIMO DO BRASIL NO RANKING DO IDH PosiçãoPaís Bosnia-Herzegovina0,7340,735 82Azerbaijão0, São Vicente e Granadinas 0,7320,733 84Omã0,7290,731 85Brasil0,7280,730 86Jamaica0,7290,730 87Armênia0,7260,729 88Santa Lúcia0,7240,725 89Equador0,7220,724 90Turquia0,7200,722 Fonte: Relatório de Desenvolvimento Humano da ONU A primeira colocação: Noruega (0,955), seguida por Austrália (0,938) e Estados Unidos (0,937). Os três piores: Moçambique (0,327), Congo (0,304) e Niger (0,304).

14

15

16 Quanto a Densidade Demográfica!!! Quais países representam grande Densidade Demográfica?

17

18 Pode-se concluir corretamente que a)a Etiópia, por contar com qualidade nos serviços de saúde e de saneamento ambiental, ampliou a expectativa de vida de seus habitantes. b)o Zimbábue apresenta a média de anos de escolaridade igual à do Brasil e tem o Rendimento Nacional Bruto superior ao da Etiópia. c)Cuba, apesar de ter o rendimento nacional bruto elevado, não investe no setor educacional e na saúde de sua população. d)a Argentina, por estar em crise econômica, apresenta os índices de renda, educação e saúde inferiores aos do Brasil. e)a Noruega tem a maior classificação no IDH por, entre outros fatores, garantir vários anos de escolaridade para seus habitantes.

19 Pode-se concluir corretamente que c)Cuba, apesar de ter o rendimento nacional bruto elevado, não investe no setor educacional e na saúde de sua população. d)a Argentina, por estar em crise econômica, apresenta os índices de renda, educação e saúde inferiores aos do Brasil. e)a Noruega tem a maior classificação no IDH por, entre outros fatores, garantir vários anos de escolaridade para seus habitantes.

20 01.Thomas Malthus tornou-se célebre com sua previsão de que o crescimento demográfico não seria acompanhado pela proporcional produção de alimentos. 02.Em determinados períodos, especialmente na Idade Média, em vez de aumentar, a população diminuiu em decorrência das guerras e das epidemias mortíferas.

21 04.Um dos principais problemas dos países de população envelhecida e com a baixa natalidade, como muitos países europeus, é a manutenção dos benefícios sociais quando a maioria da população já não trabalha mais. 08.Os principais fatos que contribuíram para o aumento da população foram os avanços na medicina, que diminuíram a mortalidade e aumentaram a expectativa de vida, bem como a aplicação da tecnologia na produção de alimentos.

22 16.Nos próximos anos a maior demanda populacional deve ocorrer nos países subdesenvolvidos com poucas condições de garantir o bem estar das pessoas. Gab: 31

23 a)A taxa de crescimento vegetativo é calculada pela diferença entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade, em um período determinado. b)A taxa de mortalidade corresponde à somatória da taxa de mortalidade infantil e dos índices gerais de mortalidade. c)A taxa de natalidade corresponde à somatória da taxa de fecundidade e da taxa de crescimento demográfico.


Carregar ppt "Prof. Jeferson C. de Souza. RDH 2010 / substitui o IPH aponta privações em educação, saúde e padrão de vida dez indicadores: nutrição e mortalidade infantil."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google