A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ECONOMIA. POR QUE ESTUDAR ECONOMIA? A PRIMEIRA RAZÃO PARA ESTUDAR ECONOMIA É o fato de que ela o ajudará a entender o mundo em que vivemos. Os problemas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ECONOMIA. POR QUE ESTUDAR ECONOMIA? A PRIMEIRA RAZÃO PARA ESTUDAR ECONOMIA É o fato de que ela o ajudará a entender o mundo em que vivemos. Os problemas."— Transcrição da apresentação:

1 ECONOMIA

2 POR QUE ESTUDAR ECONOMIA? A PRIMEIRA RAZÃO PARA ESTUDAR ECONOMIA É o fato de que ela o ajudará a entender o mundo em que vivemos. Os problemas econômicos estão presentes a todo instante em nossas vidas, desde questões rotineiras como assuntos de real complexidade.

3 PROBLEMAS ECONOMICOS Salário; Desemprego; Desemprego; Taxa de Juros; PIB; IDH.

4 INDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO - IDH IDH é um índice que serve de comparação entre os países, com objetivo de medir o grau de desenvolvimento econômico e a qualidade de vida oferecida à população; Saúde; Educação; Renda.

5

6 EXPECTATIVA DE VIDA NO BRASIL IBGE 2010

7 .

8 O BRASIL ASPECTOS DEMOGRÁFICOS CRESCIMENTO DA POPULAÇÃO: 10 VEZES Taxa de crescimento anual de 2,28%; Controle NATALIDADE. Crescimento da população mundial estimada em 1,36%.

9 IBGE

10 TAXA DE ANALFABETISMO

11 Universidades, Centros Universitários e Faculdades Região Norte136( 5,87%) Região Nordeste403(17,37%) Região Sudeste1.122(48,83%) Região Sul399(17,20%) Região Centro-Oeste249(10,37%) Fonte: IPAE- Instituto de Pesquisas Avançadas em Educação – 2005.

12 DISTRIBUIÇÃO DE RENDA - BRASIL

13 DADOS HISTÓRICO: Formação econômica Brasileira; Inflação; Programas Sociais.

14 DISTRIBUIÇÃO DE RENDA - BRASIL Uma família é considerada pobre quando a soma de seus rendimentos é insuficiente para suas necessidades básicas –alimentação, saúde, educação, moradia e transporte, entre outras necessidades fundamentais (Rezende e Tafner, 2005). No Brasil, tal questão é associada ao valor do salário mínimo são consideradas pobres aquelas famílias cuja renda mensal é inferior a meio salário mínimo por pessoa.

15 DISTRIBUIÇÃO DE RENDA - BRASIL A ministra de Desenvolvimento e Combate à Fome, Tereza Campello, anunciou nesta terça- feira (3) que o Brasil tem 16,27 milhões de pessoas em situação de extrema pobreza, o que representa 8,5% da população;

16 DISTRIBUIÇÃO DE RENDA - BRASIL

17 INDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO - IDH De acordo com dados para 2010, o IDH do Brasil é 0,699; MUDANÇAS NO PNUD 2010 No relatório divulgado em 2010, ocorreram mudanças na metodologia, fato que impede a comparação com índices dos anos anteriores.

18 INDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO - IDH A principal mudança foi a substituição do PIB (Produto Interno Bruto) pela Renda Nacional no cálculo do índice; Outra mudança foi a substituição do índice de alfabetização da população de um país pelos anos médios de estudo.

19 . Colocação no Ranking de IDH de alguns países: (Dados referente ao PNUD de 2010) 1º - Noruega0,938 2º - Austrália0,937 3º - Nova Zelândia0,907 4º - Estados Unidos0,902 5º - Irlanda0,895 6º - Liechtenstein0,891 7º - Holanda0,890 8º - Canadá0,888 9º - Suécia0,885 10º - Alemanha0,885 13º - Japão0,884 73º - Brasil0,699 MÉDIA MUNDIAL0,624

20 PROBLEMAS ECONOMICOS Por que os padrões de vida são tão baixos em paises africanos? Por que a expansão da moeda e a do crédito pode gerar inflação?

21 O CONCEITO DE ECONOMIA é uma ciência social e seu objetivo de estudo é a sociedade N. Gregory Mankim é o estudo da humanidade em sua vida rotineira Alfred Marshall

22 O CONCEITO DE ECONOMIA A ciência que estuda o emprego de recursos escassos, entre usos alternativos, com o fim de obter os melhores resultados, seja na produção de bens, ou na prestação de serviços. Nali de Jesus de Souza

23 OBJETIVO OS PROBLEMAS ECONÔMICOS O OBJETIVO DO ESTUDO DA CIÊNCIA ECONÔMICA É ANALISAR OS PROBLEMAS ECONÔMICOS E FORMULAR SOLUÇÕES PARA RESOVÊ-LOS, DE FORMA A MELHORAR NOSSA QUALIDADE DE VIDA.

24 MAPA GEOPOLÍTICO FATORES DE PRODUÇÃO

25 OBJETO DE ESTUDO Os recursos produtivos ou FATORES DE PRODUÇÃO são limitados: TERRA - Matéria Prima; TRABALHO - Mão-de-obra; CAPITAL - Máquinas.

26 OBJETO DE ESTUDO Um problema de ESCASSEZ: Recursos limitados x Necessidades humanas ilimitadas. Questão Central do estudo da Economia: Alocar recursos produtivos limitados para satisfazer todas necessidades da população.

27 ECONOMIA (escassez) Um problema de ESCASSEZ recursos limitados contrapondo-se a necessidades humanas ilimitadas. ESCASSEZ RELATIVA – os bens e serviços são escassos em relação ao desejo dos indivíduos. O desejo de adquirir uma quantidade de bens e serviços maior que a disponibilidade.

28 ECONOMIA (escolha) EXISTE OS RECURSOS, MAS A RENDA É INSUFICIENTE NA HORA DE CONSEGUIR TODOS OS BENS E SERVIÇOS DESEJADOS PARA SATISFAZER SUAS NECESSIDADES. As pessoas necessitam alimentar- se, vestir-se, receber educação etc

29 TIPOS DE NECESSIDADES NECESSIDADES VITAIS OU PRIMÁRIAS Desta depende a conservação da vida. Exemplo: Os alimentos.

30 TIPOS DE NECESSIDADES NECESSIDADES CIVILIZADAS OU SECUNDÁRIAS: São as que tendem a aumentar o bem-estar do individuo e variam no tempo, segundo o meio cultural, econômico e social em que se desenvolvem os indivíduos. Exemplo: o turismo

31 TIPOS DE NECESSIDADES NECESSIDADES DO INDIVÍDUO: Natural – comer; Social – decorrente da vida social. Exemplo: Casamento.

32 TIPOS DE NECESSIDADES NECESSIDADES DA SOCIEDADE COLETIVAS – partem do indivíduo e passam a ser da sociedade. Exemplo: Transporte. PÚBLICAS – surgem da mesma sociedade. Exemplo: A ordem pública.

33 TIPOS DE NECESSIDADES A ECONOMIA SE OCUPA DAS QUESTÕES RELATIVAS À SATISFAÇÃO DAS NECESSIDADES DOS INDIVÍDUOS E DA SOCIEDADE. A sociedade (conjunto de pessoas) tem também necessidades coletivas, tais como estradas, defesa, justiça etc.


Carregar ppt "ECONOMIA. POR QUE ESTUDAR ECONOMIA? A PRIMEIRA RAZÃO PARA ESTUDAR ECONOMIA É o fato de que ela o ajudará a entender o mundo em que vivemos. Os problemas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google