A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

UNIDADE 1: INTRODUÇÃO §A Escassez: O Problema Econômico §Por que continuamos a lutar pela vida? §Podemos dizer que há dois motivos funda- mentais: 1- Nossos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "UNIDADE 1: INTRODUÇÃO §A Escassez: O Problema Econômico §Por que continuamos a lutar pela vida? §Podemos dizer que há dois motivos funda- mentais: 1- Nossos."— Transcrição da apresentação:

1 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO §A Escassez: O Problema Econômico §Por que continuamos a lutar pela vida? §Podemos dizer que há dois motivos funda- mentais: 1- Nossos desejos materiais são insaciáveis. 2- Os recursos econômicos são escassos.

2 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO §Desejos ilimitados. Os desejos materiais provêm de duas fontes: 1 – Necessidades Básicas - Alimentação, habitação e vestuário. 2 – Necessidades Supérfluas - Com o tempo, um mesmo consumidor pode querer uma comida melhor, uma casa melhor, uma roupa melhor...

3 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO §Recursos Escassos. Recursos: são os insumos básicos utilizados: - Na produção de bens e serviços. Portanto, são também chamados de fatores de produção. - Podem ser divididos em três categorias: terra, trabalho e capital.

4 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO §. Terra: Esse termo é usado em sentido amplo e não inclui somente a terra no sentido estrito da palavra. Inclui todos os recursos naturais que podem ser utilizados como um fator de produção, tais como: minerais, água, luz, etc. §Obs: esses recursos podem ser divididos em: recursos renováveis e não-renováveis.

5 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO §. Trabalho: - Inclui as habilidades físicas e mentais de seres humanos, quando são aplicadas na produção de bens e serviços.

6 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO. Capital: - são as instalações, o equipamento e os outros materiais utilizados no processo produtivo. - o processo de produzir e acumular o capital é chamado investimento.

7 -Em contraste com os bens de consumo (como sapatos, camisas, automóveis), os bens de capital ou de investimento não têm o fim de satisfazer diretamente os desejos humanos. - O capital produzido agora irá satisfazer os desejos apenas indiretamente em um período posterior, quando for utilizado na produção de um bem de consumo. UNIDADE 1: INTRODUÇÃO

8 - Conseqüentemente, a formação de capital envolve uma escolha entre o consumo agora e um consumo maior no futuro. -Então, com desejos ilimitados e recursos limitados, enfrentamos o problema fundamental da economia, a escassez. - Então, temos que escolher.

9 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO §Escassez e Escolha: A curva de Pos - §sibilidades de Produção. - O problema da escassez e a necessidade de fazer escolhas podem ser explicados através de uma curva de possibilidades de produção. - Uma curva de possibilidades de produção mostra o que se pode produzir com as quantidades disponíveis de terra, trabalho e capital e com a tecnologia existente.

10 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO - Para ver o problema na forma mais simples, consideramos uma economia que produz somente dois bens: comida e roupa.

11 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO POSSIBILIDADE DE PRODUÇÃO

12 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO § - Exemplo: - Considere uma situação inicial onde gastamos todos os recursos na produção de comida (situação A). - Mas poderemos melhorar nossa situação com a mesma disponibilidade de recursos. Por exemplo: deixando de produzir uma unidade de comida para produzir uma unidade de roupa.

13 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO §- A mudança para essa nova situação deve ser analisada por dois lados. 1) Pelo benefício obtido 2) Pelo custo incorrido

14 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO -Pelo Benefício: O benefício obtido pode ser mensurado pela satisfação de consumir uma nova unidade de roupa. -Pelo Custo: O custo incorrido pode ser mensurado pela perda de satisfação de consumir uma unidade a menos de comida, que é a quantidade necessária que se deve abrir mão para deslocar os recursos para a produção de roupa (custo de oportunidade).

15 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO §Custo de Oportunidade de um produto é a alternativa que deve ser sacrificada para se obter este produto. (No exemplo, o custo de oportunidade de uma unidade de roupa é uma unidade de comida que deixa de ser produzida).

16 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO A B C D F E Comida Roupa A CURVA DE POSSIBILIDADES DE PRODUÇÃO

17 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO -No eixo das coordenadas representam- se as quantidades possíveis de produção de comida com os recursos existentes. -No eixo das abscissas representam-se as quantidades possíveis de produção de roupa com os recursos disponíveis. -Então, produzir uma unidade de roupa implica reduzir a produção de 20 para 19 unidades de comida (custo de oportunidade é de 1 unidade de comida).

18 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO. Custos de Oportunidade Crescente: -à medida que a economia se desloca do ponto A para o ponto F, os custos de oportunidade para produzir uma nova unidade de roupa vão aumentando. -Por exemplo: Na situação C produz-se 2 unidades de roupa e 17 unidades de comida. Se quiséssemos produzir uma 3ª unidade de roupa,seria necessário reduzir 4 unidades de comida (o custo de oportunidade é maior), e assim por diante.

19 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO -Então, mais aumentos na produção de roupa implicam em sacrifícios cada vez maiores na produção de comidas.

20 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO A Curva de Possibilidade de Produção é uma Fronteira § A curva de possibilidade de produção revela o que uma economia é capaz de produzir. Reflete a produção máxima de dois bens. §Qualquer consideração de produtos abaixo da curva de possibilidade de produção implica que os recursos não estão sendo utilizados de forma eficiente.

21 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO §Com a mesma quantidade de recursos é possível produzir mais de um ou dos dois produtos

22 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO A figura abaixo ilustra uma situação dessas. O ponto U é uma situação de desemprego dos fatores de produção. Se empregarmos melhor os fatores de produção podemos nos deslocar para os pontos B, C, D ou E como ilustrados. AB C D E F U 0 Desemprego e a curva de possibilidade de produção.T.T

23 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO §No ponto T, fora de curva, não é possível produzir, pois essa produção estaria limitada pelos recursos disponíveis dessa economia. §Então, a curva de possibilidade de produção é a fronteira do que é possível produzir (interior de curva) e do que não é possível (fora da curva). Crescimento: Deslocamento Para Fora da Curva de Possibilidade de Produção. §Com o passar do tempo, aumentos na capacidade produtiva da economia e o crescimento poderiam permitir o alcance de pontos como T

24 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO §As três fontes principais de crescimento são: i) avanço tecnológico; ii) aumento na quantidade de capital e iii) aumento na força de trabalho. §A descoberta de um fertilizante, por exemplo, pode aumentar a produtividade do fator terra, o que implica no aumento de capacidade produtiva dos alimentos(comida) e de roupa (algodão). Com isso a curva de possibilidade de produção desloca-se para direita e acima.

25 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO O Crescimento: A Escolha Entre Bens de Consumo e Bens de Capital §Outro fator de crescimento é a acumulação de capital. No entanto, para acumular capital é preciso produzir mais bens de capital e menos bens de consumo. §Quanto maior for a parcela de recursos destinados à produção de bens de capital, maior será o incremento na capacidade produtiva, isto é, maior será o deslocamento da curva de possibilidade de produção

26 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO §As figuras abaixo comparam duas economias: consumista (economia A) e poupadora (economia B). §A economia consumista aloca, atualmente, os seus recursos disponíveis de modo a produzir pouco bens de capital e muito bens de consumo. Essa situação pode ser representada pelo ponto A §De outro lado, a economia poupadora produz mais bens de capital e uma quantidade menor de bens de consumo. Essa situação pode ser representada pelo ponto B.

27 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO A CPP 2010 CPP 2000 CPP 2010 CPP 2000 B Bens de Capital Bens de Consumo 00

28 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO §A Economia B (poupadora) obterá, no futuro, uma capacidade de produção maior, o que pode ser demostrado através de um deslocamento de sua curva de possibilidade de produção maior do que o deslocamento dessa curva na economia A(consumista). Desenvolvimento Econômico: A Problema de Decolagem § Países subdesenvolvidos têm uma curva de possibilidade de produção bastante restrita.

29 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO §Sair do subdesenvolvimento implica, dentre outras coisas, deslocar a curva de possibilidade de produção para a direita. Isso requer, no entanto, sacrifício presente para a formação de capital

30 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO Uma Introdução a Teoria Econômica: a Necessidade de Simplificar. §A curva de possibilidade de produção é a primeira peça de equipamento teórico que o estudante principiante em economia tipicamente encontra. §Mas a curva de possibilidade de produção assim como muitos outros conceitos representam simplificações do mundo real. §Mas a questão é: com esta abordagem simples é possível dizer-se algo de relevante sobre o mundo real?

31 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO §Se aceitássemos a tarefa de descrever o mundo real em detalhe, nosso trabalho nunca terminaria. §A teoria é como um mapa. Se o mapa for detalhado ao extremo, será mais preciso, porém confuso. Em nada ajudara o motorista a guiar-se. O mapa deve guiar em linhas gerais, o motorista. Do mesmo modo, o objetivo de teoria econômica é relevar, em linhas gerias, as relações importantes entre os produtores e os consumidores.

32 UNIDADE 1: INTRODUÇÃO §Então, por exemplo, a curva de possibilidade de produção é mostrar o conceito de escassez e de custo de oportunidade em decidir produzir mais de um dos bens.


Carregar ppt "UNIDADE 1: INTRODUÇÃO §A Escassez: O Problema Econômico §Por que continuamos a lutar pela vida? §Podemos dizer que há dois motivos funda- mentais: 1- Nossos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google