A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ALFRED MARSHALL – A TEORIA DO VALOR Os três teoremas da Teoria do Valor.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ALFRED MARSHALL – A TEORIA DO VALOR Os três teoremas da Teoria do Valor."— Transcrição da apresentação:

1 ALFRED MARSHALL – A TEORIA DO VALOR Os três teoremas da Teoria do Valor

2 INTRODUÇÃO Para Marshall a análise do funcionamento do sistema de mercado, para a determinação dos preços, começava com o estudo do comportamento dos produtores e dos consumidores, chave para analisar a determinação dos preços de mercado, a demanda e as condições que os produtores estariam dispostos a vender os seus bens e serviços.

3 TEORIA DO VALOR As coisas não têm valor, os indivíduos é que dão valor ás coisas mediante as suas próprias necessidades e a sua quantidade. Quanto maior for a quantidade menor será o valor das coisas e quanto menor for a quantidade maior será o valor, ou seja, o valor de algo é a utilidade (o interesse que cada coisa tem para as pessoas). Esta dualidade é muito importante para a Economia pois uma decisão não tem só benefícios nem só custos.

4 Possibilidades de produção Devido aos recursos limitados uma sociedade tem que escolher as quantidades de bens e serviços a produzir, mais comboios e menos automóveis, mais café e menos chá, etc. As possibilidades de escolha são imensas

5 Lei da procura e da oferta É a lei que estabelece a relação entre a demanda de um produto, ou a procura de um produto, e a quantidade que pode ser oferecida, ou que o produtor deseja oferecer. Pode-se concluir que quanto menor o preço de um determinado serviço, maior a quantidade procurada e vendida. Sendo o inverso também aplicável, quanto maior o preço, menor a quantidade procurada. Mas ao contrário do que pode parecer a princípio, esse comportamento não é sempre influenciado apenas pelos preços através da oferta e procura. Existem outros elementos a serem considerados: - Os desejos e necessidades das pessoas;- O poder de compra; - A disponibilidade dos serviços;- A capacidade das empresas de produzirem determinadas mercadorias com o nível tecnológico desejado.

6 Então, a demanda só vai acontecer se um consumidor tiver um desejo ou necessidade, se ele tiver condições financeiras para suprir essa necessidade ou desejo e se ele tiver intenção de satisfazê-los. Sendo assim, Marshall utilizou um instrumento da Economia para estudar o funcionamento económico, um gráfico onde se cruzam as duas curvas da oferta e da procura, em resultado da relação entre duas variáveis – preço e quantidade –, assumindo que os restantes determinantes da oferta (função da oferta) e da procura (função da procura) permanecem constantes. Este gráfico ficou conhecido como «cruz marshalliana» pois foi Marshall que começou a utilizar intensamente o gráfico completo, da forma que agora é usual.

7 TEOREMAS DA ESCOLHA DA TEORIA DO VALOR Primeiro teorema da teoria do valor: O Agente deve escolher a alternativa com maior benefício líquido, ou seja, com maior benefício ao menor custo. Essa escolha deve ser feita tendo em conta a dualidade benefícios-custos, ou seja, a melhor escolha deve ser a que apresenta um benefício maior que o custo

8 Segundo teorema da teoria do valor A escolha racional leva a selecionar a quantidade em que o benefício marginal é igual ao custo marginal. O segundo teorema da escolha diz-nos que ao adicionar-se uma nova unidade, a uma determinada alternativa, esta vai ter um certo benefício e custo adicional, dando origem a um novo benefício líquido total! A estes benefícios e custos adicionais vão-se designar como benefício marginal e custo marginal. Com o tempo o benefício marginal tende a decrescer, pois de acordo com a Lei da produtividade marginal decrescente ou lei dos rendimentos decrescentes, á medida que o consumo de um bem aumenta menor será o benefício total pois o aumento do consumo de um bem vai provocar uma redução do prazer em consumir esse bem logo o benefício marginal será cada vez menor.

9 Terceiro teorema da teoria do valor Deve-se consumir uma quantidade de cada um dos bens disponíveis para que o benefício marginal da última unidade do recurso gasto em cada um deles seja igual em todos eles. A escolha de determinados bens deve ser feita mediante os recursos existentes, ou seja, mediante um determinado recurso este deve ser usado em varias alternativas diferentes, cada uma com o seu ganho e o seu custo, com vista a obtenção de uma maior satisfação Para um indivíduo obter máxima satisfação deve gastar cada unidade do recurso naquilo que, num determinado instante lhe dá mais prazer.

10 BIBLIOGRAFIA Troster, R. L.; Mochon, F., Introdução à Economia da editora McGraw Hill, pp 12, 49-55, 96, César das Neves, J, O que é a economia?. Principia. César das Neves, J, Introdução à economia. 6ª Edição, da editora Verbo, pp 22, 33,


Carregar ppt "ALFRED MARSHALL – A TEORIA DO VALOR Os três teoremas da Teoria do Valor."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google