A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CAPÍTULO 5 © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Mercado de bens e mercados financeiros: o modelo IS-LM Olivier Blanchard Pearson.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CAPÍTULO 5 © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Mercado de bens e mercados financeiros: o modelo IS-LM Olivier Blanchard Pearson."— Transcrição da apresentação:

1 CAPÍTULO 5 © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Mercado de bens e mercados financeiros: o modelo IS-LM Olivier Blanchard Pearson Education

2 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard O mercado de bens e a relação IS Existe equilíbrio no mercado de bens quando a produção, Y, é igual à demanda por bens, Z. Essa condição é chamada relação IS. No modelo simples desenvolvido no Capítulo 3, a taxa de juros não afetava a demanda por bens. A condição de equilíbrio era dada por: 5.1

3 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Investimento, vendas e taxa de juros Neste capítulo, captamos o efeito de dois fatores que afetam o investimento: Nível de vendas (+) Taxa de juros (-)

4 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Determinação do produto Se levarmos em consideração a relação de investimento acima, a condição de equilíbrio no mercado de bens será:

5 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Determinação do produto Para dado valor da taxa de juros, i, a demanda é uma função crescente do produto por dois motivos: Um aumento no produto leva a um aumento da renda e também a um aumento da renda disponível. Um aumento do produto também leva a um aumento do investimento.

6 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Determinação do produto A demanda por bens é uma função crescente do produto. O equilíbrio requer que a demanda por bens seja igual ao produto. Equilíbrio do mercado de bens Figura 5.1

7 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Determinação do produto Observe duas características de ZZ: Como não supusemos que as relações entre consumo e investimento na Equação (5.2) sejam lineares, ZZ é, geralmente, uma curva em vez de uma reta. ZZ foi desenhada com uma inclinação menor do que a reta de 45 graus porque se supõe que um aumento no produto leve a um aumento da demanda inferior a um para um. Figura 5.1

8 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Derivação da curva IS Um aumento da taxa de juros diminui a demanda por bens a qualquer nível de produto. Efeito de um aumento da taxa de juros sobre o produto Figura 5.2

9 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Derivação da curva IS O equilíbrio do mercado de bens implica que um aumento da taxa de juros leva a uma diminuição do produto. Portanto, a curva IS é negativamente inclinada. Derivação da curva IS Figura 5.3

10 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Derivação da curva IS Com o auxílio da Figura 5.3, podemos encontrar a relação entre o produto de equilíbrio e a taxa de juros. A Figura 5.3(a) reproduz a Figura 5.2. A taxa de juros, I, implica um nível de produto igual a Y. A Figura 5.3(b) mostra o produto de equilíbrio Y no eixo horizontal contra a taxa de juros no eixo vertical. Essa relação entre a taxa de juros e o produto é representada pela curva negativamente inclinada – a curva IS.

11 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Derivação da curva IS Um aumento de impostos desloca a curva IS para a esquerda. Deslocamentos da curva IS Figura 5.4

12 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Deslocamentos da curva IS Resumindo: O equilíbrio do mercado de bens implica que um aumento da taxa de juros leva a uma diminuição do produto. Mudanças em fatores que diminuem a demanda por bens, dada a taxa de juros, deslocam a curva IS para a esquerda.

13 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Mercados financeiros e a relação LM A taxa de juros é determinada pela igualdade entre oferta de moeda e demanda por moeda: M = estoque nominal de moeda $YL(i) = demanda por moeda $Y = renda nominal i = taxa nominal de juros 5.2

14 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Moeda real, renda real e taxa de juros A relação LM : no equilíbrio, a oferta real de moeda é igual à demanda real por moeda, que depende da renda real, Y, e da taxa de juros, i: Lembre-se que PIB Nominal = PIB Real multiplicado pelo deflator do PIB: De modo equivalente:

15 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Derivação da curva LM Um aumento da renda produz, a uma dada taxa de juros, um aumento da demanda por moeda. Dada a oferta de moeda, esse aumento da demanda por moeda leva a um aumento da taxa de juros de equilíbrio. Efeito de um aumento da renda sobre a taxa de juros Figura 5.5

16 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Derivação da curva LM O equilíbrio dos mercados financeiros implica que um aumento de renda leve a um aumento da taxa de juros. A curva LM é, portanto, positivamente inclinada. Derivação da curva LM Figura 5.6

17 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Derivação da curva LM Da Figura 5.6 aprendemos: A Figura 5.6(a) reproduz a Figura 5.5 A Figura 5.6(b) mostra a taxa de juros de equilíbrio i no eixo vertical contra a renda no eixo horizontal Essa relação entre produto e taxa de juros é representada pela curva positivamente inclinada da Figura 5.6(b). Essa curva é chamada de curva LM.

18 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Deslocamentos da curva LM Um aumento da moeda faz com que a curva LM se desloque para baixo. Deslocamentos da curva LM Figura 5.7

19 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Deslocamentos da curva LM Resumindo: Para dada oferta de moeda, o equilíbrio dos mercados finaceiros indica que um aumento do nível de renda (que aumenta a demanda por moeda) leva a um aumento da taxa de juros. Um aumento da oferta de moeda desloca a curva LM para baixo; uma diminuição da oferta de moeda desloca a curva LM para cima.

20 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Combinação das relações IS e LM O equilíbrio no mercado de bens indica que um aumento da taxa de juros leva a uma diminuição do produto. O equilíbrio dos mercados financeiros indica que um aumento do produto leva a um aumento da taxa de juros. Quando a curva IS cruza a curva LM, o mercado de bens e os mercados financeiros alcançam o equilíbrio. O modelo IS-LM 5.3 Figura 5.8

21 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Política fiscal, nível de atividade e taxa de juros Contração fiscal ou consolidação fiscal é uma política fiscal que reduz o déficit orçamentário. Um aumento do déficit é chamado expansão fiscal. Os impostos deslocam a curva IS, mas não a curva LM.

22 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Política fiscal, nível de atividade e taxa de juros Efeitos de um aumento de impostos Um aumento de impostos desloca a curva IS para a esquerda e leva a uma diminuição do nível de produto de equilíbrio e da taxa de juros de equilíbrio. Figura 5.9

23 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Redução do déficit: bom ou ruim para o investimento? Investimento = Poupança privada + Poupança pública I = S + (T – G) Uma contração fiscal pode diminuir o investimento ou, examinando a política inversa, uma expansão fiscal uma diminuição dos impostos ou um aumento dos gastos pode efetivamente aumentar o investimento.

24 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Política monetária, nível de atividade e taxa de juros Contração monetária ou aperto monetário é uma diminuição da oferta de moeda. Um aumento da oferta de moeda é chamado de expansão monetária. A política monetária não desloca a curva IS, apenas a curva LM. Por exemplo, um aumento da oferta de moeda desloca a curva LM para baixo.

25 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Política monetária, nível de atividade e taxa de juros Uma expansão monetária leva a um produto maior e a uma taxa de juros menor. Efeitos de uma expansão monetária Figura 5.10

26 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Uso de uma combinação de políticas O uso simultâneo de políticas monetária e fiscal é conhecido como combinação de políticas monetária e fiscal ou, simplesmente, combinação de políticas. 5.4

27 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard A recessão de 2001 nos Estados Unidos Figura 1 Taxa de crescimento dos Estados Unidos, 1999:1-2002:4

28 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard A recessão de 2001 nos Estados Unidos Figura 2 Taxa do mercado interbancário, 1999:1-2002:4

29 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard A recessão de 2001 nos Estados Unidos Figura 3 Receitas e gastos dos Estados Unidos em nível federal (% do PIB), 1999:1-2002:4

30 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard A recessão de 2001 nos Estados Unidos Figura 4 A recessão de 2001 nos Estados Unidos

31 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard A recessão de 2001 nos Estados Unidos O que aconteceu em 2001 foi o seguinte: A diminuição da demanda por investimento levou a um acentuado deslocamento da curva IS para a esquerda, de IS para IS. O aumento da oferta de moeda levou a um deslocamento para baixo da curva LM, de LM para LM. A diminuição das alíquotas dos impostos e o aumento dos gastos levaram a um deslocamento da curva IS para a direita, de IS para IS.

32 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Como o modelo IS-LM se ajusta aos fatos? A introdução formal da dinâmica seria difícil, mas podemos descrever os mecanismos básicos com palavras. É provável que os consumidores levem algum tempo para ajustar seu consumo após uma mudança em sua renda disponível. É provável que as empresas levem algum tempo para ajustar os gastos com investimento após uma mudança em suas vendas. É provável que as empresas levem algum tempo para ajustar os gastos com investimento após uma mudança na taxa de juros. É provável que as empresas levem algum tempo para ajustar a produção após uma mudança em suas vendas. 5.5

33 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Como o modelo IS-LM se ajusta aos fatos? No curto prazo, um aumento da taxa do mercado interbancário leva a uma diminuição do produto e a um aumento do desemprego, mas tem pouco efeito sobre o nível de preços. Efeitos empíricos de um aumento da taxa do mercado interbancário Figura 5.11

34 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Como o modelo IS-LM se ajusta aos fatos? As duas linhas tracejadas e o espaço sombreado entre elas representam o intervalo de confiança, uma faixa dentro da qual, com uma probabilidade de 60%, deve se encontrar o valor verdadeiro do efeito. A Figura 5.11(a) mostra os efeitos de um aumento de 1% da taxa do mercado interbancário sobre as vendas no varejo ao longo do tempo. A Figura 5.11(b) mostra como vendas mais baixas levam a um produto mais baixo. A Figura 5.11(c) mostra como o produto mais baixo leva a um emprego mais baixo. A Figura 5.11(e) examina o comportamento do nível de preços.

35 Capítulo 5: Mercado de bens e mercados financeiros © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Palavras-chave curva IS curva LM contração fiscal consolidação fiscal expansão fiscal expansão monetária contração monetária, aperto monetário combinação de políticas monetária e fiscal, ou combinação de políticas intervalo de confiança


Carregar ppt "CAPÍTULO 5 © 2006 Pearson Education Macroeconomia, 4/e Olivier Blanchard Mercado de bens e mercados financeiros: o modelo IS-LM Olivier Blanchard Pearson."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google