A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Fernando Lopes - Universidade dos Açores Mercados de Bens e Financeiros: O Modelo IS-LM.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Fernando Lopes - Universidade dos Açores Mercados de Bens e Financeiros: O Modelo IS-LM."— Transcrição da apresentação:

1 Fernando Lopes - Universidade dos Açores Mercados de Bens e Financeiros: O Modelo IS-LM

2 Mercado de Bens e a Relação IS Existe equilíbrio no mercado de bens quando a produção, Y, é igual à procura por bens, DA. No modelo simples desenvolvido no capítulo 3, a taxa de juros não afectava a procura por bens. A condição de equilíbrio era dada por:

3 Investimento, Vendas e Taxa de Juros Neste capítulo, analisamos os efeitos de dois fatores que afetam o investimento : – Nível das vendas (+) – Taxa de juros (-)

4 Determinação do Produto Considerando a relação de investimento acima, a condição de equilíbrio do mercado de será:

5 Determinação do Produto Note: a linha ZZ tem inclinação menor que 45º apenas quando aumentos no consumo e investimento não excedem o aumento no produto. A procura por bens é uma função crescente do produto. O equilíbrio requer que a procura por bens seja igual ao produto. O equilíbrio no mercado de bens

6 Derivação da Curva IS O aumento da taxa de juros faz diminuir a procura por bens a qualquer nível do produto. Efeitos do aumento na taxa de juros sobre o produto

7 Derivação da Curva IS O equilíbrio no mercado de bens implica que um aumento na taxa de juros leva a uma queda no produto. A curva IS tem uma inclinação descendente. Derivação da curva IS

8 Deslocamentos da Curva IS Um aumento nos impostos desloca a curva IS para a esquerda. Deslocamentos da curva IS

9 Mercados Financeiros e a Relação LM A taxa de juros é determinada pela igualdade entre a oferta e a procura por moeda: M = stock nominal de moeda $YL(i) = procura por moeda Y = renda nominal i = taxa de juros nominal

10 Moeda Real, Renda Real e Taxa de Juros Relação LM: no equilíbrio, a oferta real de moeda é igual à procura real por moeda, que depende da renda real, Y, da taxa de juros, i : Do capítulo 2, lembre-se de que PIB nominal = PIB real multiplicado pelo deflator do PIB: Do capítulo 2, lembre-se de que PIB nominal = PIB real multiplicado pelo deflator do PIB: De modo equivalente:

11 Derivação da Curva LM Um aumento do rendimento causa, a uma dada taxa de juros, o aumento da procura por moeda. Dada a oferta de moeda, isso leva a um aumento da taxa de juros de equilíbrio. Efeitos do aumento da renda sobre a taxa de juros

12 Derivação da Curva LM O equilíbrio nos mercados financeiros implica que a taxa de juros seja função crescente do nível de rendimento. A curva LM tem inclinação ascendente. Derivação da curva LM

13 Deslocamentos da Curva LM O aumento da oferta de moeda faz com que a curva LM se desloque para baixo. Deslocamentos da curva LM

14 Combinação das Relações IS e LM Quando a curva IS intercepta a curva LM, os mercados de bens e financeiro estão em equilíbrio. O modelo IS-LM

15 Política Fiscal, Produto e Taxa de Juros Contração fiscal ou consolidação fiscal refere-se à política fiscal que reduz o déficit orçamentário. – Aumento de impostos; – Redução dos gastos do estado Um aumento do déficit é chamado de expansão fiscal. Os impostos afetam a curva IS, não a curva LM.

16 Política Fiscal, Produto e Taxa de Juros O aumento dos impostos desloca a curva IS para a esquerda e diminui os níveis de equilíbrio do produto e da taxa de juros. Efeitos do aumento dos impostos

17 A história O aumento de impostos reduz o rendimento disponível; A diminuição do rendimento leva a uma redução do consumo das famílias; Em consequência do efeito multiplicador verifica-se uma diminuição do produto e do rendimento; A redução do rendimento causa uma diminuição da procura de moeda e logo da taxa de juros; A pergunta final é se a diminuição da taxa de juros provoca um aumento do investimento que compense a redução do deficit orçamental.

18 Exercício Recolha informação sobre a politica de consolidação orçamental portuguesa no período ; Construa um cenário que explique o que se passou recorrendo à análise gráfica; Descubra em quanto se reduz o deficit por cada aumento de 1% no produto;

19 Política Monetária, Nível de Actividade e Taxa de Juros Contração monetária refere-se à redução na oferta de moeda. O aumento da oferta de moeda é chamado de expansão monetária. A política monetária não afeta a curva IS, apenas a curva LM. Por exemplo, um aumento na oferta de moeda desloca a curva LM para baixo.

20 Política Monetária, Nível de Atividade e Taxa de Juros A expansão monetária leva a um produto maior e uma taxa de juros menor. Efeitos da expansão monetária

21 Uso de uma Combinação de Políticas A combinação das políticas monetária e fiscal é conhecida como combinação das políticas monetária e fiscal ou, simplesmente, combinação de políticas. Efeitos das políticas fiscal e monetária para cimapara baixopara cimanenhumContração monetária para baixopara cimapara baixonenhumExpansão monetária para baixo nenhumesquerdaRedução dos gastos para cima nenhumdireitaAumento dos gastos para cima nenhumdireitaRedução dos impostos para baixo nenhumesquerda Aumento dos impostos Flutuação da taxa de juros Variação do produto Desloc. de LM Desloc. de IS de IS

22 A Combinação das Políticas Clinton- Greenspan 4,8 3,7 0, ,3 3,4 2, ,0 2,0 2, ,6 2,7 1, Variáveis macroeconômicas selecionadas – Estados Unidos ,23,75,57,3 Taxa de juros (%) 3,92,32,7 0,9 Crescimento do PIB (%) 0,3 3,8 4,5 3,3 Superávit orçamentário (% do PIB) (sinal negativo = déficit)

23 A Combinação das Políticas Clinton- Greenspan A combinação correta de redução do déficit e expansão monetária pode obter a redução do déficit sem causar efeito adverso no produto. Redução do déficit e expansão monetária

24 A Reunificação da Alemanha e a Combinação das Políticas Monetária e Fiscal de Pós- Guerra 2,9 1,8 0,2 2,1 Superávit orçamentário (% do PIB) (sinal negativo = déficit) 9,2 6,7 3, Variáveis macroeconômicas selecionadas – Alemanha Ocidental, ,57,14,3 Taxa de juros (%) 10,58,55,9 Crescimento do investimento (%) 4,53,83,7 Crescimento do PIB (%)

25 A Reunificação da Alemanha e a Combinação das Políticas Monetária e Fiscal de Pós-Guerra Combinação das políticas monetária e fiscal na Alemanha pós-reunificação

26 Como o Modelo IS-LM se Adequa aos Factos ? As duas linhas tracejadas e o espaço sombreado entre elas representam a banda de confiança, a faixa dentro o valor real do efeito apresenta 60% de probabilidade. No curto prazo, o aumento da taxa de juros básica provoca a queda do produto e o aumento do desemprego, mas tem pouco efeito sobre o nível de preços Efeitos empíricos do aumento da taxa de juros básica

27 Termos-Chave curva IS curva LM contração fiscal ou consolidação fiscal expansão fiscal expansão monetária expansão monetária contração ou arrocho monetário contração ou arrocho monetário combinação das políticas monetária e fiscal ou combinação de políticas combinação das políticas monetária e fiscal ou combinação de políticas intervalo de confiança intervalo de confiança


Carregar ppt "Fernando Lopes - Universidade dos Açores Mercados de Bens e Financeiros: O Modelo IS-LM."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google