A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

– 1 © 2005 McGraw-Hill Interamericana de España. Todos os direitos reservados. CAPÍTUL0 5 Modelo do Multiplicador.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "– 1 © 2005 McGraw-Hill Interamericana de España. Todos os direitos reservados. CAPÍTUL0 5 Modelo do Multiplicador."— Transcrição da apresentação:

1 – 1 © 2005 McGraw-Hill Interamericana de España. Todos os direitos reservados. CAPÍTUL0 5 Modelo do Multiplicador

2 – 2 © 2005 McGraw-Hill Interamericana de España. Todos os direitos reservados. Objectivos do Capítulo Perceber a equivalência S=I e C+I na determinação do equilíbrio; Explicar a diferença entre despesa planeada e verificada; Derivar o valor do multiplicador da PMC; Perceber o multiplicador no modelo AS- AD da economia; Perceber como a política fiscal afecta o produto no modelo do multiplicador; Perceber a diferença ente o multiplicador da despesa e o multiplicador c/ imposto.

3 – 3 © 2005 McGraw-Hill Interamericana de España. Todos os direitos reservados. O modelo do multiplicador O modelo do multiplicador é uma teoria macroeconómica usada para explicar a forma como o produto é determinado no curto prazo O modelo do multiplicador explica como os choques no investimento, no comércio internacional e nas políticas de despesa pública e impostos afectam o produto e o emprego numa economia Samuelson Cap.24

4 – 4 © 2005 McGraw-Hill Interamericana de España. Todos os direitos reservados. Determinação do produto Com Poupança e Investimento; Pelas Despesas Totais;

5 – 5 © 2005 McGraw-Hill Interamericana de España. Todos os direitos reservados. O produto nacional determina os níveis de consumo e de poupança Capítulo 24 / Figura 24-1

6 – 6 © 2005 McGraw-Hill Interamericana de España. Todos os direitos reservados. O nível de equilíbrio do produto nacional é determinado pela intersecção das curvas da poupança e do investimento Capítulo 24 / Figura 24-2

7 – 7 © 2005 McGraw-Hill Interamericana de España. Todos os direitos reservados. Na abordagem da despesa total, o nível do PIB de equilíbrio encontra-se na intersecção da curva C+ I com a bissectriz Capítulo 24 / Figura 24-3

8 – 8 © 2005 McGraw-Hill Interamericana de España. Todos os direitos reservados. Cada dólar de investimento é «multiplicado» por 3 dólares de produto Capítulo 24 / Figura 24-4

9 – 9 © 2005 McGraw-Hill Interamericana de España. Todos os direitos reservados. Limitações do modelo do multiplicador A análise do multiplicador é válida quando há recursos não utilizados; Em condições de pleno emprego aumentos da despesa levam a aumentos de preços em vez de aumentos do produto; O modelo omite o lado da oferta da economia representado pela interacção da oferta e da procura agregada na determinação dos preços; Um dos pressupostos básicos do multiplicador é que os preços e os salários são fixos no curto prazo.

10 – 10 © 2005 McGraw-Hill Interamericana de España. Todos os direitos reservados. Como o modelo do multiplicador se encaixa na abordagem AS-AD Capítulo 24 / Figura 24-5

11 – 11 © 2005 McGraw-Hill Interamericana de España. Todos os direitos reservados. Os impostos reduzem o rendimento disponível e deslocam a curva CC para a direita e para baixo Capítulo 24 / Figura 24-6

12 – 12 © 2005 McGraw-Hill Interamericana de España. Todos os direitos reservados. Política orçamental O conhecimento de que a política orçamental tem efeitos poderosos sobre a actividade económica conduziu à abordagem keynesiana da política macroeconómica: As políticas keynesianas são, primeiro, a dedicação explícita dos instrumentos da política macroeconómica aos objectivos económicos reais, em especial ao pleno emprego e ao crescimento real do rendimento nacional.

13 – 13 © 2005 McGraw-Hill Interamericana de España. Todos os direitos reservados. Para determinar o PIB de equilíbrio, e tal como o investimento, acrescenta-se a despesa pública Capítulo 24 / Figura 24-7

14 – 14 © 2005 McGraw-Hill Interamericana de España. Todos os direitos reservados. O efeito sobre o produto de um G maior Capítulo 24 / Figura 24-8

15 – 15 © 2005 McGraw-Hill Interamericana de España. Todos os direitos reservados. Multiplicadores de política orçamental Multiplicador da despesa pública: é o acréscimo do PIB resultante de um acréscimo de uma unidade monetária nas despesas em bens e serviços; Multiplicador do investimento = multiplicador da despesa;; Multiplicador dos impostos = PMC* multiplicador da despesa;

16 – 16 © 2005 McGraw-Hill Interamericana de España. Todos os direitos reservados. Políticas de estabilização Política orçamental; Política fiscal; Política monetária.

17 – 17 © 2005 McGraw-Hill Interamericana de España. Todos os direitos reservados. Para além do modelo do multiplicador O modelo do multiplicador ignora: O impacto da moeda e do crédito sobre o consumo e investimento; O impacto do comércio externo sobre o produto; A influência da oferta agregada e o impacto sobre os preços.

18 – 18 © 2005 McGraw-Hill Interamericana de España. Todos os direitos reservados. Multiplicadores da despesa em modelos macroeconómicos Capítulo 24 / Figura 24-9

19 – 19 © 2005 McGraw-Hill Interamericana de España. Todos os direitos reservados. Capítulo 24 / Quadro 24-1

20 – 20 © 2005 McGraw-Hill Interamericana de España. Todos os direitos reservados. Capítulo 24 / Quadro 24-2

21 – 21 © 2005 McGraw-Hill Interamericana de España. Todos os direitos reservados. Capítulo 24 / Quadro 24-3


Carregar ppt "– 1 © 2005 McGraw-Hill Interamericana de España. Todos os direitos reservados. CAPÍTUL0 5 Modelo do Multiplicador."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google