A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Programa 2011/2 C OMISSÃO A RQUIDIOCESANA PARA E DUCAÇÃO C RISTÃ SERVIÇO DE FORMAÇÃO «Competência também é testemunho!» 1.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Programa 2011/2 C OMISSÃO A RQUIDIOCESANA PARA E DUCAÇÃO C RISTÃ SERVIÇO DE FORMAÇÃO «Competência também é testemunho!» 1."— Transcrição da apresentação:

1 Programa 2011/2 C OMISSÃO A RQUIDIOCESANA PARA E DUCAÇÃO C RISTÃ SERVIÇO DE FORMAÇÃO «Competência também é testemunho!» 1

2 2 C.A.E.C. COMISSÃO ARQUIDIOCESANA PARA A EDUCAÇÃO CRISTÃ SF - SERVIÇO DE FORMAÇÃO DAC - DEPARTAMENTO ARQUIDIOCESANO DE CATEQUESE DAPJ - DEPARTAMENTO ARQUIDIOCESANO DE PASTORAL JUVENIL DAFCA DEPARTAMENTO ARQUIDIOCESANO DE FORMAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS

3 Índice C.A.E.C. Serviço de Formação 3 «Competência também é testemunho!» Slide Princípios e paradigmas programáticos para a formação4-6 O S.F. divide a formação que propõe em dois grandes grupos7 Destinatários da formação Projecto Acreditar e Projecto Esperança8 Educadores na fé9 Formadores e Coordenadores10 Datas de realização de cursos Projecto acreditar11 Projecto Acreditar – Formação de Animadores12 Curso de Iniciação, Curso Geral e Estágio13

4 Princípios e paradigmas programáticos para a formação. Realidade: Catequistas e Animadores em 551 paróquias com necessidades formativas comuns e especificas. «Competência também é testemunho!» 4 C.A.E.C. Serviço de Formação Finalidade: Contribuir para a formação da Pessoa toda e da vida da Pessoa em ordem à construção de uma personalidade crente (discernir a vocação e tomar decisões coerentes), bem como da sua missão em Igreja. Centralidade: Uma formação Cristocêntrica, centrada na Palavra de Deus, espiritual e doutrinal, discernida em correlação com os dados das ciências humanas.

5 Característica: Uma formação exigente, gradual e progressiva que precisa de tempo e de estabilidade. «Competência também é testemunho!» 5 Princípios e paradigmas programáticos para a formação. C.A.E.C. Serviço de Formação Visão: A formação tem uma responsabilidade social e é um compromisso com a Pessoa e a vida toda de cada formando. Lugar, âmbito e meta da formação: A comunidade (criar um núcleo de Educadores na Fé em cada Comunidade). Diocesenidade A formação é uma missão própria da Igreja particular (Diocese). A acção evangelizadora deve ser bem coordenada, porque tem como objectivo a unidade da fé, que, por sua vez, sustenta todas as acções da Igreja.

6 Principio: A formação não é toda para alguns mas um bocadinho para todos, ao longo de toda a vida de acordo com as necessidades de cada um em cada momento. «Competência também é testemunho!» 6 Princípios e paradigmas programáticos para a formação. C.A.E.C. Serviço de Formação Formação espaço de comunhão: Criar pontes e rentabilizar recursos. A acção pastoral, em cada sector da Igreja, tem muito mais de comum do que de específico. Desde o CV II que a Igreja tem vindo a reforçar o sentido unitário de toda a pastoral, por isso, a formação pretende integrar em cada curso, diferentes experiências pessoais e missionárias (catequistas, animadores, pais, …).

7 O S.F. divide a formação que propõe em dois grandes grupos «Competência também é testemunho!» 1. A Formação da Pessoa 2. A Formação da Pessoa para a Missão Projecto Acreditar Projecto Esperança Formação Estruturante de Educadores na Fé Formação de Formadores e de Coordenadores 7 C.A.E.C. Serviço de Formação

8 Destinatários da formação – Projecto Acreditar e Projecto Esperança «Competência também é testemunho!» CURSO ACREDITAR Catequistas, animadores, chefes de escuteiros, pais e membros do conselho pastoral, movimentos e obras. Adultos, confirmados na fé, reconhecidos nas suas comunidades, com conhecimentos ao nível da síntese da fé e capacidade de transmissão. 8 CURSO ACREDITAR ANIMADORES APROFUNDAMENTO Adultos com o curso acreditar para animadores, ou licenciados em teologia ou ciências religiosas. ANIMADORES DO PROJECTO ESPERANÇA Catequistas e Animadores que, nas suas comunidades, pretendam trabalhar o envolvimento dos pais na catequese e na pastoral em geral. C.A.E.C. Serviço de Formação

9 Destinatários da formação estruturante – Educadores na fé. «Competência também é testemunho!» CURSO DE INICIAÇÃO Maiores de 18 anos, confirmados na fé: que pretendam ser catequistas ou animadores de grupo; catequistas ou animadores que pretendam fazer uma reciclagem e conhecer as novidades introduzidas nesta formação; pais e avós envolvidos com a educação na fé nas suas comunidades. 9 CURSO GERAL Adultos com o Curso de Iniciação (Catequese) ou o Curso 1 da Pastoral Juvenil. ESTÁGIO Adultos com o Curso Geral ou o Curso 2 da Pastoral Juvenil. C.A.E.C. Serviço de Formação

10 Destinatários das formação estruturante – Formadores e Coordenadores. «Competência também é testemunho!» INTRODUÇÃO À ANDRAGOGIA Membros do Serviço de Formação e das Equipas Arciprestais (Catequese e Jovens). 10 C.A.E.C. Serviço de Formação ATELIÊS TEMÁTICOS CURSO DE COORDENAÇÃO Adultos que desempenham, ou possam vir a desempenhar, esta missão no âmbito da Pastoral Paroquial.

11 Projecto Acreditar O Curso Acreditar 1, 2 e Retiro, realiza-se nas zonas inter- paroquiais, de acordo com os respectivos planos anuais. «Competência também é testemunho!» 11 Curso Acreditar para Animadores. De 1 de Outubro a 17 de Dezembro. Sábado das 9H30 às 12H30, no Centro Pastoral (Braga). Inscrições até 20 de Setembro. Retiro: A Reconciliação. De 11 a 13 de Novembro, das 20H de Sexta às 17H de Domingo, no Centro Pastoral (Braga). Inscrições até 20 de Outubro. Curso Acreditar para Animadores: Aprofundamento. De 21 de Janeiro a 28 de Abril. Sábado das 9H30 às 12H30, no Centro Pastoral (Braga). Inscrições até 10 de Janeiro. C.A.E.C. Serviço de Formação

12 Projecto Esperança – Formação de Animadores* Ateliês (formação especifica complementar ao restante itinerário de formação de catequistas e animadores). Preparar o Advento e o Natal. Dia 15 Outubro. Inscrições até 5 Outubro. Preparar a Quaresma e a Páscoa. Dia 11 Fevereiro. Inscrições até 1 Fevereiro. A avaliação do ano e as férias. Dia 26 Maio. Inscrições até 16 Maio. Centro Pastoral (Braga), ao Sábado, das 9H às 17H. «Competência também é testemunho!» 12 C.A.E.C. Serviço de Formação

13 Curso de Iniciação, Curso Geral e Estágio De 16 de Janeiro a 15 de Março (às segundas e quintas, das 21H às 23H) e 17 de Março (sábado, das 14H às 24H). Inscrições até 10 de Dezembro. «Competência também é testemunho!» 13. Por módulos: ao longo do ano, à quarta-feira, das 21H às 23H, nos CAFCA. C.A.E.C. Serviço de Formação Cursos de Iniciação* Ou nos cursos de verão (semana intensiva em Agosto). Realizam-se nos CAFCA com o mínimo de 12 inscritos. Podem ser organizados cursos em outros períodos e horários desde que solicitados. Curso Geral* Ou em duas partes intensivas (bi-etápico): nos cursos de verão.

14 «Competência também é testemunho!» 14 Depende da área de residência dos inscritos. C.A.E.C. Serviço de Formação … Curso Geral por módulos … 12 Out. a 14 Dez. + 4 Jan. a 15 Fev. Inscrições até 20 de Set. Braga e Famalicão (St Adrião ou Ribeirão)* 7 Mar. a 27 de Jun. - interrompe na semana Santa. Inscrições até 13 Fev. Barcelos (Sto António) e Guimarães (Vizela e/ou Taipas) * Cabeceiras de Basto e V. Conde/ P. Varzim (Caxinas ou Matriz PV) * Centro Pastoral (Braga). 6 a 8 Mar. Das 20H de Sexta às 17H de Domingo. Inscrições até 20 Fev. ESPIRITUALIDADE INTRODUÇÃO À PASTORAL PEDAGOGIA E DIDÁCTICA PSICOSSOCIOLOGIA Cabeceiras de Basto e V. Conde/ P. Varzim (Caxinas ou Matriz PV) * Braga e Famalicão (St Adrião ou Ribeirão)* Barcelos (Sto António) e Guimarães (Vizela e/ou Taipas) *

15 Curso de Iniciação, Curso Geral e Estágio «Competência também é testemunho!» 15. Estágios 2012/2013 Realizam-se no 1º, 4º, 7º e 9º ano da catequese, jovens, adultos e coordenação, na paróquia do próprio formando. Inclui encontros à terça-feira, das 21H às 22H30, num CAFCA com o mínimo de 8 estagiários por estágio. De Maio de 2012 a Setembro de Inscrições até Abril de C.A.E.C. Serviço de Formação

16 Introdução à Andragogia. Formação à distância, com tutoria pessoal, de Outubro de 2011 a Junho de 2012 (cada formando pode entrar em qualquer altura do ano). «Competência também é testemunho!» 16 C.A.E.C. Serviço de Formação Formação de Formadores e de Coordenadores Ateliês temáticos. 1 de Dezembro, sábado, das 9H às 17H, no Centro Pastoral (Braga). Inscrições até 20 de Novembro.. A avaliação dos processos de formação.. A dinâmica dos testes de entrada.. A dinâmica do portefólio e do diário de bordo.. Os grandes desafios das equipas arciprestais.. A gestão da motivação.

17 Curso de Coordenação Paroquial. Nos CAFCA que tenham pelo menos 12 inscritos, à terça- feira, das 21H às 23H. Inscrições até 20 de Outubro. Parte de Novembro a 13 de Dezembro. Parte de Janeiro a 21 de Fevereiro. Parte de Abril a 22 de Maio. «Competência também é testemunho!» 17 C.A.E.C. Serviço de Formação Dia Arquidiocesano da Coordenação. Para adultos que desempenham funções de coordenação (catequese, jovens, adultos, família, CEP, sócio-caritativa e movimentos), Pais de catequizandos nas suas paróquias; bem como formadores e coordenadores de CAFCa. 7 de Janeiro de 2012, sábado, das 9H às 17H. No Centro Pastoral (Braga). Formação de Formadores e de Coordenadores

18 Inscrições e custos - A ORGANIZAÇÃO E CUMPRIMENTO DE DATAS TAMBÉM É FORMAÇÃO! 1.As inscrições devem ser remetidas directamente para os Serviços Centrais da Arquidiocese, pessoalmente, por ou correio. 2.O preenchimento total da ficha de inscrição é fundamental porque, para além de permitir uma melhor organização, possibilita caracterizar o grupo de formandos e, assim, melhor ser preparada a formação. 3.Nos cursos que têm um trabalho preliminar a realizar, a inscrição no prazo previsto permite aos formandos tempo para a concretização das tarefas proposta. 4.Não são aceites inscrições sem estarem assinadas pelo pároco ou superior da comunidade, a não ser se enviadas dos respectivos s. 5.Os membros do S.F. são todos voluntários. Os valores cobrados em cada curso destinam-se aos materiais utilizados e distribuídos pelos formandos e as deslocações dos formadores (gasolina), contudo, ninguém fica sem formação por questões financeiras. «Competência também é testemunho!» 18 C.A.E.C. Serviço de Formação


Carregar ppt "Programa 2011/2 C OMISSÃO A RQUIDIOCESANA PARA E DUCAÇÃO C RISTÃ SERVIÇO DE FORMAÇÃO «Competência também é testemunho!» 1."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google