A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Coordenação Geral de Redes Públicas Ministério da Educação Secretaria de Educação Básica Diretoria de Apoio à Gestão Educacional.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Coordenação Geral de Redes Públicas Ministério da Educação Secretaria de Educação Básica Diretoria de Apoio à Gestão Educacional."— Transcrição da apresentação:

1 Coordenação Geral de Redes Públicas Ministério da Educação Secretaria de Educação Básica Diretoria de Apoio à Gestão Educacional

2 PRADIME EAD PRADIME EAD: Denominação dada ao curso de Extensão a Distância para os Dirigentes Municipais de Educação, desenvolvido com base nas temáticas de acesso à informação e ferramentas de gestão, na perspectiva de aprofundamento da compreensão da gestão democrática educacional voltada para a melhoria da qualidade da educação pública. Esta ação teve início em abril de 2009, com a oferta do curso para os municípios prioritários dos estados do Nordeste. Os estados do Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte foram atendidos pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE); e os estados de Alagoas, Bahia, Maranhão e Sergipe foram atendidos pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). A partir de 2010, a oferta do curso se expandiu a todos os municípios brasileiros por meio de parceria com as Instituições Federais de Ensino Superior – IFES Acesse, como visitante, o ambiente e o conteúdo do Curso do Pradime EaD.

3 UFPA – Universidade Federal do Pará (Pará, Amazonas, Amapá e Roraima) UFMT – Universidade Federal do Mato Grosso (Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Acre e Rondônia) UFG - Universidade Federal de Goiás UFT - Universidade Federal de Tocantins (Tocantins e Maranhão) UFBA – Universidade Federal da Bahia (Bahia, Sergipe e Alagoas) UFC – Universidade Federal do Ceará UFPE - Universidade Federal de Pernambuco UFPI – Universidade Federal do Piauí UFPB – Universidade Federal do Paraíba (Paraíba e Rio Grande do Norte) UFSCar- Universidade Federal de São Carlos (São Paulo e Paraná) UFES - Universidade Federal do Espírito Santo (e também o estado do Rio de Janeiro) UFU - Universidade Federal de Uberlândia (Triângulo Mineiro; Alto Parnaíba; Noroeste de Minas; Norte de Minas; Jequitinhonha e Vale do Mucuri) UFV – Universidade Federal de Viçosa (Central Mineira, Oeste Mineira, Metropolitana, Campo das Vertentes, Sul/sudoeste, Zona da Mata e o Vale do Rio Doce ) UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina UFSM - Universidade Federal de Santa Maria (Rio Grande do Sul) UNIVERSIDADES PARCEIRAS

4 Programa Nacional de Capacitação de Conselheiros Municipais de Educação - criado em 2003 (Portaria Ministerial nº 3.272/2003), para incentivar e qualificar a participação de Conselheiros Municipais de Educação na tarefa de avaliar, definir e fiscalizar as políticas educacionais, garantindo a universalização dos direitos básicos de cidadania Ações de Formação: Encontros Presenciais: objetiva a capacitação de Conselheiros Municipais de Educação e técnicos de Secretarias Municipais de Educação onde não existam CME, realizados em parceria com a UNCME; Curso de Extensão a Distância Formação Continuada de Conselheiros Municipais de Educação: cursos de 180 horas, ofertado em parceria com universidades federais.

5 CENTRO-OESTE UFT - Universidade Federal de Tocantins SUDESTE UFSCar- Universidade Federal de São Carlos UFES - Universidade Federal do Espírito Santo UFSJ – Universidade Federal de São João Del Rei UFVJM – Universidade Federal do Vales do Jequitinhonha e Mucuri SUL UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina UFSM - Universidade Federal de Santa Maria UFPR – Universidade Federal do Paraná NORTE UFPA - Universidade Federal do Pará UFOPA – Universidade Federal do Oeste do Pará NORDESTE UFC – Universidade Federal do Ceará UFPE – Universidade Federal de Pernambuco UNIVASF - Universidade Federal do Vale do São Francisco UNIVERSIDADES PARCEIRAS

6 Programa Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares - criado em 2004 (Portaria Ministerial nº 2.896/2004) para, entre outros objetivos, capacitar profissionais da educação em atuação nas Secretarias Municipais e Estaduais de Educação e Conselheiros Escolares que estejam em pleno exercício. Ações de Formação para técnicos das secretarias: Formação Presencial: palestras e oficinas, realizados em parceria com uma Secretaria Estadual ou Municipal de Educação; Formação a Distância: curso ofertado por universidades parceiras dividido em duas fase de 100hs cada

7 Universidades Parceiras : CENTRO-OESTE UNB – Universidade de Brasília: atenderá o Distrito Federal e os estados de Goiás, Mato Grosso e Minas Gerais SUDESTE UFSCar- Universidade Federal de São Carlos: atende os estados de São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Espírito Santo e Piauí. UFRRJ – Universidade Rural do Rio de Janeiro SUL UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina NORDESTE UFC – Universidade Federal do Ceará: atende os estados do Ceará, Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins, Maranhão e Mato Grosso do Sul UFRN – Universidade Federal do Rio de Grande do Norte: Alagoas, Bahia, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe.

8 Programa Nacional Escola de Gestores da Educação Básica Pública Curso de Especialização em Gestão Escolar Curso de Especialização em Coordenação Pedagógica

9 O Programa Nacional Escola de Gestores surge como uma proposta formativa no ano de 2005 sob a coordenação do Inep/MEC. Em 2006, o Programa foi transferido para a gestão desta Secretaria de Educação Básica, que converte a proposta inicial num curso de especialização com carga horária de 400 horas. É um programa de formação continuada de gestores escolares e coordenadores pedagógicos que forma, em nível de especialização (lato sensu), diretores, vice- diretores e coordenadores pedagógicos educacionais, em efetivo exercício nas escolas públicas da Educação Básica, incluídos aqueles de Educação de Jovens e Adultos, de Educação Especial e de Educação Profissional.

10 Objetivos Gerais: Formar, em nível de pós-graduação (lato sensu) gestores educacionais das escolas públicas da Educação Básica; Contribuir com a qualificação do gestor escolar na perspectiva da gestão democrática e da efetivação do direito à educação escolar com qualidade social. Proporcionar a ampliação de sua capacidade de análise e resolução de problemas e de sua capacidade de elaboração e desenvolvimento de projetos e atividades no âmbito da gestão e da organização do trabalho pedagógico. Curso de Especialização em Gestão Escolar

11 Critérios mínimos de seleção Público-alvo: Diretor (a) e Vice-Diretor (a), totalizando, no máximo, dois (duas) participantes por escola. Ter concluído curso de graduação plena; Ser gestor (a), efetivo(a) e estar em exercício, em escola pública municipal e/ou estadual de educação básica; Ter disponibilidade para dedicar-se ao curso; Estar disposto (a) a compartilhar o curso com o coletivo da escola; Evidenciar disposição para construir, com a comunidade escolar e local, o Projeto Político Pedagógico no estabelecimento de ensino onde atua.

12 Objetivos Gerais : Formar, em nível de pós-graduação lato sensu, coordenadores pedagógicos que atuam em instituições públicas de educação básica; Ampliar suas capacidades de análise e resolução de problemas e a elaboração e desenvolvimento de projetos e atividades no âmbito da organização do trabalho pedagógico e do processo de ensino- aprendizagem. Curso de Especialização em Coordenação Pedagógica

13 Coordenadores Pedagógicos e\ou profissionais que exercem função equivalente e integram a equipe gestora da escola de Educação Básica. Público-alvo: Critérios mínimos de seleção Ser graduado em Pedagogia ou outra licenciatura plena. Pertencer à rede pública municipal e/ou estadual de educação básica, incluindo a Educação de Jovens e Adultos, Educação Especial e Educação Profissional. Ter disponibilidade para dedicar, no mínimo, 10 horas/semanais ao curso. Ter disponibilidade para participar dos encontros presenciais nos locais previstos.

14 IFES Parceiras Universidade Federal Rio Grande do Norte Universidade Federal de Pernambuco Universidade Federal do Ceará Universidade Federal do Piauí Universidade Federal da Bahia Universidade Federal do Tocantins Universidade Federal do Mato Grosso Universidade Federal do Espírito Santo Universidade Federal de Santa Catarina Universidade Federal do Rio Grande do Sul Universidade Federal de Alagoas Universidade Federal do Amazonas Universidade Federal do Amapá Universidade de Brasília Universidade Federal do Oeste do Pará Universidade Federal do Sergipe Universidade Federal de Minas Gerais Universidade Federal de Uberlândia Universidade Federal de Viçosa Universidade Federal do Mato Grosso do Sul Universidade Federal do Paraná Universidade Federal do Pará Universidade Federal da Paraíba Universidade Federal de Roraima Universidade Federal de Rondônia Universidade Federal do Maranhão Universidade Federal de São Carlos Universidade Federal de Goiás Universidade Federal do Rio de Janeiro Universidade Federal do Acre Universidade Federal de Ouro Preto Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

15 Ministério da Educação Secretaria de Educação Básica Diretoria de Apoio à Gestão Educacional Coordenação Geral de Redes Públicas (61) /8354/8358/8384/8389/8384 Fax: (61)


Carregar ppt "Coordenação Geral de Redes Públicas Ministério da Educação Secretaria de Educação Básica Diretoria de Apoio à Gestão Educacional."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google