A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Equipe 1: Antonio Martins da Cunha Fernanda Villas Boas Frediani Leonardo Junqueira Marcelo Augusto Piedade Marcio José Marin Waldermar Augusto 3° Semestre.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Equipe 1: Antonio Martins da Cunha Fernanda Villas Boas Frediani Leonardo Junqueira Marcelo Augusto Piedade Marcio José Marin Waldermar Augusto 3° Semestre."— Transcrição da apresentação:

1 Equipe 1: Antonio Martins da Cunha Fernanda Villas Boas Frediani Leonardo Junqueira Marcelo Augusto Piedade Marcio José Marin Waldermar Augusto 3° Semestre – 2009 Coord.ª T.I.: Profª: Jenny Perez

2 Baseado no levantamento que efetuamos no estudo de campo da Bacia do Cabuçu de Baixo, e com a elaboração do Diagnóstico podemos planejar as localidades que necessitam de ações efetivas emergenciais para iniciar a execução das propostas elaboradas. Assim criamos planos de ação determinando as diretrizes que serão tomadas para minimizar os impactos sofridos no meio ambiente e na sociedade que necessita de auxilio no âmbito local, promovendo o bem estar da área estudada.

3 Imagem 1: Bacia do Cabuçu de Baixo Fonte: Elaborado por Equipe 1 40 % 50 % 90 % 75 %

4 DIRETRIZES: Remoção da População que vive em áreas de risco, regularizando as habitações, implantando-as nas ÁREAS DE ZEIS 1; Remoção da População que vive em áreas de risco, regularizando as habitações, implantando-as nas ÁREAS DE ZEIS 1; Verticalização como melhor forma de habitação devido à densidade populacional. Verticalização como melhor forma de habitação devido à densidade populacional. Implantação de HMP (Habitação de Mercado Popular); Implantação de HMP (Habitação de Mercado Popular);

5 Foto 1 e 2: Margens do Córrego do Bispo área de remoção Fonte: Equipe 4

6 Foto 3 e 4: Habitação em áreas de risco Fonte: Equipe 1 e 4

7 Área de ZEIS 1 Mapa 1: Área de ZEIS 1 Fonte: Cap.6 Cabuçu de Baixo USP

8 Identificação das áreas de intervenção Mapa 2: Áreas de intervenção para proposta Remoção para implantação de HMP e Infraestrutura. Remoção para Rodoanel Recuperação da mata em áreas invadidas

9 DISTRITOSHAB.FAVELADOS%APTO UM.PRÉDIOSKm² Pr. BRASILANDIA 39.062229.7652450,49 CACHOEIRINHA 24.544186.1361530,31 FREGUESIA DO Ó 3.97913995250,05 LIMÃO 4.405181.101270,05 MANDAQUI 427110730,01 TOTAIS 72.417 18.1044530,91 Tabela 1: Valores são estimativas baseada em cálculos executados pelo grupo. Fonte: IBGE 2002

10 Conforme Tabela 1, podemos obter as dimensões da área em que iremos executar a primeira proposta; Conforme Tabela 1, podemos obter as dimensões da área em que iremos executar a primeira proposta; Iremos remover 72.417 pessoas com ocupação irregular e em áreas de risco; Iremos remover 72.417 pessoas com ocupação irregular e em áreas de risco; Serão necessários 453 prédios constituídos por 4 andares de 10 apartamentos cada, tendo um total de 40 apartamentos por prédio; Serão necessários 453 prédios constituídos por 4 andares de 10 apartamentos cada, tendo um total de 40 apartamentos por prédio; A área construída de cada prédio será de 600m² em uma área de 1.000m²; A área construída de cada prédio será de 600m² em uma área de 1.000m²; Utilizaremos uma área de 453.000m² da ÁREA de ZEIS 1 com o empreendimento. Utilizaremos uma área de 453.000m² da ÁREA de ZEIS 1 com o empreendimento.

11 Centro Educacional Popular – CEP; Centro Educacional Popular – CEP; Escola de Esportes; Escola de Esportes; Recuperação da mata de área invadida na margem do Parque da Cantareira, Parques e Bosques; Recuperação da mata de área invadida na margem do Parque da Cantareira, Parques e Bosques; Saúde; Saúde; Saneamento Água Saneamento Água Esgoto Esgoto Novas utilizações para Piscinão do Guaraú. Novas utilizações para Piscinão do Guaraú.

12 Proposta do governo para o trecho Norte do Rodoanel passa dentro de áreas protegidas e florestadas da Serra da Cantareira. 1° traçado 2° traçado Imagem 2: Traçados propostos pelo Governo

13 NOVO TRAÇADO PROPOSTO Remoção para novo traçado do Rodoanel Sub-bacia Cabuçu de Baixo Sub-bacia Guaraú Sub-bacia Bispo Sub-bacia Itaguaçu Sub-bacia Bananal Imagem 3: Novo traçado proposto pela Equipe

14 Imagem 4: Novo traçado Proposto Fonte: Google Earth Aproximadamente 25 km Túnel

15 DIRETRIZES: Novo traçado para passagem do RODOANEL as margens do Parque da Cantareira; Novo traçado para passagem do RODOANEL as margens do Parque da Cantareira; O RODOANEL servirá de barreira na pressão urbana existente na floresta; O RODOANEL servirá de barreira na pressão urbana existente na floresta; Remoção de 25.311 pessoas da área em que passará o novo traçado; Necessário 159 prédios constituídos com 4 andares de 10 apartamentos por andar; A Área construída de cada prédio será de 600m² em uma área de 1.000m²; Iremos utilizar uma área de 159.000m² da ÁREA de ZEIS 1 com o empreendimento.

16 Imagem 6: Pressão urbana no Parque da Cantareira Fonte: Google Earth Imagem 7: Pressão urbana no Parque da Cantareira Fonte: Google Earth

17 Concluímos que a forma de ocupação da Bacia é o elemento primordial a ser tratado, sendo o fator gerador dos problemas. Assim elaboramos intervenções a serem feitas com o intuito de revitalizar a área da Bacia do rio Cabuçu de Baixo que necessita de ações efetivas. Podemos esclarecer que a falta de planejamento urbano causam impactos diretos ao ser humano e ao meio ambiente. Urbanização sendo uma demanda política, exigi-se das autoridades ações a fim de reparar e criar suporte para a população nos aspectos necessários para uma sadia qualidade de vida.

18 Link: http://www2.ucg.br/nupenge/pdf/0004.pdf Link: http://www2.ucg.br/nupenge/pdf/0004.pdfhttp://www2.ucg.br/nupenge/pdf/0004.pdf Link: http://www.prefeitura.sp.gov.br/portal/a_cidade/noticias/index.php?p=3227 Link: http://www.prefeitura.sp.gov.br/portal/a_cidade/noticias/index.php?p=3227http://www.prefeitura.sp.gov.br/portal/a_cidade/noticias/index.php?p=3227 Link: www.arvoresdobrasil.com.br Link: www.arvoresdobrasil.com.brwww.arvoresdobrasil.com.br Link: www.sansaodocompo.com.br Link: www.sansaodocompo.com.brwww.sansaodocompo.com.br Link: http://www.realnobile.com/mondrian-residencial-apartamentos-barra- peninsula-rio-de-janeiro-rj-brasil.html Link: http://www.realnobile.com/mondrian-residencial-apartamentos-barra- peninsula-rio-de-janeiro-rj-brasil.htmlhttp://www.realnobile.com/mondrian-residencial-apartamentos-barra- peninsula-rio-de-janeiro-rj-brasil.htmlhttp://www.realnobile.com/mondrian-residencial-apartamentos-barra- peninsula-rio-de-janeiro-rj-brasil.html Link: http://www.rc.unesp.br/igce/planejamento/gpapt/Artigos%20pdf%20final/ Link: http://www.rc.unesp.br/igce/planejamento/gpapt/Artigos%20pdf%20final/http://www.rc.unesp.br/igce/planejamento/gpapt/Artigos%20pdf%20final/ Artigos%202007/Andreza_%20ENAU_%202007.pdf Artigos%202007/Andreza_%20ENAU_%202007.pdf Artigos%202007/Andreza_%20ENAU_%202007.pdf Link: http://www.dersa.sp.gov.br/rodoanel/downloads/aae/A3.pdf Link: http://www.dersa.sp.gov.br/rodoanel/downloads/aae/A3.pdfhttp://www.dersa.sp.gov.br/rodoanel/downloads/aae/A3.pdf Link: http://atlasambiental.prefeitura.sp.gov.br/ Link: http://atlasambiental.prefeitura.sp.gov.br/http://atlasambiental.prefeitura.sp.gov.br/ Fonte: IBGE 2002 Fonte: IBGE 2002 Bacia do Cabuçu – Cap. 2 – Caracterização Geral da Bacia Bacia do Cabuçu – Cap. 2 – Caracterização Geral da Bacia Marino, Tiago; Riscos e Potenciais Bacia do Córrego do Cabuçu de Baixo; USP; 2008. Marino, Tiago; Riscos e Potenciais Bacia do Córrego do Cabuçu de Baixo; USP; 2008. Fotos cedidas por Equipe 4. Fotos cedidas por Equipe 4.


Carregar ppt "Equipe 1: Antonio Martins da Cunha Fernanda Villas Boas Frediani Leonardo Junqueira Marcelo Augusto Piedade Marcio José Marin Waldermar Augusto 3° Semestre."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google