A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Linguagem Técnica II Testes Automatizados Aula 04 Prof. Renato Novais

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Linguagem Técnica II Testes Automatizados Aula 04 Prof. Renato Novais"— Transcrição da apresentação:

1 Linguagem Técnica II Testes Automatizados Aula 04 Prof. Renato Novais

2 7/5/2014Renato Novais (IFBA) 2 Testes de unidades Fase do processo de teste em que se testam as menores unidades de software desenvolvidas –prevenir o aparecimento de bugs oriundo de códigos mal escritos e garantir um nível de qualidade de produto durante o desenvolvimento de software Responsabilidade do próprio desenvolvedor Tipicamente executa um método individualmente –compara uma saída conhecida após o processamento da mesma Em POO: unidade pode ser um método, uma classe ou um objeto.

3 7/5/2014Renato Novais (IFBA) 3 JUnit Framework (arcabouço) livre para testes automatizados escrito em Java Escrito originalmente por Kent Beck (Extreme Programming) e Erich Gamma (Design Patterns) Integração com as principais IDEs Grande comunidade de usuários Utilizado principalmente no desenvolvimento de testes de unidade

4 7/5/2014Renato Novais (IFBA) 4 JUnit Vantagens: –Permite a criação rápida de código de teste possibilitando um aumento na qualidade do desenvolvimento e teste; –Amplamente utilizado pelos desenvolvedores da comunidade código-aberto, possuindo um grande número de exemplos; –Uma vez escritos, os testes são executados rapidamente sem que, para isso, seja interrompido o processo de desenvolvimento; –JUnit checa os resultados dos testes e fornece uma resposta imediata; JUnit é livre e orientado a objetos. Pode verificar cada método de uma classe Exibição de possíveis erros e/ou falhas

5 7/5/2014Renato Novais (IFBA) 5 Junit - arquitetura Alguns métodos sugeridos na criação de uma classe de teste –setUpBeforeClass() – Executado antes da classe de teste –tearDownBeforeClass() – Executado depois da classe de teste –setUp() – Método chamado antes de cada método, pode ser utilizado para abrir uma conexão de banco de dados. –tearDown() – Método chamado depois de cada método de teste, usado para desfazer o que setUp() fez, por exemplo fechar uma conexão de banco de dados.

6 7/5/2014Renato Novais (IFBA) 6 Junit - arquitetura Classe TestSuite –addTest() – Método responsável por adicionar um novo teste.

7 7/5/2014Renato Novais (IFBA) 7 Junit – API

8 7/5/2014Renato Novais (IFBA) 8 Junit – boas práticas Test Case Class: [NomeClasse]Test.java, onde NomeClasse é o nome da classe a ser testada. Exemplo: Classe: Pessoa classe de teste: PessoaTest Test Case Method: test[NomeMetodo], onde NomeMetodo é o método a ser testado. Exemplo: Método: Pessoa.calculaIdade() PessoaTest.testCalculaIdade()

9 7/5/2014Renato Novais (IFBA) 9 Exemplos import junit.framework.TestCase; public class ContaTest extends TestCase { public void testSacar () { Conta c = new ContaCorrente(); c.setSaldo(200); c.sacar(100); assertTrue(c.getSaldo()==100); }

10 7/5/2014Renato Novais (IFBA) 10 Exemplos import junit.framework.TestCase; public class ContaTest extends TestCase { public void testSacar () { Conta c = new ContaCorrente(); c.setSaldo(100); c.sacar(100); assertTrue(c.getSaldo()==100); }

11 7/5/2014Renato Novais (IFBA) 11 Exemplos import junit.framework.TestCase; public class ContaTest extends TestCase { public void testTransferir() { Conta c = new ContaCorrente(); c.setSaldo(50); Conta c1 = new ContaCorrente(); c1.setSaldo(200); c1.transferir(c,50); assertTrue(c.getSaldo()==100); assertTrue(c1.getSaldo()==150); }

12 7/5/2014Renato Novais (IFBA) 12 Como configurar Para utilizar o JUnit, é necessário a utilização do.jar do JUnit que pode ser encontrado na página principal do próprio framework (http://www.junit.org). Para configurar o Junit em seu ambiente, é necessário adicionar o.jar do JUnit ao caminho do seu projeto.

13 7/5/2014Renato Novais (IFBA) Test Driven Development TDD Metodologia Ágil Desenvolvimento baseado em teste Antes de qualquer linha de código, faça um teste para o que vai ser implementado Nossa memória é curta Evitar depurações longas Achar o erro logo

14 7/5/2014Renato Novais (IFBA)7/5/2014Renato Novais (IFBA) ? Perguntas

15 7/5/2014Renato Novais (IFBA) 15 Referências Está transparência foi preparada baseada no material do Professor Francisco Borges


Carregar ppt "Linguagem Técnica II Testes Automatizados Aula 04 Prof. Renato Novais"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google