A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Desenvolvimento de Plug-ins Orientado a Testes Márcio Guedes, Edilson Mendes, Vamberto Lemos 01/out/2007.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Desenvolvimento de Plug-ins Orientado a Testes Márcio Guedes, Edilson Mendes, Vamberto Lemos 01/out/2007."— Transcrição da apresentação:

1

2 Desenvolvimento de Plug-ins Orientado a Testes Márcio Guedes, Edilson Mendes, Vamberto Lemos 01/out/2007

3 Introdução ao TDD TDD – Test Driven Development Defina os testes antes de implementar o software Comum para usuários de eXtreme Programming

4 Definição das iterações Adicionar um teste de forma rápida Executar os testes (mesmo que os testes falhem) –Criar stubs para que os testes compilem Implementar a funcionalidade Executar os testes novamente Refatorar o código para remover duplicação de código Este processo se repete até que todos os testes sejam executados com sucesso

5 Vantagens e desvantagens Vantagens –Código simples –Redução do tempo de detecção de defeitos –Testes unitários correspondem diretamente ao código –Obriga o desenvolvedor a pensar na implementação final Desvantagens –Mudança no paradigma de desenvolvimento –Difícil de ser usada em sistemas com entradas e saídas complexas –Obriga o desenvolvedor a pensar na implementação final

6 Arquitetura do Eclipse Platform Runtime é o núcleo do Eclipse e sua função é iniciar o ambiente e carregar todos os outros plug-in e componentes. Workspace é o componente que representa a área de trabalho no sistema de arquivos e que contem todos os projetos do usuário. Workbench é a interface gráfica do Eclipse e contém todos os menus, barra de ferramentas, visualizadores e editores. Team é o componente responsável por integrar o Eclipse com uma ferramenta de controle de versão. Help é responsável por apresentar a documentação do Eclipse e de todos os plug-ins. Figura 1. Arquitetura de um plug-in do Eclipse.

7 PDE JUnit Figura 2. O PDE JUnit executa os testes uma nova instância do Eclipse criada em tempo de execução. Evolução do Plug-in para JUnit Fornece a configuração JUnit Plug-in Test Uma nova instância do Eclipse é criada, carregando os projetos de plug-ins e de testes dos plug-ins a partir do wokspace. Em seguida, o JUnit Test Runner obtém o controle, executa os testes e quando a execução dos testes termina o Eclipse é fechado.

8 Exemplo Baseado em um plug-in que adiciona uma View ao Eclipse Um view é um componente visual do Eclipse que provê informações sobre os recursos que o usuário está trabalhando no workbench, além disso, ele pode ou não estar relacionado a um editor

9 Exemplo – Passo 1 Criação do Plug-in de Teste Figura 3. Implementação inicial do código de teste

10 Exemplo – Passo 2 Implementação inicial do código da View para compilação do código de teste Figura 4. Implementação inicial do código da View para compilação do código de teste

11 Exemplo – Passo 3 Implementação do código da View para passar no teste Figura 5. Implementação do código da View para passar no teste

12 Exemplo – Execução O Tester Plug-in deve ser executado usando a configuração JUnit Plug-in Test Figura 6. Resultado do teste

13 Referências McGregor, John D. and Sykes, David A. A pratical guide to testing object-oriented software. [S. l.]: Addison-Wesley, Beck, Kent. Test-Driven Development by example. [S. l.]: Addison-Wesley, Clayberg, E. and Rubel, D. Eclipse: Building Commercial-Quality Plug-ins. Addison-Wesley Professional, 2 edition, Gamma, E. and Back, K. Contributing to Eclipse: Principles, Patterns, and Plug- Ins. Addison-Wesley Professional, McAffer, J. and Lemieux, J. M. Eclipse Rich Client Platform: Designing, Coding, and Packaging Java Applications. Addison-Wesley Professional, Guerra, Eduardo M. Um Estudo sobre Refatoração de Código de Teste. São Paulo: ITA, 2005, 191 p. Dissertação (Mestrado) – Divisão de Pós-Graduação do Instituto Tecnológico da Aeronáutica, Instituto Tecnológico da Aeronáutica, São José dos Campos, São Paulo, Tassey, Gregory. The Economic Impacts of Inadequate Infrastructure for Software Testing. [S. l.]: NIST, Planning Report, Dustin, Elfried. Effective software testing: 50 specific ways to improve your testing. [S. l.]: Addison-Wesley, acessado em setembro de 2007.http://en.wikipedia.org/wiki/Test_driven_development

14


Carregar ppt "Desenvolvimento de Plug-ins Orientado a Testes Márcio Guedes, Edilson Mendes, Vamberto Lemos 01/out/2007."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google