A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A ERA VARGAS (1930-1945) *GOVERNO PROVISÓRIO (1930-1934) *GOVERNO CONSTITUCIONAL (1934-1937) *ESTADO NOVO (1937-1945)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A ERA VARGAS (1930-1945) *GOVERNO PROVISÓRIO (1930-1934) *GOVERNO CONSTITUCIONAL (1934-1937) *ESTADO NOVO (1937-1945)"— Transcrição da apresentação:

1 A ERA VARGAS ( ) *GOVERNO PROVISÓRIO ( ) *GOVERNO CONSTITUCIONAL ( ) *ESTADO NOVO ( )

2 SÃO PAULO NA DÉCADA DE 1930

3

4

5 Após a Revolução de1930, que impediu a posse de Júlio Prestes, vem a Revolução Constitucionalista de São Paulo (1932)

6

7

8

9

10 A assembléia Constituinte de1933 e a promulgação da Constituição de 1934

11

12 A Ação Integralista Brasileira (AIB) e a Aliança Nacional Libertadora(ANL)

13

14

15

16

17 A Intentona Comunista (Junho1935)

18 QUARTEL DA POLÍCIA MILITAR DE NATAL ATACADO DURANTE A INTENTONA COMUNISTA

19

20 Prestes interrogado após sua prisão, em 1936

21

22

23 Golpe de Estado: Plano COHEN (Uma Farsa)

24 A Carta outorgada de A Polaca / Principais características: extingüiu os partidos políticos e o federalismo, substituiu os governadores por interventores, fechou o Poder Legislativo, etc.

25

26

27 Intentona Integralista (maio de 1938)

28 O Estado Novo sofreu forte influência da conjuntura político-social e econômica da Europa, na época, marcada pela crise das democracias liberais e pelo fortalecimento dos ideais esquerdistas, fato que levou a conservadora burguesia a apoiar a ascensão dos regimes totalitários (fascismo, nazismo, etc).

29 Para centralizar o poder e fiscalizar as ações do funcionalismo público, o governo criou o DASP (Departamento de Administração do Serviço Público)

30

31 DIP (Departamento de Imprensa e Propaganda) tornou-se o mais importante órgão de sustentação da ditadura, difundindo a propaganda oficial do governo e controlando, através de rígida censura, os meios de comunicação em geral, sendo fortalecido pela polícia secreta chefiada por Filinto Müller.

32

33

34

35

36

37 A política administrativa: Em 1943, as leis trabalhistas foram reunidas na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), que ainda hoje regulamenta as relações entre patrões e empregados.

38

39

40

41 O conflito indiretamente impulsionou o processo de industrialização nacional, já que as grandes potências investiam todo seu potencial produtivo no setor bélico, incentivando em seus compradores a substituição de importações.

42

43 Modernização conservadora: Nos anos 30, a crise da agroexportação (fruto da Crise de 1929) favoreceu ao surgimento de indústrias nacionais subvencionadas pelo Estado.

44

45 Essas empresas refletiram o oportunismo nacionalista e populista de Vargas frente à Segunda Grande Guerra, negociando o financiamento junto aos EUA em troca do apoio no referido conflito.

46 Operários na construção da CSN, em Volta Redonda (1943)

47

48 Cia. Vale do Rio Doce

49

50 E assim, o Brasil entrou na guerra contra o Eixo (Alemanha, Itália e Japão), enviando 25 mil homens para os campos da Itália – os pracinhas da FEB – dos quais 454 tombaram, sendo sepultados no cemitério de Pistóia;

51 Soldados brasileiros em combate na Itália

52 Pracinhas da FEB voltando da 2ª Guerra

53 O fim do Estado Novo: A vitória dos Aliados na II Guerra fez surgirem críticas à manutenção da ditadura de Vargas, levando intelectuais, advogados, professores, jornalistas, dentre outros, a exigir a redemocratização do país.

54 Povo brasileiro recebendo os pracinhas no retorno da 2ª Guerra

55 O Manifesto dos Mineiros foi o marco desses protestos, seguido pelo I Congresso Brasileiro de Escritores, onde figuras como José Américo de Almeida declaravam: É preciso que alguém fale, e fale alto, e diga tudo, custe o que custar.

56 Comício Pela Anistia – Praça da Sé, São Paulo (1945)

57 Apesar de movimentos em favor da manutenção de Vargas no poder, como o queremismo, a campanha eleitoral para a sucessão de Vargas iniciou-se e os nomes mais fortes eram o do brigadeiro Eduardo Gomes (UDN), o general Eurico Gaspar Dutra (PTB/PSD).

58


Carregar ppt "A ERA VARGAS (1930-1945) *GOVERNO PROVISÓRIO (1930-1934) *GOVERNO CONSTITUCIONAL (1934-1937) *ESTADO NOVO (1937-1945)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google