A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

3º DOMINGO DA PASCOA. Cântico: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. R. Amen! A graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do pai e a comunhão.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "3º DOMINGO DA PASCOA. Cântico: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. R. Amen! A graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do pai e a comunhão."— Transcrição da apresentação:

1 3º DOMINGO DA PASCOA

2

3 Cântico:

4 Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. R. Amen! A graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do pai e a comunhão do espírito santo estejam convosco. Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo. Irmãos, para celebrar dignamente os santos mistérios reconheçamos que somos pecadores (momento de silêncio)

5 Confessemos os nossos pecados: Confesso a Deus Todo-Poderoso e a vós, irmãos, que pequei muitas vezes por pensamentos e palavras, actos e omissões, (batendo no peito) por minha culpa, minha tão grande culpa. E peço à Virgem Maria, aos Anjos e Santos, e a vós, irmãos, que rogueis por mim a Deus, Nosso Senhor. Deus Todo-Poderoso tenha compaixão de nós perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. Amen!

6 Senhor, tende piedade de nós.Cristo, tende piedade de nós.Senhor, tende piedade de nós.

7 Glória Glória a Deus nas alturas, e paz na terra aos homens por Ele amados. Senhor Deus, Rei dos Céus, Deus Pai Todo-Poderoso, nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos glorificamos, nós Vos damos graças, por Vossa imensa glória. Senhor Jesus Cristo, Filho Unigénito, Senhor Deus, Cordeiro de Deus,

8 Filho de Deus Pai: Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós; Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica; Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós. Só Vós sois o Santo; só Vós, o Senhor; só Vós, o Altíssimo, Jesus Cristo; com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. Amen!

9 ORAÇÃO COLECTA Exulte sempre o vosso povo, Senhor, com a renovada juventude da alma, de modo que, alegrando-se agora por se ver restituído à glória da adoção divina, aguarde o dia da ressurreição na esperança da felicidade eterna. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

10

11 LEITURA I Actos 5, 27b-32.40b-41 Leitura dos Actos dos Apóstolos Naqueles dias, o sumo sacerdote falou aos Apóstolos, dizendo: «Já vos proibimos formalmente de ensinar em nome de Jesus; e vós encheis Jerusalém com a vossa doutrina e quereis fazer recair sobre nós o sangue desse homem». Pedro e os Apóstolos responderam: «Deve obedecer-se antes a Deus que aos homens. O Deus dos nossos pais ressuscitou Jesus, a quem vós destes a morte, suspendendo-O no madeiro. Deus exaltou-O pelo seu poder, como Chefe e Salvador, a fim de conceder a

12 Israel o arrependimento e o perdão dos pecados. E nós somos testemunhas destes factos, nós e o Espírito Santo que Deus tem concedido àqueles que Lhe obedecem». Então os judeus mandaram açoitar os Apóstolos, intimando-os a não falarem no nome de Jesus, e depois soltaram-nos. Os Apóstolos saíram da presença do Sinédrio cheios de alegria, por terem merecido serem ultrajados por causa do nome de Jesus. Palavra do Senhor.

13

14 Salmo Sal. 29 (30), a.13b (R. 2a) Refrão: Eu vos louvarei, Senhor, porque me salvastes. Eu Vos glorifico, Senhor, porque me salvastes e não deixastes que de mim se regozijassem os inimigos. Tirastes a minha alma da mansão dos mortos, vivificastes-me para não descer à cova.

15 Refrão: Eu vos louvarei, Senhor, porque me salvastes. Cantai salmos ao Senhor, vós os seus fiéis, e dai graças ao seu nome santo. A sua ira dura apenas um momento e a sua benevolência a vida inteira. Ao cair da noite vêm as lágrimas e ao amanhecer volta a alegria.

16 Refrão: Eu vos louvarei, Senhor, porque me salvastes. Ouvi, Senhor, e tende compaixão de mim, Senhor, sede Vós o meu auxílio. Vós convertestes em júbilo o meu pranto: Senhor meu Deus, eu Vos louvarei eternamente.

17

18 LEITURA II Ap 5, Leitura do Livro do Apocalipse Eu, João, na visão que tive, ouvi a voz de muitos Anjos, que estavam em volta do trono, dos Seres Vivos e dos Anciãos. Eram miríades de miríades e milhares de milhares, que diziam em alta voz: «Digno é o Cordeiro que foi imolado de receber o poder e a riqueza, a sabedoria e a força, a honra, a glória e o louvor». E ouvi todas as criaturas que há no céu, na terra, debaixo da terra e no mar, e o universo inteiro, exclamarem: «Àquele que está sentado no trono e ao Cordeiro o louvor e a honra, a glória e o poder pelos séculos dos séculos». Os quatro Seres Vivos diziam: «Amen!»; e os Anciãos prostraram-se em adoração. Palavra do Senhor.

19 a glória e o poder pelos séculos dos séculos». Os quatro Seres Vivos diziam: «Amen!»; e os Anciãos prostraram-se em adoração. Palavra do Senhor.

20 Aclamação Ressuscitou Jesus Cristo, que criou o universo e Se compadeceu do género humano.

21

22 Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João Naquele tempo, Jesus manifestou-Se outra vez aos seus discípulos, junto do mar de Tiberíades. Manifestou-Se deste modo: Estavam juntos Simão Pedro e Tomé, chamado Dídimo, Natanael, que era de Caná da Galileia, os filhos de Zebedeu e mais dois discípulos de Jesus. Disse-lhes Simão Pedro: «Vou pescar». Eles responderam-lhe: «Nós vamos contigo». Saíram de casa e subiram para o barco, mas naquela noite não apanharam nada. Ao romper da manhã, Jesus apresentou-Se na margem, mas os discípulos não sabiam que era Ele. Disse-lhes

23 Jesus: «Rapazes, tendes alguma coisa de comer?». Eles responderam: «Não». Disse-lhes Jesus: «Lançai a rede para a direita do barco e encontrareis». Eles lançaram a rede e já mal a podiam arrastar por causa da abundância de peixes. O discípulo predilecto de Jesus disse a Pedro: «É o Senhor». Simão Pedro, quando ouviu dizer que era o Senhor, vestiu a túnica que tinha tirado e lançou-se ao mar. Os outros discípulos, que estavam apenas a uns duzentos côvados da margem, vieram no barco, puxando a rede com os peixes. Quando saltaram em terra, viram brasas acesas com peixe em cima, e pão. Disse-lhes Jesus: «Trazei alguns dos peixes que apanhastes agora».

24 Simão Pedro subiu ao barco e puxou a rede para terra, cheia de cento e cinquenta e três grandes peixes; e, apesar de serem tantos, não se rompeu a rede. Disse-lhes Jesus: «Vinde comer». Nenhum dos discípulos se atrevia a perguntar-Lhe: «Quem és Tu?», porque bem sabiam que era o Senhor. Jesus aproximou-Se, tomou o pão e deu-lho, fazendo o mesmo com os peixes. Esta foi a terceira vez que Jesus Se manifestou aos seus discípulos, depois de ter ressuscitado dos mortos. Depois de comerem, Jesus perguntou a Simão Pedro: «Simão, filho de João, tu amas-Me mais do que estes?». Ele respondeu-Lhe: «Sim, Senhor, Tu sabes que Te amo». Disse-lhe Jesus: «Apascenta os meus

25 cordeiros». Voltou a perguntar-lhe segunda vez: «Simão, filho de João, tu amas-Me?». Ele respondeu-Lhe: «Sim, Senhor, Tu sabes que Te amo». Disse-lhe Jesus: «Apascenta as minhas ovelhas». Perguntou-lhe pela terceira vez: «Simão, filho de João, tu amas-Me?». Pedro entristeceu-se por Jesus lhe ter perguntado pela terceira vez se O amava e respondeu-Lhe: «Senhor, Tu sabes tudo, bem sabes que Te amo». Disse-lhe Jesus: «Apascenta as minhas ovelhas. Em verdade, em verdade te digo: Quando eras mais novo, tu mesmo te cingias e andavas por onde querias; mas quando fores mais velho, estenderás a mão e outro te cingirá e te levará para onde não queres».

26 Jesus disse isto para indicar o género de morte com que Pedro havia de dar glória a Deus. Dito isto, acrescentou: « Segue-Me ». Palavra da salvação.

27

28

29

30 Creio em um só Deus, Pai Todo-Poderoso, Criador do céu e da terra, de todas as coisas visíveis e Invisíveis. Creio em um só Senhor, Jesus Cristo, Filho Unigénito de Deus, nascido do Pai antes de todos os séculos: Deus de Deus, Luz da Luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro; Gerado, não criado, consubstancial ao Pai. Por Ele todas as coisas foram feitas. E por nós, homens, e para nossa salvação desceu dos céus. (Faz-se inclinação)

31 E encarnou pelo Espírito Santo, no selo da Virgem Maria, e Se fez homem. Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos; padeceu e foi sepultado. Ressuscitou ao terceiro dia, conforme as Escrituras, e subiu aos céus, onde está sentado à direita do Pai. De novo há-de vir em Sua glória, para julgar os vivos e os mortos; e o Seu reino não terá fim. Creio no Espírito Santo,

32 Senhor que dá a vida, e procede do Pai e do Filho; e com o Pai e o Filho é adorado e glorificado: Ele que falou pelos Profetas. Creio na Igreja una, santa, católica e apostólica. Professo um só baptismo para a remissão dos pecados. E espero a ressurreição dos mortos, e a vida do mundo que há-de vir. Amen!

33

34 Caríssimos fieis, Voltemos para Jesus o nosso olhar e peçamos-Lhe que dê coragem aos que trabalham pela Igreja e aos que sofrem humilhações pelo seu nome, dizendo com alegria Cristo, ouvi-nos, Cristo atendei-nos. 1.Pelo papa Francisco, a quem Jesus pede que O ame, pelas ovelhas e cordeiros que ele apascente e pelos bispos que com ele seguem a Cristo, oremos, irmãos. Cristo, ouvi-nos, Cristo atendei-nos. 2.Pelos que semeiam a Palavra e lançam as redes, pelos que obedecem a Deus antes que aos homens e pelos que sofrem por fidelidade à sua fé, oremos, irmãos

35 Cristo, ouvi-nos, Cristo atendei-nos. 3.Pelos homens públicos, construtores da paz, pelos que têm poder e procuram servir bem e pelos povos que anseiam por mais pão, oremos, irmãos. Cristo, ouvi-nos, Cristo atendei-nos. 4.Pelos que estão presos por amarem a justiça, Pelos que sofrem por dizerem a verdade e pelos que são perseguidos por falarem de Jesus, oremos, irmãos. Cristo, ouvi-nos, Cristo atendei-nos. 5.Pelos jovens que participam nesta assembleia, pelas crianças que vão receber o Pão da Vida e pelos adultos a quem Jesus pede que O sigam, oremos irmãos.

36 Cristo, ouvi-nos, Cristo atendei-nos. Senhor Jesus ressuscitado, que nas margens domar da Galileia preparastes a refeição para os Apóstolos, partilhai connosco o vosso amor e conduzi-nos ao festim da eternidade. Vós que sois Deus com o Pai na unidade do espirito Santo.

37

38 Cantico:

39 ORAÇÃO SOBRE AS OBLATAS Aceitai, Senhor, os dons da vossa Igreja em festa. Vós que lhe destes tão grande felicidade, fazei-a tomar parte na alegria eterna. Por Nosso Senhor.

40 V. O Senhor esteja convosco. R. Ele está no meio de nós. V. Corações ao alto. R. O nosso coração está em Deus. V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus. R. É nosso dever, é nossa salvação.

41 Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramente nosso dever, é nossa salvação que sempre Vos louvemos, mas com maior solenidade neste tempo, em que Cristo, nossa Páscoa, foi imolado. Ele, Se oferece continuamente por nós e nos defende com a sua intercessão. Foi imolado sobre a cruz, mas não morrerá jamais; foi morto, mas agora vive para sempre. Por isso, na plenitude de alegria pascal, exultam os homens por toda a terra e com os Anjos e os santos proclamam a vossa glória, cantando numa só voz:

42

43 Santo, Santo, Santo, Senhor Deus do universo. O céu e a terra proclamam a Vossa glória. Hossana nas alturas. Bendito o que vem em nome do Senhor. Hossana nas alturas.

44 Sac. Vós, Senhor, sois verdadeiramente santo, sois a fonte de toda a santidade. Reunidos na vossa presença, em comunhão com toda a igreja, ao celebrarmos o primeiro dia da semana, em que Nosso Senhor Jesus Cristo ressuscitou dos mortos, humildemente vos suplicamos Santifiquei estes dons, derramando sobre eles o Vosso Espírito, de modo a que se convertam para nós, o Corpo e Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo.

45 (Todos ajoelham) Na hora em que Ele se entregava, para voluntariamente sofrer a morte, tomou o pão e, dando graças, partiu-o e deu-o aos seus discípulo, dizendo: Tomai, todos, e comei: isto é o meu Corpo que será entregue por vós.

46 De igual modo, no fim da Ceia, tomou o cálice e, dando graças, deu-o aos seus discípulos, dizendo: Tomai, todos, e bebei: este é o cálice do meu Sangue o Sangue da nova e eterna aliança, que será derramado por vós e por todos, para remissão dos pecados. Mistério da Fé! Todos: Anunciamos, Senhor, a vossa morte, proclamamos a vossa ressurreição. Vinde, Senhor Jesus!

47 Sac. Celebrando agora, Senhor, o memorial da morte e ressurreição de vosso Filho nós Vos oferecemos o pão da vida e o cálice da salvação e Vos damos graças porque nos admitistes à vossa presença para Vos servir nestes santos mistérios. Humildemente Vos suplicamos que, participando no Corpo e Sangue de Cristo, sejamos reunidos, pelo Espírito Santo, num só corpo. Lembrai-Vos, Senhor, da vossa Igreja, dispersa por toda a terra, e tornai-a perfeita na caridade em comunhão com o Papa Francisco,

48 o nosso Patriarca José e todos aqueles que estão ao serviço do vosso povo. Lembrai-Vos também dos nossos irmãos que adormeceram na esperança da ressurreição, e de todos aqueles que na vossa misericórdia partiram deste mundo: admiti-os na luz da vossa presença. Tende misericórdia de nós, Senhor, e dai-nos a graça de participar na vida eterna, com a Virgem Maria, Mãe de Deus, os bem-aventurados Apóstolos e todos os Santos que desde o princípio do mundo viveram na vossa amizade, para cantarmos os vossos louvores, por Jesus Cristo, vosso Filho.

49 Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a Vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória agora e para sempre… TodosÁmen.

50

51 Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o Vosso nome. Venha a nós o Vosso Reino. Seja feita a Vossa vontade, assim na Terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos daí hoje. Perdoai as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido. E não nos deixei cair em tentação, mas livrai-nos do mal.

52 Sac. Livrai-nos de todo o mal, Senhor, e dai ao mundo a paz em nossos dias, para que, ajudados pela vossa misericórdia, sejamos sempre livres do pecado e de toda a perturbação, enquanto esperamos a vinda gloriosa de Jesus Cristo nosso Salvador. Todos: Vosso é o reino e o poder e a glória para sempre.

53 Sac. Senhor Jesus Cristo, que dissestes aos vossos Apóstolos. Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz: não olheis aos nossos pecados mas à fé da vossa Igreja e dai-lhe a união e a paz, segundo a vossa vontade. Vós que sois Deus com o Pai na unidade do Espírito Santo. A paz do Senhor esteja sempre convosco. TodosO amor de Cristo nos uniu. Sac. Saudai-vos na paz de Cristo.

54

55 Cordeiro de Deus, que tiras o pecado do mundo Tem piedade de nós Cordeiro de Deus, que tiras o pecado do mundo Tem piedade de nós Cordeiro de Deus, que tiras o pecado do mundo Dá-nos a Tua paz

56 Sac. Felizes os convidados para a Ceia do Senhor. Eis o Cordeiro de Deus, que tira os pecados do mundo. TodosSenhor, eu não sou digno de que entreis em minha morada, mas dizei uma palavra e serei salvo

57

58 Cantico:

59

60

61 ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO Olhai com bondade, Senhor, para o vosso povo e fazei chegar à gloriosa ressurreição da carne aqueles que renovastes com os sacramentos de vida eterna. Por Nosso Senhor. TodosÁmen.

62

63 Sac. O Senhor esteja convosco. Todos:Ele está no meio de nós. Sac. Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai, Filho e Espírito Santo. Todos:Ámen. Sac. Ide em paz e o Senhor vos acompanhe. Todos:Graças a Deus.

64

65 Cantico:

66 Ficha técnica : Eucaristia Celebrada por : Fr. Jacob Puthiyaparampil Animada por : GJ Seguindo teus Passos Projeção por : Joshua Oliveira Realização da projeção por : A. Alberto Sousa


Carregar ppt "3º DOMINGO DA PASCOA. Cântico: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. R. Amen! A graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do pai e a comunhão."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google