A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

São Paulo, 02 de outubro de 2008 Participantes: Carlos Zignani - Diretor de RI Thiago A. Deiro - Gerente de RI V Encontro Small & Mid Caps Unibanco.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "São Paulo, 02 de outubro de 2008 Participantes: Carlos Zignani - Diretor de RI Thiago A. Deiro - Gerente de RI V Encontro Small & Mid Caps Unibanco."— Transcrição da apresentação:

1 São Paulo, 02 de outubro de 2008 Participantes: Carlos Zignani - Diretor de RI Thiago A. Deiro - Gerente de RI V Encontro Small & Mid Caps Unibanco

2 Agenda A Empresa O Mercado e a Presença Global A Estratégia O Mercado de Capitais O Desempenho do Setor As Novas Operações e o Banco Moneo A Sustentabilidade O Desempenho da Marcopolo

3 Fundada em 1949 Área Construída TotalBrasil e Exterior m² Área Total Brasil e Exterior m² Capacidade de Produção Brasil85 un/dia (sem TMML & GBB) Brasil e Exterior141 un/dia Nº de Colaboradores 2T08 Brasil Brasil e Exterior Brasil e Exterior Número de Fábricas Brasil4 Exterior10 Exterior10 Receita Líquida 2008E R$ bilhões2,4 Produção 2008EUnidades Dividendos 2007R$ milhões75,0 (56,7% LL) O QUE É A MARCOPOLO 3

4 Uma das maiores fabricantes mundiais de carrocerias; Uma das maiores fabricantes mundiais de carrocerias; Líder no Brasil com mais de 40,0% de participação de mercado; Líder no Brasil com mais de 40,0% de participação de mercado; Mundialmente uma das marcas mais reconhecidas do setor; Mundialmente uma das marcas mais reconhecidas do setor; Tecnologia de fabricação de ponta; Tecnologia de fabricação de ponta; Produção integrada de quase todas as peças; Produção integrada de quase todas as peças; Completa linha de produtos: rodoviários, urbanos, midi, micro e miniônibus. Completa linha de produtos: rodoviários, urbanos, midi, micro e miniônibus. 4 O QUE É A MARCOPOLO

5 CONSELHO FISCAL ACIONISTAS CONSELHO DE HERDEIROS CEO DIRETORIA RELAÇÃO COM INVESTIDORES CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO AUDITORIA INTERNA AUDITORIA EXTERNA DIRETORIA ESTRATÉGIA & DESENVOLVIMENTO Diretoria de Controladoria e Finanças Diretoria Negócio Ônibus Ásia e Oriente Médio DIVISÃO ESTRATÉGIA E MARKETING DIVISÃO NOVOS NEGÓCIOS E SYNCROPARTS DIVISÃO NOVOS NEGÓCIOS E SYNCROPARTS COMITÊS Diretoria Negócio Plásticos Diretoria Negócio Volare Diretoria Negócio Serviços Financeiros Diretoria de Administração Diretoria de Sistemas e Processos AUDITORIA e RISCOS RH e ÉTICA ESTRATÉGIA e INOVAÇÃO EXECUTIVO 5 A ESTRUTURA Diretoria Negócio Ônibus América Latina e Europa

6 CHASSI 6 ENTENDENDO O PRODUTO MARCOPOLO

7 CARROCERIA 7 ENTENDENDO O PRODUTO MARCOPOLO

8 Agenda A Empresa O Mercado e a Presença Global A Estratégia O Mercado de Capitais O Desempenho do Setor As Novas Operações e o Banco Moneo A Sustentabilidade O Desempenho da Marcopolo

9 MERCADO MUNDIAL DE ÔNIBUS Marcopolo detém 7% do mercado mundial FONTE: Estimativas Marcopolo para produção de ônibus com mais de 7ton. Obs.: Não estão computados os School Buses nos Estados Unidos e Canadá. OUTROS AMÉRICA LATINA 2007 = = RÚSSIA 2007 = = CHINA 2007 = = ÁFRICA (sem Egito) 2007 = = BRASIL 2007 = = ARGENTINA 2007 = = E.U.A / CANADÁ 2007 = = MÉXICO 2007 = = COLÔMBIA 2007 = = AMÉRICA CENTRAL 2007 = = EXTREMO ORIENTE 2007 = = ÍNDIA 2007 = = EUROPA 2007 = = R E S U M O = = CAGR = 2,5% EGITO 2007 = =

10 10 PRESENÇA GLOBAL

11 11 LOCALIZAÇÃO GLOBAL Suez - Egito Loma Hermosa (Buenos Aires) - Argentina Caxias do Sul - Brasil (Planalto & Ana Rech) Rio de Janeiro - Brasil Cota (Bogotá)– Colômbia Monterrey - México Coimbra - Portugal Johannesburg - África do Sul Changzhou - China (componentes) Dharwad & Lucknow - Índia Golitsino & Pavlovo - Rússia

12 Agenda A Empresa O Mercado e a Presença Global A Estratégia O Mercado de Capitais O Desempenho do Setor As Novas Operações e o Banco Moneo A Sustentabilidade O Desempenho da Marcopolo

13 Golitsino Pavlovo 13 RÚSSIA População: 140,7 milhões;População: 140,7 milhões; Território: 17,0 milhões km 2;Território: 17,0 milhões km 2; PIB: US$ 2,0 trilhões;PIB: US$ 2,0 trilhões; PIB - Per capita: US$ ;PIB - Per capita: US$ ; Malha rodoviária: 871,0 mil km;Malha rodoviária: 871,0 mil km; Malha ferroviária: 87,1 mil km;Malha ferroviária: 87,1 mil km; Produção/consumo atual de ônibus: un./ano.Produção/consumo atual de ônibus: un./ano.

14 GOLITSINO - RÚSSIA RUSSIAN BUSES MARCO 14

15 Participação 50,0%;Participação 50,0%; Capacidade de produção:Capacidade de produção: Atual: un./ano; Atual: un./ano; Futura: un./ano; Futura: un./ano; Participação de mercado: objetivo é de 30,0% nos rodoviários eParticipação de mercado: objetivo é de 30,0% nos rodoviários e 50,0% nos miniônibus; Estratégias:Estratégias: Nacionalizar os componentes devendo atingir até o final do ano Nacionalizar os componentes devendo atingir até o final do ano80,0%; Desenvolver produto sobre outros modelos de chassis; Desenvolver produto sobre outros modelos de chassis; Atuar junto ao governo para limitar importação de ônibus chineses. Atuar junto ao governo para limitar importação de ônibus chineses. 15 Fábricas Golitsino/Pavlovo – Russian Buses Marco

16 REAL (MINIBUS) ANDARE 16

17 17 RUSSIAN BUSSES MARCO – DESEMPENHO PROJETADO

18 18 ÍNDIA População: 1,1 bilhão;População: 1,1 bilhão; Território: 3,2 milhões km 2;Território: 3,2 milhões km 2; PIB: US$ 2,9 trilhões;PIB: US$ 2,9 trilhões; PIB - Per capita: US$ 2.700;PIB - Per capita: US$ 2.700; Frota de ônibus: un.;Frota de ônibus: un.; Malha rodoviária: 3,3 milhões km;Malha rodoviária: 3,3 milhões km; Malha ferroviária: 63,2 mil km;Malha ferroviária: 63,2 mil km; Produção atual de ônibus: un.Produção atual de ônibus: un. Lucknow Dharwad

19 LUCKNOW - ÍNDIA TATA MARCOPOLO MOTORS LMTD. 19

20 Participação 49,0%;Participação 49,0%; Capacidade de produção:Capacidade de produção: Atual: un./ano; Atual: un./ano; Futura: un./ano; Futura: un./ano; Participação de mercado: 40,0% (projeção);Participação de mercado: 40,0% (projeção); Principais clientes são governos municipais (frota estatizada);Principais clientes são governos municipais (frota estatizada); Competidores: mais de 200 pequenos fabricantes (JCBL, ACGL, SATLEJ,Competidores: mais de 200 pequenos fabricantes (JCBL, ACGL, SATLEJ,Rubi); Estratégias:Estratégias: Desenvolver fornecedores locais (100,0%); Desenvolver fornecedores locais (100,0%); Desenvolver linha completa de produtos; Desenvolver linha completa de produtos; Acelerar a conclusão da unidade de Dharwad. Acelerar a conclusão da unidade de Dharwad. 20 Fábricas Dharwad/Lucknow – Tata Marcopolo Motors Lmtd.

21 STARBUS LE STARBUS 21

22 22 TATA MARCOPOLO MOTORS LMTD. – DESEMPENHO PROJETADO

23 23 EGITO População: 81,7 milhões;População: 81,7 milhões; Território: 1,0 milhão km 2;Território: 1,0 milhão km 2; PIB: US$ 404 bilhões;PIB: US$ 404 bilhões; PIB - Per capita: US$5.500;PIB - Per capita: US$5.500; Frota de ônibus: un.;Frota de ônibus: un.; Malha rodoviária: 92 mil km;Malha rodoviária: 92 mil km; Malha ferroviária: 5 mil km;Malha ferroviária: 5 mil km; Produção atual de ônibus: un.Produção atual de ônibus: un. Suez

24 SUEZ - EGITO GB BUSES 24

25 Participação 49,0%;Participação 49,0%; Capacidade de produção:Capacidade de produção: Em 2009: un./ano; Em 2009: un./ano; Futura: un./ano; Futura: un./ano; Participação de mercado: 30,0% (projeção);Participação de mercado: 30,0% (projeção); Principais clientes: operadores de turismo e fretamento. Iniciou-se um processoPrincipais clientes: operadores de turismo e fretamento. Iniciou-se um processo de privatização do transporte intermunicipal e urbano (todo o transporte deverá ser privatizado em breve); Competidores: MCV – Egypt, ASSIM BUS, TENSA, KASTOUR, EANCO;Competidores: MCV – Egypt, ASSIM BUS, TENSA, KASTOUR, EANCO; Estratégias:Estratégias: Presença no mercado do Egito; Presença no mercado do Egito; Retomar o mercado do Oriente Médio e atingir a costa Norte Africana; Retomar o mercado do Oriente Médio e atingir a costa Norte Africana; Participar do Mercado Comum Europeu. Participar do Mercado Comum Europeu. 25 Fábrica Suez – GB Buses

26 LARGE COACH – 40 VOLVO* 26 LARGE COACH – MITSUBISHI (EAGLE)* MINI BUSES – MITSUBISHI* * Produtos fabricados atualmente pela GB Auto.

27 27 GB BUSES – DESEMPENHO PROJETADO

28 O BANCO MONEO 28

29 29 BANCO MONEO

30 30 BANCO MONEO – DESEMPENHO PROJETADO

31 Agenda A Empresa O Mercado e a Presença Global A Estratégia O Mercado de Capitais O Desempenho do Setor As Novas Operações e o Banco Moneo A Sustentabilidade O Desempenho da Marcopolo

32 Atualização de preços;Atualização de preços; Nacionalização componentes/Global Sourcing;Nacionalização componentes/Global Sourcing; Desenvolvimento de centros de manufatura em países de baixo custo:Desenvolvimento de centros de manufatura em países de baixo custo: Brasil/Argentina; Brasil/Argentina; China; China; Índia; Índia; Fortalecimento do Mercado Interno:Fortalecimento do Mercado Interno: Novo nicho de mercado – escolar/Volare; Novo nicho de mercado – escolar/Volare; Mix de produção com produtos de maior valor agregado; Mix de produção com produtos de maior valor agregado; Insumos: tendência de elevação de preços;Insumos: tendência de elevação de preços; Redução dos custos fixos.Redução dos custos fixos. 32 AUMENTO NOS RESULTADOS

33 Agenda A Empresa O Mercado e a Presença Global A Estratégia O Mercado de Capitais O Desempenho do Setor As Novas Operações e o Banco Moneo A Sustentabilidade O Desempenho da Marcopolo

34 PRODUÇÃO BRASILEIRA (unidades) e MERCADO EXTERNO (%) 34

35 (*) Irizar, Maxibus. MARKET SHARE NA PRODUÇÃO BRASILEIRA (%) 35 (*) Fonte: Fabus/Simefre

36 Agenda A Empresa O Mercado e a Presença Global A Estratégia O Mercado de Capitais O Desempenho do Setor As Novas Operações e o Banco Moneo A Sustentabilidade O Desempenho da Marcopolo

37 PRODUÇÃO TOTAL (unidades físicas) MI ME Produção Total Composição da Produção Total 2T08 +15,1% ,9%

38 RECEITA LÍQUIDA TOTAL (R$ Milhões) MI ME 2.400, ,3 540,0 610,6 Composição da Receita Líquida Total 2T08 +32,1% Receita Líquida Total ,2 462,3 +12,7%

39 MARKET SHARE (%), LUCRO BRUTO (R$ Milhões) E MARGEM (%) Lucro Bruto e Margem Bruta +11,6% 39 +2,3pp Market Share +2,9pp +9,9% pp = pontos percentuais

40 LUCRO LÍQUIDO, EBITDA AJUSTADO (R$ Milhões) e MARGENS (%) Lucro Líquido e Margem Líquida EBITDA Ajustado e Margem EBITDA - 9,2% +1,1% 40 +9,5% +11,1%

41 INVESTIMENTOS DE CAPITAL E ENDIVID. FINANCEIRO (R$ Milhões) Endividamento FinanceiroInvestimentos 86,5 Nota: = Segmento Financeiro = Segmento Industrial ,4 324,0 152,6 423,7

42 RESULTADO CONSOLIDADO (R$ Milhões) 42

43 Agenda A Empresa O Mercado e a Presença Global A Estratégia O Mercado de Capitais O Desempenho do Setor As Novas Operações e o Banco Moneo A Sustentabilidade O Desempenho da Marcopolo

44 CONTROLADORES: em 30/06/2008 DISTRIBUIÇÃO DAS AÇÕES ORDINÁRIAS 44

45 CONTROLADORES: DISTRIBUIÇÃO DAS AÇÕES PREFERENCIAIS 45 em 30/06/2008

46 46 MARCOPOLO NO NÍVEL 2 DA BOVESPA R$ 7, pontos R$ 6, pontos IBOV: +19,5% POMO4: -14,1% Marcopolo PN x Ibovespa Desempenho de Ações entre jun/07 e jun/08

47 (Controladora) PAY OUT MÉDIO: 49,5% DIVIDENDOS/JUROS/CAPITAL PRÓPRIO (R$ milhões) 47

48 INDICADORES DE LIQUIDEZ E VALORIZAÇÃO DAS AÇÕES Nº Transações e Nº de Ações Negociadas (quantidade) Valor Transacionado e Valor de Mercado (R$ milhões) 48 1S071S08

49 49 112,2 Retorno Médio Anual = 40,1% TSR – RETORNO TOTAL PARA OS ACIONISTAS (%)

50 Agenda A Empresa O Mercado e a Presença Global A Estratégia O Mercado de Capitais O Desempenho do Setor As Novas Operações e o Banco Moneo A Sustentabilidade O Desempenho da Marcopolo

51 51 Investimentos em Meio Ambiente (R$ Milhões) Destinação de resíduos;Destinação de resíduos; Tratamento de efluentes;Tratamento de efluentes; Monitoramento atmosférico;Monitoramento atmosférico; Ampliação e melhorias nas ETEs;Ampliação e melhorias nas ETEs; ISO 14001;ISO 14001; Licenciamentos, anuidades;Licenciamentos, anuidades; Laboratório de meio ambiente, etc.Laboratório de meio ambiente, etc. +23,0% Investimentos em Educação e Treinamento (médias de horas por colaborador) A SUSTENTABILIDADE Cursos de capacitação;Cursos de capacitação; Bolsas de estudos em ensino médio,Bolsas de estudos em ensino médio, graduação, pós e áreas afins; Línguas estrangeiras;Línguas estrangeiras; Treinamentos;Treinamentos; Aperfeiçoamentos.Aperfeiçoamentos. +0,6%

52 52 FUNDAÇÃO MARCOPOLO Criada em A partir do programa Vida ConVida promove a qualidade de vida de seus colaboradores e familiares, através de diversos projetos e ações. E com o programa SuperAção as atividades possuem foco em educação para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social e pessoal. PROGRAMA DE VOLUNTÁRIOS Trabalha-se com 5 instituições que atendem crianças e adolescentes e 2 lares de idosos. No ano de 2007, pessoas foram beneficiadas com o programa. ESCOLAS DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL MARCOPOLO Inaugurada em 1990 em convênio com SENAI, proporciona a formação técnica e social, dando condições aos jovens de competir no mercado de trabalho e de possuir uma melhor perspectiva de vida. Já foram formados 513 alunos e 98 alunos estão com curso em andamento no total de 5 escolas do projeto (Caxias do Sul/RS, Duque de Caxias/RJ). A SUSTENTABILIDADE

53 53 PROJETO ESCOLAS É um projeto desenvolvido em parceria com escolas carentes da comunidade. O programa compreende organização e limpeza, qualidade de vida, prevenção ao uso de drogas, motivação de professores, teatro e outras ações definidas com a escola. UM DIA FELIZ No Dia da Criança se realiza uma recreação com distribuição de lanches, refrigerantes e doces, com muitas atividades de lazer e apresentações artísticas. Cerca de crianças participam. PROJETO RECRIA FAZENDO ARTE EDUCAÇÃO Desenvolvido em parceria com o COMDICA e a Fundação de Assistência Social, com início em 2004, beneficia cerca de jovens da comunidade caxiense através de oficinas de teatro, dança e música. A SUSTENTABILIDADE

54 CONTATO – EQUIPE DE RI Carlos Zignani Diretor Relações com Investidores Tel: (54) Thiago A. Deiro Gerente Relações com Investidores Tel: (54)

55 Nossas estimativas e declarações futuras têm por embasamento, em grande parte, expectativas atuais e projeções sobre eventos futuros e tendências financeiras que afetam, ou podem afetar o nosso negócio. Muitos fatores importantes podem afetar adversamente nossos resultados, tais como previstos em nossas estimativas e declarações futuras. As palavras acreditamos, podemos, visamos, estimamos e outras palavras similares têm por objetivo identificar estimativas e projeções. As considerações sobre estimativas e declarações futuras incluem informações atinentes a resultados e projeções, estratégias, planos de financiamentos, posição concorrencial, ambiente setorial, potenciais oportunidades de crescimento, os efeitos de regulamentações futuras e os efeitos da concorrência. Tais estimativas e projeções referem-se apenas à data em que foram expressas, sendo que não assumimos a obrigação de atualizar publicamente ou revisar quaisquer dessas estimativas em razão da ocorrência de nova informação, eventos futuros ou de quaisquer outros fatores, ressalvada a regulamentação vigente a que nos submetemos, em especial às Instruções CVM 202 e 358. IMPORTANTE: 55


Carregar ppt "São Paulo, 02 de outubro de 2008 Participantes: Carlos Zignani - Diretor de RI Thiago A. Deiro - Gerente de RI V Encontro Small & Mid Caps Unibanco."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google