A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Revisão de Filosofia 9º ano. CRITÉRIO 01: Definir filosoficamente o que são valores humanos. DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS Considerando que.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Revisão de Filosofia 9º ano. CRITÉRIO 01: Definir filosoficamente o que são valores humanos. DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS Considerando que."— Transcrição da apresentação:

1 Revisão de Filosofia 9º ano

2 CRITÉRIO 01: Definir filosoficamente o que são valores humanos. DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS Considerando que o reconhecimento da dignidade inerente a todos os membros da família humana e de seus direitos iguais e inalienáveis é o fundamento da liberdade, da justiça e da paz no mundo, Considerando que o desprezo e o desrespeito pelos direitos humanos resultaram em atos bárbaros que ultrajaram a consciência da Humanidade e que o advento de um mundo em que os homens gozem de liberdade de palavra, de crença e da liberdade de viverem a salvo do temor e da necessidade foi proclamado como a mais alta aspiração do homem comum, Considerando essencial que os direitos humanos sejam protegidos pelo Estado de Direito, para que o homem não seja compelido, como último recurso, à rebelião contra tirania e a opressão, Considerando essencial promover o desenvolvimento de relações amistosas entre as nações, Considerando que os povos das Nações Unidas reafirmaram, na Carta, sua fé nos direitos humanos fundamentais, na dignidade e no valor da pessoa humana e na igualdade de direitos dos homens e das mulheres, e que decidiram promover o progresso social e melhores condições de vida em uma liberdade mais ampla, Considerando que os Estados-Membros se comprometeram a desenvolver, em cooperação com as Nações Unidas, o respeito universal aos direitos humanos e liberdades fundamentais e a observância desses direitos e liberdades. PÁGINAS 07 a 11.

3 valores inalienáveis. Objetivo da declaração é estabelecer valores inalienáveis. Artigo I Todas as pessoas nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotadas de razão e consciência e devem agir em relação umas às outras com espírito de fraternidade. Artigo II Toda pessoa tem capacidade para gozar os direitos e as liberdades estabelecidos nesta Declaração, sem distinção de qualquer espécie, seja de raça, cor, sexo, língua, religião, opinião política ou de outra natureza, origem nacional ou social, riqueza, nascimento, ou qualquer outra condição. Artigo III Toda pessoa tem direito à vida, à liberdade e à segurança pessoal. Artigo IV Ninguém será mantido em escravidão ou servidão, a escravidão e o tráfico de escravos serão proibidos em todas as suas formas. Artigo V Ninguém será submetido à tortura, nem a tratamento ou castigo cruel, desumano ou degradante. Artigo VI Toda pessoa tem o direito de ser, em todos os lugares, reconhecida como pessoa perante a lei. Artigo VII Todos são iguais perante a lei e têm direito, sem qualquer distinção, a igual proteção da lei. Todos têm direito a igual proteção contra qualquer discriminação que viole a presente Declaração e contra qualquer incitamento a tal discriminação. Artigo VIII Toda pessoa tem direito a receber dos tributos nacionais competentes remédio efetivo para os atos que violem os direitos fundamentais que lhe sejam reconhecidos pela constituição ou pela lei. Artigo IX Ninguém será arbitrariamente preso, detido ou exilado.

4

5 A Reflexão nos faz emitir juízos. Juízo é uma capacidade de julgar a verdade ou a falsidade daquilo que foi dito. Juízo de valor = capacidade de avaliar coisas, pessoas e situações. (QUALIDADE) EX: MARIA É BONITA. Juízo de existência = é quando afirmo que algo é ou existe. EX: NO CASO DE MARIA, ESTAMOS AFIRMANDO A EXISTÊNCIA DELA, MAS NÃO, NECESSARIAMENTE, QUEM É ELA. DEFINIÇÃO DE VALOR: – SÃO INSTITUÍDOS COM BASE EM QUE E EM COMO UMA CULTURA E UMA SOCIEDADE DEFINEM PARA SI MESMAS O QUE JULGAM SER O BEM, A VIRTUDE, A JUSTIÇA E SEUS OPOSTOS.

6 CRITÉRIO 02: DEFINIR ÉTICA E MORAL, DE MODO A DIFERENCIÁ-LAS. Somos educados com base nesses valores e para esses valores, de tal forma que parecem existir por si mesmos, isto é, como se fossem naturais. Essa naturalização é uma autopreservação dos valores morais, permitindo que ao longo do tempo, as gerações seguintes respeitem, adotem e desejem esses valores. Moral e Ética significa COSTUME PÁGINA 11 a 13

7 Definições: – VALORES MORAIS: » ENQUANTO MEDIDA E LIMITE, TRATA DOS VALORES PERMITIDOS E PROIBIDOS, DAS CONDUTAS CORRETAS E INCORRETAS; – VALORES ÉTICOS » SE ESTABELECE COMO UMA REFLEXÃO A RESPEITO DESSES VALORES MORAIS ADOTADOS POR UM GRUPO CULTURAL. » A ÉTICA TEM POR FUNÇÃO INVESTIGAR E ANALISAR A MORAL CULTURALMENTE INSTITUÍDA POR UMA SOCIEDADE.

8 CRITÉRIO 03: COMPREENDER DE QUE MANEIRA A ATITUDE DE LEVAR VANTAGEM EM DETERMINADAS SITUAÇÕES INTERFERE NAS RELAÇÕES ENTRE INDIVÍDUO E SOCIEDADE. CRISE DOS VALORES MORAIS ATUALMENTE ACREDITA-SE NUMA CRISE DOS VALORES MORAIS. CRISE DA RAZÃO ISSO ACONTECE POR CONTA DA CRISE DA RAZÃO, POIS DE UM LADO, TEMOS O GRANDE DESENVOLVIMENTO DAS CIÊNCIAS E, DE OUTRO, AS INÚMERAS BARBÁRIES COMETIDAS CONTRA A NATUREZA E CONTRA OS SERES HUMANOS EM FUNÇÃO DESSE DESENVOLVIMENTO RACIONAL-CIENTÍFICO. PÁGINA 14 a 26

9 CRISE DA RAZÃO VALORES UNIVERSAIS COM A CRISE DA RAZÃO OS VALORES UNIVERSAIS QUE ORIENTAVAM A REFLEXÃO ÉTICA TAMBÉM ENTRARAM EM CRISE. ATUALMENTE HOUVE UMA INVERSÃO DA TRADICIONAL HIERARQUIA RAZÃO E PAIXÃO DE TAL FORMA QUE O INDIVÍDUALISMO EXARCEBADO DESENCADEARAM UMA ANARQUIA DOS VALORES MORAIS.

10 A NECESSIDADE DE LEVAR VANTAGEM INTERFERE NAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS. O JEITINHO BRASILEIRO, POSTO EM PRÁTICA DE FORMA NEGATIVA, ACABA POR PROLIFERAR EM TODA A SOCIEDADE, CAUSANDO A SENSAÇÃO DE QUE, SE O INDIVÍDUO NÃO ACEITAR AS REGRAS DO JOGO, NÃO CONSIGUIRÁ OBTER AQUILO QUE NECESSITA, SEJA UM EMPREGO, UM ATENDIMENTO PRIVILEGIADO NA FILA DOS HOSPITAIS, ETC. A NECESSIDADE DE LEVAR VANTAGEM INTERFERE NAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS. O JEITINHO BRASILEIRO, POSTO EM PRÁTICA DE FORMA NEGATIVA, ACABA POR PROLIFERAR EM TODA A SOCIEDADE, CAUSANDO A SENSAÇÃO DE QUE, SE O INDIVÍDUO NÃO ACEITAR AS REGRAS DO JOGO, NÃO CONSIGUIRÁ OBTER AQUILO QUE NECESSITA, SEJA UM EMPREGO, UM ATENDIMENTO PRIVILEGIADO NA FILA DOS HOSPITAIS, ETC.

11 CRITÉRIO 04: RECONHECER A AUSÊNCIA DE ATITUDES ÉTICAS COMO GERADORA DE VIOLÊNCIA. CRITÉRIO 05: DESCREVER O USO INADEQUADO DA TECNOLOGIA, DE MODO A RELACIONÁ-LO COM A ÉTICA. Nas sociedades que privilegiam o individualismo, há uma acentuação no egoísmo e, nesses casos, é relevante criar normas para se manter o necessário equilíbrio entre eu e nós. A guerra, por exemplo, é um instrumento divisório que acentua o individualismo. O pensar somente em si reflete uma atitude antiética. A falta de atitudes pautadas na ética pode ser considerada como uma das causas das agressões descabidas à natureza, a ponto de prejudicar toda a cadeia de animais que dela dependem, inclusive o próprio ser humano. PÁGINA 26 e 27


Carregar ppt "Revisão de Filosofia 9º ano. CRITÉRIO 01: Definir filosoficamente o que são valores humanos. DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS Considerando que."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google