A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PESCA EM ÁGUAS PROFUNDAS XXXV TEMPO PASCAL A MÃE DE DEUS, A ENFERMEIRA E EU.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PESCA EM ÁGUAS PROFUNDAS XXXV TEMPO PASCAL A MÃE DE DEUS, A ENFERMEIRA E EU."— Transcrição da apresentação:

1 PESCA EM ÁGUAS PROFUNDAS XXXV TEMPO PASCAL A MÃE DE DEUS, A ENFERMEIRA E EU

2 No hospital, uma das enfermeiras que me atendeu era evangélica. Dia antes de minha internação, ela tinha atendido a um padre. Mulher branca, mediana, atenciosa, olhos claros, cabelos compridos em forma de rabo de cavalo...

3 Era católica, mas teve que virar crente por causa do marido, com quem tem um casal de filhos. Um rapaz de 17 anos e uma moça de 15. Disse que nunca esqueceu sua Igreja de origem. Acha sua família abençoada...

4 Ela disse também que todo dia pede intercessão à Nossa Senhora por sua família e por todas as pessoas, principalmente as carentes, e que gosta das manifestações católicas, ressaltando o Círio de Nazaré como a principal de Belém. Ela falou com transbordante entusiasmo que todos no quarto ouviram, porém não sabiam que era evangélica. Ela é oriunda de Terezina, Piauí, Nordeste do Brasil.

5 A atitude dessa mulher lembrou-me um certo programa evangélico de televisão que assisti dia seguinte à realização de um Círio de Nazaré em Belém. Não me lembro o ano, que deve estar anotado em algum dos meus alfarrábio, mas garanto que foi no início deste século ou no finalzinho do passado.

6 Nesse programa o pastor-apresentador estava chateadíssimo com as mulheres do seu aprisco, porque muitas preferiram acompanhar a imagem daquela mulher nas ruas de Belém, a participar do culto realizado no templo. O culto tinha sido marcado para esse dia justamente por ser dia do Círio de Nazaré.

7 A imagem daquela mulher nas ruas de Belém, mesmo sendo matéria inanimada, é um lenitivo para a fé de quem ama e acredita que Deus, para salvar sua mais perfeita criatura terrena, criada à sua imagem e semelhança, encarnou-se no ventre de uma virgem mulher. Essa mulher é a Senhora de Nazaré! A imagem maternal espiritual que a imagem daquela mulher nas ruas de Belém transmite, é o ápice de um dos infindos meios que Deus usa para estar no meio de sua Família humana e dentro do coração de cada filho através do amor por sua mãe.

8 Não é íntegro o cristão que diz amar e proclamar o nome de Jesus Cristo mas desdenha sua mãe. É super anormal. Não foi o próprio Jesus quem declarou: Eu e o Pai somos um(Jo 10,30) e quem me vê, vê o Pai (Jo 14,9)?... E não foi a Jesus Cristo que transfigurado no Monte Tabor o Criador declarou categoricamente diante de testemunhas celestiais e humanas: Este é o meu filho muito amado; ouvi- o(Lc 9,35; Mc 9,7)?... Jesus Cristo tinha duas naturezas, uma divina e outra humana?... A natureza divina é do Pai e a humana, da mãe. Vamos mais adiante seguindo essa linha de reflexão. Ainda no ventre, o corpo de Jesus Cristo foi alimentado pelo corpo da Virgem Maria, a cheia de graças, que eram um só no de Maria, constituídos de mesma carne. Portanto o Filho de Deus que, liturgicamente, morreu dia 22 de abril passado, ressuscitou 24, dia 5 de junho ascenderá ao céu para junto do Pai, de onde, dia 12, enviará o Espírito Santo para seus irmãos na terra, tinha a mesma carne do de sua Mãe, a Virgem Maria de Nazaré, ou melhor, Nossa Senhora de Nazaré! Esta Senhora, a quem muito amo, dia 9 de outubro vindouro, sob eflúvios amorosos, sairá da Catedral carregada pelos filhos rumo a seu santuário de Belém do Pará, Amazônia do Brasil, sob o olhar amoroso do Esposo...

9 Não mais vi aquela enfermeira, que muito se preocupou com minha saúde, principalmente a normalização da pressão arterial e o nível de açúcar do meu corpo. Ma manhã seguinte, outra enfermeira bem mais jovem e falante entrou no quarto e esbanjando simpatia perguntou-me: - A pronúncia do seu nome é Eliezer ou Eliezer? Respondi-lhe: - Desde o meu batismo chamam-me Eliezer, mas também chamam-me Eliezer. Então, ela falou: Seu Eliezer, bom dia, tudo está normal com o senhor, por isso, vou lhe antecipar a notícia de que, provavelmente de tarde, o senhor terá alta... Estou convalescendo em casa e tenho certeza que Nossa Senhora está ao meu lado... Eliezer de Oliveira Martins Obs: O autor é diácono da Arquidiocese de Santa Maria de Belém do Grão Pará, Amazônia do Brasil. Esses fatos são uma adaptação dos narrados em link FONTE DE VIDA, Em Águas Profundas. Musical: Only A Memory, Yanni


Carregar ppt "PESCA EM ÁGUAS PROFUNDAS XXXV TEMPO PASCAL A MÃE DE DEUS, A ENFERMEIRA E EU."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google