A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Colônia Império República Profª Drª Marcia Pinto Bandeira.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Colônia Império República Profª Drª Marcia Pinto Bandeira."— Transcrição da apresentação:

1 Colônia Império República Profª Drª Marcia Pinto Bandeira

2 Economia complementar da metrópole: Política econômica metropolitana:mercantilismo (intervenção estatal;monopólio comercial;protecionismo;balança comercial favorável; acumulo de capital – metais) Sistema Colonial: Colônia de exploração/colônia povoamento(pacto colonialXnegligência salutar)

3 Colônia de exploração: Clima e terra favoráveis a plantio de gêneros tropicais; presença de metais – produtor de matéria prima e mercado consumidor. Trabalho compulsório Agro-exportadores: Plantation (Latifúndio;mob escrava;exportação;monocultura) Pacto colonial

4 Problemas e marcas coloniais: Capital externo (dependência) Distribuição de terra (reforma agrária) Mercado consumidor interno (pequeno) Acumulação de capital interno (inexistente) Modelo agroexportador (retardo no processo de industrialização) Política definida pela metrópole – câmara municipal – homens bons.

5 Marcas de povoamento: Negligência salutar (auto sustentabilidade ou auto desenvolvimento) Capital interno( acúmulo – comércio-classe média) Mercado consumidor interno ( mob livre – servidão temporária) Governo indireto – assembléias coloniais.

6 Cultura: assimilação; aculturação Paternalismo ibérico – cópia do modelo metropolitano – jesuítas. Miscigenação cultural – mestiçagem Produção de um novo mundo

7 Economia: estrutura agro-exportadora : dependência do mercado e do capital externo; tradição monocultura; trabalho copmpulsório. Plantation Ciclos econômicos: Açúcar (Nordeste – séc. XVI/XVII); Mineração (XVIII);Café (XIX). Sociedade patriarcal: mobilidade social sem ou pequena. Má distribuição de renda. Na mineração esboço de manufaturados.

8 Transferência da corte : Abertura dos portos (1808) – fim pacto colonial. Privilégios ingleses: Tratado de Paz e Amizade (1810 – Juiz conservador – perda de soberania) ; Tratado de Comércio e Navegação (1810 – tx. Alfandegária de 15% para ingleses).

9 I Reinado: Agro-exportador Plantation (L+E+M+TC) Déficit na balança Dívida Não industrialização (concorrência inglesa – renovação do Tratados de 1810) Crise econômica – açúcar.

10 Crise econômica Manutenção do modelo Crise do açúcar e do algodão.

11 II Reinado: Mudanças econômicas: Não renovação dos Tratados de 1810 – Tarifas Alves Branco – Lei Euzébio de Queiroz – Lei de Terras (1850) Imigração – 1850/1870 – Substituição da MOB escrava pelo imigrante – Colonato e parceria.- Leis Abolicionistas ( ventre Livre-sexagenário- Aurea)

12 Café : Vale do Paraíba – Estrutura de Plantation – crise. Café: Oeste Paulista – Modernização e mecanização da Lavoura – mob livre-Senador Vergueiro – Aristocracia Cafeeira – Capital cafeeiro ( urbanização; ferrovias;industrialização;imigração; classe média urbana; operáriado) 2ª Metade do século XIX – Crescimento econômico; modernização na produção;acúmulo de capital; fortalecimento do Estado;Nova aristocracia paulista. Eixo econômico : São Paulo (oeste paulista) – Café Norte do Paraná.

13 Espada: Tentativa de industrialização – Rui Barbosa – Encilhamento (inflação ) – Manutenção do modelo agro-exportador. Velha: Crise do Café ( Convênio de Taubaté); Industrialização (substituição de importação – 1ª Gde Guerra); Founding Loan (Campos Salles- acordo da dívida); Crise econômica e financeira.

14 Vargas: Industrialização – substituição de importação – bens de consumo não duráveis - Mov. Operário Nacionalismo Oligarquias dissidentes – Institutos do Mate e Pinho,... Estado como investidor em Infra-estrutura. Estado Novo – Cia Siderurgica Nacional ;Vale do Rio Doce;Fábrica Nacional de Motores;Alcalis;Cia Hidrelétrica Vale do Rio S. Francisco(capital externo). – MODERNIZAÇÃO CONSERVADORA (o estado age como financiador a classe empresarial não tem condições de fazer só – vai até RM)

15 2ª Gde Guerra – Superávit –.(Dutra)- Liberalismo- atração de capital externo-Plano Salte. Nacionalismo – Petrobras-Eletrobras (Vargas) (1951/54) Sumoc 113 – Remessa de lucro para exterior – (Café Filho) JK – Modelo desenvolvimentista – captação de capital externo – modernização econômica – nova mudança do modelo de industrialização: indústria de bens duráveis. Plano de metas.(transporte,energia,educação e alimentação)- Multinacionais e dívida- Também modenização conservadora – alto custo social. Jango: nacionalismo – reformas de base/ Plano trienal.

16 Plano de Ação Econômica do Governo – PAEG – Bulhões - (ORTN – Obrigação Reajustável do Tesouro Nacional) – correção monetária – indexação da economia (fixado a algum indice). Combate a inflação X custo social. (Castelo Branco). Milagre Brasileiro - Delfim (desde Costa e Silva -67) – entrada maciça de capital estrangeiro – Empresa nacional (forte demanda de capital e de mob); Empresa multinacional (forte demanda de capital e fraca de mob); Estatais (segurança nacional) – salários baixos na produção, crescimento do poder de compra da classe média – financiamento do governo para aumentar o merc. Consumidor interno – cresce o bolo para dividir depois.

17 Geisel (1974): esgotamento do milagre – crise do petróleo – auge do intervencionismo estatal – emissão de papel moeda – inflação Figueredo (1979) : estagflação (estagnação econômica +inflação) Fim 1985

18 Plano Cruzado – gatilho salarial – cruzeiro corta três zeros – vira cruzado – tabelamento de preço e salários- fim da correção monetária. (Funaro) – aumento do consumo –crise de abastecimento= ágio moratória técnica – não tem condições de pagar juros da divida(México e Argentina) – Plano Bresser – Plano Verão (1989) – alto índice de inflação.

19 Collor – 1990/2- Plano Collor – Neoliberalismo – Volta do cruzeiro – confisco da poupança – tabelamento de preços e salários – livre- negociação. Abertura de mercado. Collor II – 1991 – estimular a poupança – recessão Plano Real (94)– Itamar 92/95 – combate a inflação – fim da indexação – cambio equilibrado – abertura econômica – tx de juros elevada. Efeito tequila (México-desvalorização da moeda)– Br e Arg.

20 FHC – (95/99-99/02) PROER – Programa de reestruturação e fortalecimento do sistema financeiro – cobriu quebra dos bancos. MERCOSUL (95) – Atração de investimentosd estrangeiros – Br. Atrativo aos investimentos – desnacionalização das empresas brasileiras – Globalização e neoliberalismo. Aumento da divida – desvalorização da moeda para aumento de exportação e volume de importação – privatizações (97)- estabilização econômica

21 Crise do modelo neoliberal: LULA( )estabilidade monetária – balança comercial favorável – índice de desemprego abaixou – aumento das exportações. Planos sociais – PAC.-bolsa família.


Carregar ppt "Colônia Império República Profª Drª Marcia Pinto Bandeira."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google