A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

COMPETE À ADECE: Executar a política de desenvolvimento econômico do estado do Ceará. Atrair e Incentivar Investimentos. Criar condições para competitividade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "COMPETE À ADECE: Executar a política de desenvolvimento econômico do estado do Ceará. Atrair e Incentivar Investimentos. Criar condições para competitividade."— Transcrição da apresentação:

1

2 COMPETE À ADECE: Executar a política de desenvolvimento econômico do estado do Ceará. Atrair e Incentivar Investimentos. Criar condições para competitividade dos setores econômicos do estado. SEGMENTOS ECONÔMICOS DE ATUAÇÃO: Indústria Comércio Serviços Agronegócio Empresarial Mineração Energia

3 Metas Estratégicas Setoriais Plano de Desenvolvimento Econômico Crescimento do PIB e do emprego por segmento. Atrair novas empresas e dar suporte para novas ampliações. Promover a geração de empregos. Ampliar o volume de investimentos do Estado. Evolução do fluxo do comércio internacional. Evolução da auto-suficiência energética. Fornecer infraestrutura necessária para os empreendimentos industriais beneficiados. Fortalecer os arranjos produtivos locais. Aumento da competitividade de micro, pequenas e médias empresas.

4 Pontos Fortes do Ceará Excelente localização geográfica, associada a infraestrutura adequada através do Complexo Industrial e Portuário do Pecém e do Porto do Mucuripe (marítimo, rodoviário e ferroviário). Setor de autopeças, couros, tintas e metalmecânico cearense aptos a realizarem parcerias e desenvolver insumos ou peças complementares. Sinergia com o Complexo Siderúrgico a ser instalado no Complexo Portuário do Pecém. Pacote de condições especiais para atração de investimentos de indústria e demais afins da citada atividade econômica. Investimento massivo do Governo do Estado do Ceará nas conexões e manutenção de Rodovias e Ferrovias.

5 Pontos Fortes do Ceará Investimento expressivo do Governo do Estado do Ceará nos setores de água, energia, gás, meio ambiente, eficiência energética, segurança e engenharia de trânsito. Ceará possui mão de obra especializada à disposição. Reconhecida vocação industrial. Credibilidade e capacidade de investimento do Governo do Estado. Clima de parceria entre o Governo e o setor privado.

6 Ranking das Exportações Cearenses Classificação do Ceará no Nordeste: 3º lugar. Municípios Exportadores: 51 Valor das exportações no Ceará: 2009: US$ (FOB) Saldo da Balança Comercial do Ceará: -US$ (FOB) Fonte: MDIC / SECEX / AliceWeb – Valores US$ FOB Elaboração: ADECE

7 Ranking Geral das Exportações do Ceará Fonte: MDIC / SECEX – Valores US$ FOB Elaboração: ADECE

8 ,6% 10% 6,4% 4,6% 41,2% 8,2% US$ (FOB) Elaboração: ADECE

9 Fonte: IBGE e IPECE Elaboração: ADECE Bilhões US$ PIB a Preços de Mercado – 2004 a 2009 Brasil 1.169, , , , , ,3

10 PIB a Preços de Mercado – 2004 a 2009 Ceará Bilhões US$ 31,2 33,4 Fonte: IBGE e IPECE Elaboração: ADECE

11 Dimensão Região Nordeste

12 Informações do Ceará Indústria Energia Mineração Comércio Serviço Agronegócio

13 Tempo de Viagem - Aéreo Fortaleza

14 Tempo de Viagem - Navio Fortaleza Xangai 35 dias Cabo Verde 5 dias Fonte: CEARÁPORTOS Elaboração: ADECE

15 Tempo de Viagem - Aéreo Fortaleza Localização Estratégica

16 Tempo de Viagem - Rodoviário Localização Estratégica Fortaleza

17 Infraestrutura do Estado do Ceará Instituições de Ensino Superior Fonte: MEC / Inep – 2008 Elaboração: ADECE

18 Infraestrutura do Estado do Ceará Cinturão Digital Previsão do término: Jun/2010 Investimento Total: US$ 28,3 milhões O governo está criando infraestrutura de fibra óptica, para dar o acesso banda larga para as cidades mais importantes do estado, alcançando 82% da população quilômetros da fibra óptica conectarão várias cidades e irão incluir a população, que não pode pagar por este tipo do serviço, no mundo digital. Obs.: US$ 1,00 = R$ 1,80

19 Oferta de gás 7 milhões m³/dia Infraestrutura do Estado do Ceará

20

21 Infraestrutura Hídrica Volume disponível em 2009 Fonte: DNOCS Elaboração: ADECE

22 CASTANHÃO – RMF - PECÉM O Governo do Estado do Ceará está construindo o maior canal em concreto do país, com 255 km de extensão. Término da obra: 2010 Infraestrutura do Estado do Ceará Aspectos Gerais Oferta de água permanente. Volume: 4,8 bilhões m³. 43 mil hectares irrigados. Instalação de 02 turbinas para geração de 22,5 MW. Fonte: DNOCS Elaboração: ADECE

23 Infraestrutura do Estado do Ceará Malha Ferroviária - Transnordestina Fonte: TRANSNORDESTINA Logística S.A. Elaboração: ADECE

24 Infraestrutura do Estado do Ceará

25 Aeroporto Atua l Projetado Área m m 2 8 milhões Capacidade passageiros/ano 3 milhões

26 Infraestrutura do Estado do Ceará Ampliação do Terminal de Cargas - TECA Terminal de Carga Aéreo Atua l Projetado Área m m m ton 03 (flores, frutas e pescados) Área de Armazenamento Capacidade Atual Câmara Fria (22,5 m 2 ) 140 m ton 01 (flores)

27 Porto do Pecém Infraestrutura do Estado do Ceará

28 Porto do Pecém Informações Gerais Terminal Off Shore 56 Km de Fortaleza 2 Piers: 4 berços de atracação Terminal Intermodal : 352 ha Rodovia CE 422: 20 KM Ramal Ferroviário: 22 KM Subestações: 200MVA e 40MVA Sistema Adutor de Água: 23 km Infraestrutura do Estado do Ceará

29 EUA – Costa Leste 2 vezes - Semanal Caribe / Golfo do México América do Sul / Brasil

30 Planta de Expansão Infraestrutura do Estado do Ceará

31 1ª Etapa – US$ 145 Milhões – Conclusão 2010 Prolongamento de metros do quebra-mar, ampliando para metros Construção de 760 metros de píer, com dois berços de atracação Ampliação em 342 metros da ponte de acesso ao terminal Implantação da linha de guindastes Construção de retroárea para pátio de estocagem com 87 mil m 2 Infraestrutura do Estado do Ceará

32 2ª Etapa – US$ 70 Milhões – Conclusão 2010 Implantação de uma correia transportadora para carvão com 9 Km Implantação de um descarregador contínuo de carvão para abastecer futura Termoelétrica. Infraestrutura do Estado do Ceará

33 3ª Etapa – US$ 215 Milhões - Conclusão 2012 Implantação de uma segunda correia transportadora para carvão com 9 Km Implantação de uma correia transportadora para minério de ferro com 9 Km Implantação de um descarregador contínuo para minério Construção de um berço para exportação de placas de aço com 310 m Implantação de 2 carregadores de placas de aço Infraestrutura do Estado do Ceará

34 4ª Etapa – US$ 302 Milhões - Conclusão 2014 Construção da 2ª ponte de acesso ao quebra-mar com m Prolongamento do quebra-mar em m Construção de um berço com retroárea de 380 m Construção de 2 píers para petroleiros. Infraestrutura do Estado do Ceará

35 5ª Etapa – US$ 241 Milhões - Conclusão 2016 Instalação de uma correia para minério com 9 Km Instalação de um descarregador contínuo para minério Instalação de um descarregador contínuo para carvão Instalação de 4 carregadores de placas de aço Construção de 2 berços para exportação de placas de aço Infraestrutura do Estado do Ceará

36 Complexo Industrial e Portuário do Pecém - CIPP Informações Gerais Área Total: 330 km² Usinas Termoelétricas: MW Ferrovia de acesso ao porto Rodovia de acesso ao porto Gás: 7 milhões m³/dia Água industrial Usina Siderúrgica Refinaria de Petróleo ZPE – Zona de Processamento de Exportação Futuras Instalações Infraestrutura do Estado do Ceará

37 Refinaria Premium II Valor do investimento: US$ 11,1 bilhões. Geração de empregos: (diretos e indiretos) Capacidade de processamento: barris/dia de óleo. Aumento de 45% no PIB do Ceará. Refinaria Projetos Prioritários do Estado do Ceará Principais Produtos: Óleo diesel. Querosene de aviação (QAV). Nafta. Gás liquefeito de petróleo (GLP). Bunker (óleo para consumo de navios).

38 Valor do investimento: US$ 4 bilhões. Geração de empregos na construção: (diretos) e (indiretos) Geração de empregos na operação: (diretos) e (indiretos) Matriz energética: carvão mineral. Produção estimada: 3 milhões de ton/ano de placas de aço. Previsão da Construção: 4 anos Previsão da Operação: inicio de Aumento da ordem de R$ 9,3 bilhões no PIB do Ceará. Companhia Siderúrgica do Pecém - CSP Parceiros: Dongkuk Steel Vale S/A Projetos Prioritários do Estado do Ceará

39 MPX – Usina Termoelétrica do Pecém Início da Obra - 1ª fase: dezembro de Valor dos Investimentos: 1ª Fase - US$ 1,4 bilhões (720 MW), 2ª Fase - US$ 700 milhões (360 MW). Geração de empregos: empregos diretos durante a construção e 300 quando estiver em operação. Crescimento no PIB do Estado: US$ 2,5 bilhões em 3 anos. Projetos Prioritários do Estado do Ceará

40 Localização: CIPP – Complexo Industrial e Portuário do Pecém. Área total reservada: ha, que será implantada em 3 fases. As ZPEs abrigam empresas beneficiadas com isenção de impostos, sob a condição de que destinem pelo menos 80% da produção ao mercado externo. As ZPE´s brasileiras foram criadas pela lei federal nº /2007, complementada pela lei /2008. A ZPE do Estado do Ceará encontra-se em processo de aprovação junto ao Governo Federal (MDIC). Zona de Processamento de Exportação (ZPE)

41 Projetos Prioritários do Estado do Ceará

42 Pesquisas detectaram bom potencial de minério de ferro no Ceará. Potencial das jazidas do Estado pode chegar a 12 milhões de toneladas. Principais ocorrências e jazidas: Barroquinha, Sobral, Quiterianópolis, Tauá e Parambu. A primeira exportação de minério de ferro ocorreu em fevereiro/2010, com cerca de toneladas para China. Projetos Prioritários do Estado do Ceará MINÉRIO DE FERRO Fonte: DNPM Elaboração: ADECE

43 Projeto de Beneficiamento de Urânio Santa Quitéria (Itataia) Concentração de rocha fosfática e uranífera. Previsão início das atividades: 2012 (240 mil toneladas/ ano de fosfato, representando cerca de toneladas/ano de urânio. Maior teor de fosfato do país (11% de P2O 5 ). Sub-produto: maior jazida de urânio brasileira ( ton de U 3 O 8, medidas). Reservas de m 3 de mármores que podem ser lavrados para rochas ornamentais, cimento, cal, tintas e corretivo de solo (fertilizantes). Parceiros: Governo do Estado, Indústrias Nucleares do Brasil – INB e Galvani Mineração S/A. Valor do Investimento: US$ 342 milhões (fosfato) + US$ 35 milhões (usinas de urânio). Projetos Prioritários do Estado do Ceará

44 Energia Renovável ENERGIA SOLAR Implantação da Usina de Energia Solar em Tauá, que será realizada em várias fases, sendo a 1ª com 1MW e instalação contínua até 50MW nas fases subsequentes. Início da Obra: 04/2010 Término: 2014 Valor dos Investimentos: 1ª Fase - R$ 12 milhões (1 MW) e nas fases subsequentes cerca de US$ 250 milhões (50 MW). Geração de empregos: 200 empregos diretos durante a construção e 80 quando estiver em operação. O Governo do Estado do Ceará pretende tornar-se auto-suficiente em energia nos próximos 5 anos. Para tanto, está criando ambiência favorável para o desenvolvimento dos setores. Projetos Prioritários do Estado do Ceará

45 ENERGIA EÓLICA Implantados: 360MW (10 parques eólicos) Em construção: 140MW (4 parques eólicos) Contratados: 542MW para operação até 2012 Previsão de novos parques: leilão de energia eólica a ser realizado em 06/2010(estimativa: 500MW) Investimento de US$ 1,2 bilhões até 06/2010 Previsão de Investimento: US$ 1,5 bilhões até 12/2012, totalizando US$ 2,7 bilhões. ENERGIA MAREMOTRIZ E MICROALGAS O Ceará será o primeiro estado na América Latina a implantar uma usina de energia elétrica mediante o uso da força das ondas do mar, situada no TMUT do Porto do Pecém. Implantação: 100 KW Investimento : US$ 6,6 milhões Término: Out/2010 Projetos Prioritários do Estado do Ceará

46 Agronegócios no Ceará

47 Agropolos de Agricultura Irrigada com seus Principais Produtos Cultivados no Ceará Agronegócios

48 Ranking das Exportações dos Principais Agronegócios do Ceará Fonte: MDIC / SECEX – Valores US$ FOB Elaboração: ADECE Agronegócios

49 Desempenho das Exportações de Frutas* do Brasil e Ceará Agronegócios Fonte: MDIC / SECEX – Valores US$ FOB Elaboração: ADECE (*) Frutas frescas e elaboradas, constantes no Capítulo 08 (NCM), sem castanhas, amêndoas, avelãs e frutas rijas.

50 Indicadores dos Principais Produtos da Agropecuária Fonte:IBGE/SEAGRI/SDA/EMATERCE/Inst. Agropolos/Perímetros Públicos de Irrigação e Produtores. Elaboração: ADECE Agronegócios

51 Caracterização dos Pólos de Irrigação do Ceará Fonte: IBGE, SEAGRI, INST. AGROPOLOS, EMATERCE, SRH Elaboração: ADECE

52 Fonte: Secex/MDIC. Elaboração: ADECE Agronegócios Evolução das Exportações Cearenses de Frutas (US$ Mil)

53 Agronegócios Valor Bruto(R$) e Empregos Gerados por Setor na Agropecuária-2009

54 Agronegócios Demonstrativo das Exportações de Frutas por Estado e Principais Paises Importadores de Frutas Elaboração: ADECE

55 Demonstrativo das Exportações das Principais Frutas e Produtos da Floricultura Elaboração: ADECE Agronegócios

56 Evolução das Exportações de Mel de Abelhas, Castanha de Caju, Suco de Frutas e Peixes – 2009 Elaboração: ADECE

57 Endereço da ADECE Av. Barão de Studart, CEP: Aldeota Fortaleza – Ceará – Brasil Fone: (85) / Fax: (85) Cristiane Peres Dir. de Atração de Investimentos Eduardo Neves Diretor de Infraestrutura Eduardo Diogo Diretor de Desenvolvimento Setorial Obrigado! Fernando Patrício Pessoa Diretor de Agronegócios Francisco Zuza de Oliveira Presidente - ADECE


Carregar ppt "COMPETE À ADECE: Executar a política de desenvolvimento econômico do estado do Ceará. Atrair e Incentivar Investimentos. Criar condições para competitividade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google