A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sucata e a Indústria Brasileira do Aço. 2 Indústria Brasileira do Aço - Parque Produtor Parque produtor de aço: 29 usinas (13 integradas e 16 com fornos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sucata e a Indústria Brasileira do Aço. 2 Indústria Brasileira do Aço - Parque Produtor Parque produtor de aço: 29 usinas (13 integradas e 16 com fornos."— Transcrição da apresentação:

1 Sucata e a Indústria Brasileira do Aço

2 2 Indústria Brasileira do Aço - Parque Produtor Parque produtor de aço: 29 usinas (13 integradas e 16 com fornos elétricos) Capacidade instalada: 47,8 milhões de t/ano de aço bruto

3 Rotas de Produção do Aço Minério de ferro Sucata Carvão Sucata Ferro gusa

4 4 Indústria Brasileira do Aço

5 Participação das importações no consumo nacional de aço Planos Longos Total %

6 6 Comércio Indireto de aço (aço contido em bens) Fonte: WSA / MDIC-SECEX Unid: 1000 t (*) Ritmo dos meses decorridos no ano. Importações indiretas de aço (produtos prontos) reduzem em média 20% a geração de sucata de processo agravando o déficit.

7 7 Evolução do Consumo Per Capita de Produtos Siderúrgicos O persistente baixo consumo de aço no Brasil reduz substancialmente a capacidade de geração de sucata no país.

8 8 Forte aumento da expansão de capacidade e produção de aço em fornos elétricos (EAF) em países em desenvolvimento Evolução e Projeção Mundial da Produção de Aço em Fornos Elétricos (EAF) Países Desenvolvidos Países em Desenvolvimento Bilhões de t Fonte: Hatch Associates Limited, 2012

9 9 Mundo – Produção de Aço em fornos elétricos (EAF) e exportações de sucata Unidade: 10³t Fonte: American Scrap Coalition Expansão de capacidade e produção de aço em fornos elétricos em países sem geração equivalente de sucata distorce o mercado Produção em Fornos Elétricos Exportação de Sucata

10 10 Brasil – Relação oferta/demanda de sucata deve manter-se deficitária Desindustrialização no Brasil afeta negativamente a oferta de sucata industrial. Usinas integradas tendem a elevar a participação de sucata na carga aumentando o déficit na oferta. Fonte: CRU + Sindifer

11 11 Brasil – Comércio Exterior de Sucata Exportações x Importações Fonte: MDIC/SECEX Unid.: 1000 t

12 12 Exportações Brasileiras de Sucata 2/3 da sucata brasileira é destinada para países que aplicam restrições as exportações. Fonte: MDIC/SECEX Unidade: t

13 Imposto de Exportação Exportação Proibida Fonte: American Scrap Coalition Países com restrições a exportação de sucata

14 Distorções e desequilíbrios nos fluxos e comércio mundial de sucata Forte aumento na demanda de sucata Expansão de capacidade de produção de aço via sucata amparada por importações e restrições a exportações dessa matéria prima Distorções no mercado mundial de sucata

15 Reciclagem Matérias primas e insumos

16 Reciclagem do Aço: Caminho para a sustentabilidade O AÇO pode ser infinitamente reciclado sem perda de suas propriedades intrínsecas. O AÇO é o material mais reciclado no mundo. Quanto maior for a utilização de sucata na produção de aço menores serão: as emissões de gases de efeito estufa o consumo de recursos naturais não renováveis o consumo de energia

17 17 Alternativas Maximizar a utilização da sucata no país é fundamental para o desenvolvimento sustentável da cadeia metal mecânica por meio de: Aumento da reciclagem do aço e incremento da coleta de sucata Incentivo a políticas públicas e mecanismos que aumentem a reciclagem do aço (renovação de frotas, substituição de equipamentos e maquinário) Apoio às Cooperativas e Associações de Catadores para ampliação e melhoria das redes de coleta e reciclagem. Isonomia competitiva no mercado global de sucata: remoção das restrições às exportações em todos os países; enquanto isto não ocorre, adoção de medidas de reciprocidade para países que restringem exportações

18 18 Considerações Finais O Instituto Aço Brasil e empresas associadas buscam a competitividade da indústria brasileira e, em especial da cadeia metal-mecânica. Há total interdependência entre a indústria do aço e seus fornecedores e clientes. O Instituto Aço Brasil e empresas associadas têm total interesse em ações de cooperação com os fornecedores de sucata e suas entidades de classe para crescimento contínuo da cadeia. É necessário um esforço conjunto do Poder Público e do setor empresarial para manutenção da competitividade da indústria brasileira.


Carregar ppt "Sucata e a Indústria Brasileira do Aço. 2 Indústria Brasileira do Aço - Parque Produtor Parque produtor de aço: 29 usinas (13 integradas e 16 com fornos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google