A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Polícia Militar do Pará Diretoria de Apoio Logístico Centro de Informática e Telecomunicações Considerações sobre o uso Do Sistema Integrado de Gestão.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Polícia Militar do Pará Diretoria de Apoio Logístico Centro de Informática e Telecomunicações Considerações sobre o uso Do Sistema Integrado de Gestão."— Transcrição da apresentação:

1 Polícia Militar do Pará Diretoria de Apoio Logístico Centro de Informática e Telecomunicações Considerações sobre o uso Do Sistema Integrado de Gestão Policial – SIGPOL Considerações sobre o Sistema de Rastreamento e Monitoramento de Viaturas Policiais - RASTRO II – JORNADA ADMINISTRATIVA DA POLÍCIA MILITAR DO PARÁ TEN CEL PM SERAPHICO – CHEFE DO CITEL

2 Proporcionar o controle informatizado, Administrativo e Operacional da Policia Militar do Pará, em todos os níveis de comando da instituição. Proporcionar o controle informatizado, Administrativo e Operacional da Policia Militar do Pará, em todos os níveis de comando da instituição. Torna-se ferramenta vital de apoio ao Planejamento Estratégico das ações da Corporação através da análise dos dados inseridos no sistema. Torna-se ferramenta vital de apoio ao Planejamento Estratégico das ações da Corporação através da análise dos dados inseridos no sistema. SIGPOL - OBJETIVOS

3 SIGPOL - MÓDULOS Sistema (Adm. Técnica e Relatórios) Sistema (Adm. Técnica e Relatórios) Pessoal (Controle de efetivo) Pessoal (Controle de efetivo) Missão (Escalas / Ordens de Serviço) Missão (Escalas / Ordens de Serviço) BAPM (Controle atendimentos) BAPM (Controle atendimentos) Patrimônio (Controle da carga das OPM) Patrimônio (Controle da carga das OPM) Protocolo (Documentação eletrônica) Protocolo (Documentação eletrônica) Apresentação (deslocamentos) Apresentação (deslocamentos)

4 ACESSO AO SIGPOL Todo policial militar pode e deve ter acesso ao SIGPOL. Todo policial militar pode e deve ter acesso ao SIGPOL. Estar cadastrado no sistema. Estar cadastrado no sistema. Estar registrado uma função. Estar registrado uma função. É Necessário: Funcionalidades disponíveis para cada PM / Usuário, irão depender da função que ele exerce na OPM ou na PMPA. Funcionalidades disponíveis para cada PM / Usuário, irão depender da função que ele exerce na OPM ou na PMPA.

5 ACESSO AO SIGPOL Não é competência do CITEL, fazer o cadastro ou atualização da FUNÇÃO, do PM / Usuário no sistema, cabe a Diretoria de Pessoal ou ao P/1 da OPM (INA 001/2012 -BOLETIM GERAL Nº 232 de 26 DEZ 2012);

6 ACESSO AO SIGPOL O CITEL, não fornece senha de acesso ao sistema para os usuários. Lembre-se que o acesso ao sistema é concedido ao ser cadastrada a função para o PM / Usuário.Lembre-se que o acesso ao sistema é concedido ao ser cadastrada a função para o PM / Usuário. O próprio PM / Usuário faz a sua senha ao entrar pela primeira vez no SIGPOL. (Consultar Tutorial no Portal da PMPA)

7 SIGPOL E A MEDIÇÃO DE PRODUTIVIDADE DOS PM MÓDULOSEMPREGADOS MISSÃOBAPM RELATÓRIOS PESSOAL ANÁLISE DA PRODUTIVIDADE

8 CONSIDERAÇÕES SOBRE RELATÓRIOS DO SIGPOL O SIGPOL possui diversos relatórios prontos disponíveis para consulta dos usuários. O SIGPOL possui diversos relatórios prontos disponíveis para consulta dos usuários. Através dos relatórios o usuário pode ter acesso rápido a dados estatísticos facilitando a administração da unidade e o planejamento operacional, bem como a produtividade de cada PM da OPM. Através dos relatórios o usuário pode ter acesso rápido a dados estatísticos facilitando a administração da unidade e o planejamento operacional, bem como a produtividade de cada PM da OPM.

9 QUANTIDADE DE MISSÕES MENSAL POR OPM QUANTIDADE DE MISSÕES MENSAL POR OPM QUANTIDADE DE MISSÕES MENSAL POR PM QUANTIDADE DE MISSÕES MENSAL POR PM PESQUISA DE MISSÕES POR PM E PERIODO PESQUISA DE MISSÕES POR PM E PERIODO QUANTATIVO DE EFETIVO EMPREGADO POR MISSÕES NO PERIODO QUANTATIVO DE EFETIVO EMPREGADO POR MISSÕES NO PERIODO Relacionados a Missões: RELATÓRIOS RELACIONADOS COM PRODUTIVIDADE

10 QUANTIDADE DE BAPM REGISTRADOS POR MISSÃO QUANTIDADE DE BAPM REGISTRADOS POR MISSÃO BAPM GEOREFERNCIADO POR PERIODO BAPM GEOREFERNCIADO POR PERIODO PRODUÇÃO INDIVIDUAL DE BAPM REGISTRADOS POR PERIODO PRODUÇÃO INDIVIDUAL DE BAPM REGISTRADOS POR PERIODO BAPM REGISTRADOS POR PERIODO BAPM REGISTRADOS POR PERIODO Relacionados a BAPM:

11 AUDITAGEM POR DATA AUDITAGEM POR DATA AUDITAGEM POR TRANSACAO AUDITAGEM POR TRANSACAO AUDITAGEM POR UNIDADE AUDITAGEM POR UNIDADE AUDITAGEM POR USUÁRIO AUDITAGEM POR USUÁRIO AUDITAGEM POR USUARIO E DATA) AUDITAGEM POR USUARIO E DATA) Relacionados a Auditagem: CONSIDERAÇÕES SOBRE RELATÓRIOS DO SIGPOL

12 Polícia Militar do Pará Diretoria de Apoio Logístico Centro de Informática e Telecomunicações Considerações sobre o Sistema de Rastreamento e Monitoramento de Viaturas Policiais - RASTRO TEN CEL PM SERAPHICO – CHEFE DO CITEL

13 CONSIDERAÇÕES SOBRE O RASTRO Origem: Projeto de Rastreamento veicular elaborado pelo então MAJ PM DILSON JUNIOR no ano de Foco: Rastreamento veicular das viaturas da PMPA da RMB; Previa a compra de 252 módulos rastreadores com fornecimento de software e tinha como meta a Implantação do Núcleo de Rastreamento e Veicular;

14 Não foram adquiridos os equipamentos previstos no projeto original e nem implantado o Núcleo de Monitoramento e Rastreamento de Viaturas, passando ao CITEL a responsabilidade de instalação e manutenção dos módulos e do sistema; CONSIDERAÇÕES SOBRE O RASTRO Em 2011, Ministério Público do Pará, disponibilizou verba somente para aquisição dos módulos de rastreamento e aquisição do software;

15 Passando todos os veículos a serem rastreados pelo software adquirido pela PMPA, o que obrigou o CITEL a desenvolver novo software para atender a nova demanda; CONSIDERAÇÕES SOBRE O RASTRO Também em 2011, a SEGUP, realizou RP para locação de veículos para todos os órgãos do Sistema de Segurança Pública, já com o módulo GPS incluso.

16 O sistema de rastreamento veicular atualmente é um conjunto de oito (08) componentes distintos, mas dependentes entre si, e qualquer falha em um desses componentes poderá comprometer o perfeito funcionamento do sistema: CONSIDERAÇÕES SOBRE O RASTRO

17 COMPONENTES DO SISTEMA DE RASTREAMENTO E MONITORAMENTO 1.Módulo de rastreamento 2.Operadora de Telefonia Móvel 3.Rede Internet 4.PRODEPA 5.Rede Intranet 6.Centro de Processamento de Dados (CPD) do CIOP 7.Servidores SOCKET 8.RASTRO (Software de Visualização).

18 BG nº 098 DE 24 MAIO DE 2012; Publicou: ORIENTAÇÕES E PROCEDIMENTO PARA USO ADEQUADO DO SISTEMA DE RASTREAMENTO VEICULAR, NO ÂMBITO DA PMPA: CONSIDERAÇÕES SOBRE O RASTRO

19 Polícia Militar do Pará Diretoria de Apoio Logístico Centro de Informática e Telecomunicações TEN CEL PM SERAPHICO – CHEFE DO CITEL SIGPOL CONHECER; ALIMENTAR, ATUALIZAR E ANALISAR: SAINDO DEFINITIVAMENTE DA ERA JURÁSSICA. OBRIGADO! OBRIGADO!


Carregar ppt "Polícia Militar do Pará Diretoria de Apoio Logístico Centro de Informática e Telecomunicações Considerações sobre o uso Do Sistema Integrado de Gestão."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google