A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Instituto Federal Farroupilha - 2° Seminário de Ed. Física – 1°B Téc. Agropecuária Professora : Camila Goulard Peres 13/4/2011.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Instituto Federal Farroupilha - 2° Seminário de Ed. Física – 1°B Téc. Agropecuária Professora : Camila Goulard Peres 13/4/2011."— Transcrição da apresentação:

1 Instituto Federal Farroupilha - 2° Seminário de Ed. Física – 1°B Téc. Agropecuária Professora : Camila Goulard Peres 13/4/2011

2 A capoeira foi criada por negros no anseio de sua liberdade. Para a pratica usavam a beleza de seus movimentos e movimentos e pensamentos positivos em preservar a integridade de seus semelhantes. A capoeira começou a se tornar uma enorme esperança de sobrevivência e com isto a necessidade de condicionar seus corpos, para mantê-los sempre ágeis e resistentes) Com a necessidade de praticar seus movimentos, os negros treinavam até mesmo nas senzalas, sempre com muita cautela para os senhores de engenho não suspeitassem que estavam praticando uma luta. Os negros muito inteligentes, usavam camuflar a luta praticada, tornando-a uma dança com saltos, movimentos de destreza corporal, Os senhores e feitores de engenho acreditavam estar havendo uma dança comum das origens africanas, pois desconheciam seus folclores e seus costumes.

3

4 Como surgiu ? De onde vem o nome ? A Capoeira surgiu no Brasil no século XVI, com a vinda dos negros, que eram trazidos da África, e usados como escravos. Em ânsia de liberdade os negros criaram a capoeira, uma luta que supria a falta de força (pois tinham má alimentação), numa demonstração de destreza e agilidade corporal. Misturavam instrumentos musicais, dança e luta, enganando seus Senhores de Engenho, que pensavam que os escravos apenas estavam "dançando". Os negros, quando fugiam, iam para as matas (Originando o nome Capoeira, que em tupi- guarani significa Mato Ralo").

5

6 Os golpes violentos da capoeira que na maioria das situações dava em morte eram dados pelos escravos nos seus patrões, nos feitores das senzalas e nos capitães da mata para fugirem para os quilombos. Para não haver suspeitas que capoeira era uma luta foram adaptados musica, cantorias e floreios na roda de capoeira que assim nos olhos dos brancos a capoeira era apenas uma dança. Quando foi feita a abolição os escravos tornaram-se livres mas ninguém lhes dava trabalho como não tinham dinheiro para comer na rua usavam os golpes de capoeira para roubar e no final de cada roubo diziam frases como "ó meu feijão", "ó meu arroz". Quando se aperceberam que capoeira era uma luta ela foi proibida e quem a praticasse era preso. Apenas foi legalizada em meados de 1930 quando a capoeira foi apresentada ao presidente do Brasil Getúlio Vargas como desporto e como manifestação da cultura brasileira.

7 Memória Fest Capoeira

8 Nas senzalas era praticada nos raros momentos de folga e para que os senhores não desconfiassem de que aquilo era um combate, aliaram aos golpes a ginga e a música inerente em sua alma. Nas cidades, inicialmente, era nas festas populares que os capoeiras se encontravam. Era visto como um passa tempo onde eles poderiam relaxar do trabalho forçado, das torturas e esquecer sua condição de escravo, assim, era comum vê-los fazendo arruaças pouco se importando de estarem perturbando.

9 Capoeira

10 Hoje a capoeira está inserida em outra realidade social, muito diferente da sua origem; está preocupada com sua manifestação como arte em geral: na dança, na música, no teatro e cinema, nas escolas do ensino fundamental e médio, também nas Universidades, onde é objetivo de estudos em muitos cursos de pós-graduação. Saiu também do Brasil e está em muitos países da Europa e Estados Unidos, estima-se que no mundo todo existem 8 milhões de praticantes da capoeira, sendo 6 milhões aqui no nosso país.

11 Nomes : Ana Paula, Elizandra, Lucas e Wilian Vagner Fontes : surgiu-capoeira shtmlhttp://mundoestranho.abril.com.br/esporte/como- surgiu-capoeira shtml


Carregar ppt "Instituto Federal Farroupilha - 2° Seminário de Ed. Física – 1°B Téc. Agropecuária Professora : Camila Goulard Peres 13/4/2011."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google