A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MODOS DE PRODUÇÃO. MODOS DE PRODUÇÃO = forças produtivas + relações de produção. MODOS DE PRODUÇÃO = forças produtivas + relações de produção. O modo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MODOS DE PRODUÇÃO. MODOS DE PRODUÇÃO = forças produtivas + relações de produção. MODOS DE PRODUÇÃO = forças produtivas + relações de produção. O modo."— Transcrição da apresentação:

1 MODOS DE PRODUÇÃO

2 MODOS DE PRODUÇÃO = forças produtivas + relações de produção. MODOS DE PRODUÇÃO = forças produtivas + relações de produção. O modo de produção é a maneira pela qual a sociedade produz seus bens e serviços, como os utiliza e os distribui. O modo de produção é a maneira pela qual a sociedade produz seus bens e serviços, como os utiliza e os distribui.

3 MODO DE PRODUÇÃO PRIMITIVO Quando os homens ainda não produziam seu próprio alimento eram Nômades; Quando os homens ainda não produziam seu próprio alimento eram Nômades; o Trabalho era coletivo; o Trabalho era coletivo; Caçavam, pescavam e coletavam; Caçavam, pescavam e coletavam; Não havia desigualdade social. Não havia desigualdade social.

4 Primeira grande revolução humana: prática da agricultura. Com ela os homens tornaram- se sedentários (fixaram-se às margens dos grandes rios). Com ela os homens tornaram- se sedentários (fixaram-se às margens dos grandes rios). A terra era de uso coletivo, sendo o produto do trabalho distribuído entre os membros do grupo. A terra era de uso coletivo, sendo o produto do trabalho distribuído entre os membros do grupo.

5 O MODO DE PRODUÇÃO ASIÁTICO Ocorreu no Oriente Médio e na América Pré- Colombiana. Ocorreu no Oriente Médio e na América Pré- Colombiana. Exemplo: Egito Antigo Exemplo: Egito Antigo Grandes comunidades agrícolas; Grandes comunidades agrícolas;

6 O MODO DE PRODUÇÃO ASIÁTICO Apropriação dos excedentes de produção pelo Faraó (rei) através de trabalho compulsório; Apropriação dos excedentes de produção pelo Faraó (rei) através de trabalho compulsório; Exploração do homem pelo homem; Exploração do homem pelo homem; Sociedade de classes; Sociedade de classes; Luta entre tribos. Luta entre tribos.

7 O Egito foi a mais longa experiência de monarquia teocrática (o faraó era a própria divindade no poder). Ele era o proprietário das terras. O Egito foi a mais longa experiência de monarquia teocrática (o faraó era a própria divindade no poder). Ele era o proprietário das terras.

8 Os escravos egípcios, domésticos e artesões tinham melhores condições de vida do que aqueles que trabalhavam nas pedreiras.

9 Os camponeses, no Egito Antigo, eram maioria da população e trabalhavam nas terras do Estado. Os camponeses, no Egito Antigo, eram maioria da população e trabalhavam nas terras do Estado.

10 Corvéia Real ou Trabalho Compulsório. Homens livres de diversas profissões podiam ser obrigados a trabalhar em construções e na agricultura. Homens livres de diversas profissões podiam ser obrigados a trabalhar em construções e na agricultura. Se fugissem e fossem pegos podiam ser mutilados. Se fugissem e fossem pegos podiam ser mutilados.

11 MODO DE PRODUÇÃO ESCRAVISTA ANTIGO (GRÉCIA E ROMA)

12 A base da sociedade grega era constituída por escravos. Esparta: escravos pertenciam ao Estado; Atenas: eram mercadorias móveis podiam ser comprados, vendidos por seus donos. Atenas: eram mercadorias móveis podiam ser comprados, vendidos por seus donos.

13 Os escravos não tinham direito algum. Os escravos não tinham direito algum.

14 Escravos servindo em um banquete. Mosaico proveniente de Cartago. Século III d.C. Leonardo Castro Os escravos eram essenciais na Roma Antiga, maioria da mão de obra. Trabalhavam na agricultura, mineração e serviço doméstico. Os escravos eram essenciais na Roma Antiga, maioria da mão de obra. Trabalhavam na agricultura, mineração e serviço doméstico.

15 Muitos também eram gladiadores. O nome Gladiador surgiu da espada curta usada por esse lutador, o gládios (gládio). Faziam parte da política do pão e circo. Muitos também eram gladiadores. O nome Gladiador surgiu da espada curta usada por esse lutador, o gládios (gládio). Faziam parte da política do pão e circo.

16 TRABALHO ESCRAVO EM ROMA Os escravos em Roma eram: Os escravos em Roma eram: Numerosos, obtidos através de guerras ou dívidas; Numerosos, obtidos através de guerras ou dívidas; Eram considerados propriedades, uma mercadoria que poderia ser comprada, vendida ou alugada; Eram considerados propriedades, uma mercadoria que poderia ser comprada, vendida ou alugada;

17 TRABALHO ESCRAVO EM ROMA Seus trabalhos no artesanato e na agricultura eram decisivos para a produção de bens necessários para a sociedade. Seus trabalhos no artesanato e na agricultura eram decisivos para a produção de bens necessários para a sociedade. Podiam comprar a sua liberdade ou então, serem libertados pelo proprietário. Podiam comprar a sua liberdade ou então, serem libertados pelo proprietário.

18 Decadência do Império Romano A CRISE ECONÔMICA, com a crise do sistema escravista; A CRISE ECONÔMICA, com a crise do sistema escravista; A CRISE SOCIAL, com as revoltas dos escravos e da plebe; A CRISE SOCIAL, com as revoltas dos escravos e da plebe; A CRISE POLÍTICA, com as lutas pelo poder; A CRISE POLÍTICA, com as lutas pelo poder;

19 Decadência do Império Romano AS CRISES NA PRODUÇÃO, climáticas e em razão das técnicas rudimentares; AS CRISES NA PRODUÇÃO, climáticas e em razão das técnicas rudimentares; AS INVASÕES BÁRBARAS. AS INVASÕES BÁRBARAS.

20 Modo de Produção Servil Sociedade Estamental Sociedade Estamental Clero, nobreza, camponeses e servos. Clero, nobreza, camponeses e servos. O trabalho no Feudo era realizado pelos camponeses e servos. O trabalho no Feudo era realizado pelos camponeses e servos. Esse trabalho era baseado nas relações de interdependência. Esse trabalho era baseado nas relações de interdependência.

21 Crise do Sistema Feudal Guerra dos Cem Anos; Guerra dos Cem Anos; Peste Negra; Peste Negra; Inovações tecnológicas; Inovações tecnológicas; Renascimento comercial e urbano; Renascimento comercial e urbano; Surgimento da burguesia. Surgimento da burguesia.

22 TRABALHO ESCRAVO MODERNO (SEC XVI) Negros escravizados foram trazidos da África para a América e eram: Negros escravizados foram trazidos da África para a América e eram: Numerosos, obtidos através de tráfico regular marítimo e vendidos em mercados; Numerosos, obtidos através de tráfico regular marítimo e vendidos em mercados; Eram considerados propriedades, não eram considerados seres humanos e sim uma mercadoria que poderia ser comprada e vendida; Eram considerados propriedades, não eram considerados seres humanos e sim uma mercadoria que poderia ser comprada e vendida;

23 Trabalhavam na agricultura e pastoreio, mineração, artesanato e no comércio ambulante. Foram decisivos para a organização econômica e social brasileira colonial. Trabalhavam na agricultura e pastoreio, mineração, artesanato e no comércio ambulante. Foram decisivos para a organização econômica e social brasileira colonial. Podiam comprar a sua liberdade, mas o comum era fugirem para os quilombos. Sendo raramente libertados por seus senhores. Podiam comprar a sua liberdade, mas o comum era fugirem para os quilombos. Sendo raramente libertados por seus senhores.

24 Modo de Produção Capitalista Características: Características: Trabalho assalariado; Trabalho assalariado; Propriedade privada dos meios de produção; Propriedade privada dos meios de produção; Burguesia X proletariado; Burguesia X proletariado; Lucro. Lucro.

25 O Capitalismo pode ser compreendido em quatro etapas: Pré-Capitalismo; Pré-Capitalismo; Capitalismo Comercial; Capitalismo Comercial; Capitalismo Industrial; Capitalismo Industrial; Capitalismo Financeiro. Capitalismo Financeiro.

26 Modo de Produção Socialista A base econômica do socialismo é a propriedade social dos meios de produção. A base econômica do socialismo é a propriedade social dos meios de produção. Os meios de produção são públicos ou coletivos. Os meios de produção são públicos ou coletivos. Não existe propriedade privada. Não existe propriedade privada. Economia segue uma planificação global. Economia segue uma planificação global.

27 O excedente produzido é recolhido pelo Estado e volta em forma de benefícios para a sociedade. O excedente produzido é recolhido pelo Estado e volta em forma de benefícios para a sociedade. FIM.


Carregar ppt "MODOS DE PRODUÇÃO. MODOS DE PRODUÇÃO = forças produtivas + relações de produção. MODOS DE PRODUÇÃO = forças produtivas + relações de produção. O modo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google