A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M 1 A ORGANIZAÇÃO SOCIAL ANTROPOSÓFICA APLICADA INDIVIDUALMENTE Valdemar W. Setzer Depto. de Ciência da Computação da USP.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M 1 A ORGANIZAÇÃO SOCIAL ANTROPOSÓFICA APLICADA INDIVIDUALMENTE Valdemar W. Setzer Depto. de Ciência da Computação da USP."— Transcrição da apresentação:

1 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M 1 A ORGANIZAÇÃO SOCIAL ANTROPOSÓFICA APLICADA INDIVIDUALMENTE Valdemar W. Setzer Depto. de Ciência da Computação da USP google: setzer apresentacoes Sociedade Antroposófica no Brasil

2 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M 2 TÓPICOS 1. Uma lei individual-social absoluta 2. Tipos de necessidades, interações sociais e habilidades 3. Atitudes/exercícios de cada indivíduo para com o outro 4. Pré-requisitos construtivos e destrutivos 5. Ações na família, em um grupo social, empresa, sociedade 6. Três leis sociais 7. Epílogo

3 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M 3 1. Uma lei individual-social absoluta Lei individual-social: lei que se aplica a cada indivíduo enquanto membro da sociedade Existem leis sociais absolutas? Por que os Srs. estão aqui? Para satisfazer necessidades Aprender coisas novas Conhecer pessoas com mesmos interesses Satisfazer curiosidade Matar o tempo (não havia nada melhor para fazer)

4 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M 4 1. Uma lei individual-social absol. (cont.) Por que eu estou aqui? Para exercer habilidades Compartilhar conhecimentos Interessar os ouvintes e mantê-los acordados Como as minhas habilidades satisfazem suas necessidades? Por meio de interação social

5 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M 5 1. Uma lei individual-social absol. (cont.) A lei: TODO INDIVÍDUO É UM SER COM NECESSIDADES E COM HABILIDADES, QUE INTERAGE SOCIALMENTE PARA TER PARTE DE SUAS NECESSIDADES SATISFEITAS PELO EXERCÍCIO DE HABILIDADES DOS OUTROS, E EXERCER SUAS HABILIDADES PARA SATISFAZER PARTE DAS NECESSIDADES DOS OUTROS

6 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M 6 1. Uma lei individual-social absol. (cont.) Essa lei é ABSOLUTA Vale para TODOS os seres humanos que vivem em sociedade Ela tem tanta validade quanto qualquer lei física Se um prédio é projetado e construído sem se seguir as leis físicas (gravidade, resistência dos materiais, etc.), o resultado é Desastre físico Se a Lei Individual-Social não for seguida, resultam Misérias individuais e sociais Sofrimento

7 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M 7 1. Uma lei individual-social absol. (cont.) Satisfação de necessidades dá-se para dentro Exercício de habilidades dá-se para fora Interação alternância entre para dentro e para fora

8 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M 8 TÓPICOS 1. Uma lei individual-social absoluta 2. Tipos de necessidades, interações sociais e habilidades 3. Atitudes/exercícios de cada indivíduo para com o outro 4. Pré-requisitos construtivos e destrutivos 5. Ações na família, em grupo social, empresa, sociedade 6. Três leis sociais 7. Epílogo

9 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M 9 2. Tipos de necess., inters., habilids. Todo ser humano é um ser natural (físico) social (anímico) individual (espiritual) portanto há necessidades, habilidades e interações naturais (físicas) sociais (anímicas) individuais (espirituais)

10 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Tipos de necess., inters., habils. (co.) Ser humano como ser natural Necessidades físicas Alimentação, vestuário, habitação, transporte, luz à noite,... Interações físicas Com o mundo (minerais, plantas, animais, seres humanos) Exercício de habilidades físicas Atuação manual, falar, trabalho físico,...

11 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Tipos de necess., inters., habils. (co.) Ser humano como ser social (anímico) Necessidades sociais Educação, informação, conhecimento, arte, apoio, incentivo Interações sociais Relacionamentos, acordos, compromissos, contratos, regras de conduta Exercício de habilidades sociais Organizar organismos sociais, fazer acordos, promover interações, dar apoio e incentivo a outros, ter compreensão, ter tolerância, solucionar conflitos, educar, curar

12 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Tipos de necess., inters., habils. (co.) Ser humano como ser individual (espiritual) Necessidades individuais Desenvolvimento correto, ambiente possibilitando auto-educação, liberdade,... Interações individuais com o mundo platônico das ideias Exercício de habilidades individuais Ter novas ideias, estabelecer objetivos próprios, auto-educação, exercício de liberdade, criação artística e científica,...

13 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M 13 TÓPICOS 1. Uma lei individual-social absoluta 2. Tipos de necessidades, interações sociais e habilidades 3. Atitudes/exercícios de cada indivíduo para com o outro 4. Pré-requisitos construtivos e destrutivos 5. Ações na família, em grupo social, empresa, sociedade 6. Três leis sociais 7. Epílogo

14 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Atitudes/exercícios para com o outro Percepção do outro (físico) Interesse social (para fora) Ter abertura para o outro Interessar-se pelo outro Sensibilidade social (para dentro) Perceber as necessidades do outro Perceber as habilidades do outro Perceber se está havendo interação com o outro

15 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Atitudes/exercícios para com o outro (cont) Identificação com o outro (anímico) Sentir com o outro Ter compaixão e com-alegria Pensar com o outro Conhecer e compreender as ideias do outro Querer com o outro Executar ações segundo a vontade do outro, quando reconhecida como válida Isto é que é ter comunhão com o outro!

16 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Atitudes/exercícios para com o outro (cont) Ação (espiritual) Responsabilidade social (dentro) Ter o impulso ou tomar a decisão de agir Agir socialmente (para fora) Fazer algo pelo outro Satisfazer suas necessidades Criar espaço para que ele exerça suas habilidades Perdoar conscientemente Fazer algo pela sociedade Divulgar suas ideias e obras intelectuais, científicas e artísticas Atuar socialmente Construir e manter organismos sociais, e trabalhar neles

17 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Atitudes/exercícios para com o outro (cont) Detalhes sobre interessar-se pelo outro História dos 2 tipos de vendedoras 2 tipos: interesse egoísta e altruísta Interesse egoísta Como faço para o outro satisfazer minhas necessidades? Como posso impor minhas habilidades sobre o outro? Gera desconfiança

18 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Atitudes/exercícios para com o outro (cont) Detalhes sobre interessar-se pelo outro (cont.) Interesse altruísta Como faço para satisfazer as necessidades do outro? Como faço para criar espaço e condições para que o outro exerça e desenvolva suas habilidades? Gera confiança

19 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Atitudes/exercícios para com o outro (cont) Mais uma lei social Nos relacionamentos sociais, a confiança é tanto maior quanto - na satisfação de necessidades, encarar-se o outro como um ser com necessidades - nos acordos, compromissos, contratos, etc., encarar-se o outro como adulto responsável - no trabalho em conjunto, encarar-se o outro como um indivíduo autônomo e capaz

20 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M 20 TÓPICOS 1. Uma lei individual-social absoluta (Tão válida quanto a leis físicas!) 2. Tipos de necessidades, interações sociais e habilidades 3. Atitudes/exercícios de cada indivíduo para com o outro 4. Pré-requisitos individuais 5. Ações na família, em grupo social, empresa, sociedade 6. Três leis sociais 7. Epílogo

21 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Pré-requisitos individuais CONSTRUTIVOS DESTRUTIVOS Positividade Negatividade Tolerância Intolerância Serenidade Exaltação (sentir sem se deixar dominar pelos sentimentos) Imparcialidade Preconceito (encarar objetivamente) Cooperação Competição Desprendimento Ambição Altruísmo Egoísmo Amor altruísta Amor próprio

22 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Pré-requisitos individuais (cont.) O egoísmo está enraizado no capitalismo, devido a Adam Smith ( , em A Riqueza das Nações [The Wealth of Nations]): Num mercado livre, um indivíduo, buscando seu interesse próprio, acaba produzindo o bem de sua comunidade, por meio do princípio da mão invisível [invisible hand]

23 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Pré-requisitos individuais (cont.) It is not from the benevolence of the butcher, the brewer or the baker, that we expect our dinner, but from their regard to their own self interest. We address ourselves, not to their humanity but to their self-love, and never talk to them of our own necessities but of their advantages." in The Wealth of Nations Hoje está claro que esse egoísmo é destrutivo; onde está a mão invisível?

24 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M 24 TÓPICOS 1. Uma lei individual-social absoluta (Tão válida quanto a leis físicas!) 2. Tipos de necessidades, interações sociais e habilidades 3. Atitudes/exercícios de cada indivíduo para com o outro 4. Pré-requisitos construtivos e destrutivos 5. Ações na família, em grupo social, empresa, sociedade 6. Três leis sociais 7. Epílogo

25 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Atuações: família, grupo social, empresa, sociedade Atuações na família Satisfação de necessidades de cada membro Educação, desenvolvimento Apoio Carinho da família como um todo Sustento Habitação Objetos para o desenvolvimento (livros, etc.)

26 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Atuações: família, grupo social, empresa, sociedade (cont.) Atuações na família (cont.) Interação social de cada membro Regras de convivência Divisão de trabalho Considerar o parceiro como adulto responsável Respeito à individualidade em desenvolvimento na criança e no adolescente da família como um todo Leis sociais referentes a família Interação com outras famílias, comunidade, humanidade

27 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Atuações: família, grupo social, empresa, sociedade (cont.) Atuações na família (cont.) Exercício de habilidades de cada membro Exercício de habilidades de cada um Agir como o outro espera Criar um espírito único da família da família como um todo Agir em conjunto Servir de exemplo

28 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Atuações: família, grupo social, empresa, sociedade (cont.) Atuações em um grupo social (aula, reunião, grupo de estudo, grupo de trabalho) Satisfação de necessidades De cada membro Necessidades individuais (educação, conhecimento,...) Realização social (interação com outras pessoas, espaço para ação social,...) Do grupo como um todo Espaço para o grupo Condições para reunião e trabalho Forma do grupo Comunicação com o exterior ao grupo

29 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Atuações: família, grupo social, empresa, sociedade (cont.) Atuações em um grupo social (cont.) Interação social De cada membro Interação com os outros membros Acordos com os outros membros Do grupo como um todo Regras de convivência Divisão de trabalho Autogestão Relacionamento hierárquico está ultrapassado, pois cada um quer sentir-se adulto responsável Coordenador deve representar e coordenar segunto o que o grupo quer e decide

30 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Atuações: família, grupo social, empresa, sociedade (cont.) Atuações em um grupo social (cont.) Exercício de habilidades De cada membro Atuar no grupo Atuar para fora como membro Respeitar os colegas, ser tolerante Ter novas ideias e expô-las Coordenar Do grupo como um todo Estabelecimento de objetivos Estabelecimento da forma Ações conjuntas para dentro Ações conjuntas na sociedade

31 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Atuações: família, grupo social, empresa, sociedade (cont.) Empresa Satisfação de necessidades De cada funcionário Salário segundo as necessidades Espaço para trabalhar (produzir algo útil) e atuar socialmente Ambiente agradável, artístico Ambiente para interação com colegas Ambiente para desenvolvimento pessoal Conhecimento de toda a empresa Da empresa como um todo Insumos Recursos humanos Espaço físico Necessidades do mercado

32 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Atuações: família, grupo social, empresa, sociedade (cont.) Empresa (cont.) Interação social De cada funcionário Interação e acordos com colegas Interação com o público Da empresa como um todo Organograma Hierárquico: volta indevida ao passado Correto: auto-gestão Gerentes, diretores como representantes de grupos ou divisões Contratos com os funcionários Contratos com outras empresas, governo Regras e leis que regulam o funcionamento interno Regras e leis que regulam a interação com o público e com outras empresas

33 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Atuações: família, grupo social, empresa, sociedade (cont.) Empresa (cont.) Exercício de habilidades De cada funcionário Atuar na empresa Atuar para fora como funcionário Ter novas ideias e expô-las Da empresa como um todo Criar e manter condições para o desenvolvimento de cada funcionário Produzir/comercializar/prestar serviços segundo as necessidades da sociedade Inovar estruturas internas Inovar produtos de acordo com necessidades da sociedade Promover interação entre os funcionários

34 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Ações na família, em grupo social, empresa, sociedade (c) Sociedade Satisfação de necessidades Rudolf Steiner: Vida Econômica Produção, distribuição e consumo Mas não só de bens físicos! Exs: Escolas (satisfazem necessidades culturais e de desenvolvimento de cada aluno) Museus (necessidades anímicas e de conhecimento) Orquestras (necessidades anímicas) Espírito básico é a FRATERNIDADE (solidariedade)

35 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Atuações: família, grupo social, empresa, sociedade (cont.) Sociedade (cont.) Interação social Rudolf Steiner: Vida Jurídica Leis Regulam direitos e deveres Espírito básico é a IGUALDADE

36 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Atuações: família, grupo social, empresa, sociedade (cont.) Sociedade (cont.) Exercício de habilidades Rudolf Steiner: Vida Espiritual Prestação de serviços Criação artística Criação intelectual/científica Criação educacional R.Steiner: espírito básico é a LIBERDADE

37 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Atuações: família, grupo social, empresa, sociedade (cont.) A humanidade não terá mais o que dizer, se não estruturar o seu organismo social no sentido da trimembração: do socialismo para a vida econômica, da democracia para a vida do direito – ou do Estado –, da liberdade – ou do individualismo –, para a vida do espírito. Rudolf Steiner, A Questão Pedagógica como Questão Social. GA 296. São Paulo: Ed. Antroposófica e Federação das Escolas Waldorf no Brasil, palestra de 9/8/1919, p. 18. Ver no google steiner aforismos

38 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Atuações: família, grupo social, empresa, sociedade (cont.) Na verdade, os espíritos básicos de LIBERDADE IGUALDADE FRATERNIDADE aplicam-se a todos os âmbitos sociais (indivíduo, família, grupo social, empresa e sociedade), levando a leis sociais específicas.

39 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Atuações: família, grupo social, empresa, sociedade (cont.) A qual setor pertence uma escola? Vida Econômica, Vida Jurídica ou Vida Espiritual? Pertence, como um todo, à Vida Econômica!!! Pois satisfaz necessidades de educação e desenvolvimento dos alunos e dos pais (em relação aos filhos) Espirito básico: FRATERNIDADE (solidariedade) Deve-se estruturar uma escola e ensinar segundo as necessidades específicas dos seus alunos e dos pais Mas um professor dando aula é um representante da Vida Espiritual Pois presta serviços, exercita habilidades Espírito básico: LIBERDADE em suas aulas Mas ele deve ter sempre em mente as necessidades dos alunos

40 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M 40 TÓPICOS 1. Uma lei individual-social absoluta (Tão válida quanto a leis físicas!) 2. Tipos de necessidades, interações sociais e habilidades 3. Atitudes/exercícios de cada indivíduo para com o outro 4. Pré-requisitos construtivos e destrutivos 5. Ações na família, em grupo social, empresa, sociedade 6. Três leis sociais 7. Epílogo

41 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Três leis sociais Devidas a C. Lindenau e T. Göbel (Ver Lindenau, C. Soziale Dreigliederung: Der Weg zu einer lernenden Gesellschaft, Stuttgart: Freies Geitesleben 1989) 1. Em uma comunidade de trabalho, este é tanto mais frutífero quanto mais for estruturado a partir da LIBERDADE individual, e tanto mais estéril quanto mais ocorrer por determinação alheia.

42 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Três leis sociais (cont.) 2. Em um grupo social ou na sociedade, os acordos e contratos são tanto mais robustos quanto mais emanarem da IGUALDADE de condições das partes envolvidas, e são tanto mais frágeis quanto mais provierem do exercício de poder de uma das partes.

43 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Três leis sociais (cont.) 3. Em um grupo social ou na sociedade, a satisfação de necessidades é tanto mais adequada à vida quanto mais emanar da FRATERNIDADE (solidariedade) para com os outros e é tanto mais inadequada quanto mais se procurar atingir vantagens pessoais.

44 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Três leis sociais (cont.) Quando leis naturais não são seguidas Desastre físico Elas existem independentes de nós Devemos nos submeter a elas Quando leis sociais não são seguidas Sofrimento, miséria Estamos dentro dessas leis Somos criadores Sem nós elas não existiriam

45 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M 45 TÓPICOS 1. Uma lei individual-social absoluta (Tão válida quanto a leis físicas!) 2. Tipos de necessidades, interações sociais e habilidades 3. Atitudes/exercícios de cada indivíduo para com o outro 4. Pré-requisitos construtivos e destrutivos 5. Ações na família, em grupo social, empresa, sociedade 6. Três leis sociais 7. Epílogo

46 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Epílogo É muito importante notar que, em todos os organismos sociais, LIBERDADE IGUALDADE FRATERNIDADE esses ideais maçônicos e da Revolução Francesa, originários da Grécia antiga devem ser aplicados cada um em seu âmbito específico, que deve ter independência (R. Steiner) Por isso não funcionaram naquela revolução!

47 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Epílogo (cont.) Exemplos de aplicação em âmbitos indevidos Comunismo IGUALDADE nos vários âmbitos Vida Econômica (satisfação das necessidades) Mas as pessoas têm necessidades diferentes Vida Espiritual (exercício de habilidades) Arte e ciência planejadas e orientadas Quem tem o poder, manda

48 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Epílogo (cont.) Capitalismo LIBERDADE nos âmbitos Vida Econômica Empresas existem para satisfazer necessidades dos proprietários ou acionistas (ambição, egoísmo), e não da sociedade ou dos funcionários Necessidades são induzidas por propaganda Deveria ser promoção do produto Neo-liberalismo Vida Jurídica Compram-se direitos (ex: terras, bons advogados, corrupção) Direito de possuir algo sem ter trabalhado para isso (herança) Comprar trabalho Quem tem o capital, manda

49 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Epílogo (cont.) CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS VIDA TIPO DE ORGANIZ.OBJETIVO ESPÍRITO BÁSICO EconômicaAssociativaSatisf. de necess.Fraternidade JurídicaDemocráticaLeis robustas Igualdade EspiritualLiberal Exerc. de habilidadesLiberdade CARACTERÍSTICAS DESTRUTIVAS EconômicaIndividualistaMaximiz. de ganhosEgoísmo JurídicaEstrut. de poderAcordos forçados Exerc. poder EspiritualAutoritáriaDeterminação alheia Automatismo Ver R.Steiner, Economia Viva, S.Paulo: Ed. Antroposófica, 1995 (GA 340) Lanz, R., Nem Capitalismo nem Socialismo, Ed. Antr., 1990

50 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Epílogo (cont.) R. Steiner: somente com uma nova educação seria possível obter-se uma sociedade trimembrada (GA 296, 9/8/1919) Imitação sadia no 1º Setênio (0-7 anos) Liberdade individual Sentimento de autoridade (com amor!) no 2º Setênio (7-14 anos) Senso de igualdade de direitos e deveres Amor pelo mundo no 3º setênio (14-21 anos) Sentimento de fraternidade

51 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Epílogo (cont.) Essa foi uma das razões para a introdução da PEDAGOGIA WALDORF em setembro de 1919 Ver R. Lanz A Pedagogia Waldorf – caminho para um ensino mais humano, Ed. Antroposófica Ver Pedagogia Waldorf no google

52 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Epílogo (cont.) E com adultos? As características básicas destrutivas são em grande parte devidas a uma visão de mundo materialista O ser humano é um animal Darwinismo Ver meu artigo An extensive review of Richard Dawkins The God Delusion O ser humano é uma máquina Inteligência Artificial Ver meu artigo I.A. – Inteligência Artificial ou Imbecilidade Automática? As máquinas podem pensar e sentir? Só que da animalidade ou da matéria não podem advir uma compreensão profunda do que é o ser humano e a sociedade nem liberdade, dignidade, responsabilidade e individualidade superior e nem senso de igualdade e sentimento de fraternidade e nem amor altruísta, a missão do ser humano atualmente

53 2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M Epílogo (fim!) O que estamos presenciando? Misérias e sofrimentos crescentes Individual Social Destruição da natureza Para reverter esse processo, é preciso mudar a mentalidade, a maneira de pensar, a visão de mundo e a visão que se tem dos outros indivíduos: ESPIRITUALISMO CIENTÍFICO Hipóteses de trabalho, e não crenças Descrições conceituais, e não emocionais Pesquisa consciente Ver meu artigo Ciência, religião e espiritualidade


Carregar ppt "2/4/10 Valdemar W. Setzer – 3M 1 A ORGANIZAÇÃO SOCIAL ANTROPOSÓFICA APLICADA INDIVIDUALMENTE Valdemar W. Setzer Depto. de Ciência da Computação da USP."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google