A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Construção de um sistema de visualização de arquivos 3D FURB – Universidade Regional de Blumenau Mauro Marcelo Mattos Antonio Carlos Tavares Vinícius Krauspenhar.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Construção de um sistema de visualização de arquivos 3D FURB – Universidade Regional de Blumenau Mauro Marcelo Mattos Antonio Carlos Tavares Vinícius Krauspenhar."— Transcrição da apresentação:

1 Construção de um sistema de visualização de arquivos 3D FURB – Universidade Regional de Blumenau Mauro Marcelo Mattos Antonio Carlos Tavares Vinícius Krauspenhar

2 WSO 2007 Introdução O presente trabalho descreve o estágio atual da construção –de um sistema de arquivos semântico que amplia as possibilidades de interação com os objetos de um sistema de arquivos –através da introdução de conceitos de visualização de informações –Viabilizada pela adoção de uma metáfora 3D implementada através do uso de um motor de jogos.

3 WSO 2007 Programação 1. Visualização de informações 2. Memória espacial em ambientes virtuais 3. Sistemas de Arquivos Semânticos 4. Trabalhos correlatos 5. O Sistema 6. Metáfora de representação

4 WSO 2007 Visualização de informações utiliza sistemas gráficos 3D e técnicas de animação interativa –para simular o reconhecimento de padrões e estruturas em informações armazenadas (Robertson et al.,1998).

5 WSO 2007 Exemplos

6 Memória espacial em ambientes virtuais O projeto Data Mountain objetivou desenvolver uma ferramenta de gerenciamento de documentos baseada especificamente em conceitos e estudos sobre a utilização da memória espacial em ambientes virtuais. ROBERTSON et al, 1998

7 WSO 2007 Memória espacial em ambientes virtuais Um estudo comparando o atual modelo de organização utilizado pelo Internet Explorer e pelo Data Mountain provou que apesar da maior dificuldade do usuário em organizar inicialmente os objetos, –houve maior facilidade de acesso aos objetos, meses depois da organização inicial, no modelo proposto pelo Data Mountain ROBERTSON et al, 1998

8 WSO 2007 Memória espacial em ambientes virtuais: o projeto DataMountain

9 WSO 2007 Memória espacial em ambientes virtuais Cockburn e McKenzie (2001) procuraram identificar a efetividade da memória espacial –Utilizaram modelos físicos reais e modelos virtuais correspondentes. –Utilizando seis ambientes para o estudo, três ambientes reais físicos provendo uma experiência para os usuários sem as limitações de visualização virtual e três ambientes virtuais equivalentes nas perspectivas 2D, 2¹/2D e 3D, vários usuários foram submetidos às tarefas de organizar páginas e posteriormente acessar as mesmas na organização criada. –O ambiente 2¹/2D corresponde à visualização apenas do plano inferior em perspectiva.

10 WSO 2007 Memória espacial em ambientes virtuais

11 WSO 2007 Memória espacial em ambientes virtuais: resultados da esperiência A maioria dos usuários apresentou dificuldade na tarefa de organizar os objetos no ambiente 2¹/ 2 D e 3D, porém, ficou comprovada a capacidade espacial do cérebro humano de acessar rapidamente os documentos nestes ambientes. Nos testes realizados, o acesso à um item organizado anteriormente no ambiente 2D físico foi de 4,2 segundos, enquanto no ambiente 3D foi de 3,7 segundos. –Cockburn e McKenzie (2001)

12 WSO 2007 Memória espacial em ambientes virtuais: outros projetos Task Gallery –Perspective Wall –Mackinlay et al. (1991) BumpTop –Físca e massa –Agarawala e Balakrishnan (2006) Tactile 3D –Jogo 3D –Upper Bounds Interactive (2006) XCruiser –galáxias –Shinyama (2003)

13 WSO 2007 Sistemas de Arquivos Semânticos (semantic file system – SFS) é um sistema de armazenamento de informações que amplia os recursos dos sistemas de arquivos tradicionais com a possibilidade de busca baseada na semântica dos arquivos. Resumidamente pode-se afirmar que um SFS possibilita que os usuários realizem buscas no sistema de arquivos baseando-se nos atributos dos mesmos ao invés de utilizar nomes previamente designados –Gifford et al,1991; Soules e Ganger, 2004;Martin,2005; Ba Ngo,Bac,Silber-Chaussumier,Quyet Le,2007.

14 WSO 2007 Sistemas de Arquivos Semânticos: características a extração de metadados a partir dos arquivos a capacidade de criar diretórios virtuais apresentando os objetos do sistema de arquivos que satisfazem uma determinada consulta. Martin (2005)

15 WSO 2007 Sistemas de Arquivos Semânticos: classificação integrados –incorporam facilidades semânticas estendidas diretamente no sistema de arquivos Aumentados –viabilizam facilidades semânticas através de um caminho evolucionário que amplia a interface tradicional do sistema de arquivos permitindo que as interfaces de manipulação de arquivos tradicionais permaneçam intocadas Vasudevan e Pazandak (1997)

16 WSO 2007 Sistemas de Arquivos Semânticos: exemplos SFS Gifford et al (1991) Diagramas de Venn Sechrest and McClennen (1992) BeFS (BeOS) Giampaolo (1998) SFS Gopal (1999) Ontology-base semantic file systems Hung Ba et al(2007)

17 WSO 2007 O Sistema Objetivos Principais –desenvolver uma ferramenta para gerência e visualização 3D de um sistema de arquivos tendo como base a metáfora da memória espacial

18 WSO 2007 O Sistema objetivos de curto prazo: –desenvolver objetos gráficos tridimensionais para representar os objetos do sistema de arquivos; –criar um ambiente tridimensional sobre o qual serão aplicadas as metáforas representativas de objetos do sistemas de arquivos; –desenvolver um mecanismo que possibilite ao usuário selecionar uma imagem qualquer e sobre ela identificar regiões que possam ser associadas a objetos do sistema de arquivos; –desenvolver mecanismos de sincronização dos objetos do ambiente com os objetos do sistema de arquivos; –permitir a navegação e manipulação dos objetos do ambiente virtual.

19 WSO 2007 O Sistema Os objetivos de longo prazo – compreendem a inclusão de operações de controle de colisão entre os objetos aplicando conceitos de física –a criação de um gerenciador de metáforas que permita especificação e mapeamento dos objetos da metáfora para os objetos do sistema de arquivos –A extensão da aplicação para outros sistemas operacionais. –detalhamento das novas formas de interação com o ambiente metafórico criado e todas as conseqüências desta interação.

20 WSO 2007 Metáfora de representação

21 WSO 2007 Metáfora de representação Além dos conceitos mais tradicionais, este modelo permite a representação de conceitos específicos de arquivos tais como: –arquivos recentes: representado por pessoas que estão em uma praça pública –arquivos protegidos: pessoas que estão em edificações como quartéis, etc. –arquivos suspeitos (anti-virus): representados por pessoas alocadas em prisões –arquivos infectados ou danificados, pessoas em hospitais, –arquivos recebidos/enviados pessoas em rodoviárias, aeroportos –arquivos do sistema operacional pessoas que habitam a prefeitura da cidade.

22 WSO 2007 Metáfora de representação Sob o ponto de vista dos tradicionais atributos de proteção os atributos do tipo read-only –pessoas com escudos de proteção que impedem que outras pessoas se aproximem atributos Read-write –pessoas sem escudo de proteção atributoS Hidden –fantasmas que habitam determinadas regiões.

23 WSO 2007 Metáfora de representação Sob o ponto de vista semântico, o modelo permite uma série (ainda não completamente identificada) de associações como: Tipos de arquivos com áreas de atuação na sociedade: –Filmes: pessoas que habitam cinemas ou teatros; –Música: pessoas que habitam boates ou palcos; –Dados: pessoas que carregam livros; –Executáveis: pessoas representando trabalhadores que trabalham em fábricas. Tamanho dos arquivos: – pessoas magras ou gordas; Idade dos arquivos: –representação de pessoas jovens ou idosas.

24 WSO 2007 Metáfora de representação Ainda sob o ponto de vista semântico, um aspecto importante refere-se ao fato de que –uma vez que os arquivos são vistos como pessoas, –pode-se incluir no rol de funcionalidades do SFS aumentado a possibilidade de que os arquivos sejam vistos como agentes, assim os tradicionais arquivos de dados são vistos como agentes portadores de conhecimento (portanto conhecedores de seu conteúdo) e, os tradicionais arquivos executáveis são agentes de transformação de conhecimento. Este conceito estabelece um novo patamar de interação com os objetos do sistema de arquivos.

25 WSO 2007 Exemplo de interface

26 Construção de um sistema de visualização de arquivos 3D FURB – Universidade Regional de Blumenau Mauro Marcelo Mattos Antonio Carlos Tavares Vinícius Krauspenhar


Carregar ppt "Construção de um sistema de visualização de arquivos 3D FURB – Universidade Regional de Blumenau Mauro Marcelo Mattos Antonio Carlos Tavares Vinícius Krauspenhar."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google