A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PROPOSTA E APLICAÇÃO DE UM SISTEMA INTEGRADO DE CUSTEIO PARA UMA EMPRESA PÚBLICA DO SETOR METROFERROVIÁRIO Rafael Rodrigues da Rosa Porto Alegre, 2006.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PROPOSTA E APLICAÇÃO DE UM SISTEMA INTEGRADO DE CUSTEIO PARA UMA EMPRESA PÚBLICA DO SETOR METROFERROVIÁRIO Rafael Rodrigues da Rosa Porto Alegre, 2006."— Transcrição da apresentação:

1 PROPOSTA E APLICAÇÃO DE UM SISTEMA INTEGRADO DE CUSTEIO PARA UMA EMPRESA PÚBLICA DO SETOR METROFERROVIÁRIO Rafael Rodrigues da Rosa Porto Alegre, 2006 Orientador: Professor Francisco José Kliemann, Dr. Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Engenharia Departamento de Engenharia de Produção e Transportes Trabalho de Diplomação 2

2 2Sistema Integrado de Custeio Escola de Engenharia UFRGS Trabalho de Diplomação 2 Rafael Rodrigues da Rosa Comentários Iniciais Pressão para aumento da produtividade econômica e conseqüente redução da taxa de cobertura Existe hoje um sistema de custeio que permita às empresas saberem de forma precisa, ágil e confiável onde seus recursos estão sendo consumidos? É preciso saber quando, onde, em quê, quanto e como os recursos estão sendo consumidos

3 3Sistema Integrado de Custeio Escola de Engenharia UFRGS Trabalho de Diplomação 2 Rafael Rodrigues da Rosa Objetivos Proposição e aplicação de um sistema integrado de custeio em uma empresa pública do setor metroferroviário. Avaliar de forma mais precisa os custos das atividades/processos Auxiliar o processo de tomada de decisão e identificar onde os recursos estão sendo consumidos Explicitar as principais perdas associadas aos processos de manutenção da empresa através de indicadores

4 4Sistema Integrado de Custeio Escola de Engenharia UFRGS Trabalho de Diplomação 2 Rafael Rodrigues da Rosa Justificativa Possibilidade de atacar apenas os gastos Corte de custos indiscriminadamente de forma homogênea pode prejudicar os setores eficientes É necessário identificar onde existe ineficiência e gorduras no sistema

5 5Sistema Integrado de Custeio Escola de Engenharia UFRGS Trabalho de Diplomação 2 Rafael Rodrigues da Rosa Delimitações Não pretende esgotar os sistemas de custeio existentes Proposta não é definitiva Sistema limitado à base de dados da empresa

6 6Sistema Integrado de Custeio Escola de Engenharia UFRGS Trabalho de Diplomação 2 Rafael Rodrigues da Rosa Referencial Teórico Produtividade Econômica Sistemas de Custeio –Conceitos Gerais de Custos –Princípios de Custeio –Métodos de Custeio –Sistemas de custeio no ambiente metroferroviário

7 7Sistema Integrado de Custeio Escola de Engenharia UFRGS Trabalho de Diplomação 2 Rafael Rodrigues da Rosa Fonte: Adaptado de Müller (1996)

8 8Sistema Integrado de Custeio Escola de Engenharia UFRGS Trabalho de Diplomação 2 Rafael Rodrigues da Rosa Descrição do Cenário O presente trabalho foi realizado na Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A. (TRENSURB) Projeto realizado em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) que atuou em cinco frentes: –processos –suprimentos –custos de manutenção –custos ABC –indicadores e estratégia.

9 9Sistema Integrado de Custeio Escola de Engenharia UFRGS Trabalho de Diplomação 2 Rafael Rodrigues da Rosa Descrição do Cenário Fonte: TRENSURB (1996)

10 10Sistema Integrado de Custeio Escola de Engenharia UFRGS Trabalho de Diplomação 2 Rafael Rodrigues da Rosa Descrição do Cenário Utilização do método dos centros de custos com ênfase puramente contábil Atividades e custos nos centros de apoio desconhecidos Rateio inexistente ou inadequado dos custos indiretos As perdas não são explicitadas Utilização do PLACOMP para custeio de OS

11 11Sistema Integrado de Custeio Escola de Engenharia UFRGS Trabalho de Diplomação 2 Rafael Rodrigues da Rosa Procedimentos Metodológicos Fonte: Adaptado de Meneses (1996)

12 12Sistema Integrado de Custeio Escola de Engenharia UFRGS Trabalho de Diplomação 2 Rafael Rodrigues da Rosa Procedimentos Metodológicos

13 13Sistema Integrado de Custeio Escola de Engenharia UFRGS Trabalho de Diplomação 2 Rafael Rodrigues da Rosa Procedimentos Metodológicos Revisão Bibliográfica Produtividade Econômica Sistemas de Custeio Sistemas de custeio no ambiente metroferroviário Análise do atual sistema de custeio da empresa Proposição de Modelo Aplicação do Modelo Discussão dos Resultados

14 14Sistema Integrado de Custeio Escola de Engenharia UFRGS Trabalho de Diplomação 2 Rafael Rodrigues da Rosa Resultados

15 15Sistema Integrado de Custeio Escola de Engenharia UFRGS Trabalho de Diplomação 2 Rafael Rodrigues da Rosa Resultados

16 16Sistema Integrado de Custeio Escola de Engenharia UFRGS Trabalho de Diplomação 2 Rafael Rodrigues da Rosa Resultados

17 17Sistema Integrado de Custeio Escola de Engenharia UFRGS Trabalho de Diplomação 2 Rafael Rodrigues da Rosa Resultados

18 18Sistema Integrado de Custeio Escola de Engenharia UFRGS Trabalho de Diplomação 2 Rafael Rodrigues da Rosa Resultados

19 19Sistema Integrado de Custeio Escola de Engenharia UFRGS Trabalho de Diplomação 2 Rafael Rodrigues da Rosa Resultados

20 20Sistema Integrado de Custeio Escola de Engenharia UFRGS Trabalho de Diplomação 2 Rafael Rodrigues da Rosa Integração de base de dados até então isoladas Sistema permitiu avaliar os custos dos processos/atividades da empresa, identificando pontos de melhoria e facilitando o processo de tomada de decisão. Identificação de perdas nos processos de manutenção Utilização do PLACOMP Sistema de custos como um identificador de melhoria Conclusões

21 21Sistema Integrado de Custeio Escola de Engenharia UFRGS Trabalho de Diplomação 2 Rafael Rodrigues da Rosa Sugestões para trabalhos futuros Discussão a respeito das alterações necessárias para aplicação da metodologia desenvolvida em outros ambientes que não o metroferroviário Criação de outros relatórios com um grau de detalhamento maior e até mesmo uma maior customização destes relatórios por parte dos próprios usuários do sistema.


Carregar ppt "PROPOSTA E APLICAÇÃO DE UM SISTEMA INTEGRADO DE CUSTEIO PARA UMA EMPRESA PÚBLICA DO SETOR METROFERROVIÁRIO Rafael Rodrigues da Rosa Porto Alegre, 2006."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google