A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Órgãos Vegetais Prof. Giseli Trento Andrade e Silva.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Órgãos Vegetais Prof. Giseli Trento Andrade e Silva."— Transcrição da apresentação:

1 Órgãos Vegetais Prof. Giseli Trento Andrade e Silva

2 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 2 Órgãos vegetais Tecidos órgãos especializados Raiz Caule Folha Flor Fruto Sementes

3 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 3

4 4 Raiz Fixação do vegetal Absorção de nutrientes Quatro regiões: Zona suberosa ou de ramificação Zona pilífera ou de absorção Zona lisa ou de crescimento Coifa ou caliptra

5 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 5

6 6 Zona suberosa ou de ramificação Região mais extensa Local onde partem as ramificações Raízes secundárias ou radicelas

7 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 7 Zona pilífera ou de absorção Rica em pelos absorventes Absorção da água e nutrientes orgânicos

8 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 8 Zona lisa ou de crescimento Região com células meristemáticas Embrionárias

9 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 9 Coifa ou caliptra Proteção contra atrito e ataques de microorganismos Fica na extremidade da raiz Raízes aéreas: evita a transpiração Raízes aquáticas: dificulta a saída de nutrientes e entrada de microorganismos

10 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 10 Classificação das raízes AXIAL ou PIVOTANTE: Raiz principal forma um eixo e é mais desenvolvida que as secundárias FASCICULADA OU CABELEIRA: Raiz principal não distingue das raízes secundárias

11 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 11

12 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 12 Tipos de raízes TUBEROSAS: TUBEROSAS: Acúmulo de substâncias nutritivas Ex.: mandioca, beterraba, cenoura

13 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 13 Tipos de raízes AÉREAS: AÉREAS: Crescem sobre o caule de outras plantas ou ficam pendentes. São revestidas pelo velame (células mortas) Absorvem água quando o ar está úmido Evitam a transpiração quando o ar está seco. Ex: orquídeas

14 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 14

15 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 15 Tipos de raízes RAÍZES-SUPORTE ou RAÍZES-ESCORAS: RAÍZES-SUPORTE ou RAÍZES-ESCORAS: Ampliam a sustentação Ex: rizoforas, plantas do mangue, figueira

16 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 16 Tipos de raízes ADVENTÍCIAS: ADVENTÍCIAS: Nascem em qualquer parte do caule e fixam- se no solo Ex: pepino, melancia

17 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 17 Tipos de raízes RESPIRATÓRIAS: RESPIRATÓRIAS: Em locais pobres em oxigênio ou em pântanos, mangues e alagadiços Elevam-se para fora da água, auxiliando na respiração. Ex.: Avicenia sp.

18 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 18

19 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 19 Tipos de raízes SUGADORAS: SUGADORAS: Presente em plantas parasitas Possuem haustórios que penetram em outros vegetais até o floema sugando a seiva elaborada Ex.: cipó-chumbo, erva-de-passarinho

20 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 20 erva-de-passarinho cipó-chumbo

21 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 21 Caule Eixo da planta – ligação da raiz com as folhas Faz a condução da seiva bruta e elaborada Oferece sustentação aos ramos, folhas, flores e frutos. Crescimento primário gema apical Crescimento secundário câmbio e felogênio

22 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 22

23 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 23

24 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 24 Tipos de caules Aéreos: projetam-se para fora do solo Subterrâneos : mantêm-se dentro do solo Aquático : vivem submersos

25 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 25 Caules aéreos TRONCO: caule retilíneo, ramificado

26 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 26 Caules aéreos COLMO: caule cilíndrico com nós e entrenós, gomos ocos (bambu) ou maciço (cana-de- açúcar)

27 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 27 Caules aéreos ESTIPE: caule cilíndrico, mais grosso que o colmo, com folhas nas extremidades.

28 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 28 Caules aéreos ESTOLHO: frágil, rastejante, segmentado, com gemas em casa segmento com raízes e folhas.

29 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 29 Caules aéreos HASTE: frágil e ramificado. Ex: ervas

30 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 30 Caules aéreos SARMENTO: caule trepador, fixa-se por gavinhas ou raízes adventícias.

31 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 31 Caules subterrâneos RIZOMA: próximo à superfície do solo, tem gemas laterais. Ex: samambaia, bananeira

32 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 32 Caules subterrâneos TUBÉRCULO: globoso, com substâncias nutritivas. Ex: batata, inhame

33 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 33 Caules subterrâneos BULBO: com folhas modificadas – catafilos. Ex: cebola, alho, lírio

34 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 34 Caules aquáticos Ramificados e com pouco tecido de sustentação Ex.: vitória-régia, elódea

35 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 35 Folhas Saliência lateral do caule Possui forma de lâmina Células ricas em clorofila, caroteno, xantofila FUNÇÃO FOTOSSÍNTESE Participa também da: respiração, transpiração e gutação

36 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 36 Partes das folhas LIMBO porção achatada, riscada por nervuras. Local principal da fotossíntese PECÍOLO haste que prende a folha ao caule e ramos BAINHA porção dilatada do pecíolo

37 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 37

38 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 38 Classificação das folhas COMPLETA: com limbo, pecíolo e bainha INCOMPLETA: falta de algum desses itens

39 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 39 Classificação das folhas SIMPLES: único limbo COMPOSTA: limbo divide-se em folíolos PARIPENADA folíolos pares IMPARIPENADA folíolos ímpares

40 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 40 Folhas simples Folhas compostas

41 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 41 Adaptações das folhas GAVINHAS: folhas modificadas, filamentosas, servem para suporte.

42 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 42 Adaptações das folhas ESPINHOS: folhas atrofiadas que reduzem a perda de água.

43 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 43 Adaptações das folhas CATAFILOS: cobrem os bulbos e protegem as gemas laterais.

44 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 44 Adaptações das folhas BRÁCTEAS: folhas verdes ou coloridas, na base da flor, que servem de proteção.

45 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 45 Espatas – brácteas grandes

46 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 46 Plantas decíduas e perenes DECÍDUAS OU CADUCIFÓLIAS: DECÍDUAS OU CADUCIFÓLIAS: Perdem as folhas em determinadas épocas do ano (redução do metabolismo – outono) Ex: Ipê, paineira PERENES OU SEMPRE-VERDES PERENES OU SEMPRE-VERDES Não perdem suas folhas Ex: Seringueira, mamoeiro, mangueira

47 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 47 Flor Órgão de reprodução sexual nas fanerógamas MONOCLINA com 2 sexos (hermafrodita) Possui cálice, corola, androceu e gineceu DICLINA somente 1 sexo COMPLETA quatro verticilos florais INCOMPLETA ausência de um dos verticilos florais

48 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 48 Inflorescência Agrupamento de flores em um mesmo ramo.

49 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 49 Inflorescência do tipo umbela em gerânio

50 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 50 Inflorescência do tipo corimbo

51 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 51 Inflorescência do tipo capítulo

52 Órgãos vegetais - Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 52 Inflorescência de jacarandá-mimoso


Carregar ppt "Órgãos Vegetais Prof. Giseli Trento Andrade e Silva."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google