A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Pra. regina O Amigo do Noivo. pra. regina Texto Base A noiva pertence ao noivo. O Amigo do noivo que lhe presta serviço, espera e o ouve, e muito se alegra.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Pra. regina O Amigo do Noivo. pra. regina Texto Base A noiva pertence ao noivo. O Amigo do noivo que lhe presta serviço, espera e o ouve, e muito se alegra."— Transcrição da apresentação:

1 pra. regina O Amigo do Noivo

2 pra. regina Texto Base A noiva pertence ao noivo. O Amigo do noivo que lhe presta serviço, espera e o ouve, e muito se alegra com a voz do noivo. Pois esta alegria já se cumpriu em mim. Convém que ele cresça e que eu diminua. João 3:29-30

3 pra. regina Usamos como texto base a declaração de João Batista por ser biblicamente e historicamente a referência bíblica que melhor se aplica a missão do amigo do noivo.

4 pra. regina Essa palavra foi dita pelo profeta João Batista, sendo uma referência a sua missão como precursor de Jesus. Sua tarefa: preparar o caminho do Senhor! A cada dia fica claro para nós que esta é a missão de Deus para as nossas vidas nesta geração: ser amigo do noivo.

5 pra. regina O Registro bíblico mais antigo é datado no ano de 1857 a.C. quando Abraão envia seu servo (mais antigo, de muita confiança e provavelmente amigo) para buscar uma esposa para seu filho Isaque.

6 pra. regina Existem poucos registros na história sobre este assunto. Mas é fato comprovado que os povos mais antigos da humanidade criaram o costume de separar uma ou mais pessoas para prepararem o casamento. Desde a cerimônia, a festa, os convidados, o noivo e principalmente a noiva, desde antigüidade até os nossos dias manteve-se o costume de serem preparados por terceiros.

7 pra. regina Nos tempos antigos, costumeiramente os noivos não se conheciam pessoalmente, prática até hoje conservada em alguns povos. O casal só manteria um contato pessoal e direto somente na noite de núpcias. O noivo, para não se surpreender no casamento, separava uma ou mais pessoas para duas missões: a primeira era preparar o casamento; a segunda era de preparar a sua noiva para o grande dia.

8 pra. regina Para preparar sua noiva para o casamento, o noivo escolhia a pessoa de sua maior confiança. Uma pessoa leal, fiel e muito íntima sua. Esta pessoa tornava-se então o(a) Amigo(a) do Noivo(a).

9 pra. regina A Missão do Amigo do Noivo - Historicamente O papel principal a ser desenvolvido pelo amigo do noivo, era preparar a noiva de seu melhor amigo para o casamento. Para que o noivo e a noiva não se decepcionassem no futuro matrimônio, o noivo enviava seu melhor amigo para relacionar-se com sua amada. Os próximos dias do amigo do noivo até o casamento seriam todos dedicados para a noiva. Esta é a razão principal que explica o porquê somente um amigo íntimo poderia desempenhar este papel. Sua missão exige atributos muito pessoais e um rigoroso critério.

10 pra. regina Atributos do Amigo do Noivo:

11 pra. regina Intimidade com o noivo: O amigo do noivo precisava conhecer muito bem as preferências do noivo. Ele precisava conhecer de forma muito íntima o gosto, manias, defeitos, qualidades, vontades, planos e desejos do noivo para retransmitir estas informações com muita precisão para a noiva.

12 pra. regina A Confiança do noivo: Além de intimidade o amigo do noivo deveria gozar de muita confiança. O noivo só enviaria um amigo ou amiga que ele tivesse certeza que cumpriria sua missão. Nem todo amigo estaria apto para desempenhar este papel, portanto o escolhido na verdade gozava de um maravilhoso privilégio.

13 pra. regina Fidelidade ao noivo: Se você pensa que a função do amigo do noivo era só preparar a noiva para o casamento você está muito enganado. O amigo do noivo possuía uma tarefa que eu considero uma das mais difíceis: gerar na noiva paixão pelo noivo. Imagine você se casar com uma pessoa que nunca viu na vida. Imagine amar uma pessoa sem nunca ao menos conversar com ela. O amigo do noivo tinha que gerar no coração de ambos interesse e paixão. O amigo não poderia enganar o noivo fazendo-o acreditar que a noiva estava apaixonada por ele. Era ele que levava as mensagens do noivo para a noiva. Imagine se o amigo do noivo inventasse moda, falasse besteira ou prometesse coisas que o noivo não prometeu? O Amigo do noivo tinha que ser fiel na retransmissão das mensagens do noivo para a noiva.

14 pra. regina Respeito pela noiva O amigo do noivo não podia se esquecer de algo muito importante: a noiva não é dele! A noiva pertence ao noivo! O amigo do noivo é somente um serviçal, um mordomo, um cooperador, nada a mais e nada menos que isso. Ele não poderia permitir em hipótese alguma que a noiva se apaixonasse por ele. Muito menos ele poderia se apaixonar por ela. Ela não é dele, mas do noivo!

15 pra. regina Anonimato Você já participou de quantas cerimônias de casamento na vida? Lembra-se de alguma vez o oficial de cerimônia (digo, pastor, padre, ancião, bispo, juiz de paz, etc.) parar a cerimônia para agradecer as pessoas que trabalharam para a realização daquele evento? Já viu alguma vez o casal agradecer na cerimônia a todas as pessoas que se envolveram direta ou indiretamente desde quando se conheceram até aquele momento? Ninguém sabe quem enfeitou a igreja, quem arrumou a noiva ou qual o nome do salão que ela se penteou. Certamente você nunca viu o cabeleireiro reivindicando ser mais importante que o florista, ou o fotógrafo. Cada um tem o seu papel, e ninguém ousa aparecer mais que o casal, pois o momento é da noiva e do noivo. Precisamos aprender que toda função na Igreja é importante, somos um corpo!

16 pra. regina Segue abaixo os textos que revelam a real e importante missão de um(a) amigo(a) do(a) noivo(a) registrados na Bíblia: 1. Abraão, Isaque, Rebeca e o Anônimo: O primeiro registro bíblico sobre a missão de Amigo do Noivo é relatado em Gênesis 24. Abraão separa o servo mais antigo de sua casa, ou seja, um homem de sua confiança, para buscar uma noiva para seu filho Isaque. Lendo o texto note que o servo de Abraão buscou ser fiel a seu senhor, buscou a direção de Deus e preparou Rebeca para se encontrar com Isaque. (conferir Gênesis 24:2, 3, 11-14, 26, 42, 45, 47-48, 52, 53, 61, ) Eleazar – Hebraico variante de Eliézer – Deus é ajuda.

17 pra. regina 2. Rei Assuero, Ester e Hegai: No livro de Ester capítulo 2, vemos Hegai, chefe da guarda das mulheres do rei, separando Hadassa (Ester) para encontrar-se com Assuero. O texto revela que ele viu em Hadassa, beleza e qualidades de uma rainha. Separou sete serviçais do palácio, especiarias, perfumes e o melhor aposento da casa. Preparou-a por 12 meses, deixando-a por último e ensinou boas maneiras de como apresentar-se ao rei. (conferir em Ester 2: 5, 7, 8, 9, 12 e 15). Deus usou Hegai, que através da sua missão foi fundamental para tornar Ester rainha, e posteriormente salvar os judeus. Detalhe: Hegai era eunuco. (venerável)

18 pra. regina 3. João Batista: João 3:29 é apresentado o primeiro texto do Novo Testamento sobre o amigo do noivo e a sua missão.

19 pra. regina 4. Jesus e os amigos do noivo: Em Mateus 9:15, Jesus fala sobre os amigos do noivo. Portanto fazemos as seguintes observações no texto: Nas tradução de João Ferreira de Almeida aparece o termo convidados, mas na versão inglesa King James e na tradução portuguesa de Figueiredo o termo amigos do noivo é aplicado em lugar de convidados

20 pra. regina Usando o termo convidados que está nas bíblias com a versão de João Ferreira de Almeida, é possível notar o seguinte: somente é convidado para uma festa de casamento, os amigos. Então os convidados na qual Jesus se referia é a mesma coisa que os amigos do noivo (Ele mesmo deixa claro isso no texto). Jesus respondia aos fariseus a respeito de seus discípulos e à prática do jejum. Ele associa os convidados à seus discípulos. Neste texto Jesus se apresenta como o noivo e seus discípulos eram os amigos do noivo.

21 pra. regina Jesus apresenta uma nova a função dos amigos do noivo: à prática do Jejum. Ele afirma que seus discípulos não jejuavam ainda, mas dias viriam que o noivo seria tirado e então os amigos do noivo jejuariam.

22 pra. regina 5. Jesus e as amigas do noivo: Leia Mateus 25:1-13. Esta é a famosa Parábola das dez virgens. É bem provável que você a conheça. As dez virgens não é uma referência à noiva. São dez virgens e não dez noivas! Muitas pessoas pensam que eram dez noivas (cinco noivas prudentes e cinco noivas imprudentes), mas é errado esta interpretação.

23 pra. regina As dez virgens eram as responsáveis pelo cortejo nupcial. Eram as pessoas (donzelas) que preparavam o caminho do noivo para conduzi-lo até a casa da noiva. Quase sempre esta parte da cerimônia acontecia à noite para dar mais beleza e glamour à festa.

24 pra. regina A razão de serem donzelas e não rapazes que preparavam a noiva neste texto, é puramente uma questão de costume social. Em Jerusalém, o costume era rígido: homem com homem e mulher com mulher. Mas ambos os sexos de uma maneira ou de outra participavam do momento pré- conjugal até a noite de núpcias

25 pra. regina O Texto nos ensina não é que parte da igreja ficará de fora das bodas, mas que pessoas que por imprudência ministerial perderiam o casamento. Amigas(os) do noivo poderão ficar de fora caso não estejam com óleo nas sua botijas e no local ou hora errada.

26 pra. regina 6. Paulo, um amigo do Noivo: Em II Coríntios 11:2 ao responder à Igreja em Corinto, Paulo revela uma das suas missões e mostra a todos que a missão de preparar a noiva faz parte da vida dos santos.

27 pra. regina 7. João, o Evangelista: Em Apocalipse 19:7 a bíblia é clara: a noiva já se aprontou, foi-lhe dado linho fino, resplandecente e puro. O linho fino são os atos de justiça dos santos!. São os atos dos santos que adorna, ou seja, prepara, embeleza, apronta a Noiva do Cordeiro. A missão do Espírito é convencer o homem do pecado, da justiça e do juízo (Jo.16:8), nos ensinar todas as coisas (Jo.14:26e16:13), nos habilitar com poder (Atos 1:8), interceder por nós (Rom.8:26), nos encher (Ef. 5:18), nos enviar (Atos 13:4) e outros. O Espírito age na vida do crente, preparando e enviando-o. Os santos cheios do Espírito Santo, preparam a Noiva.

28 pra. regina A Missão do Amigo do Noivo – Nesta Geração

29 pra. regina Cremos que o perfil de amigo do noivo não mudou desde João Batista até nossos dias. As razões expostas acima é que levaram João Batista a fazer a sua declaração de propósito registrada em João 3:29-30 (leia atentamente o texto), assim tomamos como missão para nós também:

30 pra. regina Intimidade com o Noivo: Jesus mesmo revela quem são seus amigos em João 15:14. Todos aqueles que guardam os seus mandamentos e obedecem ao Senhor, são seus amigos. A intimidade do Senhor são para aqueles que o temem... (Sl. 25:14), somente uma coisa gera intimidade: o ouvir! Você só se torna amigo de alguém quando você ouve deste alguém os seus segredos; é a prática de ouvi-lo que gera em nós intimidade com Ele.

31 pra. regina A Confiança do noivo: Deus escolheu esta geração e a tem levantado neste tempo para efetuar uma tarefa atípica vivida na história da Igreja: preparar o caminho do Senhor; assim como um dia levantou a João Batista, Ele confiou a esta geração o ofício de preparar a sua noiva.

32 pra. regina Fidelidade ao Noivo: Muitos enviados à Noiva de Jesus têm usurpado seus ofícios. Temos visto homens prometendo à Igreja coisas que o Senhor nunca prometeu. João é categórico ao afirmar: a promessa que Ele nos fez é esta: a vida eterna I João 2:25! Tem gente prometendo coisas por aí que Ele não prometeu... Temos visto líderes gerando uma igreja apaixonada pelos bens que o noivo pode dar (casa, carro, prosperidade) nesta vida. Pregações, campanhas e promessas para uma vida terrena e passageira. Em algumas instituições religiosas, a mensagem da vida futura está fora de moda: não dá Ibope, não enche templos e nem cai na graça do povo. Cremos que esta é a geração que não corre atrás da benção, mas do Abençoador...

33 pra. regina Respeito pela noiva Esta geração entende que: a noiva pertence ao noivo. Ele é o Senhor dela e não divide sua amada com outro. Portanto entendemos que a Igreja é lugar para ser feita a vontade de Deus e não capricho de pessoas. Quem manda na Igreja é o Senhor. Que assim seja!

34 pra. regina Anonimato Convém que ele cresça e que eu apareça! talvez esta seria a versão da realidade que temos visto na igreja evangélica da atualidade. O homem como centro! Privilégios, caprichos, status, poder, manipulação, fama, riqueza, disputas ministeriais e outros tristes adjetivos. Cremos que Deus nesta geração está levantando uma geração de adoradores sem nome e sem face.

35 pra. regina Pessoas que colocarão o Senhor como centro. Tudo para Ele e por Ele! Cremos em uma geração comprometida com o aparecimento de um só nome: Jesus, o Cristo!

36 pra. regina O Resgate da Noiva Creio que este é o grito da última hora, revelada por Jesus na Parábola das Dez Virgens, onde Ele diz que à meia-noite, momentos antes da chegada do noivo, ouve-se um grito que despertou as virgens (os santos) para prepararem o caminho do noivo para o encontro com a noiva. Que haja este despertamento profético em nós.Que você ouça esse grito que acordou as virgens.

37 pra. regina Mas, a meia noite, ouviu-se um clamor: Aí vem o esposo! Saí- lhe ao encontro!

38 pra. regina 1 ¶ Então o reino dos céus será semelhante a dez virgens que, tomando as suas lâmpadas, saíram ao encontro do esposo.2 E cinco delas eram prudentes, e cinco loucas.3 As loucas, tomando as suas lâmpadas, não levaram azeite consigo.4 Mas as prudentes levaram azeite em suas vasilhas, com as suas lâmpadas.5 E, tardando o esposo, tosquenejaram todas, e adormeceram.6 Mas à meia-noite ouviu-se um clamor: Aí vem o esposo, saí-lhe ao encontro.7 Então todas aquelas virgens se levantaram, e prepararam as suas lâmpadas.8 E as loucas disseram às prudentes: Dai-nos do vosso azeite, porque as nossas lâmpadas se apagam.9 Mas as prudentes responderam, dizendo: Não seja caso que nos falte a nós e a vós, ide antes aos que o vendem, e comprai-o para vós.10 E, tendo elas ido comprá- lo, chegou o esposo, e as que estavam preparadas entraram com ele para as bodas, e fechou-se a porta.11 E depois chegaram também as outras virgens, dizendo: Senhor, Senhor, abre-nos.12 E ele, respondendo, disse: Em verdade vos digo que vos não conheço.13 Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora em que o Filho do homem há de vir.

39 pra. regina Persevere! Todos seremos surpreendidos com a volta de Jesus. Até mesmo os amigos...a diferença é que eles estarão preparados, com suas botijas cheias de óleo e embelezando a noiva com este óleo.


Carregar ppt "Pra. regina O Amigo do Noivo. pra. regina Texto Base A noiva pertence ao noivo. O Amigo do noivo que lhe presta serviço, espera e o ouve, e muito se alegra."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google