A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Vias Aferentes Rafael Coutinho Membro e Diretor de Ensino da LAAC.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Vias Aferentes Rafael Coutinho Membro e Diretor de Ensino da LAAC."— Transcrição da apresentação:

1 Vias Aferentes Rafael Coutinho Membro e Diretor de Ensino da LAAC

2 Componentes das vias Receptor Trajeto Periférico Trajeto Central Área de Projeção Cortical

3 Tipos diferentes de vias ConscientesInconscientes Córtex cerebral Distingue os tipos de sensibilidade Circuito formado por 3 neurônios Córtex cerebelar NÃO determina manifestação sensorial Integração motora Circuito formado por 2 neurônios

4 Via consciente Neurônio I FORA do SNC (gânglio sensitivo da raiz dorsal / retina / mucosa olfatória) Neurônio II coluna posterior da medula / núcleos de nervos cranianos Neurônio III tálamo radiações talâmicas córtex

5 Entrada no SNC Vias aferentes que penetram no SNC por nervos espinhais Vias aferentes que penetram no SNC por nervos cranianos

6 Vias dos nervos espinhais Vias de dor e temperatura Via Neoespino-talâmica Via Paleoespino-talâmica Vias de pressão e tato protopático Vias de propriocepção consciente, tato epicrítico e sensibilidade vibratória Via de propriocepção inconsciente Vias da sensibilidade visceral

7 Via neoespino-talâmica Neurônio I - gânglios espinhais, porção lateral da raiz dorsal Neurônio II - coluna posterior da medula (lâmina I de Rexed) comissura branca tracto espino- talâmico lateral Neurônio III – núcleo ventral póstero-lateral do tálamo radiações talâmicas córtex cerebral

8 Vias dos nervos espinhais Vias de dor e temperatura Via Neoespino-talâmica Via Paleoespino-talâmica Vias de pressão e tato protopático Vias de propriocepção consciente, tato epicrítico e sensibilidade vibratória Via de propriocepção inconsciente Vias da sensibilidade visceral

9 Via Paleoespino-talâmica Neurônio I – gânglios espinhais, porção lateral da raiz dorsal Neurônio II – coluna posterior da medula (lâmina V de Rexed) ambos lados tracto espino-reticular Neurônio III – formação reticular fibras reticulo-talâmicas Neurônio IV – núcleos intralaminares do tálamo córtex cerebral

10 Vias dos nervos espinhais Vias de dor e temperatura Via Neoespino-talâmica Via Paleoespino-talâmica Vias de pressão e tato protopático Vias de propriocepção consciente, tato epicrítico e sensibilidade vibratória Via de propriocepção inconsciente Vias da sensibilidade visceral

11 Vias de pressão e tato protopático Neurônio I - gânglios espinhais, porção medial da raiz dorsal Neurônio II - coluna posterior da medula comissura branca tracto espino-talâmico anterior Neurônio III – núcleo ventral póstero-lateral do tálamo radiações talâmicas córtex cerebral

12 Vias dos nervos espinhais Vias de dor e temperatura Via Neoespino-talâmica Via Paleoespino-talâmica Vias de pressão e tato protopático Vias de propriocepção consciente, tato epicrítico e sensibilidade vibratória Via de propriocepção inconsciente Vias da sensibilidade visceral

13 Vias de propriocepção consciente, tato epicrítico e sensibilidade vibratória Neurônio I - gânglios espinhais, porção medial da raiz dorsal Neurônio II – núcleos grácil e cuneiforme do bulbo fibras arqueadas internas lemnisco medial Neurônio III – núcleo ventral póstero-lateral do tálamo radiações talâmicas córtex cerebral

14 Vias dos nervos espinhais Vias de dor e temperatura Via Neoespino-talâmica Via Paleoespino-talâmica Vias de pressão e tato protopático Vias de propriocepção consciente, tato epicrítico e sensibilidade vibratória Via de propriocepção inconsciente Vias da sensibilidade visceral

15 Via da propriocepção inconsciente Neurônio I – gânglios espinhais, porção medial da raiz dorsal Neurônio II Neurônio II – núcleo torácico mesmo lado tracto espino-cerebelar posterior Neurônio II – base da coluna posterior e substância cinzenta intermédia lado oposto tracto espino-cerebelar anterior Neurônio II – núcleo cuneiforme acessório do bulbo tracto cuneo-cerebelar

16 Vias dos nervos espinhais Vias de dor e temperatura Via Neoespino-talâmica Via Paleoespino-talâmica Vias de pressão e tato protopático Vias de propriocepção consciente, tato epicrítico e sensibilidade vibratória Via de propriocepção inconsciente Vias da sensibilidade visceral

17 Vias da sensibilidade visceral Relacionada a dor visceral Trajeto periférico através de nervos simpáticos e parassimpáticos Trajeto central através do tractos espino- talâmicos laterais

18 Vias dos nervos cranianos Vias trigeminais Via trigeminal exteroceptiva Via trigeminal proprioceptiva Via gustativa Via olfatória Via auditiva Vias vestibulares conscientes e inconscientes Via óptica

19 Via trigeminal exteroceptiva Neurônio I - gânglios sensitivos: gânglio trigeminal, gânglio geniculado, gânglio superior do glossofaríngeo e superior do vago Neurônio II – núcleo do tracto espinhal ou núcleo sensitivo principal do trigêmio lado oposto lemnisco trigeminal Neurônio III – núcleo ventral póstero-medial do tálamo radiações talâmicas córtex cerebral

20

21

22

23 Vias dos nervos cranianos Vias trigeminais Via trigeminal exteroceptiva Via trigeminal proprioceptiva Via gustativa Via olfatória Via auditiva Vias vestibulares conscientes e inconscientes Via óptica

24 Via trigeminal proprioceptiva Neurônio I – NÃO estão em gânglios, estão no TRACTO MESENCEFÁLICO Neurônio II – núcleo do tracto espinhal ou núcleo sensitivo principal do trigêmio lado oposto lemnisco trigeminal Neurônio III – núcleo ventral póstero-medial do tálamo radiações talâmicas córtex cerebral

25

26 Vias dos nervos cranianos Vias trigeminais Via trigeminal exteroceptiva Via trigeminal proprioceptiva Via gustativa Via olfatória Via auditiva Vias vestibulares conscientes e inconscientes Via óptica

27 Via gustativa Neurônio I - gânglios sensitivos: gânglio geniculado, gânglio inferior do glossofaríngeo e inferior do vago Neurônio II – núcleo do tracto solitário fibras solitário-talâmicas Neurônio III – núcleo ventral póstero-medial do tálamo bilateralmente radiações talâmicas córtex cerebral

28

29 Vias dos nervos cranianos Vias trigeminais Via trigeminal exteroceptiva Via trigeminal proprioceptiva Via gustativa Via olfatória Via auditiva Vias vestibulares conscientes e inconscientes Via óptica

30 Via olfatória Neurônio I – as próprias células olfatórias nervo olfatório Neurônio II – células mitrais glomérulos olfatórios no bulbo olfatório estria olfatória medial e estria olfatória lateral (impulsos conscientes) área cortical de projeção para sensibilidade olfatória (parte anterior do úncus e giro para-hipocampal)

31

32

33

34 Vias dos nervos cranianos Vias trigeminais Via trigeminal exteroceptiva Via trigeminal proprioceptiva Via gustativa Via olfatória Via auditiva Vias vestibulares conscientes e inconscientes Via óptica

35 Via auditiva Neurônio I – gânglio espiral na cóclea Neurônio II – núcleos cocleares dorsal e ventral na ponte lado oposto corpo trapezoide lemnisco lateral Neurônio III – colículo inferior braço do colículo inferior Neurônio IV – corpo geniculado medial radiação auditiva área auditiva do córtex no giro temporal inferior

36

37

38

39 Vias dos nervos cranianos Vias trigeminais Via trigeminal exteroceptiva Via trigeminal proprioceptiva Via gustativa Via olfatória Via auditiva Vias vestibulares conscientes e inconscientes Via óptica

40 Vias vestibulares Neurônio I – gânglio vestibular (de Scarpa) Neurônio II Via inconsciente – fascículo vestibulo-cerebelar corpo justa-restiforme córtex do arquicerebelo Via consciente – relés talâmico (???) área vestibular do córtex no lobo parietal (área vestibular no lobo temporal????)

41 Vias dos nervos cranianos Vias trigeminais Via trigeminal exteroceptiva Via trigeminal proprioceptiva Via gustativa Via olfatória Via auditiva Vias vestibulares conscientes e inconscientes Via óptica

42 Via óptica Todos os receptores e neurônios I (células fotorreceptoras), II (células bipolares) e III (células ganglionares) estão na RETINA Nervo óptico quiasma óptico tractos ópticos corpos geniculados laterais Retina nasal X Retina temporal

43 Via óptica Fibras retino-hipotalâmicas Fibras retino-tectais Fibras retino-pré-tectais Fibras retino-geniculadas – ÚNICAS relacionadas à visão corpo geniculado lateral (neurônio IV)

44

45

46

47 Lesões da via óptica Lesão do nervo óptico Lesão da parte mediana do quiasma óptico Lesão da parte lateral do quiasma óptico Lesão do tracto óptico Lesões da radiação óptica Lesões do córtex visual

48

49

50


Carregar ppt "Vias Aferentes Rafael Coutinho Membro e Diretor de Ensino da LAAC."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google