A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Sobre a Questão do Aborto no Brasil Pesquisa Comissão de Cidadania e Reprodução – Ibope Apoio: IWHC – International Womens Health Coalition Junho 2003.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Sobre a Questão do Aborto no Brasil Pesquisa Comissão de Cidadania e Reprodução – Ibope Apoio: IWHC – International Womens Health Coalition Junho 2003."— Transcrição da apresentação:

1 1 Sobre a Questão do Aborto no Brasil Pesquisa Comissão de Cidadania e Reprodução – Ibope Apoio: IWHC – International Womens Health Coalition Junho 2003

2 2 Amostra probabilística em 3 estágios 1º. Seleção de municípios 2º. Seleção de setores censitários dentro dos municípios selecionados 3º. Seleção de pessoas dentro dos setores censitários Realizadas 2000 entrevistas em 145 municípios com pessoas de 16 anos ou mais de idade.

3 3 Variáveis consideradas na pesquisa Sexo Idade Grau de Instrução Renda familiar (em salários mínimos) Critério Econômico Brasil (classe A, B, C, D e E) Religião Região Condição do domicílio (capital, periferia, interior) Porte do Município (em número de habitantes)

4 4 Perguntas sobre Aborto na Pesquisa Existem propostas no país, para mudar a legislação do aborto e gostaríamos de saber sua opinião sobre o assunto 1. Você tem acompanhado o debate sobre a questão do aborto no Brasil? a.) sim b.) não

5 5 2. O aborto só é permitido no Brasil em dois casos: gravidez resultante de estupro e para salvar a vida da MULHER. Na sua opinião, a lei: a.) Deveria ampliar a permissão para o aborto b.) Deveria continuar como está c.) Deveria proibir o aborto em qualquer caso d.) Não tem opinião formada

6 6 3. Para quem respondeu a letra a na pergunta 2: A permissão para a realização do aborto deveria ser ampliada para quando: (respostas não excludentes) a.) gravidez põe em RISCO a SAÚDE da mulher b.) o feto tem uma malformação e não tem chances de viver c.) a mulher é abandonada pelo parceiro d.) a mulher não tem condições financeiras para criar bem a criança e.) a mulher não tem condições psicológicas e físicas para seguir com a gravidez f.) em qualquer situação que a mulher solicite

7 7Resultados I. Acompanhamento do debate sobre Aborto a.) Proporção que vem acompanhando o debate sobre o aborto

8 8 b.) A proporção de SIM é estatisticamente maior entre : as mulheres (45% versus 38% para os homens) as pessoas mais escolarizadas (48% versus 35% para analfabetos funcionais) as pessoas com maior rendimento familiar (51% versus 34% para pessoas com até um salário mínimo) Para todas as demais variáveis não houve diferença estatística

9 9 II – Opinião sobre a lei do aborto Opinião sobre a lei do aborto TotalTem acompanhado o debate SimNão Deveria Ampliar a permissão do aborto 9,710,69,2 Deveria Continuar como está52,958,648,8 Deveria Proibir o aborto em qualquer caso 33,729,536,9 Não sabe, não tem opinião formada 3,71,35,1 Total100,0

10 10 a.) Diferenciais sócio-demográficos da opinião sobre a lei do aborto Distribuição da opinião sobre a lei do aborto segundo sexo 65,5 34,5 64,4 35,6 0,0 10,0 20,0 30,0 40,0 50,0 60,0 70,0 80,0 Deveria pelo menos continuar como estáDeveria Proibir o aborto em qualquer caso MasculinoFeminino

11 11

12 12

13 13

14 14

15 15

16 16

17 17

18 18 b.) Modelo Estatístico Chaid para preditores da opinião sobre a lei do aborto

19 19 III – Circunstâncias nas quais a permissão para a realização do aborto deveria ser ampliada Circunstâncias% de pessoas favoráveis (*) Quando o feto tem uma malformação e não tem chances de viver62% Quando a gravidez põe em risco saúde da mulher53% Quando a mulher não tem condições financeiras para criar bem a criança 37% Quando a mulher não tem condições psicológicas ou físicas para seguir com a gravidez 31% Em qualquer situação que a mulher solicite15% Quando a mulher é abandonada pelo parceiro12% Total de entrevistados favoráveis à ampliação da lei165 (*) respostas múltiplas


Carregar ppt "1 Sobre a Questão do Aborto no Brasil Pesquisa Comissão de Cidadania e Reprodução – Ibope Apoio: IWHC – International Womens Health Coalition Junho 2003."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google