A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MAPREDUCE. HISTÓRICO, MOTIVAÇÃO E CENÁRIO Grande quantidade de dados criou uma necessidade de maior poder computacional; Impossibilidade de aumentar a.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MAPREDUCE. HISTÓRICO, MOTIVAÇÃO E CENÁRIO Grande quantidade de dados criou uma necessidade de maior poder computacional; Impossibilidade de aumentar a."— Transcrição da apresentação:

1 MAPREDUCE

2 HISTÓRICO, MOTIVAÇÃO E CENÁRIO Grande quantidade de dados criou uma necessidade de maior poder computacional; Impossibilidade de aumentar a capacidade de processamento de um único processador. Solução: paralelização!

3 HISTÓRICO, MOTIVAÇÃO E CENÁRIO Gráfico 1, obtido com dados de [6]

4 HISTÓRICO, MOTIVAÇÃO E CENÁRIO Na Google®, as paralelizações nos algoritmos eram feitas caso a caso. Em cada caso, problemas comuns a todas as paralelizações tinham de ser resolvidos. Como fazer um modelo de paralelizações que não necessite de novas implementações para cada caso?

5 CONCEITO: PARALELIZAÇÃO Paralelizar um algoritmo é executar partes diferentes dele em unidades de processamento diferentes e obter um menor tempo de execução.

6 CONCEITO: PARALELIZAÇÃO Figura 2 – A paralelização de um processamento

7 CONCEITO: PARALELIZAÇÃO PROBLEMAS: Como designar processamento aos processadores? Como garantir exclusão mútua onde for necessário? Como fazer o algoritmo paralelo ter os mesmos resultados do original? SINCRONIZAÇÃO!

8 CONCEITO: COMPUTAÇÃO DISTRIBUÍDA Sistema Paralelo: computador com diversos processadores que compartilham áreas da memória e discos. Sistema distribuído: diversos computadores ligados em rede, capazes de executar algoritmos paralelos. Chamado também de cluster. Cada processador de um cluster é chamado de nó.

9 O MODELO MAPREDUCE Abstração que permite que o usuário seja isolado da camada de paralelização. [1] A paralelização depende da implementação do modelo MapReduce. Na implementação que devem estar garantidas as propriedades do sistema (integridade, disponibilidade, controle de acesso, não-repúdio, confidencialidade, autenticação e privacidade).

10 MAPREDUCE: VISÃO DO USUÁRIO Usuário programa duas funções: map(chave, valor) -> (chaveInt, valorInt) reduce(chaveInt, valoresInt) -> (saídas)

11 MAP(CHAVE, VALOR) A função map(chave, valor) recebe como parâmetro de entrada um par (chave, valor) e emite na saída um par (chave intermediária, valor intermediário).

12 REDUCE(CHAVEINT, VALORESINT) A função reduce recebe o conjunto de valores intermediários valoresInt (saídas da função map) que estão associados à mesma chave intermediária chaveInt e emite como saída os valores finais na saída para a mesma chave.

13 A IMPLEMENTAÇÃO DO MAPREDUCE Diversas implementações são possíveis: Cenários diferentes demandam implementações diferentes.

14 A IMPLEMENTAÇÃO DA GOOGLE® Características dos clusters disponíveis: Dispositivos de rede e processamento comuns (x86 dual-core, discos IDE); Cluster com centenas ou milhares de nós. Sistema de arquivos distribuído próprio, o GFS [5]

15 A IMPLEMENTAÇÃO DA GOOGLE® (2) Usuário implementa as funções map e reduce e chama uma função MapReduce dentro do próprio programa A implementação fragmenta o arquivo de entrada do usuário (64 MB/parte) As funções map e reduce são copiadas para os nós do cluster Mestre X trabalhadores

16 A IMPLEMENTAÇÃO DA GOOGLE® (3) O mestre: tarefas a trabalhadores ociosos. Trabalhadores mappers recebem um fragmento do arquivo de entrada cada, extraem uma chave e valor dele e chamam a função map. Pares intermediários ficam guardados na memória Escritos em disco periodicamente Mestre toma nota dos locais dos pares intermediários.

17 A IMPLEMENTAÇÃO DA GOOGLE® (4) O mestre designa um nó para a tarefa de reduce com os locais dos valores intermediários da sua chave. O nó de redução lê todos os valores intermediários relacionados àquela chave intermediária e chama a função reduce, que é executada e escreve em um arquivo de saída o resultado final da execução. Implementação retorna ao programa do usuário

18 A IMPLEMENTAÇÃO DA GOOGLE® (5) Figura 3 – Esquema da implementação da Google®

19 HADOOP Uma implementação de código aberto do modelo MapReduce [4] Utiliza interfaces Java® para o programador implementar as funções map e reduce. Muito parecido com a implementação da Google ®, mas é flexível com relação às máquinas em que roda.

20 AMBIENTES OPORTUNÍSTICOS Ciclos ociosos de máquinas podem ser usados para executar tarefas de map/reduce. Projeto MOON[7] Recursos disponíveis por curtíssimos períodos de tempo

21 TRABALHOS FUTUROS Implementação simplificada de MapReduce Ambientes oportunísticos como serviço: Como garantir um bom serviço? Executar código de interesse nas máquinas de usuários de aplicativos web.

22 REFERÊNCIAS [1] DEAN, Jeffrey; GHEMAWAT, Sanjay. MapReduce: Simplied Data Processing on Large Clusters. Communications of the ACM, v. 51, n. 1, p , jan Disponível em:. Acesso em: 23 maio 2012.http://static.googleusercontent.com/external_content/untruste d_dlcp/research.google.com/pt-BR//archive/mapreduce- osdi04.pdf [2] LÄMMEL, Ralf. Google's MapReduce Programming Model - Revisited. Science of Computer Programming, v.70, n. 1, p. 1-30, jan Disponível em:. Acesso em: 23 maio 2012.http://web.cs.wpi.edu/~cs3013/a11/Papers/Lammel_MapRed uce_Revisited.pdf

23 REFERÊNCIAS (2) [3] VENKATESH, Kirpal A.; NEELAMEGAM, K.; REVATHY, R. Usando MapReduce e balanceamento de carga em nuvens, out Disponível em:. Acesso em: 24 abr http://www.ibm.com/developerworks/br/java/library/cl- mapreduce/#N1010A [4] HADOOP. Hadoop documentation. Disponível em:. Acesso em: 24 abr http://hadoop.apache.org/common/docs/current/index.html [5] GHEMAWAT, Sanjay; GOBIOFF, Howard; LEUNG, Shun-Tak. The Google File System.ACM SIGOPS Operating Systems Review - SOSP '03, v. 37, n.5, p , dez Disponível em:. Acesso em: 23 maio 2012.http://www.cs.brown.edu/courses/cs295-11/2006/gfs.pdf

24 REFERÊNCIAS (3) [6] INTEL. Microprocessor Quick Reference Guide. Disponível em:. Acesso em: 23 maio 2012.http://www.intel.com/pressroom/kits/quickrefyr.htm [7] Heshan Lin; ARCHULETA, Jeremy; Xiaosong Ma; Wu-chun Feng; Zhe Zhang; GARDNER, Mark. MOON: MapReduce On Opportunistic eNvironments. Proceedings of the 19th ACM International Symposium on High Performance Distributed Computing - ACM HPDC '10, p , Disponível em:. Acesso em: 24 maio 2012.http://eprints.cs.vt.edu/archive/ /01/moon.pdf


Carregar ppt "MAPREDUCE. HISTÓRICO, MOTIVAÇÃO E CENÁRIO Grande quantidade de dados criou uma necessidade de maior poder computacional; Impossibilidade de aumentar a."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google