A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PSICANÁLISE E EDUCAÇÃO Contributos para a Pedagogia e para a Compreensão do Processo de Ensino e Aprendizagem.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PSICANÁLISE E EDUCAÇÃO Contributos para a Pedagogia e para a Compreensão do Processo de Ensino e Aprendizagem."— Transcrição da apresentação:

1 PSICANÁLISE E EDUCAÇÃO Contributos para a Pedagogia e para a Compreensão do Processo de Ensino e Aprendizagem

2 PSICANÁLISE

3 Psicanálise é a ciência do inconsciente que foi fundada por Sigmund Freud. É um conjunto de teorias psicológicas em que são sistematizados os dados introduzidos pelo método psicanalítico de investigação e de tratamento. FUNDAMENTOS TEORICOS: Aceitação de processos psíquicos inconscientes; Reconhecimento da doutrina do recalcamento; Consideração da sexualidade e do Complexo de Édipo

4 É um método de investigação, que consiste essencialmente em evidenciar o significado inconsciente das palavras, das acções, das produções imaginárias (sonhos, fantasias, delírios) de um sujeito. É um método psicoterapêutico que se baseia principalmente nas associações livres do sujeito, que são a garantia da validade da interpretação.

5 ASSIM...

6 Um pouco de História.... S. Freud ( ) Era Pré-psicanalitica ( ) Dr. Charcot e Dr. Breuer Interesse pelas histerias Utilização da hipnose Descoberta da acçaõ patogénica das recordações de acontecimentos traumáticos

7 Primórdios da Psicanálise ( ) Abandono da hipnose e utilização da sugestão em estado de vigilia - método das associações livres Primeiros estudos (publicação em 1900 do livro A interpretação dos sonhos Primeiros conceitos Organização da mente humana em CONSCIENTE, PRÉ-CONSCIENTE E INCONSCIENTE Teoria do recalcamento Estudo dos sonhos e seu significado Teoria das pulsões de vida Estudo da importância da sexualidade no desenvolvimento da personalidade primeiros discípulos (Alfred Adler e Carl Jung)

8 Desenvolvimento da Psicanálise ( ) Novos adeptos de Freud e expansão das teorias Necessidade de formação de terapêutas Primeiras críticas (Adler e Jung) Modificação da Teoria da Personalidade Os conceitos da teoria da personalidade de Freud podem ser abordados a partir de três pontos de vista: ESTRUTURAL (ID, EGO E SUPEREGO) DINÂMICO (Pulsões, líbido, investimento, contra-investimento e angústia) GENÉTICO (identificação, deslocamento, mecanismos de defesa e fases do desenvolvimento psico-sexual)

9 CARL JUNG (1875 – 1961) – Dedicou-se em especial ao estudos das formas de expressão do inconsciente, determinando o conceito de Complexos, posteriormente adoptado por Freud. Na terapia junguiana, que explora extensivamente os sonhos e fantasias, o diálogo é estabelecido entre a mente consciente e os conteúdos do inconsciente. A doença psíquica é tida como uma consequência da separação rígida entre elas Conceito de inconsciente colectivo e de arquétipos psicológicos. (a camada mais profunda da psique humana. Ele é constituído pelos materiais que foram herdados da humanidade. É nele que residem os traços funcionais, tais como imagens virtuais, que seriam comuns a todos os seres humanos. Conceitos de Introversão e extroversão (tipos psicológicos) e Funções Psíquicas (pensamento, sensação, sentimento e intuição ). PSICANÁLISE E PSICOLOGIA DINÂMICA Freud e seus seguidores

10 ALFRED ADLER - Adler é o fundador da psicologia do desenvolvimento individual. Segundo sua teoria, o meio social e a preocupação contínua do indivíduo em alcançar objectivos preestabelecidos são os determinantes básicos do comportamento humanos. Os complexos de inferioridade, provocados pelo conflito com o envolvimento social, podem traduzir-se numa dinâmica patológica (psicose, neurose), que deve ser tratada de um ponto de vista psicoterapêutico Estudo das Neuroses; teoria da inferioridade orgânica. Complexo de inferioridade e da compensação; teoria do Self como estilo de vida da pessoa. PSICANÁLISE E PSICOLOGIA DINÂMICA Freud e seus seguidores

11 NEOFREUDIANOS (Eric Fromm ; C. Thompson; H.S. Sullivan entre outros) - insistem mais nos factores ambientais e culturais do que no papel da sexualidade no processo de desenvolvimento PSICANÁLISE E PSICOLOGIA DINÂMICA Freud e seus seguidores

12 Lacan ( ) nasceu na França. Formou-se em medicina, actuando como neurologista e psiquiatra e considerava-se um Psicanalista Freudiano. Para Lacan a psicanálise não é uma ciência, uma visão de mundo ou uma filosofia que pretende dar a chave do universo. A psicanálise é uma prática, onde através do método da livre associação chegaremos ao núcleo do seu ser. Outras Teorias Psicanalíticas

13 A Psicanálise Lacaniana, não é uma simples corrente, mas uma verdadeira escola. Com efeito, constitui-se como um sistema de pensamento, a partir de um mestre que modificou inteiramente a doutrina e a clínica freudianas, não só forjando novos conceitos, mas também inventando uma técnica original de análise da qual decorreu um tipo de formação didáctica diferente da freudiana clássica. Lacan foi, com efeito, o único dos grandes intérpretes da doutrina freudiana a efectuar sua leitura não para ultrapassa-la ou conserva-la, mas com o objectivo confesso de retornar literalmente aos textos de Freud. Outras Teorias Psicanalíticas

14 COMO CONTRIBUIU ( e contribui...) A PSICOLOGIA DINÂMICA E EM PARTICULAR A PSICANÁLISE PARA A EDUCAÇÃO ?????

15 PSICANÁLISE Desenvolvimento Infantil Processos e porquês das aprendizagens Compreensão dos processos e das origens de comportamentos e atitudes Compreensão dos processos relacionais

16 Alguns Autores Importantes Pela compreensão e descoberta da teoria da sexualidade e em especial da sexualidade infantil e do seu desenvolvimento normal e patogénico. Pela descrição de sintomas patológicos em adultos com origem em perturbações no desenvolvimento infantil. Importância dada à necessidade de satisfazer a curiosidade da criança em vez de reprimir. Necessidade de liberalizar as técnicas pedagógicas S. Freud ( ).

17 Encara a educação como uma forma de Prevenção da Saúde Mental artigo o interesse pedagógico da psicanálise Conhecer bem as particularidades de cada criança... saber adivinhar graças a pequenos indícios...testemunhar-lhe, sem excessos, o amor...conservando ao mesmo tempo a autoridade, tal é a tarefa... que se impõe ao educador...

18 Anna Freud( ). Há vários mecanismos de defesa, sendo alguns mais eficientes do que outros. As defesas do Ego podem dividir-se em : a)Defesas bem sucedidas, que geram a cessação daquilo que se rejeita b)Defesas ineficazes, que exigem repetição ou perpetuação do processo de rejeição, a fim de impedir a irrupção dos impulsos rejeitados. As defesas patogénicas, nas quais se radicam as neuroses, pertencem à segunda categorias. Pelo estudo dos Mecanismos de Defesa na Criança - Foi este o nome que Freud adoptou para apresentar os diferentes tipos de manifestações que as defesas do Ego podem apresentar.

19 Anna Freud( ). Pela sua preocupação sobre o funcionamento e desenvolvimento afectivo e da personalidade da criança Pelas possibilidades de alargamento do conhecimento do Educador acerca da totalidade do que é a Criança (pulsões, recalcamento e importância do inconsciente). Pela possibilidade que dá ao Educador de perceber como é que a criança interage com o mundo e lê o mundo, o que conduz a uma melhor compreensão das relações e atitudes da criança

20 Sublimação. Repressão. A Racionalização. A Projecção. Deslocamento. A Identificação. A Regressão. O Isolamento. Formação Reactiva. A Substituição. A Fantasia. A Compensação. Expiação. Negação. Anna Freud( ).

21 Melanie Klein Nascida em Viena, Melanie Klein descobriu a obra de Freud em Budapeste e no círculo de Berlim e mudou os rumos da psicanálise actuando em Londres. Formada sob a influência de Jones, Ferenczi e Abraham, a Escola Inglesa teve Melanie Klein como protagonista, contrapondo-se ao grupo de Viena, de Anna Freud. Com Defensora de uma visão inovadora sobre a agressividade e a angústia, Klein desenvolve novas perspectivas na teoria psicodinâmica de Freud, mas avança em questões como a formação primitiva do superego e o comportamento psicótico.

22 Melanie Klein O BRINCAR COMO FORMA DE TERAPIA DE CRIAN Ç AS - Com jogos infantis e brincadeiras, Melanie Klein desenvolveu um m é todo para a an á lise de crian ç as que emprega linguagem viva e concreta. O AUTISMO E A PROPOSTA PSICANAL Í TICA - Os estudos de Klein sobre dist ú rbios infantis lan ç aram bases para que seguidores como Donald Meltzer, Frances Tustin, entre outros, investissem na compreens ã o dos perturba çõ es do espectro do autismo.

23 Melanie Klein DOIS V É RTICES EMOCIONAIS - As posi çõ es depressiva e esquizoparan ó ide s ã o din â micas ps í quicas que, alternando-se ao longo da vida, geram maneiras de ser e de experienciar o mundo O EU E O MUNDO - O processo de simboliza çã o permite ao sujeito separar-se do objecto, instaurando uma rela çã o mediada do indiv í duo com a realidade e sua representa çã o.

24 Teoria da Vinculação – Processo de Separação-Individuação Descrito nos anos 70 por Margaret Mahler e colaboradores (Mahler, Pine e Bergman, 1975) contribuiu de maneira decisiva para o desenvolvimento da teoria psicanalítica clássica no que diz respeito aos processo de construção da identidade desde o primeiro momento de vida extra-uterina. Margareth Mahler

25 G. Mauco - Na descrição dos desejos inconscientes, quer no que diz respeito à criança, quer no que diz respeito ao Educador Na compreensão dos sentimentos profundos que determinam a relação com os outros Na descrição dos desejos inconscientes, quer no que diz respeito à criança, quer no que diz respeito ao Educador Na visão de que não é a criança que é inadaptada, mas sim a sua relação com o outro que pode esta perturbada Na ajuda que dá ao educador, no sentido da compreensão das situações de conflito

26 D. Winnicot (( ) - Inglês. Pediatra, clínico, que se interessou não só por Freud, mas pelas descobertas e técnicas Kleinianas. Desenvolveu um pensamento original, com ideias muito pessoais sobre "natureza humana"; Estudo de técnicas de psicanálise infantil - importância do brincar neste processo; Conceito de objecto de transição ; Regressão é uma forma de desenvolvimento;

27 João dos Santos – compreensão psicodinâmica das dificuldades nas aprendizagens e problemas de comportamento; a intervenção psicopedagógica como forma de terapia; a importância da relação no processo terapêutico ALGUNS AUTORES PORTUGUESES PARA LER E RELER

28 Teresa Ferreira – A compreensão psicodinâmica dos problemas de desenvolvimento infantil e seu contributo na defesa dos seus direitos enquanto cidadãos e pessoas compreensão psicodinâmica da depressão infantil Emílio Salgueiro – compreensão psicodinâmica dos problemas de comportamento em especial da irrequietude infantil ALGUNS AUTORES PORTUGUESES PARA LER E RELER


Carregar ppt "PSICANÁLISE E EDUCAÇÃO Contributos para a Pedagogia e para a Compreensão do Processo de Ensino e Aprendizagem."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google