A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Tolerâncias Geométricas Prof. Celso Veiga. 2 Tipos de especificações geométricas Especificações Geométricas de Produto Tolerâncias Dimensionais Tolerâncias.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Tolerâncias Geométricas Prof. Celso Veiga. 2 Tipos de especificações geométricas Especificações Geométricas de Produto Tolerâncias Dimensionais Tolerâncias."— Transcrição da apresentação:

1 1 Tolerâncias Geométricas Prof. Celso Veiga

2 2 Tipos de especificações geométricas Especificações Geométricas de Produto Tolerâncias Dimensionais Tolerâncias Geométricas Tolerância de Orientação Tolerância de Localização Tolerância de Movimento Tolerância de Forma Tolerância de Ondulação Rugosidade

3 3 Conteúdo Introdução Desvios geométricos Noções básicas de representação Tolerâncias de forma Tolerâncias de orientação Tolerâncias de localização Tolerâncias de batimento Exemplos

4 4 Cubo de roda

5 5 Dimensão x forma Circ. 1 Circ. 2 É suficiente com especificar as tolerâncias dimensionais?

6 6 Geometrias reais

7 7 Causas do desvio de forma Material da peça: dureza, sobre-metal Máquina-ferramenta: geometria, rigidez Mão de obra: alinhamento da peça, pré-set Método: fixação da peça Meio ambiente: aquecimento

8 8 Exemplo F F F F

9 9 Exercício Quais problemas de fabricação e montagem podem impedir o bom funcionamento deste redutor de velocidade? Fonte: Apostila de Metrologia, José Stockler C. Filho, Flávio de Marco Filho - Escola Politécnica da COPPE / UFRJ

10 10 Simbologia Para elementos isolados Forma de uma superfície qualquer Forma de uma linha qualquer Cilindricidade Circularidade Planeza Retitude Para elementos isolados Forma de uma superfície qualquer Forma de uma linha qualquer Cilindricidade Circularidade Planeza Reti Forma

11 11 Tolerância de forma A linha de contorno de qualquer secção deverá estar contida na área do anel de espessura t = 0,02mm. A superfície tolerada deve situar-se entre dois planos paralelos distanciados de t = 0,05mm. Qualquer linha de comprimento 100mm do elemento plano indicado, deve situar-se entre duas retas paralelas distanciadas de t = 0,1mm. O eixo do elemento cilíndrico do pino deve situar-se dentro de um cilindro com diâmetro t = 0,03mm. DescriçãoExemplo Campo de tolerância Característica A linha de contorno de qualquer secção deverá estar contida na área do anel de espessura t = 0,02mm. A superfície tolerada deve situar-se entre dois planos paralelos distanciados de t = 0,05mm. Qualquer linha de comprimento 100mm do elemento plano indicado, deve situar-se entre duas retas paralelas distanciadas de t = 0,1mm. O eixo do elemento cilíndrico do pino deve situar-se dentro de um cilindro com diâmetro t = 0,03mm. DescriçãoExemplo Campo de tolerância Característica Circularidade Planeza Retitude- Eixo Contorno Tolerância de Forma Circularidade Planeza Retit Eixo Contorno Tolerância de Forma

12 12 Tolerância de forma

13 13 Tolerância de orientação

14 14 Tolerância de posição Concentri- cidade Concentri- cidade

15 15 Identifique as especificações Tolerâncias dimensionais Referências Tolerâncias de forma Tolerâncias de localização Tolerâncias de orientação

16 16 Tolerância de movimento

17 17 Cubo de roda

18 18 Cubo de roda

19 19 Válvula 0.03 A 0.1 A Torneado A A A 0.2 A A Retificado A TRW Automotive Explique, dentro do seu conhecimento, por que cada uma das tolerâncias geométricas foi especificada para a válvula de motor de combustão interna

20 Exemplos de eixo e sede para rolamentos Fonte: INA

21 21 Exercício (mental) Quais problemas de fabricação e montagem podem impedir o bom funcionamento deste redutor de velocidade? Fonte: Apostila de Metrologia, José Stockler C. Filho, Flávio de Marco Filho - Escola Politécnica da COPPE / UFRJ

22 22 Métodos de medição da circularidade Fonte: Kosakalab Fonte: Mahr Relógio comparador Relógio apalpador Circularímetros

23 Normas ABNT NBR 6409:1997 Tolerâncias geométricas - Tolerâncias de forma, orientação, posição e batimento - Generalidades, símbolos, definições e indicações em desenho ABNT NBR 14646:2001 Tolerâncias geométricas - Requisitos de máximo e requisitos de mínimo material ABNT NBR ISO :2001 Tolerâncias gerais - Parte 2: Tolerâncias geométricas para elementos sem indicação de tolerância individual ISO 1101:2004 Geometrical Product Specifications (GPS) -- Geometrical tolerancing -- Tolerances of form, orientation, location and run-out ISO/TR 5460:1985 Technical drawings -- Geometrical tolerancing -- Tolerancing of form, orientation, location and run-out - Verification principles and methods -- Guidelines ASME Y14.5:2009 Geometric Dimensioning and Tolerancing - Applications Analysis and Measurement

24 24 Bibliografia Armando Albertazzi Gonçalves Jr, e outros - Metrologia – Parte II, LABMETRO/UFSC, Florianópolis, Oswaldo L. Agostinho, e outros - Tolerâncias, ajustes, desvios e análise de dimensões; Editora Edgard Blücher Ltda, 1977 Olívio Novaski - "Introdução à Engenharia de Fabricação Mecânica"; Editora Edgard Blücher Ltda, 1994 Vagner Alves Guimarães, "Controle Dimensional e Geométrico", Editora da Universidade de Passo Fundo Telecurso 2000 – Cursos Profissionalizantes, Metrologia; Fundação Roberto Marinho / /FIESP (acessado por em 18/04/2012)

25 Obrigado pela atenção!


Carregar ppt "1 Tolerâncias Geométricas Prof. Celso Veiga. 2 Tipos de especificações geométricas Especificações Geométricas de Produto Tolerâncias Dimensionais Tolerâncias."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google