A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Questionário Responda rápido!. Você conhece estes sintomas? Ir parar no hospital achando que estava tendo um ataque cardíaco? Nervosismo e ansiedade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Questionário Responda rápido!. Você conhece estes sintomas? Ir parar no hospital achando que estava tendo um ataque cardíaco? Nervosismo e ansiedade."— Transcrição da apresentação:

1 Questionário Responda rápido!

2

3 Você conhece estes sintomas? Ir parar no hospital achando que estava tendo um ataque cardíaco? Nervosismo e ansiedade em situações que nunca perturbaram antes? Sente-se desconfortável em lugares fechados como shopping, supermercado, cinema, transporte público Medo de dirigir

4 Você sente algumas destas sensações corporais? Tonturas que levam ao pânico Arrepios e calores seguidos de ansiedade Falta de ar e apertos na garganta e no peito Falta de conexão com o que se passa a sua volta Preocupações obsessivas e pensamentos indesejados Batimentos cardíacos muito rápido e formigamentos no corpo

5

6 O que é síndrome do pânico São crises súbitas, repentinas, espontâneas com forte sensação de medo de tudo e sem motivo, medo do perigo, de desmaio, de derrame, de ataque cardíaco, loucura ou morte eminente, o que nunca ocorre, sensação de alerta ou de fuga, necessidade de socorro imediato.

7 O cérebro em crise Neurotransmissores: Comunicação Mensagens Desequilíbrio na produção de neurotransmissores Comandos incorretos Sintomas Noradrenalina

8 Sintomas Químico Sistema nervoso simpático e parassimpático Físicos Palpitações ou taquicardia Sudorese Tremores ou abalos Sensação de falta de ar ou sufocamento Sensação de asfixia Dor ou desconforto abdominal Medo de perder o controle ou enlouquecer Medo de morrer Calafrios e ondas de calor

9 Sintomas Pós Ataque Após ataque ou crise sensações de: cansaço Fraqueza Extremo relaxamento Esgotamento Extremo envergonhamento

10 Mitos Perder o Controle Corporal – seus órgãos vitais vão desligar e você irá perder o controle mental da realidade Atropelar um pedestre inocente enquanto dirige Pegar um faca para matar alguém que está perto de você Não se preocupe! Você não irá cometer nenhum destes atos. Relaxe!

11 Mitos Desmaiar em Público Se estiver sozinho Não ser visto por ninguém enquanto estiver sem sentidos Nunca mais acordar e entrar em coma. Calma! Desmaiar durante um ataque de pânico é pouco provável, o coração bate mais rápido que o normal e o cérebro tem sangue suficiente circulando.

12 Mitos Ataque Cardíacos Pensar que o coração fica confuso e que se esquece de como deve bater corretamente; Monitorar se o coração ainda está funcionando; Quase todas as pessoas que tem ataques de ansiedade têm medo de ter algum problema no coração.

13 Mitos Sensação de Irrealidade e Desconexão Pensar que está perdendo o juízo ser maluco; Sentir-se isolada e fora da situação enquanto conversa com alguém; Sentir-se desconectada do mundo – o mundo se torna uma projeção de um filme. Respire! Relaxe! Esta sensação irá passar quando o seu corpo voltar ao estado normal de relaxamento. Aprenda a relaxar!

14 Tratamento 1. Remédios 2. Terapia

15 Tratamentos Antidepressivos Não causam dependência Tricíclicos, tetracíclicos, IMAOS, ISRS

16 Tratamento Terapia Comportamental e cognitiva Ajuda a trabalhar as ansiedades e as fobias Mudar as atitudes perante a doença Vontade de curar

17 Tratamento Cura 80% das pessoas se curam Tratamento relativamente curto Piora inicial do tratamento (30% das pessoas) Período de até 2 semanas após o inicio do tratamento

18 Depoimento Tive o primeiro sintoma no avião, indo para Atenas, em maio de 96. Nunca tive medo de avião. De repente, tive falta de ar e comecei a gritar me tira daqui, foi do nada, porque até então eu estava super bem, feliz em viajar, liguei para o meu cardiologista, porque passei a sentir uma palpitação diária, ele me receitou uns remédios, e, ao voltar para o Brasil, a coisa degringolou: tinha medo até de dormir."

19 Cristiana Oliveira, Atriz, anos O drama só foi superado no fim de 96, depois de várias sessões de análise. "Me recuperei só com a conversa, embora ache que o remédio teria me ajudado."

20 Conclusão Buscar tratamento adequado Fazer o tratamento pelo período indicado Acabar com o preconceito de consultar psiquiatra Vale a indagação: as formas de sofrimento psíquica contemporânea, como o pânico, sempre existiram???

21 Bibliografia SANTOS. Luciana Oliveira.Sob a sombra do pânico. Mente e cérebro. São Paulo – SP, V. 204, p , jan JUNIOR. Alberto Stoppi; CORDÁS, Taki. Síndrome do pânico


Carregar ppt "Questionário Responda rápido!. Você conhece estes sintomas? Ir parar no hospital achando que estava tendo um ataque cardíaco? Nervosismo e ansiedade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google