A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MANIFESTAÇÕES RELIGIOSAS E ALGUNS DE SEUS SÍMBOLOS Sugerindo atividades para a sala de aula.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MANIFESTAÇÕES RELIGIOSAS E ALGUNS DE SEUS SÍMBOLOS Sugerindo atividades para a sala de aula."— Transcrição da apresentação:

1 MANIFESTAÇÕES RELIGIOSAS E ALGUNS DE SEUS SÍMBOLOS Sugerindo atividades para a sala de aula

2 MÁSCARAS Bastante utilizadas em rituais evocam características e energias daqueles seres que elas representam. Para certos povos o espírito do elemento representado ali se encarna estabelecendo, naquele momento, uma sagrada relação de participação mística. Que tal trabalhar com a confecção de máscaras e pesquisar o uso destas nos diferentes rituais religiosos?

3 VESTUÁRIO A folha da figueira pode ser considerada como perda de inocência, modéstia, vergonha. No mito cristão Adão e Eva passam a utilizá-la quando percebem sua nudez. Os tecidos sempre possuíram uma representação simbólica, a seda representa o luxo, a renda o privilégio, o algodão a simplicidade, a pele símbolo de luxo, ou ainda da preservação da força animal, etc. O véu, símbolo de distanciamento do mundo exterior, modéstia e virtude. No oriente é dever da mulher sair em público velada, para não suscitar o desejo em homens estranhos, costume que conduziu a uma discriminação das mulheres em vida pública. (BIEDERMANN,1993, p. 388) O manto, como vestimenta que envolve o corpo, faz com que a figura humana pareça majestosa, pode também significar o envolver de modo protetor. Que tal desenhar e recortar vestimentas religiosas de diferentes tradições e depois vestir um bonequinho usado como base para receber as vestes?

4 PÁSSAROS Muitas vezes significados em mensageiros dos deuses e de todas as manifestações do poder do espírito. Pássaros com asas podem significar os estados superiores da evolução do ser. No caso da águia seria a própria representação do xamã. Na maioria das vezes representam aspectos positivos, como a inspiração dos homens para descobrir o futuro, como a elevação da alma através do pensamento. A(o) professora (a) pode pedir que os alunos pesquisem quais as tradições que acreditam na existência dos anjos e então sugerir que as equipes construam um móbile com os diferentes anjos e seus nomes.

5 PLUMA Caracterizada por sua leveza, no antigo Egito era considerada como símbolo de Maat, deusa da justiça e da ordenação do mundo. Maat traz na cabeça uma única pluma de avestruz, e esta é usada no julgamento dos mortos para contrabalançar o peso do coração do defunto. Ele só é salvo se a culpa não tornar seu coração mais pesado que a pluma da deusa Maat, colocada no outro prato da balança. Nos cocares dos índios as plumas possuem valor simbólico, muitas vezes identificando os diversos grupos dentro da aldeia, mulheres, homens, crianças, cacique, pajé... É possível aqui trabalhar coletivamente com a confecção de cocares feitos com plumas artificiais.

6 ABELHA Ser alado cujo nome em hebreu (deborah) deriva da mesma raiz que a palavra Verbo (dhr) foi por vezes considerada uma gota de luz caída do Sol na aurora. Símbolo da laborosidade e também do amor. Também considerada no ocidente como símbolo da alma. Santo Ambrósio comparava a abelha à igreja, e os devotos às abelhas que coletavam de todas as flores apenas o melhor. Os alunos podem construir um álbum contendo o desenho de animais citados em diferentes textos sagrados. Para cada animal desenhado escrever o nome da tradição que o cita em seu texto sagrado.

7 CENTRO Os símbolos que representam o centro são muito importantes em sua relação com o sagrado. A representação geométrica do centro é o ponto no meio do círculo que ele produziu. A sua representação geográfica nas diferentes tradições atribui-lhes locais evocativos: Terra santa, Terra da imortalidade, Terra pura, Terra dos bem-aventurados, Terra dos vivos, santo Palácio Interior, lugar dos Eleitos...É o invariável Meio dos chineses, o cubo central da roda cósmica, o Templo do Espírito Santo. (BENOIST, 1975, p.51) Construção de mandalas: após pesquisa sobre este tema, cada aluno poderá elaborar sua própria mandala.

8 FOGO Segundo Biderman (1993) o fogo é um elemento que parece ter vida, consome e ilumina, aquece e também causa dor e morte. Muitas vezes é tido como sagrado, simbolizando o Espírito Santo, que em forma de línguas de fogo inspirou os apóstolos durante a primeira festa de Pentecostes. O ato de ascender o fogo no início do ano novo era um ato sagrado no antigo México. Em seu aspecto negativo temos a simbolização do inferno, da destruição. Sugerimos pesquisa sobre o uso do fogo nos diferentes rituais religiosos.


Carregar ppt "MANIFESTAÇÕES RELIGIOSAS E ALGUNS DE SEUS SÍMBOLOS Sugerindo atividades para a sala de aula."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google