A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

RELATÓRIO TÉCNICO O SISTEMA DE VIDEOMONITORAMENTO EM BAGÉ/RS. Bagé, Maio de 2013.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "RELATÓRIO TÉCNICO O SISTEMA DE VIDEOMONITORAMENTO EM BAGÉ/RS. Bagé, Maio de 2013."— Transcrição da apresentação:

1 RELATÓRIO TÉCNICO O SISTEMA DE VIDEOMONITORAMENTO EM BAGÉ/RS. Bagé, Maio de 2013.

2 Ficha Técnica Prefeitura Municipal de Bagé PrefeitoMunicipal de Bagé Dudu Colombro Secretaria Executiva do GGI-M Secretário Milton César Leite da Silva Observatório da Criminalidade de Bagé Financiamento: PRONASCI/MJ Estruturação: FADISMA Perído de Execução: Janeiro de 2013 a Dezembro de 2013 Equipe Técnica: Aline Kerber – Socióloga e Especialista em Segurança Pública e Cidadania Andrewes Pozeczek Koltermann – Gestor de Tecnologia da Informação Eduardo Pazinato – Mestre em Direito Emanuela Forgiarini Lopes – Bolsista da Urcamp Gabriel Lucas Kanaan – Bolsita da IDEAU Quélen Kopper – Bolsista da IDEAU Ricardo Seitenfus – Doutor em Direito Scheila Charqueiro Muniz – Bolsista da Urcamp Victoria Pires Panassolo – Bolsista da IDEAU Relatório Técnico nº 002/2013

3 O Sistema de Videomonitoramento de Bagé

4

5 A intenção dessa pesquisa é demonstrar o potencial do monitoramento das atividades, através de registros, para potencializar o trabalho das agências que atuam na segurança pública do município. Foram analisados 410 registros entre agosto de 2012 e maio de 2013.

6 BRIGADA MILITAR:abordagem em dos casos registrados SMTC: SAMU: OUTROS:menos de

7 O sistema possui 29 câmeras que monitoram em sua maioria o bairro Centro. Quanto a atividade das câmeras, dividi-se em: ATIVA : 55,3% (ocorrência iniciou na câmera e depois foram dados encaminhamentos): PASSIVA : 43,7% (a câmera acompanhou a ocorrência)

8 OS PRINCIPAIS USOS DO VIDEOMONITORAMENTO Trânsito 35,3 % 145 casos 19 % Acidentes de trânsito Nos casos de acidente: 3 veículos recolhidos 13 socorros a vítimas A SMTC participa em 44% dos casos A SAMU participa em 19% dos casos 16,3 % Irregularidades de trânsito Veículo estacionado em local irregular Via bloqueada Animais na pista 18 veículos recolhidos 7 autuações 1 pessoa conduzida à DPPA A SMTC participa em 31% dos casos

9 OS PRINCIPAIS USOS DO VIDEOMONITORAMENTO Trânsito Situações Suspeitas 35,3 % 12 % 49 casos Situações em que o operador monitora alguma atitude suspeita de veículo ou pedestre. 92% dos casos há abordagem da BM. Destas abordagens: 9 conduções à DPPA 1 apreensão (rádio de carro)

10 OS PRINCIPAIS USOS DO VIDEOMONITORAMENTO Trânsito Situações Suspeitas Desordem / Brigas 35,3 % 12 % 8,5 % 35 casos Situações com brigas e conflitos em via pública ou quando a BM é chamada em locais privados, como bares e restaurantes. Abordagem da BM em 97% dos casos. 6 conduções à DPPA 3 socorros a vítimas 1 TC

11 OS PRINCIPAIS USOS DO VIDEOMONITORAMENTO Trânsito Situações Suspeitas Desordem / Brigas Abordagens BM 35,3 % 12 % 8,5 % 7,6 % 31 casos São casos em que é citada a ação da BM porém não há maiores detalhamentos. 1 prisão em flagrante 1 apreensão de drogas 4 TCs 5 conduções a DPPA

12 OS PRINCIPAIS USOS DO VIDEOMONITORAMENTO Trânsito Situações Suspeitas Entorpecentes Desordem / Brigas Abordagens BM 35,3 % 12 % 8,5 % 7,6 % 7,5 % 31 casos 5,1% Suspeita de consumo de entorpecentes 2 conduções à DPPA 1 TC Abordagem da BM em 100% dos casos 1,7% Consumo de entorpecentes 1 veículo irregular recolhido 1 prisão 1 condução à DPPA 3 apreensões de drogas 3 TC 0,7% Tráfico de entorpecentes 1 veículo irregular recolhido 1 condução à DPPA 1 apreensão de drogas 1 TC

13 OS PRINCIPAIS USOS DO VIDEOMONITORAMENTO Trânsito Situações Suspeitas Entorpecentes Desordem / Brigas Abordagens BM Furto/Roubo 35,3 % 12 % 8,5 % 7,6 % 7,5 % 6,6 % 27 casos Inclui também suspeitas de furto/roubo Abordagem da BM em 74% dos casos 1 prisão em flagrante 6 conduções à DPPA 1 socorro à vítima 1 apreensão de arma de fogo

14 OS PRINCIPAIS USOS DO VIDEOMONITORAMENTO Trânsito Situações Suspeitas Entorpecentes Desordem / Brigas Abordagens BM Furto/Roubo Aglomero de pessoas 35,3 % 12 % 8,5 % 7,6 % 7,5 % 6,6 % 5,1 % 21 casos Manifestações e Protestos Passeatas Comemorações Religiosas Outras situações com grande n° de pessoas 1 condução à DPPA

15 OS PRINCIPAIS USOS DO VIDEOMONITORAMENTO Trânsito Situações Suspeitas Entorpecentes Desordem / Brigas Abordagens BM Furto/Roubo Aglomero de pessoas Outros 35,3 % 12 % 8,5 % 7,6 % 7,5 % 6,6 % 5,1 % 17,3% 71 casos 2,7% Auxílio a cidadãos 2% Dano ao patrimônio 1,7% Alarme 1,7% Situação com arma de fogo 0,7% Incêndio 0,5% Motorista embriagado 0,5% Solicitação de serviços públicos 0,5% Fiscalização de trânsito 7% Outros casos

16 A PRÓ-ATIVIDADE DO SISTEMA DE VIDEOMONITORAMENTO Trânsito Situações Suspeitas Entorpecentes Desordem / Brigas Abordagens BM Furto/Roubo Aglomero de pessoas Outros PASSIVA : 43,7% (a câmera acompanhou a ocorrência) ATIVA : 55,3% (ocorrência iniciou na câmera e depois foram dados encaminhamentos)

17 OS CASOS DIVIDIDOS POR TURNOS DO DIA Trânsito Situações Suspeitas Entorpecentes Desordem / Brigas Abordagens BM Furto/Roubo Aglomero de pessoas Outros Madrugada (0-6h) Manhã (6-12h) Tarde (12-18h) Noite (18-24h)

18 EXEMPLO DE ANÁLISE INDIVIDUAL DE CÂMERA : compreendendo o potencial de monitoramento Total de registros no período analisado: dos casos foram situações de trânsito, destes: tiveram abordagem da BM foram no turno da manhã com passividade das câmeras

19 EXEMPLO DE ANÁLISE INDIVIDUAL DE CÂMERA : compreendendo o potencial de monitoramento Total de registros no período analisado: dos casos foram suspeitas, destes: tiveram abordagem da BM foram no turno da madrugada com passividade das câmeras pessoas foram conduzidas à DDPA (25% das situações)

20 EXEMPLO DE ANÁLISE INDIVIDUAL DE CÂMERA : compreendendo o potencial de monitoramento Total de registros no período analisado: dos casos foram desordem/brigas, destes: tiveram abordagem da BM foram no turno da madrugada com passividade das câmeras

21 EXEMPLO DE ANÁLISE INDIVIDUAL DE CÂMERA : compreendendo o potencial de monitoramento de todas situações com entorpecentes ocorrem nas câmeras n° 13 (50% dos casos) e n° 14 (23,5% dos casos), destes casos: tiveram abordagem da BM foram no turno da tarde com passividade das câmeras conduções de pessoas à DPPA apreensão de drogas TC

22 RESULTADOS REGISTRADOS NO PERÍODO


Carregar ppt "RELATÓRIO TÉCNICO O SISTEMA DE VIDEOMONITORAMENTO EM BAGÉ/RS. Bagé, Maio de 2013."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google