A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Era uma vez, uma menina chamada Mafalda. Tinha 5 anos de idade, cabelo loiro, curto encaracolado, e uns olhos azuis muito clarinhos. Mas esta menina era.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Era uma vez, uma menina chamada Mafalda. Tinha 5 anos de idade, cabelo loiro, curto encaracolado, e uns olhos azuis muito clarinhos. Mas esta menina era."— Transcrição da apresentação:

1

2 Era uma vez, uma menina chamada Mafalda. Tinha 5 anos de idade, cabelo loiro, curto encaracolado, e uns olhos azuis muito clarinhos. Mas esta menina era muito mal comportada. Nunca queria obedecer aos pais e estava sempre a chorar. Se os pais a mandavam lavar as mãos, ela mentia dizendo que já as tinha lavado. Se a mandavam lavar os dentes ela não o queria fazer. A mãe dizia-lhe sempre: - Se não lavares os dentes ficas com cáries e tens muitas dores além de que vais ter que ir ao Dentista! Mas a menina não queria saber. Sempre que não lhe faziam a vontade, portava-se mal. Um dia, quando a mãe foi as compras, levou a Mafalda consigo. Antes de entrarem dentro do supermercado, a mãe disse-lhe: - Filha, hoje a mãe não te vai comprar nenhum brinquedo, porque estás quase a fazer anos, por isso só o receberás no dia dos teus anos!

3 - Está bem, mamã! Disse a menina. Entraram dentro do supermercado, a mãe fez as compras que tinha a fazer e evitou ao máximo passar pela secção dos brinquedos para não haver birras. Mas tinha-se esquecido da comida do gato e por isso teve que voltar para trás. De repente deu por falta da Mafalda. Procurou-a pelo supermercado e quando a encontrou, estava ela agarrada a uma barbie e pediu-lhe para a comprar. - Mãe, compra-me, compra-me….vá-la…..eu prometo que não peço mais nada até ao dia dos meus anos! -Não Mafalda, já te tinha dito que não te comprava nada até ao teu aniversário. Colocou a barbie na prateleira e levou a filha dali. A menina chorou, chorou, chorou, até chegarem a casa. Só se calou quando a mãe ligou a televisão.

4 Passado uns dias, a Mafalda quando acordou, sentiu dores de dentes horríveis. Lembrou-se da tal cárie que a mãe lhe falou! Foi ao espelho do corredor, abriu a boca e viu num dos dentes de trás uma coisa preta. Pensou: será que isto é que é uma cárie que a mamã falou? Ai, dói tanto!. Mas decidiu não dizer nada a mãe, pois já sabia que ela lhe ia ralhar e levá-la ao dentista. Ela não queria nada ir ao dentista! Tinha medo! Passados uns dias a dor foi ficando cada vez mais forte, até houve uma altura em que ela não conseguia mastigar a comida. A mãe reparou que ela só punha a mão na bochecha e percebeu logo o que era. - Dói-te os dentes, não é?

5 A menina abanou a cabeça de forma afirmativa já quase a chorar. - Pois, não tens lavado os dentes como eu te disse. Antes e depois de te deitares, não é minha menina? - Sim! Disse a menina tristemente. - Vais ter que ir ao dentista! Disse o pai. - Não quero! Disse já a chorar. - Mas tem que ser, se queres que a dor passe! Disse a mãe. A menina disse que sim, mas contínuou a chorar.

6 - Depois do almoço vamos ao doutor José, que ele atende-te sem termos que marcar consulta. Disse o pai. E assim foi. Depois de almoçar e de lavar os dentes, mesmo doendo um bocado, foi ao dentista. Ficou um pouco mais aliviada porque era o doutor José de quem ela muito gostava, pois ele era muito simpático. Quando chegaram ao consultório do doutor José foram rapidamente atendidos. Logo depois do dente tratado o doutor disse:

7 - Tiveste muita sorte minha querida, mais um bocadinho e eu tinha que te arrancar o dente e ir-te-ia doer muito mais! A partir de agora deves obedecer sempre à mãe e ao pai! Isto é o que acontece aos meninos mal comportados quando não obedecem aos pais! - Sim doutor! A Mafalda voltou para casa e desde essa altura passou a lavar os dentes sempre 3 vezes ao dia e a obedecer aos pais, tal como lhe dissera o médico. Nunca mais teve uma cárie na vida! Vitória, vitória, acabou-se a história!


Carregar ppt "Era uma vez, uma menina chamada Mafalda. Tinha 5 anos de idade, cabelo loiro, curto encaracolado, e uns olhos azuis muito clarinhos. Mas esta menina era."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google