A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Era uma vez, 20 dentinhos todos irmãos, que viviam na boca de um menino que gostava muito de comer doces. Ah! Mas quando chegava a hora de ir para a cama,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Era uma vez, 20 dentinhos todos irmãos, que viviam na boca de um menino que gostava muito de comer doces. Ah! Mas quando chegava a hora de ir para a cama,"— Transcrição da apresentação:

1

2 Era uma vez, 20 dentinhos todos irmãos, que viviam na boca de um menino que gostava muito de comer doces. Ah! Mas quando chegava a hora de ir para a cama, o Paulinho, era esse o nome do menino, não lavava os dentes. Não se preocupava nada com os seus queridos dentinhos. Aos poucos e poucos, eles foram ficando cada vez mais sujos e feios.

3 Mas o pior de tudo foi quando um deles adoeceu. Pobre Paulinho! Já não conseguia comer e até lhe custava falar. Os dentinhos do menino tiveram que ser levados ao dentista. Ele é o amigo de todos os dentes. Já estavam mesmo zangados com aquele menino tão maroto!

4 Quando lá chegou, o Paulinho sentou-se na cadeira. A auxiliar do dentista pôs-lhe uma toalhinha presa com umas molinhas, para que, se caísse saliva, não sujasse a Camisola. O menino abriu a boca. O doutor olhou, olhou e não queria acreditar no que via... - Mas o que aconteceu aqui? - perguntou ele.

5 Então os dentinhos, que já estavam fartos de serem maltratados pelo Paulinho, começaram a falar todos ao mesmo tempo. Um gritava daqui e outro reclamava dali!...

6 - O Paulinho não nos lava antes de ir para a cama nem depois das refeições! – queixou- se um dos dentinhos. - Os bocadinhos de comida ficam entre mim e os meus amigos e as bactérias usam-nos para para fazer um ácido que nos destroi. - acrescentou outro dente. - E o ácido que as bactérias produziram fez um furo no meu esmalte. - disse o dentinho doente. - Esse furo chama-se cárie. – explicou o dentista

7 - E agora doi-me - acrescentou o Paulinho - e tenho os meus dentes todos amarelos... - Pronto, amiguinhos - disse o dentista - acalmem-se, eu vou tratar-vos. Com muito cuidado e carinho tratou deles todos. O Paulinho também estava preocupado. Ele queria aprender a ser amigo dos seus dentinhos e perguntou: - O que devo fazer? O dentista lá foi explicando:

8 Quando te levantas, deves lavar os teus dentes. Depois de comer e antes de ir para a cama, deves fazer o mesmo, especialmente se tiveres comido coisas doces. Aproveita para comer iogurtes e o teu pão com queijo, porque esses sim, ajudam os teus dentes a ficar mais fortes. Os dentinhos do Paulinho estavam todos contentes por ouvir o dentista a dar bons conselhos ao menino.

9 Daquele dia em diante, as coisas mudaram. O Paulinho tinha muito cuidado com os seus dentinhos e eles andavam todos contentes. -Vejam como eu estou bonito! Olhem como estou limpinho e brilhante. Quando o menino sorria, os seus dentinhos brilhavam tanto, tanto, que mostravam uma grande alegria.

10 Texto adaptado por Cristina Braga da Cruz da revista Projectos Escolares nº17 Ano 2


Carregar ppt "Era uma vez, 20 dentinhos todos irmãos, que viviam na boca de um menino que gostava muito de comer doces. Ah! Mas quando chegava a hora de ir para a cama,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google