A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

R E I N O: A N I M A L F I L O: P O R Í F E R A OU E S P O N G I Á R I O S Latim, porus= poro-orifício; feros = portador. Prof. Regis Romero.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "R E I N O: A N I M A L F I L O: P O R Í F E R A OU E S P O N G I Á R I O S Latim, porus= poro-orifício; feros = portador. Prof. Regis Romero."— Transcrição da apresentação:

1

2 R E I N O: A N I M A L F I L O: P O R Í F E R A OU E S P O N G I Á R I O S Latim, porus= poro-orifício; feros = portador. Prof. Regis Romero

3 CARACTERÍSTICAS -Possuem cerca de spp. -Seu corpo é perfurado por grande número de poros, por onde entra água (poros inalantes) até alcançar a cavidade central (átrio) e um único poro grande exalante (o ósculo que não corresponde à boca), pelo qual sai água. -São animais Parazoários, isto é, não há formação de tecidos verdadeiros. -São os multicelulares mais primitivos. -Não possuem folhetos germinativos ou embrionários = Ablásticos. -Possuem simetria radial. -Habitat aquático, bentônicos, maioria marinha, vivendo livres quando larvas e sésseis ou fixos a substratos rochosos quando adultos constituindo colônias. -Sua alimentação é por filtração.Possuem internamente células flageladas que promovem a circulação da água. -O tamanho dos poríferos é de mais ou menos de 1cm a 50 cm de altura. -A parede do corpo é formada internamente pelos: coanócitos (células flageladas, coano=funil), que filtram a água, capturando partículas nutritivas. No tipo morfológico mais simples de esponja, os coanócitos revestem a espongiocele (cele=cavidade), formando a coanoderme. Externamente por células da epiderme chamadas pinacócitos, que formam a pinacoderme (pinna= em forma de prancha). A região intermediária é preenchida pelo mesênquima, estrutura gelatinosa que contém uma rede de proteína denominada, espongina; além das espículas que servem para a sustentação. Apresentam ainda células presentes no material gelatinoso (entre os pinacócitos e os coanócitos) chamadas de amebócitos (são vários tipos), que tem a função de distribuir nutrientes nestes espaços.Para facilitar à entrada dágua, possuem células chamadas porócitos. -Reprodução assexuada, pode ser por brotamento, fragmentação ou gemulação (ocorre em espécies de água doce) e sexuada (larva anfiblástula); animais dióicos (sexos separados) e monóicos (hermafroditas). -Em termos de estruturas podem ser reconhecidos 3 tipos: ASCONÓIDE, SICONÓIDE E LEUCONÓIDE. -O filo dos poríferos é dividido em 4 classes: Classes: Hexactinellida, Calcarea, Demospongiae, Scleropongiae.

4 Características Gerais dos Poríferos Simetria: Radial ou ausente

5

6 Esponja do tipo ascon

7

8 Estruturas de uma esponja

9 Estrutura dos Poríferos

10 Esponja

11 Estrutura e função Revestimento – pinacócitos Nutrição – coanócitos (intracelular), amebócitos (distribuição) Circulação, Excreção e Respiração – difusão Sustentação – Espículas + espongina Reprodução –Assexuada: Brotamento, regeneração e gemulação –Sexuada: Fecundação *OBS.: Poríferos são parazoários

12 ESTRUTURA DAS ESPONJAS TIPO SÍCON TIPO LÊUCON TIPO ÁSCON ÓSCULO PINACÓCITO COANÓCITO POROS ESPÍCULAS PORÓCITO ÁTRIO OU ESPONGIOCELE ÁTRIO CANAISSEMIRADIAIS ÓSCULO COANÓCITO POROS CANAISRADIAIS ÓSCULO MESÊNQUIMA

13 Animais Filtradores

14 Reprodução assexuada

15 Reprodução Assexuada

16 Reprodução assexuada Gêmula

17 TIPOS DE REPRODUÇÃO ASSEXUADA BROTAMENTO OU GEMIPARIDADE CÉLULAS CAPAZES DE ORIGINAR NOVAS ESPONJAS ESPÍCULAS GEMULAÇÃO REGENERAÇÃO

18 Reprodução sexuada

19

20 REPRODUÇÃO SEXUADA DAS ESPONJAS - FECUNDAÇÃO EXTERNA - DESENVOLVIMENTO EXTERNO - DESENVOLVIMENTO INDIRETO OVULÍPAROS

21

22

23 Tipos de esponjas

24 Habitat e diversidade Aquático

25 Habitat e diversidade

26

27 PORÍFEROS - CORPO COM POROS

28


Carregar ppt "R E I N O: A N I M A L F I L O: P O R Í F E R A OU E S P O N G I Á R I O S Latim, porus= poro-orifício; feros = portador. Prof. Regis Romero."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google