A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DENOTAÇÃO E CONOTAÇÃO A significação das palavras não é fixa, nem estática. Por meio da imaginação criadora do homem, as palavras podem ter seu significado.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DENOTAÇÃO E CONOTAÇÃO A significação das palavras não é fixa, nem estática. Por meio da imaginação criadora do homem, as palavras podem ter seu significado."— Transcrição da apresentação:

1 DENOTAÇÃO E CONOTAÇÃO A significação das palavras não é fixa, nem estática. Por meio da imaginação criadora do homem, as palavras podem ter seu significado ampliado, deixando de representar apenas a ideia original (básica e objetiva). Assim, frequentemente remetem-nos a novos conceitos por meio de associações, dependendo de sua colocação numa determinada frase. Observe os seguintes exemplos: A menina está com a cara toda pintada. Aquele cara parece suspeito. No primeiro exemplo, a palavra apresenta seu sentido original, impessoal, sem considerar o contexto, tal como aparece no dicionário. Nesse caso, prevalece o sentido denotativo - ou denotação - do signo linguístico. No segundo exemplo, a palavra aparece com outro significado, passível de interpretações diferentes, dependendo do contexto em que for empregada. Nesse caso, prevalece o sentido conotativo - ou conotação do signo linguístico.

2

3

4

5

6 O PUNHAL Manoel de Barros Eu vi uma cigarra atravessada pelo sol – como se um punhal atravessasse o corpo. Um menino foi, chegou perto da cigarra, e disse que ela nem gemia. Verifiquei com os meus olhos que o punhal estava atolado no corpo da cigarra E que ela nem gemia! Fotografei essa metáfora. Ao lado da foto aparece o punhal em brasa.

7 Fugiu com a novela Vanessa da Mata Eu perdi o meu amor para uma novela das oito Desde essa desilusão eu me desiludi O meu coração Palpita aparte poupando-me de um pouco de sonhos Depois desse desengano E aquela atenção que antes eu ganhava Se repartiu ao meio Mulher parada Ligada em outra história hipnotizada Trocou o nosso caso que tava no tom Eu vivia no jogo Ela me esperava Quando eu pedia fogo ela não negava Se eu tivesse com outra ela achava bom Eu perdi o meu amor para uma novela das oito Desde essa desilusão eu me desiludi O meu coração Palpita aparte poupando-me de um pouco de sonhos Depois desse desengano Quando fomos morar juntos ela me adorava Cozinhava, passava, me alisava Eu contava piada ela gargalhava Metia a mão nela e ela perdoava A vida era boa ela não reclamava Agora vive longe, não sei mais nada Fugiu da nossa casa com a televisão

8 Inutilidades Ninguém coça as costas da cadeira. Ninguém chupa a manga da camisa. O piano jamais abandona a cauda. Tem asa, porém não voa, a xícara. De que serve o pé da mesa se não anda? E a boca da calça, se não fala nunca? Nem sempre o botão está na sua casa. O dente de alho não morde coisa alguma. Ah! Se trotassem os cavalos do motor… Ah! Se fosse de circo o macaco do carro… Então a menina dos olhos comeria Até bolo esportivo e bala de revólver José Paulo Paes

9


Carregar ppt "DENOTAÇÃO E CONOTAÇÃO A significação das palavras não é fixa, nem estática. Por meio da imaginação criadora do homem, as palavras podem ter seu significado."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google