A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

COMO EXPORTAR PARA A UNIÃO EUROPÉIA ? PALESTRA SÃO PAULO – 22/10/2009 Projeto Apoio à Inserção Internacional das PMEs Brasileiras-PAIIPME Europeaid/120707/C/SER/BR.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "COMO EXPORTAR PARA A UNIÃO EUROPÉIA ? PALESTRA SÃO PAULO – 22/10/2009 Projeto Apoio à Inserção Internacional das PMEs Brasileiras-PAIIPME Europeaid/120707/C/SER/BR."— Transcrição da apresentação:

1 COMO EXPORTAR PARA A UNIÃO EUROPÉIA ? PALESTRA SÃO PAULO – 22/10/2009 Projeto Apoio à Inserção Internacional das PMEs Brasileiras-PAIIPME Europeaid/120707/C/SER/BR

2 Projeto Apoio à inserção Internacional das PMEs Brasileiras-PAIIPME Europeaid/120707/C/SER/BR Para facilitar a inserção internacional das PMEs brasileiras no mercado europeu, o MDIC e a ABDI (Associação Brasileira de Desenvolvimento Industrial) assinaram um Acordo de Cooperação Brasil / União Européia SECEX

3 Quais as atividades previstas no Acordo MDIC/ABDI para acessar o Mercado Europeu? 1 ) Elaborar um CD-ROM: Aprendendo a Exportar para a UE; 2) Ministrar 27 treinamentos para Agentes de Comércio Exterior; 3) Ministrar 40 treinamentos para EPP; 4) Oferecer 20 palestras temáticas em oficinas e painéis; 5) Proferir 15 seminários em diversos estados brasileiros sobre o acesso ao mercado da União Européia. Projeto Apoio à inserção Internacional das PMEs Brasileiras-PAIIPME Europeaid/120707/C/SER/BR

4 Projeto Apoio à inserção Internacional das PMEs Brasileiras-PAIIPME Europeaid/120707/C/SER/BR Importância da União Européia para o comércio exterior brasileiro

5 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior 5 PROJETO APOIO À INSERÇÃO INTERNACIONAL DAS PMES BRASILEIRAS PAIIPME EUROPEAID / / C/ SER / BR

6 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior 6 PROJETO APOIO À INSERÇÃO INTERNACIONAL DAS PMES BRASILEIRAS PAIIPME EUROPEAID / / C/ SER / BR

7 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior 7 PROJETO APOIO À INSERÇÃO INTERNACIONAL DAS PMES BRASILEIRAS PAIIPME EUROPEAID / / C/ SER / BR

8 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior 8 PROJETO APOIO À INSERÇÃO INTERNACIONAL DAS PMES BRASILEIRAS PAIIPME EUROPEAID / / C/ SER / BR Projeto Apoio à inserção Internacional das PMEs Brasileiras-PAIIPME Europeaid/120707/C/SER/BR Qual a importância da União Européia para as Micro, Pequenas e Médias Empresas?

9 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior 9 PROJETO APOIO À INSERÇÃO INTERNACIONAL DAS PMES BRASILEIRAS PAIIPME EUROPEAID / / C/ SER / BR PRINCIPAIS MERCADOS DE DESTINO DAS MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS (VALOR EXPORTADO EM US$ MILHÕES) Fonte: site do MDIC – Exportações brasileiras por porte de empresa Valor total de exportação das micro, pequenas e médias empresas: US$ 10554,1

10 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior 10 PROJETO APOIO À INSERÇÃO INTERNACIONAL DAS PMES BRASILEIRAS PAIIPME EUROPEAID / / C/ SER / BR EVOLUÇÃO POR PORTE DO NÚMERO DE EMPRESAS

11 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior 11 PROJETO APOIO À INSERÇÃO INTERNACIONAL DAS PMES BRASILEIRAS PAIIPME EUROPEAID / / C/ SER / BR EVOLUÇÃO DO VALOR DE EXPORTAÇÃO POR PORTE DE EMPRESA

12 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior 12 PROJETO APOIO À INSERÇÃO INTERNACIONAL DAS PMES BRASILEIRAS PAIIPME EUROPEAID / / C/ SER / BR Exportações das MICROEMPRESAS para Países da União Européia PAÍS DESTINO 2008 (Jan-Dez) Nº de Empresas FOB (US$) Qtd. Part %Valor Part % TOTAL GERAL ITÁLIA35420, ,6 ESPANHA36621, ,1 ALEMANHA32018, ,6 PAISES BAIXOS (HOLANDA)1689, ,1 PORTUGAL35920, ,0 FRANÇA27716, ,1 BÉLGICA1186, ,7 REINO UNIDO25214, ,8 IRLANDA241, ,0 DINAMARCA362, ,0 GRÉCIA482, ,9 ROMÊNIA100, ,9

13 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior 13 PROJETO APOIO À INSERÇÃO INTERNACIONAL DAS PMES BRASILEIRAS PAIIPME EUROPEAID / / C/ SER / BR Exportações das PEQUENAS EMPRESAS para Países da União Européia PAÍS DESTINO 2008 (Jan-Dez) Nº de Empresas FOB (US$) Valor Part %Valor Part % TOTAL GERAL ITÁLIA54324, ,0 ALEMANHA58526, ,0 PAÍSES BAIXOS (HOLANDA)36116, ,2 ESPANHA56325, ,6 REINO UNIDO44320, ,3 FRANÇA47121, ,5 PORTUGAL53424, ,7 BÉLGICA26311, ,3 POLÔNIA964, ,8 DINAMARCA803, ,7 GRÉCIA1105, ,6 SUÉCIA884, ,6

14 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior 14 PROJETO APOIO À INSERÇÃO INTERNACIONAL DAS PMES BRASILEIRAS PAIIPME EUROPEAID / / C/ SER / BR Exportações das MÉDIAS EMPRESAS para Países da União Européia PAÍS DESTINO 2008 (Jan-Dez) Nº de Empresas FOB (US$) Qtd. Part %Valor Part % TOTAL GERAL PAÍSES BAIXOS (HOLANDA)51021, ,6 ALEMANHA77132, ,4 ITALIA70229, ,9 FRANÇA59525, ,1 REINO UNIDO60725, ,9 ESPANHA73030, ,7 BELGICA36115, ,5 PORTUGAL53022, ,7 SUÉCIA1265, ,4 IRLANDA964, ,1 DINAMARCA1496, ,0 POLÔNIA1867, ,8

15 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior 15 PROJETO APOIO À INSERÇÃO INTERNACIONAL DAS PMES BRASILEIRAS PAIIPME EUROPEAID / / C/ SER / BR EXPORTAÇÕES DE SÃO PAULO POR PORTE DE EMPRESA (Estatísticas por unidade produtora) PORTE DE EMPRESA 2008 (Jan-Dez) VALOR FOB (US$ MILHÕES) GRANDES EMPRESAS53.905,6 MÉDIAS EMPRESAS3.003,8 PEQUENAS EMPRESAS678,8 MICRO EMPRESAS90,3 TOTAL*582,6

16 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior 16 PROJETO APOIO À INSERÇÃO INTERNACIONAL DAS PMES BRASILEIRAS PAIIPME EUROPEAID / / C/ SER / BR Exportações de São Paulo para Países da União Européia PAÍS DESTINO 2008 (Jan-Dez) FOB (US$ milhões) Valor Part % TOTAL GERAL8.937,7100 PAÍSES BAIXOS (HOLANDA)1.718,919,2 BÉLGICA1.662,818,6 ALEMANHA1.651,918,5 REINO UNIDO998,911,2 ITÁLIA781,28,7 FRANÇA690,07,7 ESPANHA640,07,2 SUÉCIA243,42,7 IRLANDA155,91,7 FINLÂNDIA145,91,6 POLONIA125,91,4 PORTUGAL122,81,3

17 Como começou o mercado da União Européia Projeto Apoio à inserção Internacional das PMEs Brasileiras-PAIIPME Europeaid/120707/C/SER/BR TRATADO DE PARIS ( 1951) TRATADO DE PARIS ( 1951). Estabeleceu a Comunidade Européia do Carvão e do Aço (CECA);. Primeiro passo com vistas à Integração;. Países participantes: França, Itália e Alemanha Ocidental;. Objetivo: Integrar as indústrias do carvão e do aço dos países. TRATADO DE ROMA ( 1957 ) TRATADO DE ROMA ( 1957 ). Foram constituídos dois tratados: Tratado constitutivo da Comunidade Econômica Européia (CEE) e Tratado constitutivo de Energia Nuclear (CEEA);. Países participantes: França, Itália, Alemanha, Bélgica, Luxemburgo e Países Baixos(Holanda e Províncias);.CEE ou Mercado Comum Europeu – MCE -União Aduaneira - estabeleceu um período de 12 anos para o fim das barreiras alfandegárias entres paises; -União Aduaneira - estabeleceu um período de 12 anos para o fim das barreiras alfandegárias entres paises; - Política Agrícola Comum dentro da CEE e Protecionista (evitar a concorrência); - Política Agrícola Comum dentro da CEE e Protecionista (evitar a concorrência); - Em julho de 1968 adotou-se uma Política Aduaneira Comum para produtos de países fora da CEE; - Em julho de 1968 adotou-se uma Política Aduaneira Comum para produtos de países fora da CEE; - Afetava apenas o Comércio de Bens - Afetava apenas o Comércio de Bens ATO ÚNICO EUROPEU (1986) ATO ÚNICO EUROPEU (1986). Modifica o Tratado de Roma e estabeleceu entre os estados membros as fases e o cronograma das medidas necessárias para instalação da União Européia em UNIÃO EUROPEIA (1992) UNIÃO EUROPEIA (1992). A estrutura do Tratado da União Européia( Maastricht) é composto de 3 Pilares: central comunitário, política externa e segurança comum e justiça e assuntos internos;. Pilar Central Comunitário. Pilar Central Comunitário - Mercado Único - União Econômica (Indicadores econômicos) e Monetária ( Moeda Única) - Política Agrícola Comum OUTROS TRATADOS IMPORTANTES OUTROS TRATADOS IMPORTANTES. Tratado de Roma (2004) - Estabeleceu a Constituição para Europa, não referendado por França e Holanda;. Tratado de Lisboa ( 2007) – Confere a EU personalidade Jurídica

18 Importância do mercado da União Européia Projeto Apoio à inserção Internacional das PMEs Brasileiras-PAIIPME Europeaid/120707/C/SER/BR Um mercado de 450 milhões de consumidores; 27 Países Membros e uma área EURO de 16 países; PIB de quase 15 Trilhões (30% do total mundial) inclui 5 das economias mais fortes; 15% do total das exportações mundiais; tem 51 das 100 mais importantes multinacionais;

19 Importância do mercado da União Européia Projeto Apoio à inserção Internacional das PMEs Brasileiras-PAIIPME Europeaid/120707/C/SER/BR CLASSIFICAÇÃO DOS PAÍSES DE ACORDO COM O PODER AQUISITIVO 1) Alto poder aquisitivo ( ) Luxemburgo, Alemanha, Inglaterra, França, Holanda, Bélgica, Suécia, Áustria, Dinamarca, Irlanda, Finlândia. 2) Médio poder aquisitivo ( – ): Italia, Espanha, Grécia, Eslovênia, Rep, Tcheca, Cipro e Malta 3) Baixo poder aquisitivo ( ): Portugal, Polônia, Hungria, Slovakia, România, Bulgária, Lethonia, Estonia, e Lithuania (Fonte: Eurostat em 21/04/ 2007)www.ec.europa.eu/eurostat

20 Projeto Apoio à inserção Internacional das PMEs Brasileiras-PAIIPME Europeaid/120707/C/SER/BR O que as empresas brasileiras exportam para a União Européia? PMEs PMES Madeiras, frutas, café, pedras ornamentais, móveis,pescados, pedras preciosas, máquinas e equipamentos... MÉDIAS Soja, cereais, plásticos, químicos orgânicos, produtos hortícolas..... GRANDES Soja, minérios, combustíveis, carnes, siderúrgicos, café, celulose, veículos automotivos e partes.

21 Projeto Apoio à inserção Internacional das PMEs Brasileiras-PAIIPME Europeaid/120707/C/SER/BR O que as empresas Paulistas exportam para a União Européia? 1) SUCOS DE LARANJAS,CONGELADOS,NAO FERMENTADOS – us$ 555,5 2) OUTROS AVIOES/VEICULOS AEREOS,PESO>15000KG,VAZIOS – us$ 544,7 3) OUTROS SUCOS DE LARANJAS,NAO FERMENTADOS – us$ 509,4 4) ALCOOL ETILICO N/DESNATURADO C/VOL.TEOR ALCOOLICO>=80% - us$ 456,1 5) PREPARACOES ALIMENTICIAS E CONSERVAS,DE BOVINOS – us$ 372,7 6) CAFE NAO TORRADO,NAO DESCAFEINADO,EM GRAO – us$ 229,4 7) OUTRAS PARTES P/AVIOES OU HELICOPTEROS – us$ 226,2 8) OUTS.AVIOES A TURBOJATO,ETC.7000KG – us$ 225,9 9) SUCOS DE LARANJA NAO CONG.C/VALOR – us$ 220,7 10) PASTA QUIM.MADEIRA DE N/CONIF.A SODA/SULFATO,SEMI/BRANQ – us$ 217,4 11) BLOCOS DE CILINDROS,CABECOTES,ETC.P/MOTORES DIESEL/SEMI – us$ 130,8 Us$ milhoes 12) OUTS.COUROS/PELES,INT.BOVINOS,PREPARS.ETC – us$ 116,6 13) PAPEL FIBRA MEC<=10%,40<=P<=150G/M2,FLS.LADO<=360MM – us$ 102,1

22 Mercados com maior potencial de crescimento na Europa Produtos naturais, Orgânicos e Biológicos Alemanha, França, Itália, Holanda e Países Nórdicos. AGRONEGÓCIO Polônia, Hungria, Rep. Theca, Romênia, Malta, Reino Unido e Países Nórdicos Químicos e Farmacêuticos Itália, Reino Unido, Alemanha e Espanha MÓVEIS E OUTROS EQUIPAMENTOS PARA CASA Polônia, Países Nórdicos, Rep. Tcheca, Hungria e Holanda MAQUINARIAS E PRODUTOS TECNOLÓGICOS Polônia, Hungria, Eslovênia e Países Bálticos

23 DICAS PARA CONQUISTAR O MERCADO EUROPEU... 1)Europeus são muito exigentes quanto à qualidade e estão dispostos a pagar mais por isso; 2) Europeus são muito pontuais e formais; 3) Os europeus cumprem fielmente os acordos contratuais; 4) O importador precisa conhecer o produto: feiras, visitas pessoais, amostras, internet... 5) O exportador tem que conhecer a legislação da União Européia Projeto Apoio à inserção Internacional das PMEs Brasileiras-PAIIPME Europeaid/120707/C/SER/BR

24 FATORES RELEVANTES PARA A COMPETITIVIDADE DAS PMEs NA UNIÃO EUROPÉIA Produto / Serviço pós-venda = 63% Qualidade = 62% Preço = 47% Localização = 23% Fonte: euroestat – pesquisa de empresas

25 FERRAMENTA DE PESQUISA DE MERCADO PARA A UNIÃO EUROPÉIA Projeto Apoio à inserção Internacional das PMEs Brasileiras-PAIIPME Europeaid/120707/C/SER/BR EXPORT HELP DESK inalidade de fornecer às PME de outros países uma Plataforma Informativa (com base no SH) para facilitar o desenvolvimento das relações comerciais com os Países da União Européia Sitio com a finalidade de fornecer às PME de outros países uma Plataforma Informativa (com base no SH) para facilitar o desenvolvimento das relações comerciais com os Países da União Européia. É gratuito! (http://exporthelp.europa.eu/index_pt.html)

26

27 Fornece informações sobre os requisitos da UE e Estados membros relativos a importações e impostos internos O SGP da UE concede o acesso com isenção do pagamento de direitos ou uma redução dos direitos aduaneiros Fornece informações relativas à UE Define as condições que as mercadorias devem preencher para se beneficiarem do SGP

28 VISITAS AOS PAÍSES: Itália Polônia Malta Espanha Estágio de imersão na União Européia

29 AÇÕES DE INTERNACIONALIZAÇÃO COMUNS AOS PAISES (PMES) Representações no Exterior; Financiamento a Pesquisa e Desenvolvimento (Inovação) Capacitação e assessoria técnica ; Projetos de desenvolvimento de "Clusters / Distritos Industriais" regionais e Grupos de empresas; Busca de sites que possam auxiliar nos negocios internacionais; Participação de missões comerciais, feiras internacionais; Promoção de feiras internacionais;

30 REUNIÃO NA CÂMARA DE COMERCIO DE VARSÓVIA

31 REUNIÃO NO INSTITUTO DAS PEQUENAS E MÉDIAS INDÚSTRIA DA COMUNIDADE VALENCIANA

32 Visita técnica ao Centro Agroalimentar de Bologna (CAAB)

33 VISITA TÉCNICA AO PORTO DE MALTA E VALENÇA PORTO DE VALENÇA (Antonio Torregrosa – Diretor de Projetos): As atividades mais significativas comercialmente são os terminais roll-on e roll-off, cargas e contêineres (principalmente transbordo); É um dos portos mais importantes do Mediterrâneo e, atualmente, movimenta mais de 4 milhões de contêineres/ano. Sua importância é ainda maior no sistema comercial mundial devido ao fluxo de mercadorias provenientes do leste asiático; As obras que estão sendo executadas elevarão a capacidade do porto, dentro de 5 a 7 anos, para mais de 7 milhões de contêineres/ano. Malta Freeport (Contato: Charmaine Bertalanitz Mgr): Maior porto de transbordo de containeres do Mar Mediterrâneo; Considerado como um hub, dá acesso tanto ao leste quanto ao oeste dos países do Mediterrâneo e ao norte da África; Redução de custos (uma só viagem em navio maior e transferência para navios regionais menores até os portos de destino final).

34 Visita técnica ao Porto de Malta

35 Visita técnica ao Porto de valência

36 O B R I G A D O ! Carlos Luís Tavares Analista de Comércio Exterior Tel.:


Carregar ppt "COMO EXPORTAR PARA A UNIÃO EUROPÉIA ? PALESTRA SÃO PAULO – 22/10/2009 Projeto Apoio à Inserção Internacional das PMEs Brasileiras-PAIIPME Europeaid/120707/C/SER/BR."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google