A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Trabalho e renda. Os dados materiais de uma nação podem ser contados e medidos (superfície, população, exércitos, riquezas materiais); mas o que não se.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Trabalho e renda. Os dados materiais de uma nação podem ser contados e medidos (superfície, população, exércitos, riquezas materiais); mas o que não se."— Transcrição da apresentação:

1 Trabalho e renda

2 Os dados materiais de uma nação podem ser contados e medidos (superfície, população, exércitos, riquezas materiais); mas o que não se pode medir é, às vezes, mais importante: o espírito, a alma, a vontade de orientar-se para um objetivo definido. (Francis Bacon)

3 Devemos dar ênfase no trabalho como vocação, como aspecto central e realizador na vida do indivíduo. Willis Harman e John Hormann

4 O trabalho, ofício ou profissão é nosso cartão de visitas: ele nos confere identidade social. Somos aquilo que fazemos. Além de uma atividade necessária, o trabalho é algo mais: suas raízes estão localizadas no nosso inconsciente.

5 O trabalho é a atividade vital, mediadora da relação homem- natureza, enquanto relação social. É o trabalho, a objetivação da vida da espécie do homem e a relação do homem com seu trabalho, é também a sua relação com outros homens, isto é, é o ser social.

6 Por essa razão, a práxis humana é fundamental na concepção filosófica de Marx. É ela, através do trabalho, que produz a unidade homem- sociedade, e é ela, através da indústria, que produz a unidade homem-natureza.

7 O trabalho é uma das formas potencialmente construtivas que as pessoas têm para passar a maior parte das horas em que estão acordadas.

8 Se considerarmos o trabalho como atividade física, cansativa e desagradável, nosso desejo é que acabe o quanto antes. O trabalho, contudo, pode ser um prazer se for predominantemente intelectual, inteligente, livre.

9 O cansaço físico exige repouso para que o trabalhador desligue completamente. O trabalho intelectual não permite desligamento instantâneo. Nele, a motivação é tudo.

10 O O projeto central da sociedade ocidental orientou-se pelo progresso material e agora orienta-se pelo crescimento econômico com avanço tecnológico. PARADIGMA OCIDENTAL RELACIONADO AO TRABALHO

11 Preferimos um trabalho criativo, que seja ao mesmo tempo satisfatório e rentável. Mas somos convencidos de que, na realidade, a nossa motivação é econômica porque trabalhamos por uma recompensa financeira.

12 4 FUNÇÕES DA EDUCAÇÃO E DO TRABALHO 1.promover o aprendizado e o desenvolvimento do cidadão 2. proporcionar um papel social nas atividades significativas da sociedade, para perceber que contribui, que pertence, que é apreciado – o que permite desenvolver sua auto-estima.

13 4 FUNÇÕES DA EDUCAÇÃO E DO TRABALHO 3.produzir bens e serviços necessários e desejados pela sociedade. 4.distribuir a renda total da sociedade de uma maneira que a comunidade em geral considere eqüitativa.

14 técnico : envolve questões referentes ao lugar de trabalho e acomodação fisiológica e sociológica; Aspectos relacionados ao trabalho

15 fisiológico : cuja principal questão se refere ao grau de adequação do homem para com o seu lugar de trabalho e meio físico, e ao problema da fadiga; Aspectos relacionados ao trabalho

16 moral : como atividade social humana, analisando, sobretudo, as competências, as motivações, o grau de consciência, (...) Aspectos relacionados ao trabalho

17 (...) moral : as satisfações e a relação íntima entre atividade de trabalho e originalidade ;

18 social : que considera as questões características do ambiente de trabalho e os fatores externos (família, partido político, sindicato, classe social, etc.); Aspectos relacionados ao trabalho

19 econômico : como fator de produção de riqueza, geralmente contraposto ao capital, e unido a outros fatores: organização, propriedade, terra. Aspectos relacionados ao trabalho

20 No Brasil,em 10 anos quase 18 mil pessoas foram encontradas em situação de escravidão e libertadas. A OIT estima que pode chegar a 25 mil o número de pessoas submetidas a trabalho escravo no Brasil.

21 Contudo, os processos de produção não irão mais conseguir proporcionar trabalho suficiente para distribuir renda e cumprir seu papel social.

22 77% da população brasileira recebe abaixo de US$ 4 mil a/a. As pessoas de baixa renda precisam empreender, porque se for contratado para trabalhar em qualquer empresa, terá dificuldades para fazer carreira.

23 No Brasil há falta de profissionais qualificados para ocupar inúmeras vagas de emprego. Um dos motivos é que nossos estudantes dedicam-se pouco aos estudos. Há 72% de analfabetos funcionais.

24 Um pouco de História Em 1973 o Brasil passou a experimentar o chamado milagre econômico. Contudo, seu crescimento foi reduzido em face da crise do petróleo. Os países do Oriente Médio – maiores produtos de petróleo – em represália ao fornecimento de armas dos EUA para

25 Um pouco de História Israel durante uma guerra denominada Yom Kippur, diminuíram a produção de petróleo e aumentaram os preços dos barris, além de embargarem ou criarem problemas para vender petróleo aos países da Europa e os EUA.

26 Um pouco de História Em 1979, a paralisação da produção iraniana, em conseqüência da revolução islâmica liderada pelo Aiatolá Khomeini, provocou o segundo grande choque do petróleo. Durante esse período o mundo entrou em recessão e o Brasil não escapou dela.

27 Um pouco de História Chegamos na década de 80 – a conhecida década perdida, quando a inflação superou os 100% e a dívida externa brasileira bateu nos US$ 80 bilhões. O Brasil encolheu e o desemprego aumentou. As demissões passaram a ser comuns.

28 Um pouco de História A partir da década 90, para conseguir um bom emprego era necessário ter mais estudo, e o curso superior passou de diferencial para obrigatório. Desde o início do século XXI, um profissional ter cursado pós- graduação e um MBA passou a ser comum.

29 Um pouco de História Em apenas 30 anos, o pré- requisito para conquistar um bom emprego saltou de três mil horas para 11 mil horas de estudo, sem que os salários tenham aumentado na mesma proporção.

30 De dezembro a julho 2009, ocorreram cerca de 800 mil demissões no Brasil. Fonte: CAGED: Cadastro Geral de Empregados e Desempregados.

31 No Brasil há um estoque de 37 milhões de empregos formais. Há 87 milhões de trabalhadores, de uma população de 191 milhões. Necessita criar milhões de empregos a/a.

32 No Brasil 2,5 milhões de jovens tentam entrar no mercado de trabalho todos os anos.

33 Além da renda ser distribuída por meio do trabalho, há redistribuição de renda por ação do governo: políticas monetárias e fiscais diferenciadas programas assistenciais

34 Seguro-desemprego pago a trabalhadores dispensados sem justa causa, de R$ 545,00 a R$ 954,20 pagamento: 3 a 5 meses. parcelas extras desde : pagamento de 5 a 7 parcelas.

35 FONTE DE RECURSOS FAT - Fundo de Amparo ao Trabalhador. O FAT é alimentado, principalmente, pelas contribuições ao PIS/Pasep,

36 cuja alíquota no regime não- cumulativo é de 1,65% sobre o faturamento das empresas. Boa parte dessa arrecadação (40%) tem de lastrear as linhas de financiamento do BNDES.

37 O banco também usa dinheiro do fundo - remuneração dos depósitos especiais - para apoiar as empresas com capital de giro e financiar investimentos.

38 Quatro em cada dez trabalhadores do mundo são pobres, segundo OIT. Das 3 bilhões de pessoas empregadas, 1,3 bilhão ganha até US$ 2 diários e 489,7 milhões ganham menos de US$ 1 ao dia. Aumenta a pobreza no mundo

39 Quase metade dos 2,8 bilhões de trabalhadores do mundo não vivem com US$ 2 por dia: não estão em condições de superar a linha da pobreza.

40 Em valores relativos, isso significa que 49,7% dos que trabalham em todo o mundo, em particular os 58,7% que vivem em países em desenvolvimento, não alcançam essa renda diária.

41 Os que vivem com menos de um dólar ao dia representam 19,7% dos empregados no mundo e 23,3% dos que existem nos países em desenvolvimento.

42 O número de desempregados no mundo chegou a 200 milhões em No Brasil, registrou-se 1,6 milhão de desempregados em Os números constam no relatório Tendências Mundiais do Emprego 2010 da OIT com dados até 2009.

43 20 países mais ricos do mundo Valor em US$ Estados Unidos – 14,20 trilhões Japão - 4,90 trilhões China - 3,86 trilhões Alemanha - 3,65 trilhões França - 2,85 trilhões Reino Unido - 2,64 trilhões Itália - 2,29 trilhões dólares

44 20 países mais ricos do mundo Valor em US$ Brasil - 1,62 trilhões Rússia - 1,60 trilhões Espanha - 1,60 trilhões Canadá - 1,40 trilhões Índia - 1,21 trilhões México - 1,08 trilhões Austrália - 1,01 trilhão

45 20 países mais ricos do mundo Valor em US$ Coréia do Sul - 929,12 bilhões Holanda - 860,33 bilhões Turquia - 794,22 bilhões Polônia - 526,96 bilhões Indonésia - 514,38 bilhões Bélgica - 497,58 bilhões

46 20 países mais populosos do mundo China Índia Estados Unidos Indonésia Brasil Paquistão Bangladesh

47 20 países mais populosos do mundo Nigéria Rússia Japão México Filipinas Vietnã Alemanha

48 20 países mais populosos do mundo Egito Etiópia Turquia Irã Tailândia Congo

49 Pessoas mais ricas do mundo RankNameCitizensAgeUS$ bi 1 Willian GatesEUA Warren BufettEUA Carlos Slim HeluMexico Ingvar KampradSweden Lakshmi MittalIndia Sheldon AdelsonEUA Bernard ArnauldFrance5826.0

50 RankNameCitizensAgeUS$ bi 8 Amacio ortega Spain Li Ka-shing Hong Kong David Thomson & family Canada Lawrence Ellison EUA Liliane Bettencourt France Prince Alwaleed Bi Talal Alsaud Saudi Arabia Mukesh Ambani India Karl Albrecht Germany8720.0

51 RankNameCitizensAgeUS$ bi 16 Roman Abramovich Russia Stefan PerssonSweden Anil AmbaniIndia Paul AllenEUA Theo AlbrechtGermany Azim PremjiIndia Lee Shau KeeHong Kong Jim WaltonEUA5916.8

52 RankNameCitizensAgeUS$ bi 24 Christy Walton & family EUA S Robson Walton EUA Sergey Brin EUA Larry Page EUA Alice Walton EUA Helen Walton EUA Michael Dell EUA Steven Ballmer EUA5115.0

53 RankNameCitizensAgeUS$ bi 32 Kirk KerkorianEUIA Raymond, Thomas & Walter Kwok Hong Kong NA Francois PinaultFrance Suleiman KerimovRussia Vladimir LisinRussia Jack Taylor & familyEUA Vladimir PotaninRussia Mikhail ProkhorovRussia4113.5

54 RankNameCitizensAgeUS$ bi 40 Oleg DeripaskaRussia Michael Otto & family Germany Carl IcahnEUA Abigail JohnsonEUA Adolf MerckleGermany Barbara Cox Anthony EUA Anne Cox ChambersEUA Mikhail FridmanRussia4212.6

55 RankNameCitizensAgeUS$ bi 48 Vagit AlekperovRussia Charles KochEUA David KochEUA Silvio Berlusconi & family Italy Nasser Al-Kharafi & family Kuwait Leonardo Del Vecchio Italy Alexei MordashovRussia Gerald CavendishGrosvenor & family United Kingdom

56 RankNameCitizensAgeUS$ bi 56 Spiro Latsis & familyGreece Birgit Rausing & family Sweden Forrest Mars JrEUA Jacqueline MarsEUA John MarsEUA Viktor VekselbergRussia Serge Dassault & family France Charles ErgenEUA5410.0

57 RankNameCitizensAgeUS$ bi 64 Michele Ferrero & family Italy Naguib SawirisEgypt Kushal Pal SinghIndia Alain & Gerard Wertheimer FranceNA Susanne KlattenGermany Philip KnightEUA699.5

58 O clube dos super ricos esteve presente no Fórum Econômico Mundial realizado em fevereiro de 2011 em Davos, na Suíça. A fortuna combinada dos 69 bilionários citados anteriormente soma US$ 427 bilhões.

59 10 pessoas mais ricas do Brasil ClasNomeSetor de atuaçãoUS$ bi 1 Eike Batista Mineração e petróleo Jorge Paulo Lemann Bebidas Josef Safra Bancário Dorothéa Steinbruch Siderúrgica Marcel Herrmann Telles Bebidas 5.1

60 10 pessoas mais ricas do Brasil ClasNomeSetor de atuaçãoUS$ bi 6 Carlos Alberto Sucupira Bebidas4.5 7 Aloysio de Andrade Faria Bancário4.2 8 Abílio dos Santos Diniz Varejo3.0 9 Antônio Hermírio de Moraes Diversos Moisés Safra Bancário2,3

61 Algumas questões ?

62 A humanidade pensou que sua própria sorte dependia primeiro do acaso (era o que pensavam os gregos e os romanos), depois da providência (é o caso da civilização cristã), e ainda depois da sustentabilidade da terra e da possibilidade de dispor de matérias-primas.

63 A sociedade pós-industrial, pelo contrário, crê que o destino dos homens depende, em grande parte, de sua própria capacidade de programação. Domenico De Masi

64 O que já aconteceu que irá criar o futuro? Houve duas mudanças revolucionárias nos países desenvolvidos: a explosão da educação avançada e a investida das mulheres em carreiras profissionais.

65 Essas mudanças estão representadas em três revoluções que nos afetam direta ou indiretamente: a reinvenção das empresas a reinvenção das carreiras a reinvenção do governo

66 As pessoas de negócios precisam perguntar: » o que esses fatos consumados significam para o nosso negócio? » que oportunidades eles criam? O que ameaçam? » que mudanças eles exigem na maneira pela qual a empresa é organizada e dirigida em nossas metas, produtos, serviços e em nossas políticas?

67 » que mudanças elas tornam possíveis e são provavelmente vantajosas? » que mudanças na na estrutura da indústria e do mercado, em valores básicos (por exemplo, a ênfase no meio ambiente) e em ciência e tecnologia já ocorreram, mas ainda não tiveram todo o impacto? » quais são as tendências nas estruturas econômica e social e como elas afetam o nosso negócio?

68 Mensagem implícita das modernas sociedades industriais Crie mais necessidades! Torne-se obcecado pelo consumo! Tente esgotar o uso do produto e mantenha assim a máquina em funcionamento!

69 A mensagem do slide anterior pode colocar em movimento algumas crises: oferta e consumo e energia, por exemplo. Crise: instabilidade política no Oriente Médio, acentuada a partir de fevereiro de A região é dona de 2/3 das reservas mundiais de petróleo.

70 A interrupção do fornecimento de petróleo tira o sono de governantes e empresários de todo o mundo. As últimas cinco crises financeiras globais foram precedidas da elevação do preço do barril de petróleo motivada por crises político-religiosas.

71 Uma alta de preços intensa e continuada seria: um problema para os usuários de mais de 800 milhões de carros que circulam pelo mundo dor de cabeça para empresários e passageiros dos 350 mil aviões da frota global

72 Uma alta de preços intensa e continuada seria: Péssimo para quem depende de comida e demais produtos transportados por mais de 19 milhões de caminhões

73 Qual é o perigo que a economia mundial entre de novo em forte desaceleração? Essa pergunta vale 62 trilhões de dólares – a soma do PIB mundial.

74 Futuro o que fazer ?

75 A passagem do centro de gravidade da população dos trabalhadores braçais para os trabalhadores de conhecimento e serviços é irrevogável, assim como o envelhecimento tanto da força de trabalho como da população. Esses são fatos consumados.

76 Para onde vamos a seguir? Os líderes terão que olhar para a frente e explorar o horizonte sozinhos. Eles terão que criar suas próprias idéias sobre para onde ir e depois mostrar o caminho (...) às suas organizações Rowan Gibson

77 Exigências globais apontam para a necessidade de profundas reformas estruturais na economia, para evitar que o futuro seja cheio de injustiças, conflitos e perigos:

78 ênfase num papel socialmente construtivo para os negócios equilíbrio entre objetivos econômicos e justiça social ênfase no desenvolvimento e na aplicação de uma tecnologia adequada

79 Precisamos de s istemas contábeis nacionais e globais que incorporem fatores de saúde, custos ambientais, impactos sobre o bem-estar das futuras gerações e de outros seres vivos.

80 A SUSTENTABILIDADE COMO VIGA MESTRA A SUSTENTABILIDADE COMO VIGA MESTRA : Assim como o antigo agricultor tentava legar uma terra em condições melhores do que a recebida, a economia do novo mundo precisa também, a cada década, deixar o planeta e seus principais sistemas ecológicos e de sustentação de vida em condições tão boas quanto as da década anterior.

81 D esejamos uma sociedade previdente e programada. Mas, programar significa pensar que se possa controlar a natureza? Não só. A consciência de que existem ainda amplas margens de incontrolabilidade permanece. Porém cresce a possibilidade de prever e projetar não só a natureza, mas também os seres humanos.


Carregar ppt "Trabalho e renda. Os dados materiais de uma nação podem ser contados e medidos (superfície, população, exércitos, riquezas materiais); mas o que não se."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google