A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

REGULAÇÃO DO MATERIAL GENÉTICO Controlo da actividade celular Prof. Ana Rita Rainho.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "REGULAÇÃO DO MATERIAL GENÉTICO Controlo da actividade celular Prof. Ana Rita Rainho."— Transcrição da apresentação:

1 REGULAÇÃO DO MATERIAL GENÉTICO Controlo da actividade celular Prof. Ana Rita Rainho

2 Se todas as células de um organismo possuem a mesma informação genética, qual o mecanismo que permite às células diferenciar-se?

3 Recordando a síntese proteica… Para se formar uma proteína é necessário que o DNA seja transcrito para mRNA. Só depois no citoplasma é lido pelos ribossomas e traduzido numa proteína.

4 1961 – Regulação génica em bactérias Os trabalhos de Jacob e Monod

5 Metabolismo da Lactose E. coli utiliza glicose para produzir ATP. Na ausência de glicose, incorpora lactose para a degradar em glicose + galactase.

6 As enzimas responsáveis pela degradação da lactose só são produzidas depois haver adição de glicose. Como? Vantagem: Permite à célula poupar recursos produzindo as enzimas apenas quando são necessárias

7 O caso da Lactose O gene regulador determina a síntese de um repressor activo. Operão indutivo

8 Na ausência de lactose É produzido um repressor activo. Liga-se ao operador e impede a acção da RNA polimerase

9 Na presença de lactose A lactose liga-se ao repressor e inactiva-o. O operador fica livre e a RNA polimerase inicia a transcrição, iniciando-se a síntese proteica.

10 Resumindo – Operão Lac É produzido um repressor activo. O repressor liga-se ao operador. A RNA-polimerase não se liga ao promotor. Os genes estruturais não são transcritos. Não ocorre a síntese das enzimas necessárias à degradação da lactose É produzido um repressor activo. A lactose liga-se ao repressor, desactivando-o. O operador fica desbloqueado e a RNA polimerase liga-se ao promotor. Há transcrição dos genes estruturais. Ocorre a síntese das enzimas necessárias à degradação da lactose. Ausência de LactosePresença de Lactose

11 O caso do Triptofano. O gene regulador determina a síntese de um repressor inactivo. Operão repressivo

12 Na ausência de triptofano É produzido um repressor inactivo. O operador está livre e a RNA polimerase faz a transcrição normalmente.

13 Na presença de triptofano O triptofano liga-se ao repressor O operador fica bloqueado e a transcrição é interrompida.

14 Resumindo – Operão trp É produzido um repressor inactivo. O gene operador está livre. A RNA-polimerase pode ligar-se ao promotor. Dá-se a transcrição. Ocorre a síntese de enzimas necessárias à produção de triptofano. É produzido um repressor inactivo. O triptofano liga-se ao repressor, activando-o. O operador fica bloqueado e a RNA polimerase não se pode ligar. Não se dá transcrição. Não há síntese das enzimas necessárias à produção de trp. Ausência de TriptofanoPresença de Triptofano

15 Regulão Quando um conjunto de operões é controlado por um único tipo de regulador. Permite uma resposta mais rápida e eficaz. No caso dos glícidos, por exemplo, a célula consegue obter energia mais rapidamente.

16 Maior complexidade estrutural -> maior complexidade na regulação metabólica. Genes não associados a operões. Controlo feito a diversos níveis e a longo prazo. Regulação nos Eucariontes

17 Locais de possível controlo

18 Controlo pré-transcrição Desenrolamento da cromatina Alguns factores não permitem a descondensação da cromatina e impedem a transcrição. Sequências específicas de DNA que influenciam a velocidade de transcrição. Reforçadores, silenciadores, isoladores Processamento e remoção dos intrões. Só ficam as sequências de RNA que interessam.

19 Processamento

20 Controlo pós-transcrição Passagem para o citoplasma Controlo feito pelas proteínas transportadoras da membrana nuclear. Tradução Zonas que permitem (ou não) a ligação dos tRNAs Modificação pós-tradução. Modificação e activação (ou inactivação )dos polipéptidos na passagem pelo Complexo de Golgi.

21 Controlo nos eucariontes Pode efectuar-se sobre: - O DNA - O RNA - As proteínas Pode efectuar-se sobre: - O DNA - O RNA - As proteínas Influenciado por: - factores endógenos - factores do ambiente Influenciado por: - factores endógenos - factores do ambiente

22 Mais material disponível em:


Carregar ppt "REGULAÇÃO DO MATERIAL GENÉTICO Controlo da actividade celular Prof. Ana Rita Rainho."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google