A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV CAIEIRAS 20/10/2009 PROJETO TAV BRASIL Rio de Janeiro - São Paulo - Campinas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV CAIEIRAS 20/10/2009 PROJETO TAV BRASIL Rio de Janeiro - São Paulo - Campinas."— Transcrição da apresentação:

1 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV CAIEIRAS 20/10/2009 PROJETO TAV BRASIL Rio de Janeiro - São Paulo - Campinas

2 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV Linhas e sistemas projetados, construídos e implantados para operação de trens capazes de desenvolver velocidades iguais ou superiores a 250 km/h. Ferrovia de Alta Velocidade 2

3 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV Vantagens do Trem de Alta Velocidade - TAV Redução de gargalos dos subsistemas de transporte aéreo, rodoviário (automóveis e ônibus) e urbano. Vetor de indução de desenvolvimento regional, com intensa geração de empregos diretos e indiretos. Redução da emissão de gases poluentes. Redução dos tempos de viagem. Contribuição para redução do número de acidentes em rodovias e áreas urbanas e dos níveis de congestionamento. 3

4 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV Algumas experiências no mundo Japão: Pioneiro com o Shinkansen (1964) – a série zero operou 40 anos sem acidentes. França: Desde 1981 – trecho Paris-Lyon. Atualmente com rede de km. Alemanha: Desde 1985, com uma rede atual de km Desenvolveu o Maglev. Espanha: Possui projeto ambicioso de expansão totalizando mais de 5.500km, com vários corredores, integrando-se com a Comunidade Européia. 4

5 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV Alguns projetos no mundo 5

6 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV 6

7 O PROJETO DE IMPLANTAÇÃO DO TAV BRASIL COLOCA O PAÍS EM LINHA COM AS PRINCIPAIS NAÇÕES DO MUNDO NO QUE SE REFERE A UM SISTEMA DE TRANSPORTE DE PASSAGEIROS: MODERNO; SEGURO; EFICIENTE; ALTAMENTE REGULAR; BAIXO IMPACTO AMBIENTAL. 7 O TAV BRASIL OFERECE UM NOVO SISTEMA DE TRANSPORTE DE PASSAGEIROS, COMPLEMENTAR À MATRIZ ATUAL

8 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV PROJETO TAV BRASIL IMPLANTAÇÃO DOS SERVIÇOS DE TRANSPORTE FERROVIÁRIO DE ALTA VELOCIDADE PARA PASSAGEIROS ENTRE O RIO DE JANEIRO, SÃO PAULO E CAMPINAS – EF 222 O PLANO NACIONAL DE VIAÇÃO PREVÊ A EXPANSÃO DESTES SERVIÇOS COM A IMPLANTAÇÃO DE UMA NOVA LIGAÇÃO FERROVIÁRIA DE ALTA VELOCIDADE ENTRE BELO HORIZONTE, SÃO PAULO E CURITIBA – EF 333

9 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV IMPACTOS ESPERADOS REDUÇÃO DA PRESSÃO SOBRE A INFRAESTRUTURA RODOVIÁRIA E AEROPORTUÁRIA INDUÇÃO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL, COM INTENSA GERAÇÃO DE EMPREGOS DIRETOS E INDIRETOS REDUÇÃO DE EMISSÃO DE POLUENTES REDUÇÃO DO TEMPO DE DESLOCAMENTO REDUÇÃO DE ACIDENTES E DE CONGESTIONAMENTO EM RODOVIAS E ÁREAS URBANAS DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DO SISTEMA DE TRANSPORTE NO BRASIL

10 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV ESTUDOS DE DEMANDA

11 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV EXPRESSAREGIONAL Aéreo 60% Automóvel 17% 61% Ônibus23%39% DEMANDA TOTAL (milhares de passageiros/ano)

12 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV Parâmetros Tarifários (reais) OrigemDestino Modalidade de Transporte TAV AéreoAutomóvelÔnibus Econ.Exec. Rio de Janeiro São Paulo (em horário de pico)200,00325,00400,00137,1267,00 São Paulo (fora do horário de pico) 150,00250,00180,00137,1267,00 Rio de JaneiroCampinas200,00350,00400,00160,8075,00 Rio de Janeiro Volta Redonda/Barra Mansa40,20--41,4627,36 São José dos Campos102, ,3951,00 Volta Redonda/Barra Mansa São José dos Campos68,40--73,0934,00 São Paulo97, ,8546,00 Campinas118, ,4759,00 São José dos Campos São Paulo28,80--31,5217,30 Campinas49,00--51,9127,00 São PauloCampinas31,20--37,3818,00

13 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV Parâmetros de Tempo de Viagem (minutos)

14 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV MATRIZ DE TRANSPORTE – 2008 (milhares de passageiros/ano) Sem o TAV ModalRIO - SÃO PAULORIO - CAMPINASREGIONALTOTAL Aéreo Automóvel Ônibus Total Com o TAV TAV Econômico TAV Executivo Total TAV Aéreo Automóvel Ônibus Total

15 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV PROJEÇÃO DA DEMANDA – TAV (milhares de passageiros/ano) ORIGEMDESTINO SERVIÇO EXPRESSO Rio de JaneiroSão Paulo Rio de JaneiroCampinas SERVIÇO REGIONAL Rio de Janeiro V.Redonda/B.Mansa S.J.Campos V.Redonda/B.Mansa S.J.Campos São Paulo Campinas S.J.Campos São Paulo Campinas São PauloCampinas TOTAL

16 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV PROJEÇÃO DA RECEITA (milhões de R$/ano) ORIGEMDESTINO SERVIÇO EXPRESSO 1.460,12.328,54.012,15.769,7 Rio de JaneiroSão Paulo1.314,02.085,93.569,45.133,1 Rio de JaneiroCampinas146,1242,6442,7636,6 SERVIÇO REGIONAL 863,11.175,71.681,22.417,6 Rio de Janeiro V. Redonda/B. Mansa105,3131,5169,3243,4 S.J. dos Campos21,630,143,162,0 V. Redonda/B. Mansa S.J. dos Campos17,423,131,244,9 São Paulo17,922,830,043,1 Campinas4,76,59,313,4 S.J. dos Campos São Paulo246,3330,2468,9674,3 Campinas63,998,2152,4219,1 São PauloCampinas386,0533,3777,01.117,4 TOTAL 2.323,23.504,25.693,38.187,3

17 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV ESTUDOS DE ENGENHARIA Traçado Referencial Geologia Meio ambiente

18 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV LOCALIZAÇÃO DAS ESTAÇÕES CAMPINAS RIO DE JANERIRO/ BARÂO DE MAUÁ VIRACOPOS SÃO PAULO/ CAMPO DE MARTE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS BARRA MANSA/ VOLTA REDONDA AEROPORTO GALEÃO AEROPORTO DE GUARULHOS ESTAÇÕES CONSIDERADAS Km 510,7 Km 487,6 Km 412,2 Km 390,4 Km 328,7 Km 118,3 Km 15,2 Km 0,

19 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV 19 Dados básicos para o estudo do traçado - Parâmetros da via férrea Bitola: mm Velocidade máx. de projeto: 350 km/h Raio horizontal mín: m Raio vertical mín: m Inclinação máx: 35 mm/m Carga por eixo do trem: 17 t Plataforma: 500 m (comporta composições com até 16 carros) - Informações sobre a região Relevo, geologia e hidrografia Condições/restrições ambientais Uso e ocupação do solo urbano e rural Rede de Transporte – rodovias e ferrovias Infraestruturas lineares – Linhas de Transmissão e dutos Áreas indígenas e quilombolas Informações levantadas junto a 65 municípios

20 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV 20 Critérios adotados na definição do traçado referencial Critérios técnico/operacionais Custo de construção; Tempo de viagem; Custo de manutenção. Critérios socioambientais Impacto social (desapropriação, reassentamento, reurbanização, relocação de vias, proteção acústica); Impacto ambiental (plantio compensatório, compensação ambiental, áreas de restrição total); Riscos geológicos; Consumo de energia.

21 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV 21 Descrição do Traçado Referencial TRECHO EXTENSÃO (km) OBSERVAÇÃO Barão de Mauá – Galeão15,2 - Est. Barão de Mauá: reforma e revitalização/oficina de apoio. - Est. Galeão: a construir / subterrânea. Galeão – Barra Mansa/Volta Redonda 102,9 - Est. Barra Mansa/Volta Redonda: a construir / em superfície. Barra Mansa / Volta Redonda – S. J. Campos 209,6 - Est. S. J. Campos: a construir / em superfície. - Principal Oficina de Manutenção. S. J. Campos – Guarulhos 63,0- Est. Guarulhos: a construir / subterrânea. Guarulhos – Campo de Marte 21,6 - Est. Campo de Marte: a construir / em superfície / Oficina de apoio. Campo de Marte – Viracopos 76,1- Est. Viracopos: a construir / subterrânea. Viracopos – Campinas22,9 - Est. Campinas: reforma e revitalização / Oficina de apoio. Extensão Total: 510,8 km Túnel: 90,9 km (18%) Ponte: 107,8 km (21%) Superfície: 312,1 km (61%)

22 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV Estudos Ambientais Quantificação e avaliação do impacto socioambiental do traçado referencial Emitido o Termo de Referência para EIA/RIMA A ANTT realizará o estudo de impacto ambiental com vistas à obtenção de licenciamento para o início das obras de construção do TAV Estudos Geológicos Elaborado o mapeamento geológico do corredor de referência Investigações para delimitação de áreas de risco geológico (serviços de sondagens e ensaios de laboratório) Análise qualitativa de riscos por compartimentos geológico-geomecânicos, por trecho do traçado referencial, por tipo de obra - indicação de medidas mitigatórias

23 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV ESTUDOS OPERACIONAIS

24 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV SERVIÇOS PROPOSTOS – TAV BRASIL Serviço regional de curta distância Serviço regional de longa distância Serviço expresso Volta Redonda/ Barra Mansa Aeroporto do Galeão Barão de Mauá PADRÃO DOS SERVIÇOS BÁSICOS – 2014 (8 carros)

25 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV COMPOSIÇÃO PROPOSTA PARA O TAV BRASIL CARACTERÍSTICAS DO TREM Comprimento do trem 200 m - 8 carros / composição (2014) 400 m - 16 carros / composição (2024) Carregamento máximo por eixo17 t Tara436 t Velocidade comercial máxima300 km/h Número de assentos Serviço Expresso: 458 assentos (duas classes) Serviço Regional: 600 assentos (classe única)

26 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV Barão de Mauá Campinas Viracopos Campo de Marte Guarulhos São José dos Campos Barra Mansa/ Volta Redonda Galeão Serviço regional de longa distância Serviço regional de curta distância Serviço expresso Estação atendida Estação não atendida PROGRAMAÇÃO PROPOSTA (TRENS POR HORA - HORÁRIO DE PICO)

27 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV TEMPOS DE VIAGEM E VELOCIDADES MÉDIAS (Trem com velocidade máxima operacional de 300 km/h)

28 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV 28 PROJEÇÃO DO NÚMERO DE TRENS POR ANO

29 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV ESTUDOS DE CUSTOS Investimentos Operacionais

30 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV CUSTOS DE INVESTIMENTO ITEM INVESTIMENTO (R$ MILHÕES) % Obras Civis24.584,071,0 Desapropriação e medidas socioambientais3.894,111,3 Sistemas e Equipamentos3.409,99,8 Material Rodante2.739,87,9 TOTAL34.627,8100,0

31 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV ITEMEm milhões de R$% Terraplenagem2.208,76,4 Obras de arte18.155,052,5 Via Permanente2.138,56,2 Edificações e equipamentos1.417,84,1 Sinalização316,50,9 Telecomunicações314,30,9 Eletrificação1.361,43,9 Medidas socioambientais3.894,111,2 Material rodante2.739,87,9 Serviços complementares2.081,86,0 TOTAL34.627,8100,0 CUSTOS DE INVESTIMENTO Obs.: Não inclui custos de transferência tecnológica

32 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV CUSTOS OPERACIONAIS ITEM R$ x 10 6 (%)R$ x 10 6 (%)R$ x 10 6 (%)R$ x 10 6 (%) VIA PERMANENTE44,412,1133,220,4266,530,5266,529,7 OBRAS DE ARTE55,715,255,88,674,18,574,18,3 MATERIAL RODANTE209,957,24386,359,3433,749,7435,148,5 CUSTOS ADMINISTRATIVOS 34,19,342,86,645,15,245,25,0 MARKETING, VENDAS E ESCRITÓRIOS 23,06,333,905,253,86,275,98,5 TOTAL367, , , ,6100

33 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV MODELAGEM FINANCEIRA E DA CONCESSÃO

34 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV PREMISSAS GERAIS: Demanda e receita: Estudos do Consórcio Halcrow / Sinergia Desoneração de tributos: REIDI e isenção de ICMS, PIS e COFINS Investimento: 5 anos R$ 34,6 bilhões Prazo da Concessão: 40 anos Financiamento direto da União: Taxa: TJLP + 1% Prazo: 30 anos ICSD: 1,2 Grau de alavancagem: 70% / 30% Participação pública (ETAV): R$ 1,1 bi (equity) + R$ 2,3 (desapropriação) MODELAGEM FINANCEIRA

35 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV Modelo jurídico: concessão única e comum, remunerada com tarifa e receitas extraordinárias Objeto: concessão do serviço público de transporte ferroviário de alta velocidade incluindo a construção da infraestrutura Prazo: 40 anos Sistema tarifário: preço-teto, ajustado pelo IPCA, com liberdade tarifária, respeitadas as seguintes condições: TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV MODELAGEM DA CONCESSÃO

36 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV Modalidade: Leilão, regido pela Lei nº 9.491/97, em 3 Etapas TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV LICITAÇÃO 1ª Etapa Pré-qualificação técnica: Experiência em projeto final de engenharia de TAV implantado Experiência de 3 anos em operação de TAV Experiência na implantação de sistema completo de TAV Experiência na fabricação de material rodante de TAV (deter tecnologia) 2ª Etapa Leilão de lance único na BM&FBovespa Variável única: maior valor de capital próprio/menor financiamento público 3ª Etapa Habilitação: jurídica e econômico-financeira Cumprimento de requisitos mínimos de Proposta Técnica e de Transferência de Tecnologia

37 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV 37 TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA

38 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV 38 1.Concluído levantamento junto ao setor industrial para a identificação de empresas e setores com potencial produtivo e disposição para absorção de tecnologia associadas ao TAV. 2.Identificada as instituições de pesquisa e desenvolvimento que podem desempenhar papel ativo no processo de transferência de tecnologia. TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA

39 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV VIA PERMANENTE

40 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV MATERIAL RODANTE

41 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV SISTEMAS ELÉTRICOS

42 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV SISTEMA DE OPERAÇÃO Sistemas de Telecomunicação

43 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV SISTEMA DE OPERAÇÃO Sistemas de Sinalização

44 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV CRONOGRAMA Modelagem da Concessão outubro 2009 Edital e Contrato - Consulta Pública outubro 2009 Inicio do Processo Licitatório dezembro 2009 Apresentação de Proposta até março 2010 Homologação até junho 2010

45 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV 45

46 TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV

47

48


Carregar ppt "TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV CAIEIRAS 20/10/2009 PROJETO TAV BRASIL Rio de Janeiro - São Paulo - Campinas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google