A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Recentemente li uma notícia no jornal sobre um jovem pai que se esqueceu de deixar a sua filha bebé no infantário quando ia para o traba­lho. A bebé passou.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Recentemente li uma notícia no jornal sobre um jovem pai que se esqueceu de deixar a sua filha bebé no infantário quando ia para o traba­lho. A bebé passou."— Transcrição da apresentação:

1 Recentemente li uma notícia no jornal sobre um jovem pai que se esqueceu de deixar a sua filha bebé no infantário quando ia para o traba­lho. A bebé passou o dia todo trancada no carro num parque de estaciona­mento sobreaquecido, e quando ao fim do dia o pai passou no infantário para a ir buscar, disseram-lhe: "Hoje não a deixou cá". Correu de volta para o carro para a encontrar ainda presa na sua cadeirinha na parte de trás, morta. Se o leitor conseguir, ponha-se na pele deste homem. (...) Não sei mais nada sobre este jovem pai. É concebível que seja um ser humano insensível e irresponsável, um vilão que merece o desprezo de todos nós. Mas também é concebível que seja basicamente uma boa pessoa, uma vítima do azar cósmico. Daniel Dennett, A Liberdade Evolui, Temas e Debates, pp Questão: Trata-se de uma ação ou de um simples acontecimento trágico?

2 1- Sujeito Agente/ator, o que executa a ação e por ela pode ser responsabilizado; Aquele sobre quem incidem os restantes elementos da ação, para além da responsabilidade ;

3 2- Intenção Objetivo/finalidade/movimento que guia a ação (por vezes a intenção vai-se constituindo no decurso do ato. ex.: quando discutimos); É O para quê da ação; o caminho/direção da ação; 3- Motivo: É a razão do agir: a causa; Relaciona-se com o projeto, a meta, o fim da ação, justificando-a (ou não); É o Porquê da ação. (Ler Texto 3, p. 55)

4 4- Deliberação: Pensar/Ponderar/Refletir 5- Decisão: Escolher Juízo de Preferência (Ler Texto Aristóteles, p. 50)

5 Ação voluntária # Ação involuntária Ação voluntária: é aquela cujo princípio reside no agente, que sabe as circunstâncias concretas e particulares nas quais se processa a ação. Ação involuntária: é aquela cujo princípio é extrínseco ao agente, quer se gere sob coação ou por ignorância (Ver Texto Aristóteles, p. 46)

6 6- Responsabilidade: Capacidade de responder pela ação; Condição da Liberdade.

7 Ação Agente Intenção Motivo Deliberação Decisão (sujeito) (p/ quê) (porquê) (ponderação) (escolha) Responsabilidade (Assunção) Liberdade


Carregar ppt "Recentemente li uma notícia no jornal sobre um jovem pai que se esqueceu de deixar a sua filha bebé no infantário quando ia para o traba­lho. A bebé passou."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google